A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

02/08/2016

As Mentiras da Benfica TV (Parte II)

02/08/2016 + 15 Comentários API
EU ATÉ JÁ NÃO PENSAVA VOLTAR A ESTE ASSUNTO.



Além de ser um assunto menor, agora fora de contexto, passou o prazo. Preferi dar prioridades a outros temas. Mas uma semana depois volto ao assunto, porque insistiram comigo para "defender-me" pois foi insinuado que criara uma mentira, sem fundamento, para "atacar" alguém. E foram dois comentários que causaram a indignação de alguns leitores deste blogue, entre eles Andrea Ragusa (realizador do filme Benfica - Torino 4-3) e Mário Pais (enorme conhecedor dos jogos internacionais do Benfica e das histórias a envolvê-los como ninguém. É sem dúvida um perito. O maior entre todos!). Na sequência do texto de 25 de Julho de 2016 (clicar).

A ideia deles é a seguinte
Como tem a razão absoluta não deixe que fiquem/pairem no ar insinuações de que truncou declarações para arranjar motivos torpes para fazer um texto. Porque não é verdade. O "Em Defesa do Benfica" esteve bem a exigir que se diga a verdade, independentemente de ser um pormenor ou um porMaior.

Os adeptos do Torino FC (que leram este blogue) ficaram deveras incomodados. Um enviou o seguinte comentário
…faz referência ao embate do avião contra a cúpula da Basílica. Isto é falso, como sabe qualquer pessoa que viu aquele sítio. A Basílica de Superga, do grande arquitecto siciliano Filippo Juvarra, além de ser um símbolo do barroco piemontês, está intacta desde o século XVIII, quando Amedeo de Sabóia a mandou construir para agradecer à Virgem a vitória contra os franceses no cerco de Turim de 1706. Não estou a contar esta história por devagar, mas porque é um sítio que representa fortemente a independência de Turim do usurpador gaulês, graças a homens heróicos como Pietro Micca. Ora, não seria estranho que num só dia os de Turim perdessem dois dos seus maiores símbolos do passado e do presente, e que não houvesse referência à destruição da mítica basílica? Nenhum jornal evidentemente diz que a Basílica sofreu qualquer estrago...porque realmente acidente e basílica são duas coisas totalmente desligadas. São "pormenores" que a mim parecem-me pormaiores...
NOTA: Adepto identificado mas que ainda não consegui contactar no sentido de poder divulgar o seu nome publicamente. Se isso ocorrer substituirei de imediato esta NOTA pelo seu nome.

Os dois principais comentários
A tentarem desdizer o que eu escrevi:


Não só foi dito na Benfica TV como escrito no jornal do Benfica
Como se prova no extracto abaixo, romanceando uma ocorrência num tempo em que não havia "caixas negras" nem registos audio das conversas entre pilotos e controladores aéreos.



Nada me move contra ninguém. "Apenas" que seja conhecida a verdade
Para isso ocupa-se muito tempo e algum dinheiro. Neste caso há muito que conheço a tragédia. Desde Março/Maio de 1979 (que devo ter lido a primeira vez), em 1979 estive em Superga (em Agosto), comprei um livro/revista de 1974 que assinalava os 25 anos da tragédia e mais tarde outro - que abre o texto de hoje - que explica todo o envolvimento e consequências a curto e médio prazo para o então AC Torino, agora Torino FC.


Para haver algo de novidade no texto de hoje
Divulgo a fotografia que mais me impressionou/impressiona num livro com um cento delas. Antes do início do encontro da 37.ª (penúltima jornada em 1948/49), os juniores da UC Sampdoria colocam o quinto título de campeão italiano nas camisolas dos juniores do AC Torino depois destes se sagrarem virtualmente campeões italianos na jornada anterior. Ficaram quatro pontos por disputar e o AC Torino tinha quatro pontos de vantagem para o 2.º classificado (FC Inter Milão) com vantagem no confronto directo: V 4-2 (no estádio Filadélfia, em Turim, na 15.ª jornada) e 0-o (no estádio Arena, em Milão, na 36.ª jornada), a última jogada pelo Grande Torino, em 30 de Abril de 1949).




O Benfica está acima de tudo e todos. Incluindo o Em Defesa do Benfica e o Alberto Miguéns, como é mais do que óbvio


Alberto Miguéns

NOTA FINAL: Preso por ter ou não ter cão. Alguns leitores dizem que aproveito todos os pretextos para "atacar" pessoas dentro do Benfica. Outros dizem precisamente o contrário. Que sou muito lesto a "atacar" quem mente acerca do Benfica, mas protejo que está dentro. Este blogue mantém-se fiel ao editorial (clicar) com que foi criado, assinado por Alberto Miguéns e António Melo.
15 comentários
comentários
  1. Anónimo2/8/16 01:05

    Caro Alberto Miguéns,

    não se incomode com quem critica a verdade que sempre expõe (de forma documentada). Continue sim a prestar o impagável serviço público que este blogue promove sobretudo a nós benfiquistas. Daí o meu gigante obrigado.

    P.S. - deixar mais uma que apanhei na btv, mas que se refere ao Museu (e não se esqueça daqueles textos - só publicou a primeira parte, creio eu - que comparariam o nosso com o dos corruptos), falava o Isaías na btv, dentro do museu, quando vi, na listagem de jogadores o seguinte:
    Venezuela - Cichero, Carlos Ascues

    O primeiro nem sei quem é, segundo a Wikipédia fez 4 jogos por nós em 97/98. Mas o grave é colocarem o PERUANO (internacional A) Ascues
    ali. E já agora, o venezuelano Murillo não conta por estar emprestado ao Tondela ?

    Ai Museu, museu, até tenho medo de ler as suas chamadas de atenção para as incorreções que ali se encontram nos tais textos prometidos.

    Abraço, Gonçalo Borges

    ResponderEliminar
  2. Anónimo2/8/16 09:45

    mentir ,mentiras , falsidades ,mas que escreveu isto aqui:Torino Football Club
    Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

    Na Temporada de 1947/1948 o grande time grená bateu diversos recordes que ajudaram a construir o mito: Maior número de pontos em um campeonato (65, lembrando que naquela época a vitória valia dois pontos), maior diferença de pontos para o segundo colocado (16), mais gols marcados (125), melhor média de gols feitos (3,787), maior goleada em casa (10 a 0 no Alexandria) e maior goleada fora (7 a 0 na Roma).

    Em 4 de maio de 1949, após disputar um amistoso contra o Benfica, em Lisboa, o avião que trazia a delegação da equipe italiana chocou-se contra a Basílica de Superga.

    No mesmo dia da catástrofe, em honra ao brilhante Torino da época, a seus jogadores, técnicos e acompanhantes, declarou-se vencedor da Liga. Nos funerais dos jogadores compareceram cerca de 500.000 pessoas, mas depois do luto nacional, e ante a comoção universal, a equipe juvenil substituiu por completo à equipe profissional para jogar as quatro partidas pendentes e as quatro partidas ganhou a equipe juvenil.

    ou será só meias mentiras de meias verdades que ninguém em Portugal sabe

    ResponderEliminar
  3. Anónimo2/8/16 09:47

    se for aqui : https://pt.wikipedia.org/wiki/Torino_Football_Club

    ResponderEliminar
  4. Anónimo2/8/16 09:48

    Foi a 04 de Maio de 1949 que o avião que levava a equipa do Torino - uma das melhores de então e com nomes como Valentino Mazzola -, de regresso a casa, embateu às 17:05 locais contra a Basílica de Superga.


    aqui:https://www.publico.pt/noticia/tragedia-de-superga-marcou-ha-60-anos-a-historia-do-il-grande-torino-1378079

    ResponderEliminar
  5. Anónimo2/8/16 09:51

    Acidente - A aeronave Fiat G.212, prefixo I-ELCE, da Avio Linee Italiane descolou às 9h52 do Aeroporto da Portela, Lisboa e fez escala para reabastecimento em Barcelona às 13h15 min, conforme previsto. A descolagem do aeroporto de Barcelona ocorreu às 14:50. Ao aproximar-se do espaço aéreo italiano, a tripulação recebe informe meteorológico indicando denso nevoeiro, com visibilidade horizontal abaixo de 40 m. Com isso, as 16:59, o comandante Pierluigi Meroni avisa a torre de Turim que está iniciando os procedimentos de aproximação visual para realizar a aterragem. Durante a manobra de aproximação, a aeronave desceu perigosamente e às 17:05 horas , embateu em cheio contra uma das torres da Basílica de Superga matando instantâneamente todos a bordo.

    aqui:http://lucasluisvalerio.blogspot.pt/2013/09/torino-x-juventus-historia-do-derby-e.html

    ResponderEliminar
  6. Anónimo2/8/16 09:52

    O avião dentro da torre da Basílica de Turim
    Foto: Wikimedia Commons

    ResponderEliminar
  7. Anónimo2/8/16 09:53

    http://www.desastresaereos.net/timesdefutebol.htm

    aqui:O avião dentro da torre da Basílica de Turim
    Foto: Wikimedia Commons

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O avião não está dentro da basílica. Desfez-se quando embateu na colina e a traseira ficou encostada ao torreão sul, precisamente onde está actualmente o memorial.

      Alberto Miguéns

      NOTA1: Não há uma fotografia de qualquer "buraco" na basílica. Uma. Se isso tivesse acontecido não havia uma, existiam centenas. Então se fosse na cúpula haveriam milhares e notícias de reconstrução. Nunca aconteceu não passa de uma história mal contada ou como diz aquele adágio popular. Quem conta um conto acrescenta-lhe um ponto;

      NOTA2: A wikipédia e artigos feitos com base noutros artigos. muitas vezes traduções mal feitos e com preconceitos, repetem erros com tendência a acentuá-los. Exemplo. quem guardar o artigo de "O Benfica" vai reproduzi-lo provavelmente acrescentando mais uns quantos erros por não dominar o assunto e escrever de outro modo. O avião nunca "furou" qualquer ponto da basílica. Desfez-se ao embater já perto do topo da colina que serviu de rampa para lançar o que restava do avião (a parte traseira) contra o muro de nivelamento em pedra que serviu para construir a basílica. é isso que todos os jornais italianos referem como sabe alguém que conhece o assunto porque o estudou para fazer um filme: Andrea Ragusa. Além dos livros que tenho que falam de igual modo no acidente tenho como certificado por ele aquilo que disse na parte I. E inquestionável. Leu a imprensa italiana de 5 de Maio de 1949 e nunca foi referido que o avião entrou dentro da basílica, nem que esta necessitava de obras de reparação. É mais do que suficiente. O resto são suposições, invenções e adulterações (por vezes com más traduções) do que se passou.

      Eliminar
  8. Anónimo2/8/16 09:58

    No dia 4 de maio de 1949, às 17 horas e 05 minutos, sob forte nevoeiro, o avião FIAT G212 da companhia italiana Aeritalia chocou-se contra a fachada da basílica que domina a colina de Superga, situada nos arredores de Turim.

    O avião transportava a equipe e toda comissão técnica do glorioso Torino ( 31 pessoas).

    Também faleceram, além de toda a delegação do clube piemontês, jornalistas esportivos e dirigentes do Torino.

    O acidente ficou conhecido como a “Tragédia de Superga”.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo2/8/16 10:04

    a partida amistosa contra o Benfica, na cidade de Lisboa, que fazia parte das homenagens ao capitão lusitano José Ferreira. O time italiano foi derrotado por 4 a 3, mas essa não foi a maior derrota que o Torino sofreu naquela viagem. Durante a volta para a Itália, o avião que transportava a equipe, um FIAT G212, da companhia Aeroitália, chocou-se com a fachada da basílica de Superga sem deixar nenhum sobrevivente. Eram 31 passageiros, sendo 18 jogadores profissionais do Torino e dez deles faziam parte da seleção títular da Itália, que viria ao Brasil para a Copa de 1950.

    ResponderEliminar
  10. Anónimo2/8/16 10:06

    Tetracampeão de Itália em título, o Torino veio jogar a Portugal a convite do Benfica, perdendo essa partida, no dia 3 de maio de 1949, por 4-3. No dia a seguir, durante as manobras de aproximação ao Aeroporto de Turim, o avião que transportava a equipa embateu contra um muro da Basílica de Superga, vitimando mortalmente todos os passageiros, incluindo 18 jogadores, cinco funcionários do clube e três jornalistas que acompanhavam a equipa.

    ResponderEliminar
  11. Um prazer ler este blog, e apesar de saber que é um trabalho árduo e imenso, acredito que está na hora de passar a papel este blog, o em defesa do Benfica já merecia ser editado para verdadeiras memórias futuras.
    PS: volto a dizer, durante muitos anos sempre pensei que tivesse embatido contra a Basilica, assim como muitas outras coisas como a verdadeira história do nosso campo de futebol nas amoreiras, nunca soube se os terrenos foram expropriados ou não, depois viemos para o campo grande e ainda tivemos de fazer obras naquilo, há quem diga que só jogávamos lá por favor do sporting de lisboa.
    por isso o digo, este blog já merecia ser editado!

    ResponderEliminar
  12. Albertini2/8/16 12:49

    Parece-me que o problema ja esta ao nivel da compreensao da lingua Portuguesa.... quando se fala da "basilica" nao se fala so da cupula, mas de todo o edificio! Nao ha a minima duvida que o aviao bateu no topo da colina, nas traseiras do edificio, acabando de encontro ao torreao!

    Basta ver este documentario da altura, disponivel no youtube, onde se podem ver nao so imagens da basilica (com toda a estrutura, incluindo a cupula, intacta), como onde acabou o aviao:

    https://www.youtube.com/watch?v=cNmOP8jGoRc

    ResponderEliminar
  13. Algumas pessoas consideram que estas mentiras são pequenas imprecisões fruto da distracção.
    É preciso perceber que o assunto é sério e que estamos a falar de profissionais pagos para veicular informação verificada a e por isso correcta. Noutros tempos dar esse tipo de informação incorrecta faria com que os mesmos profissionais usassem os mesmos meios para pedir desculpa.

    Não se tratou de uma referência fugaz a um assunto menor. Superga é e será sempre uma ferida na história de dois Clubes. Quando esses dois Clubes se enfrentavam para disputar um troféu em homenagem ao maior jogador de sempre de um deles, acredito que os profissionais deviam ter feito o seu trabalho de caso.

    É inacreditável como se pode colocar aqui uma fotografia dizendo que o avião estava dentro da catedral sem ter tido o cuidado de ler as fontes e ver outras fotografias. O assunto é sério e o autor deste blogue não precisa de mim ou de outro Benfiquista qualquer para mostrar que é sério.

    E colocar mensagens como anónimo só desqualifica quem o faz. Já não bastava nem sequer perceber aquilo que aqui coloca.

    ResponderEliminar
  14. Anónimo9/8/16 01:42

    Com orgãos sociais como esses querem que eles digam verdades?!

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail