Pois É...
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

13/07/2020

Pois É...

13/07/2020 + 4 Comentários
AS LIDERANÇAS É QUE UNEM NÃO PODEM DIVIDIR.  


Só um génio como Camões consegue sintetizar e simplificar em seis palavras ou 28 letras o que há muito se sabe e sente mas para explicar são necessárias "resmas de papel" ou discursos palavrosos: se o líder é mesmo líder consegue mobilizar tudo e todos fazendo-os acreditar que é possível ter sucesso. Se for fraco até consegue fazer parecer cobarde um grupo de gente valente (clicar). 

É assim nos Estados-nação, organizações, empresas, clubes, plantéis e equipas de futebol
Cada um que assuma as suas responsabilidades e deixe de "passar culpas" ou arranjar «bodes expiatórios» que é um modo fácil de aligeirar fraquezas e endossar vulnerabilidades.

No Benfica: aos dirigentes do Clube
Cumpre criar condições de acordo com a grandeza do Clube. Terminar esta temporada de desilusão e não criar ilusão para 2020/21. Como Benfiquista quero certezas. Os responsáveis pela Benfica Futebol SAD têm de escolher um treinador que seja ambicioso e tenha experiência para apurar o Benfica para a fase de grupos da Liga dos Campeões e chegar à fase a eliminar. Além disso há que encontrar soluções para reforçar o plantel. E reforçar não é só dispensar uns e contratar outros. É contratar futebolistas com classe, superiores aos que são dispensados, para poderem corresponder à ambição que os Benfiquistas querem e... têm.  

No Benfica: aos treinadores do Plantel
Compete saberem da função, serem eficientes com os dirigentes no sentido de formarem o plantel com qualidade e exigentes com os futebolistas que dispõem tomando atitudes coerentes e correctas, sabendo que as vitórias nunca estão garantidas. Só que jogando bem ficam sempre mais próximas de ocorrer que as derrotas. 

No Benfica: aos futebolistas em cada Equipa que o Clube forma para jogar
Principalmente aos capitães, têm obrigação de integrar bem quem chega e dar o exemplo de como honrar o «Manto Sagrado». Ao contrário do que é dito, eu nunca vi falta de empenho dos futebolistas. Posso é andar a ver mal, embora não seja problema oftalmológico. Vi foi falta de liderança, com decisões com pouco nexo - colocar equipas menos experientes na competição que exige mais experiência, por exemplo - e incapacidade em resolver, rapidamente e com equilíbrio, dificuldades em épocas que carregam mais de 50 jogos.

Há um campeonato para terminar
Faltam três jornadas e nove pontos. O FC Porto tem oito de avanço. Será campeão nacional mas.. ainda não é!

Há uma Taça de Portugal para conquistar. Não há volta a dar.

Alberto Miguéns

NOTA: Jorge Jesus continuará a ser apenas (e não é pouco) assunto neste blogue sempre que se justificar escrever acerca da «Gloriosa História» entre 2009/10 e 2014/15. Como treinador do CR Flamengo não me interessa. Se regressar ao Benfica o tema será abordado por aqui. Não sou a "favor nem contra". Considero que é um dos dez melhores treinadores na «História do Futebol do Clube», tal como considerava no final de 2014/15. Depois muito aconteceu visando o Clube mas "a culpa" não foi só dele, pois há que dividir responsabilidades pelo que sucedeu enquanto treinou (bem) o Sporting CP. Serei a "favor ou contra" conforme as condições. Por enquanto como ex-futuro treinador do «Glorioso» é um "não assunto".

  1. ""A culpa" não foi só dele": Esta é boa! Quem começou não foram os avençados do ventoinha com as tretas do roubo de software e dos SMS aos jogadores?!

    ResponderEliminar
  2. .........por que será, que UM BENFIQUISTA desta qualidade não faz parte dos Corpos Gerentes do SLB???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. porque há quem tenha dificuldades em ter a coluna maleável.

      Viva o Benfica

      Eliminar

Subscrever este blogue

Apoio de: