Fazia o Mesmo
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

05/07/2020

Fazia o Mesmo

05/07/2020 + 6 Comentários
SE ISTO É VERDADE. NÃO SENDO... COMIGO ERA!



A notícia pode estar cem por cento de acordo com a realidade... ou não! Tratando-se do «Correio da Manha»!


Jornal «Correio da Manhã»; página 5; 5 de Julho de 2020

Não acredito que haja "novo treinador" até 1 de Agosto. O Boavista FC (para Veríssimo) foi o Rio Ave FC (de Bruno Lage). O FC Famalicão (de Veríssimo) será o CD Santa Clara (de Lage). Com o segundo lugar assegurado, duas vitórias, na 30.ª e 31.ªs jornadas, darão passaporte para as 32.ª (Vitória SC), 33.ª (CD Aves) e 34.ª (Sporting CP) além da final para conquistar a 30.ª Taça de Portugal, as três iniciais designadas «Campeonato de Portugal». A tal comissão da FPF só necessita de ir ao arquivo da FPF e ler o Relatório da FPF de 1939. Se não forem analfabetos!

Se 2020 não fosse ano eleitoral Veríssimo, mesmo apenas conquistando a Taça de Portugal, ficaria para 2020/2021. É adaptável para a Benfica SAD. Em ano eleitoral seria correr riscos. Os responsáveis da SAD vão tentar trazer Jorge Jesus (o único que os "percebe de ginjeira" e que pode ter sucesso mesmo sendo intratável) embora ainda seja mais contestado, por grande parte dos adeptos, em 2020 que em 2013. E muito por culpa dos cartilheiros do Benfica! Mas isso será assunto para Agosto, aqui no blogue!

Agora é esperar que Veríssimo seja Campeão Nacional (quase impossível) e conquiste a Taça de Portugal (possível).

Alberto Miguéns
  1. Ao ver a forma como os treinadores montam as equipas do SLB, onde se torna evidente O MEDO DE QUEM COMANDA, discordo totalmente (até pode ser que me engane!) de que o SLB consiga conquistar a Taça de Portugal. Neste preciso momento, uma equipa que tem perdido ESCANDALOSAMENTE COM TODAS AS EQUIPAS QUE PRATICAMENTE LUTAM PARA EVITAR A DESCIDA DE DIVISÃO, penso friamente que a máfia que controla os resultados desportivos em Portugal, na qual LFV andou metido até ao pescoço, não vai perder a oportunidade de achincalhar ainda mais o Benfica. Para mais, desconhecendo-se QUAIS OS TRUNFOS QUE Pinto da Costa tem para manietar LFV, o que é um facto indesmentível, duvido que quando a taça entrar no estádio em Coimbra, ANTES DO COMEÇO DO JOGO, NÃO TENHA JÁ LÁ ESCRITO O NOME DO FCP COMO VENCEDOR! As máfias não brincam! LFV é controlado por eles TOTALMENTE! Entrega campeonatos e taças quando estão totalmente falidos e intervencionados pela UEFA, para que possam SAIR DA SITUAÇÃO. Já o SLB vai sendo enterrado lentamente pelos dirigentes!

    ResponderEliminar
  2. À mistica, o mando sagrado isso pretencem ao passado.
    O benfiquismo morreu porque à epoca de hoje està assim. O euro, os accoes tudo é formadato, controlado e tudo que é paixao depereceu. Temos se adaptar a esse mundo e Portugal nisso sera e ja é um pais do terceiro escalao do futebol.
    Adeus a Europa agora é ganhar um campionito de vez e quando negociado com os ravais. Esse mundo é duro e injusto mas sabemos aonde nos somos, entao nao é peciso de dar muito confianca ao futuro.

    Sorte que temos esse site e o museu para conhecer nosso grande passado porque so teremos isso.

    ResponderEliminar
  3. Quem trata os treinadores todos como o triste que está ao lado do Lage trata, não merece outra coisa, pagar até ao ultimo cêntimo

    ResponderEliminar
  4. A Direcção do SLB submissa e o seu presidente estão neste ponto de cegueira extremo de condicionarem tudo e todos à mercantilização completa do Clube. Tudo se vende e tudo o Seixal pode produzir. Depois do tetra cuja génese esteve num treinador sabedor e num investimento substancial no plantel de futebol, depois veio a soberba e a arrogância. Uma vertigem de disparates. O Seixal foi vendido como a via de futuro para o Clube se tornar auto-suficiente em jogadores de alto nível para a sua equipa principal. Afinal foi tão só carne para alimentar uma maquina voraz de "propagandear" e fazer vender jogadores depois de alguns meses de destaque. De que serve formar se só se rentabilizam as vendas e as comissões? A cegueira desportiva e a soberba financeira custaram já a perda de dois títulos em três temporadas e só não são três porque o ano passado houve uma conjugação anormal de talento e de circunstâncias.

    Agora é isto. Temos um ano absolutamente desastroso dentro e fora de campo. Uma Direcção que continua submissa e um presidente que mais do que nunca luta para sobreviver e manter a sua visão de continuar a domesticar o Clube, transformando-o numa maquina para o lucro sem preocupação alguma de investir numa política desportiva inteligente e que dignifique a História do Clube.

    É ano de eleições? É muito mais do que isso. É ano de sobrevivência. É ano para manter vivo o Clube que sempre conhecemos e para inflectir este trajecto desastroso. É preciso regenerar o Clube. O Clube não é uma maquina com 17 anos feita para alguns fazerem dinheiro. O Clube é uma realidade de 116 anos, assente num sonho, na dignidade e riqueza da sua História e no Amor dos seus sócios e adeptos. Esse Amor que fará com que o Clube volte a ser o orgulho de todos os Benfiquistas.

    Chega de incompetência. Chega de soberba. O Benfica acima de todos!

    ResponderEliminar
  5. A decisão de renovar com Bruno Lage foi danosa para o clube. Na altura já se pressentia que Bruno Lage não era o treinador que o Benfica precisava, era só uma questão de tempo até se confirmar. Situação exactamente igual passou-se com a renovação com Rui Vitória. Este Presidente é exímio nestes erros. Em relação a Jorge Jesus, o qual esperou e esperou e com o qual devia atempadamente ter renovado, não o fez, permitindo que este por fim se mudasse para Alvalade. Com estes dois treinadores, os quais já se percebia que não deviam continuar, apressou-se logo na renovação. Luís Filipe Vieira é assim, hoje canta hosanas a um treinador e renova-lhe o contrato, amanhã está na rua! Se Veríssimo ganhar uns jogos e a Taça de Portugal ou não conseguirem um treinador credível, fazem-lhe já um contrato de dois anos e no momento dirá que este sempre foi a sua primeira escolha! Não teve vergonha de o dizer em relação a Bruno Lage, mesmo vindo depois o Mourinho dizer o que já se sabia, que tinha recusado o convite do Benfica! A Presidência de Vieira, que deve dizer-se teve aspectos positivos, mais do que pelas conquistas, ficará marcada pelo que se podia ter feito e não se fez. Por muita propaganda que ele faça, mais do que a conquista do tetra, será lembrado por ter abdicado do penta! que outra palavra se poderá utilizar este ano a não ser, dizer que o campeonato foi oferecido?

    ResponderEliminar

Subscrever este blogue

Apoio de: