Lista B: Brio | Em Defesa do Benfica -->
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

13/10/2021

Lista B: Brio

13/10/2021 10 Comentários

COMO A ÚNICA POSSIBILIDADE DE NÃO HAVER LISTA ÚNICA EM 9 DE OUTUBRO DE 2021.



Só o facto de haver um "Movimento" com agilidade em duas chamadas a exercer o Direito dos Associados - Eleições em 2020 e Assembleia Geral em 2021 - permitiu ter condições para constituir uma Lista e criar um mínimo de envolvimento em escassas cinco semanas, entre 1 de Setembro e 9 de Outubro. Até outros "Movimentos" estoiraram e preferiram passar a fazer parte da Nomenclatura.

 

NOTA INICIAL: fui apoiante de (ou votei em) Francisco Benitez/Lista B


Com a anúncio de Eleições para "daí a cinco semanas" embora se soubesse que "mais dia menos dia" existissem

Só a experiência adquirida na longa campanha eleitoral de 2021 (três meses) e a realização da assembleia geral extraordinária, onde foram conseguidos cerca de oito mil dos dez mil votos necessários, permitiu ter condições para dificultar o que os Órgãos Sociais demissionários queriam - ter o mínimo de alternativas possíveis. 

 

As condições após a revisão estatutária de 2010 foram no sentido de dificultar ao máximo que os sócios possam exercer cargos embora paguem quotas!

A comparação entre as três últimas revisões dos Estatutos não deixa dúvidas. Em 1985 e 1996 e se recuarmos para Estatutos anteriores é idêntico, chegavam 250 votos e não dez mil votos. Quanto aos dirigentes, com 23 anos já se podiam candidatar. Ser eleito isso já não depende de cada um, tenha 18, 23, 28, 43 ou 90 anos, mas da vontade de quem vai votar, ou seja, dos associados votantes. 

 

ALGUNS ARTIGOS DOS ESTATUTOS RELACIONADOS COM AS ELEIÇÕES

Revisões

1985

1996

2010




Número de votantes para apresentar uma Lista

Subscritas por um mínimo de 250 sócios efectivos, com mais de um ano de filiação associativa (ponto 1. do artigo 24.º)

Subscritas por um mínimo de 250 sócios efectivos ou correspondentes, com mais de um ano de filiação associativa (ponto 1. do artigo 25.º)




Subscritas por um mínimo de dez mil votos (ponto 5. do artigo 58.º)

Ser eleito para os Órgãos Sociais

(excepto presidências)

 


Sócios efectivos com mais de cinco anos de filiação associativa (ponto 2. do artigo 11.º)*

 



 

Sócios efectivos com mais de cinco anos de filiação associativa (ponto 2. do artigo 12.º)*

Sócios efectivos com mais de dez anos ininterruptos de filiação associativa (ponto 2. do artigo 17.º)**


Ser eleito para presidente  dos três Órgãos Sociais

Pelo menos vinte e cinco anos ininterruptos como sócio efectivo (ponto 2. dos artigos 53.º, 61.º e 65.º)***

NOTAS: * idade mínima de 23 anos (18 + 5); ** idade mínima de 28 anos (18 + 10); *** idade mínima de 43 anos (18 + 25)

 

Com Eleições definidas com datas tudo é mais fácil

Já se sabe - não havendo alteração dos Estatutos ou não sendo o artigo 55.º alterado - que as próximas eleições (não havendo antecipação como houve de 2024 para 2021) que as eleições em 2025 serão em 25 (sábado) ou 24/31 (sextas-feiras). Agora com os actuais Estatutos marcar prazos em eleições antecipadas é discricionário!


Além disto (dificuldade em recolher assinaturas)

Que a assembleia geral extraordinária acabou por facilitar ainda há a componente de conseguir vinte nomes de associados com disponibilidade e capacidade para dirigir um Clube como o Benfica. Não é fácil. Embora para muitos, ainda que só queiram "prémios Nobel no Benfica", até seja muito fácil encontrar pessoas, isto é mentalidade de adeptos que nem associados são como é fácil de constatar, desde os Anos 80, durante as campanhas eleitorais.

 


Em relação a esta Lista fiquei grato por rever um associado no qual votei, tanto em 1987 como em 1989 e 1992 (nestas "ganhei", aliás foram as primeiras que venceram as listas em que votei, depois de "derrotas" em 1981, 1983 e 1985) e do qual gostei enquanto dirigente, entre 1989 (efectivo) e 1993: Mário Casquinha

Que como "Bom Benfiquista" tem um filho que também o é e concorreu pela Lista B. Obrigado António Casquinha. Aliás devido à vitória em 1987 (27 de Março) ainda com votação na rua Jardim do Regedor, cheguei meia-hora atrasado ao meu casamento (28 de Março de 1987). Valeu o pároco da Igreja da Luz ser Benfiquista e anti-Fernando Martins!





Apesar de tudo ainda foi possível reunir um bom conjunto de associados (destaco sete, pedindo desculpa aos restantes treze) mas não faz sentido colocar todos. Quem quiser pode saber (clicar)

Com provas dadas e vida profissional recheada de experiência e sucesso:




Para todos eles um tema interpretado por um antigo voleibolista do «Glorioso»: Adriano Correia de Oliveira.


A votação obtida foi aquela que fizeram por merecer. Os associados são soberanos (e com voto físico há transparência).

 

Alberto Miguéns


NOTA: Para encerrar a análise às Eleições 2021/2025 está previsto mais um texto:

13/14: de quarta-feira para quinta-feira: Lista A - Alternativa.

Depois disto ponto final neste acto eleitoral e quanto a Eleições até 2025.

10 comentários
  1. Obrigado. Fica aqui um certo acervo histórico sobre o Benfica dos nossos dias, para memória furura. Que nunca se desligue esta preciosa base de dados que é o teu blog.

    ResponderEliminar
  2. Fica para mim claro que dentro da lista haveria soluções mais qualificadas para assumir a presidência, do que Francisco Benitez, e digo isto com todo o respeito que ele merece, pois foi ele q juntou esta gente toda.

    ResponderEliminar
  3. Desde 2010 que é possível apresentar uma lista subscrita por 200 sócios, quando antes o mínimo era 250.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Ruben Sosa

      Teoria. Na prática é muito diferente. A Lista do Sistema pode ter acesso a moradas, telefones e contactos de associados com 50 votos, mas os outros não.

      Depara-se com muitos que parecem fervorosos benfiquistas mas nem sócios são. Nas Casas do Benfica há pouquíssimos com 50 votos, mesmo directores, pois há um misto de sócios correspondentes (máximo 20 votos) com a generalidade que nem associados são. Como são espaços de restauração - servem refeições - muitos nem do Benfica são. A Sul dominam sportinguistas e a Norte são portistas que ganharam as concessões.

      Em teoria seria fácil (e para a Lista do Sistema é) mas para os Listas alternativas é mais complexo.

      Pois é!

      Alberto Miguéns

      Eliminar

  4. Concordo em absoluto com o comentário do consócio João Duarte., pois penso o mesmo.

    ResponderEliminar
  5. Fui votar com a ideia de votar em branco, mas decidi votar na Lista B, votar na lista é era impensável e iria contra aquilo que penso, porque os que foram eleitos deviam ter sido corridos não agora mas em 7/7 e o Benfica nunca cairia na rua, e porque não vi perfil no Benitez para ser presidente e no debate que poderia ter sido um click não o soube dar, e não teria sido difícil perante um individuo que é um vaidoso e foi para lá com pose de estadista, com a mania que percebe muito de futebol, ser bom jogador não significa que se perceba de futebol, senão o Pelé, Eusébio e o Maradona teriam dado dos melhores treinadores de sempre, saber jogar é um dom com que se nasce, mas não significa que se saiba tudo relativo ao futebol, que é uma ciência simples e não uma coisa super transcende como eles gostam de dizer a tribo do futebol.

    Mas também dar mérito ao Bentiez porque foi através do seu movimento que houve cadernos eleitorais, voto físico, eleições a um sábado, e é como ele diz o inteligente do futebol foi obrigado a ceder perante os sócios, porque sabia que se fosse contra com o clima que estava instalado tinha deitado tudo a perder. E como dizem outros benfiquistas tinha gente muito valida e que deveriam ter sido mais explicados e apresentados as pessoas que compunham a lista, teria sido importante para evitar a desconfiança.

    Claro que a marcação das eleições para um período tão apertado desde o seu anuncio até à data da sua realização foi estratégico, assim como o foi esperar pelos resultados para ver se corria bem, pois sabiam que seria isso a alavanca necessário para irem a votos, sabendo que as pessoas se isso acontecesse esqueceriam o que se passou durante 20 anos, as pessoas que fizeram parte disso, entre muitas outras coisas que poderiam ser ditas, dai a sumidade do futebol andar permanentemente a evidenciar o facto do seu trabalho durante 3 meses como se isso fosse relevante e fosse demonstrativo da sua capacidade, quando isso efectivamente é resultado daquilo que já estava pré-estabelecido pelo rei do palheiro, mas vaidoso como sempre foi gosta de se evidenciar, como se fosse a ultima bolacha do pacote.

    Da minha parte desejo as maiores felicidades ao Benfica, quero que o clube ganhe, quem lá está tanto se ma dá como me deu, são pessoas que para mim não prestam, tenham os cargos que tenham, mas o que define as pessoas não é os cargos mas as acções e decisões que tomam, e nisso deixam todos muito a desejar, posto isto como já não vejo nenhum jogo desde 2013, excepto as duas finais europeias, mas estas eram fora do Estádio da Luz, continuarei ausente até que esta gente saia dali para fora, se tiver que ser assim até ao fim da minha vida terrena que assim seja, eu deste Benfica não tenho a mínima saudade e falta, o Benfica do qual eu sinto falta, é o da minha infancia, adolescencia e parte de adulto, desse tenho imensas saudades, deste do seculo XXi nem um pouco, é me completamente indiferente, só não é na totalidade devido ao afecto e ao gosto que tinha desde muito miúdo quando comecei a ir ver o Benfica para ai em 72/73.

    Saudações a todos e que corra tudo pelo melhor, se for preciso ir a votos antes de 2025 lá estarei para votar por uma alternativa a esta gente ou contra esta gente

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. votar na lista A era impensável e não votar na lista é era impensável

      Eliminar
  6. Concordo com João Duarte e Aguiaalentejana. De qualquer forma, é de louvar o trabalho e dedicação de Benitez e integrantes do MSB.

    ResponderEliminar
  7. Excelente trabalho de informação aos benfiquistas e demais interessados. Isto é serviço público.

    ResponderEliminar
  8. A direcção de 1989 tinha gente de grande nível benfiquista e humano. Difícil repetir uma coisa assim nos dias que correm.

    ResponderEliminar

Apoio de: