Eleições 2021/2025 | Em Defesa do Benfica -->
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

22/09/2021

Eleições 2021/2025

22/09/2021 12 Comentários

EM ANDAMENTO COM O ANÚNCIO DA PRIMEIRA CANDIDATURA ASSUMIDA HAJA OU QUE HOUVER.



Antes, em 15 de Setembro de 2021, Francisco Benitez anunciou que será candidato (clicar) mas impôs seis condições.

 

NOTA INICIAL

A informação ao início da tarde de ontem, de Rui Costa, que iria convocar uma Conferência de Imprensa, certamente para anunciar a candidatura faz adiar o texto que estava prometido para hoje (clicar). Em excerto dessa "promessa" feita na madrugada de 18 de Setembro de 2021. 



Está feito, mas será adiado 24 horas, para 23 de Setembro. 



Essas condições dependem de existir um Regulamento Eleitoral credível, democrático e transparente

Eis as seis condições (clicar em cima do texto digitalizado para obter melhor visualização):


As declarações de Rui Costa foram muito genéricas

Ainda ficámos a saber menos que aquando do anúncio da candidatura de Francisco Benitez, mas este indicou que seria candidato se... Rui Costa é peremptório.

 




"Espantou-me" Rui Costa ser tão evasivo e inócuo

É que Rui Costa é vice-presidente desde 29 de Outubro de 2020, anunciou a 9 de Julho que exerceria o cargo de presidente da Direcção e assumiu a presidência (interina) em 15 de Julho. Ora, em 21 de Setembro faltam 18 dias para as eleições em 9 de Outubro. É evidente que a Lista de nomes tem que ser entregue (pelos Estatutos de 2010) até 29 de Setembro. Daqui a sete dias. Não acredito que não tenha já os dez mil votos de associados (ponto 5. do artigo 58.º da revisão estatutária de 2010) e até o "Programa" pelo menos a sua estrutura. Tem toda a legitimidade de só o apresentar quando quiser. Mas pensei que fosse esse o motivo para convocar a Conferência de Imprensa e não uma curta declaração de meia dúzia de minutos. 


 

O actual associado 7 700 e as Eleições 2021

Mantenho a mesma postura de sempre. 

1. Indicarei a minha posição pois tendo um blogue a comentar assuntos do Benfica é essa a minha obrigação. Não ando aqui escondido com pseudónimos e nomes estúpidos a enganar ninguém;

2. Vou dando opinião acerca das Eleições, mas só indicando que candidato apoio e a quem darei os meus 50 votos (que é uma exorbitância vergonhosa quando os associados até cinco anos de filiação efectiva só têm direito a um voto) quando estiver na posse dos 20 nomes e dos "programas", ou seja, daquilo que cada lista pretende para o Benfica entre 2021 e 2025;

3. Se o voto for electrónico, sem contagem de voto físico, votarei nulo (mesmo indicando qual a lista com que me identifico) tal como tenho votado nulo desde 2009. Só me enganaram uma vez. Não me enganam mais. 


Quatro notas finais

1. Voto electrónico. Nunca é secreto. É facílimo saber quem vota em quem ou no quê. Eu até nem me importo que o voto não seja secreto - por isso aceito o voto electrónico mas com contagem de voto físico - pois sou a favor que, num clube, o voto seja tornado público. Só que isto tem efeitos "colaterais". Os funcionários do Clube sabem disso e sentem-se desconfortáveis mesmo na abstenção pois temem represálias não votando no candidato do "sistema". Eu era funcionário do Clube (Comissão Instaladora do Museu) nas Eleições de 2012 (o Museu foi inaugurado em 26 de Julho de 2013) e sei bem da "pressão" que vi em algumas pessoas, se bem que eu sempre dissesse que ia votar nulo, porque sempre fiz o que considerava ser melhor para o Clube e não dependia do emprego no Benfica pois exigi que só trabalhava remunerado no SLB - e a contragosto como já escrevi em tempos, explicando-o, pois Luís Filipe Vieira era execrável, indigno e envergonhava-me como associado - por períodos de um ano obtendo ciclicamente licenças sem vencimento anuais;

2. Cadernos eleitorais. Atenção pois é possível o "sistema" votar por determinados associados sem que estes saibam que votam. Não estou a dizer que o façam. Estou a escrever que o podem fazer;

3. José Eduardo Moniz. Onde Moniz estiver, eu não estou. Jamais apoiarei uma lista onde ele esteja como candidato a dirigente. Amanhã escreverei porquê (aliás publicarei porquê, pois escrito já está). Moniz assim o quis. Envergonha-me "quase tanto" como me envergonhava Luís Filipe Vieira. Não me livrei de um para agora ter outro a tratar da "vidinha qual vieirinha"!

4. Rui Costa (por ele mesmo). Rui Costa entrou para dirigente da Benfica Futebol SAD em 1 de Julho de 2008, precisamente depois de terminar a sua carreira de futebolista no «Glorioso» no final da temporada de 2007/08. Manteve-se no Conselho de Administração até 28 de Outubro de 2020. Foram 12 anos e três meses. Tudo o que vier a ser apurado (se o for) acerca de irregularidades e trapalhadas várias anunciadas também são da sua responsabilidade. Resta determinar o grau de responsabilidade. Luís Filipe Vieira ficará na história, entre "coisas boas e más" (como todos os 33 presidentes da Direcção) como o presidente que deixou o FC Porto ultrapassar o Benfica em títulos conquistados a nível da UEFA, pois até 31 de Outubro (eleições)/3 de Novembro de 2003 (tomada de posse), o FC Porto detinha dois (TCCE em 1986/87 e Taça UEFA em 2002/03) e depois de 31 de Outubro/3 de Novembro de 2003 tem quatro (Liga dos Campeões, em 2003/04 e Liga Europa, em 2010/11). O dobro. Rui Costa arrisca-se - sendo eleito e mostrando-se incompetente como o seu antecessor - a ser o presidente de Benfica que permitiu ao FC Porto, ultrapassar o Benfica em títulos a nível nacional: o FC Porto está a oito campeonatos nacionais do Benfica (37/29) e a oito Taças de Portugal (29/21) de o conseguir. Luís Filipe Vieira permitiu ao FC Porto "recuperar" três campeonatos nacionais (30/19) e duas Taças de Portugal (26/16) desde 2003/04. Espero que, se Rui Costa triunfar nas Eleições (2021) não siga os maus exemplos de quem o escolheu para «principal» vice-presidente, em 28 de Outubro de 2020.


Agora é esperar (de Francisco Benitez, Rui Costa e outros associados candidatos a presidentes da Direcção, se os houver): nomes, programas, linhas de acção e prioridades.

 

Alberto Miguéns


NOTA FINAL

Se me lembrar de mais "alguma coisa" até próximo da meia-noite editarei o texto com essas alterações. Obrigado.

12 comentários
  1. Eu não sei como é possível uma pessoa ser o numero dois de qualquer instituição, empresa, o que for, e não saber nada daquilo que o patrão/chefe, seja lá ele quem for faz, a meu ver é impossível, por experiencia própria, sei que sabe-se sempre, como disse é impossível não saber.

    Podemos é fazer de conta que não vimos e não ouvimos, mas não saber é impossível, mas as eleições estão decididas, vamos ver é se até Novembro não temos nenhuma surpresa acerca do Catão Vermelho da parte do MP.

    O mais provável nestas eleições é nem aparecer para votar, ou quanto muito votarei em branco.

    Quanto aos 50 votos é um exagero e contra mim falo porque tenho os mesmos 50 votos

    ResponderEliminar
  2. Caro Alberto,
    Gostaria que esclarecesse se Rui Costa cumpre as condições estatutárias para ser candidato a presidente do Benfica.
    Em que ano foi anunciada a atribuição da Águia de Prata?
    Saudações Gloriosas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro José Rama

      A atribuição do emblema de dedicação Classe Prata é após completar 25 anos de associado. E não 25 anos de sócio efectivo. Os meus filhos receberam-no quando fizeram 25 anos de idade pois inscrevi-os como associados assim que nasceram. Por isso só tinham sete anos de sócio efectivo.

      Rui Manuel César Costa recebeu o emblema de dedicação classe prata em 28 de Fevereiro de 2002 pois entrou para associado em 9 de Novembro de 1976 completando 25 anos em 9 de Novembro de 2001, tinha 30 anos de idade (29 de Março de 1972), pois entrou para associado do Clube com 4 anos, sete meses e onze dias.

      Outra questão é saber o "percurso" como associado. Quando passou de sócio atleta a efectivo e se alguma vez foi demitido, entre 1980 (18 anos) e 2006, quando regressou. Mas isso nunca conseguirá saber enquanto o Benfica não for um clube transparente, embora para mim Rui Costa seja - até prova em contrário - sócio efectivo desde 29 de Março de 1980, quando completou 18 anos. Não acredito que haja "surpresas". Acredito que fosse sócio-atleta até essa data, mas depois passou a efectivo até à actualidade.

      Abraço Glorioso

      Alberto Miguéns

      Eliminar
    2. Caro Alberto,
      Obrigado pelo seu sempre esclarecido depoimento.
      Infelizmente tenho dúvidas que seja desta vez e com ele, que se alcance essa desejada transparência.
      Saudações Gloriosas.

      Eliminar
  3. E em relação a Jaime Antunes, Alberto? Caso ele participe na lista de Rui Costa?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Benfiquista

      Pode. Aliás se já foi aceite em 2020, um ano depois ainda tem mais "legitimidade". É sócio desde 9 de Março de 1993. Tem 28 anos de associado. Não sei a idade, mas deve ter até anos de sócio efectivo suficientes (25 anos de efectividade e 43 de idade) para ser presidente. Tenho ideia que ele tem uns 65 anos. Deve ser sócio desde os 38/39 anos. Foi sempre efectivo. Tem 28 anos de sócio efetivo. Se for escolhido como "principal" vice-presidente até pode ser presidente!

      Abraço Glorioso

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  4. Sr. Alberto Minguéns,o Rui Costa Vai escolher alguns dirigentes que estão nesta direcção em quem ele faz confiança e vai buscár novas pessoas da confiança dele.

    O Rui não é Uma pessoa influenciàvel, podem escrever o que quizérem porque ele vai traveler Para o Benfica, e não Para as redes sociais ou Para a cmtv.

    Quanto ao Luis felipe Vieira ser o culpado do fcp ter mais titulos europeus que o Benfica, eu pergunto-lhe quantos titulos europeus gainhou o Benfica depois de 1963 at ao ano 2000?

    Apartir de 1984 até 2000 o Benfica foi sempre a descer, de 84 a 90 andava as seluços com o dinheiro do Jorge de Brito, foi a 2 finais europeias sem Saber como, depois Jorge de Brito tirou o dinheiro que Tina posto deixou o Benfica na mistrial até ao ano 2000.

    Nem vou falár de Damásio e vale e azevedo.

    De 2000 a 2010 construiu-se o estádio novo e o Benfica Campus, de 2010 a 2020 gainhou 5 campeonatos.

    Na minha mudéstia ópinião penso que o Benfica depois de 2000 começou de novo a subir, não tão rápido como eu gostava, mas vai Subiaco.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Benfiquista Jorge Neves

      Espero que esteja correcto e eu não.

      Quanto ao Rui Costa/Moniz oxalá eu esteja errado.

      O que todos queremos é um Benfica cada vez maior.

      Até 2000 a Banca não se metia no Futebol ao contrário de que passou a fazer no século XXI. O Mundo mudou e o Benfica adapta-se.

      O Maior clube português está sempre condenado a vencer mais que os outros. Não pense que o Benfica nunca mais vencia depois de 1993/94. Devia até ter vencido mais pois foi aposta da Banca para fazer circular dinheiro, como referiu o ex-presidente na Comissão de Inquérito Parlamentar.

      Abraço Glorioso

      Alberto Miguéns

      Eliminar
    2. Quem permitiu que o Mourinho fosse para o Porto? os socios n~sao foram atrás das promessas do Jardel? Ó é mentira que o Benfica tinha um contrato assinado com o JArdel e para não ir a tribunal teve que comprar o George Jardel que nunca vestiu a camisola do Benfica tendo sido despachado para o Alverca para o Benfica não ir a tribunal e perder a acção contra o Mario Jardel?

      Quem não quis o Mourinho com a sua equipa tecnica e quis impor o Jesualdo Ferreira como adjunto?

      Isto explica porque o Porto em duas epocas ficaram com o dobro dos titulos europeus do Benfica e mais do triplo dos titulos internacionais do Benfica, esta é a explicação

      É verdade de desde 62 não ganhamos nenhum titulo internacional, mas até 1995 fomos a mais 5 finais dos campeões, participamos na primeira edição da liga dos campeões, e tivemos incontáveis participações até aos 1/4 final na taça dos campeões, podemos depois acrescentar mais duas meias finais da taça das taças e uma final da Taça UEFA, e em 1990 eramos a 2ª equipa do ranking da UEFA nos Campeões.

      Acresce a isso que não tivemos participações vergonhosas como tivemos neste seculo desde fazer 0 pontos, ser uma das 10 piores equipas de sempre da champions, ter o pior registo europeur de clubes portugueses em termos de derrotas consecutivas, e podemos parar por aqui senão ainda é pior. Vai falar nas duas idas às finais da Liga Europa, boas sim, mas depois de sermos eliminados da champions, isso é que fomos lá por acaso, agora em 83, 88 e 90 não chegamos lá por acaso chegamos com merito, eliminado grandes equipas pelo caminho, algumas delas se calhar superiores ao Benfica, como o Marselha, A Roma que na altura era do nivel do Benfica, Steaua.

      O Sr Jorge de Brito viu-se obrigado a retirar o dinheiro que tinha colocado no Benfica por problemas pessoais, mas durante a sua vida deu muito dinheiro ao Benfica por benfiquismo sem querer nada em troca, a pista de tartan do antigo estadio nº2 foi oferecida por ele

      Os 20 anos do Vieira dividem-se em 3 fases, fase 1 de 2001 a 2013 ganhamos apenas 2 campeonatos, fase 2 depois de 14 a 17 ganhamos 4 campeonatos e fase 3 de 18 a 21 ganhamos apenas 1 campeonato, o Borges Coutinho em 9 anos ganhou 7 campeonatos, os mesmo que o Vieira ganhou em 20 anos.

      Quanto ao estadio novo, seixal isso tambem os outros construiram, tudo à boleia de dinheiros publicos por causa do Euro 2004 que ainda hoje andamos a pagar essa factura, sendo que alguns estadios estão ao abandono, são autenticos elefantes brancos, mas preferia o outro estadio como estava que este 1000 vezes, por mim o outro estadio a ser demolido se não desse para ser remodelado, era construido por fases e exactamente igual mas adaptado ao tempo actual, tipo como fez o Liverpool com o The Kop.

      Depois de 2000 não subimos para lado nenhum e estamos no periodo mais negro da historia do Benfica, e ainda não acabou, ainda a procissão vai no adro, e temos o nome e o proprio clube manchado para sempre devido a promiscuidades, praticas eticamente reprovaveis, negocios obscuros, roubo de dinheiro, desvio de dinheiro, somos um clube da 3ª divisão da Europa, fazendo de vez em quando um brilharete, mas isso qualquer um o faz.

      Veremos como isto vai acabar porque para mim há mais de 15 anos que dizia que acabava assim ou pior, vamos aguardar, porque mais haveria para dizer

      Eliminar

  5. Gostaria que, que por favor, me esclareça a minha situação; sou sócio-correspondente do n/Glorioso há cerca de 30 anos, a quantos votos tenho direito.
    Obrigado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Benfiquista

      Qualquer associado efectivo ou correspondente tem direito ao mesmo número de votos (artigo 51.º), excepto à alínea d) reservada apenas a efectivos. Como sócio-correspondente não pode é integrar Órgãos Sociais além de outras limitações.

      Tem direito a 20 votos.

      Artigo 51º
      Constituição e atribuição de número de votos aos sócios
      1. A Assembleia Geral é constituída pelos sócios efetivos e correspondentes com mais de um ano de filiação associativa cabendo-lhes, em todas as votações salvo expressa indicação estatutária, o seguinte número de votos:
      a) Sócios com mais de um ano de filiação associativa e até cinco anos – Um Voto;
      b) Sócios com mais de cinco anos de filiação associativa e até dez anos – Cinco Votos;
      c) Sócios com mais de dez anos de filiação associativa e até vinte e cinco anos – Vinte Votos.

      d) Aos sócios efetivos com mais de vinte cinco anos de filiação associativa são atribuídos Cinquenta Votos.

      Abraço Glorioso

      Alberto Miguéns



      Eliminar
  6. Obrigado pelo esclarecimento.
    Saudações Benfiquistas.

    ResponderEliminar

Apoio de: