Em Defesa do Benfica -->
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

19/09/2021

Longe de Casa (I)

19/09/2021 0 Comentários

SEM ACESSO À INTERNET RESTA SOCORRER-ME DO MORDILLO PARA MANTER ESTE ESPAÇO VIVO. 



Quantos lados tem uma bola (esfera)? Nenhum?! Um?!
Dois! O lado de fora e o lado de dentro.

CCAARREEGGAA  BBEENNFFIICCAA

Alberto Miguéns
Ler Mais ►
18/09/2021

Extraordinária Assembleia Geral

18/09/2021 2 Comentários

POIS OBSERVOU-SE MUITO DO QUE SÃO OS ÓRGÃOS SOCIAIS ACTUAIS.



Como daqui a umas horas, pelas oito da manhã, tenho que fazer uma viagem (a conduzir) de 216 quilómetros e são 02:14 horas apenas dez notas breves que desenvolverei na próxima quarta-feira depois de passado o jogo com o Boavista FC.


1. Se José Eduardo Moniz for candidato num dos 20 lugares que têm os Órgãos Sociais do «Glorioso» não votarei nessa Lista;


2. O Benfica continua muito mal servido de presidente da Mesa da Assembleia Geral. Nunca vi nada igual. Ainda consegue superar , mediocridade, Virgílio Duque Vieira. Até pedia para dirigentes com um voto e cinco votos votarem. Ora não pode haver dirigentes no Benfica com menos de 50 (25 anos de sócio efectivo) ou 20 votos (com mais de dez a 25 anos de sócio efectivo). Impossível face aos Estatutos. Se não sabe isto, sabe o quê dos Estatutos? Isto é inconcebível. Mas é só um exemplo da impreparação para o cargo;


3. Estes Órgãos Sociais fomentam a desunião no Clube em vez de a promover;


4. Intervenções assertivas e precisas da maior parte dos associados e ainda novos. Há aqui uma garantia que a juventude no Benfica pode assegurar o retorno ao Benfiquismo. Acredito mais neles que em muitos da minha geração que estão acomodados e resignados. Até parece que não iam às assembleias gerais nos Anos 80 e 90!;


5. O funcionário João Salgado (clicar) é um incompetente a organizar assembleias gerais. E não só...tem mais incompetências para funcionário de um clube como o Benfica. Na primeira votação (ponto 1.) como se percebeu que a esmagadora maioria - talvez 90/10 - queria voto físico na votação seguinte (ponto 2.) lembrou-se de fazer votação por sectores para demorar mais tempo e fazer esgotar parte das três horas previstas para a duração da assembleia geral. Como se previa voltou a haver uma votação esmagadora. Contou voto a voto e depois não foram revelados os resultados. Incrível. Então porque demorou mais de meia hora a contá-los? Uma vergonha que nunca vi desde que sou associado (1979) e frequento as assembleias gerais (1980). Um dos responsáveis pela assembleia geral não ser mais expedita e conclusiva;


6. Os requerentes da assembleia geral extraordinária - apesar de nem ser verificado o quórum - apresentaram com clareza as suas propostas. Com destaque para João Pinheiro e Francisco Benitez, com intervenções bem estruturadas e agregadoras procurando a concórdia;


7. Excelente intervenção de João Noronha Lopes a colocar as questões certas e desafiando Rui Costa a assumir-se como líder;


8. De todos os vice-presidentes o que teve um comportamento mais lamentável foi Jaime Antunes que passou grande parte da primeira parte da assembleia geral a invectivar associados. Inacreditável. É bom recordar que Jaime Antunes foi dos elementos mais enxovalhados por Luís Filipe Vieira. Quando este afirmava que se não fosse ele ter ganho as eleições em 2003 o Benfica tinha acabado é o mesmo que dizer que se Jaime Antunes tem vencido essas eleições este tinha acabado com o Benfica. Se isto não é ser enxovalhado o que é ser ridicularizado por quem o venceu em 2003?





9. Excelente intervenção de Paulo Miguel Olavo de Pitta e Cunha (presidente da mesa da assembleia geral, entre 31 de Outubro de 2000 e 3 de Novembro de 2003) à Benfica, ou seja, a procurar soluções em vez de arranjar problemas e suscitar confusões como fez durante toda a assembleia geral o presidente da mesa. Comparando Paulo Miguel Olavo de Pitta e Cunha e António Albino Pires de Andrade (actual presidente substituto da mesa da assembleia geral  demissionário) percebe-se como o Clube se degradou em vinte anos;



10. Rui Costa estava na disposição de aceitar o Regulamento Eleitoral discutido no ponto 4. mas houve elementos da Direcção que não aceitaram e ele como líder de um órgão composto por mais sete vice-presidentes - são oito mas esta Direcção está amputada do presidente eleito - sentiu que havia elementos da sua Direcção que não aceitavam. Entre todos José Eduardo Moniz teve um comportamento inflexível. Se Rui Costa não se libertar destes elementos nocivos à união dos Benfiquistas não contará com o meu voto. SE apresentar uma lista que eu considerar "Benfiquisticamente decente" depende do confronto de nomes e programas com outras candidaturas. Assim não. Foi Moniz que não quis!


O Benfica precisa de estar unido, mas quem tem de promover a união é quem dirige. Num País são os Estadistas que fazem a diferença. São eles que congregam à sua volta o "Povo". No Benfica como clube gigantesco é o mesmo. Um presidente da Direcção tem de ser um Estadista. Saber unir os associados tomando decisões que façam unir à sua volta os Benfiquistas. Compete a Rui Costa libertar-se de quem não tem capacidade de servir o Benfica e juntar, à sua volta, Benfiquistas que estabeleçam a concórdia e tomem decisões que os associados percebam e assumam.


Que Rui Costa tenha coragem para fazer uma lista coerente. Se tal não ocorrer não votarei nele! Se a fizer é uma hipótese a considerar, pois terei de comparar com as restantes Listas. Aliás se não houver voto físico continuarei a votar nulo!


Alberto Miguéns


NOTA: Com tudo isto são 03:12 horas da matina e tenho de rumar ao bairro da Graça para dormir e arrancar cedo para longe! (se houver erros, peço desde já desculpa, mas não vou rever o texto). Será feita essa revisão na segunda-feira pois para onde vou é mais fácil ter acesso à rede de Espanha que à de Portugal. Ficarei sem internet até segunda-feira!

 



Ler Mais ►
17/09/2021

AGE: Verificar Quórum Para Quê?

17/09/2021 5 Comentários

A ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA A REALIZAR HOJE (20:30 HORAS) NÃO É A REQUERIDA PELOS ASSOCIADOS.



É uma outra proposta pela Mesa da Assembleia Geral (MAG) e esta não necessita de "no mínimo, ter 10 mil votos" para se realizar. O Presidente da MAG marca assembleias gerais quando quiser com a ordem de trabalhos que quiser.

 

Ler Mais ►

Coragem da Direcção Perante Chantagem

8 Comentários

TRATANDO-SE DE NEGÓCIOS TALVEZ CHANTAGEM SEJA INADEQUADO. É MAIS UM ULTIMATO.



A Direcção do «Glorioso», demissionária desde 1 de Setembro de 2021, não cedeu ao "Ultimato" do anterior presidente da Direcção. Eu como associado n.º 7 700 estou de acordo.

 

Ler Mais ►
16/09/2021

Uma Utopia Chamada Benfica

16/09/2021 4 Comentários

COM OS BENFIQUISTAS SEMPRE A PENSAREM NO MODO COMO SERIA O «CLUBE MAIS QUE PERFEITO» POIS PERFEITO JÁ ELE É. OU QUASE.



Quanto às Eleições 2021/2025 tenho uma opinião quanto ao candidato a presidente da Direcção. Devia ser um «Decano Benfiquista»!

 

Ler Mais ►
15/09/2021

Ainda Sou do Tempo

15/09/2021 12 Comentários

EM QUE O «GLORIOSO» TINHA CONFIANÇA PARA JOGAR NAS COMPETIÇÕES EUROPEIAS COMO SE FOSSE MAIS UM JOGO. EMBORA O MAIS IMPORTANTE DAS SUAS VIDAS.



Desde há umas temporadas parece que há receio em perder. E isso é "meio caminho" para ceder pontos em demasia. O Benfica tem que voltar a ter a capacidade internacional que a sua dimensão demográfica, história e palmarés mostram. Mesmo até aos Anos 90 os futebolistas do Benfica, quando eram jogos para a Taça dos Clubes Campeões Europeus, tornavam-se "uma espécie de filhos" dos Bicampeões Europeus querendo honrá-los. Transportavam um Legado gigantesco!

 

Ler Mais ►
14/09/2021

Falta Capacidade Internacional ao Benfica

14/09/2021 13 Comentários

SÓ DOMINAR NÃO CHEGA. É NECESSÁRIO NÃO TER MEDO DE SER FELIZ. E OS FUTEBOLISTAS DO BENFICA TÊM.

 


O FC Dínamo Kiev é mais limitado que o «Glorioso». Não vencendo em Kiev vamos vencer onde?

Ler Mais ►
Apoio de: