Regresso à Normalidade
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

05/07/2020

Regresso à Normalidade

05/07/2020 + 3 Comentários
O FC PORTO QUE RESPONDA NO DOMINGO.

1-0         por André Almeida. Golo-rioso n.º 13 387


2-0         por Pizzi. Golo-rioso n.º 13 388


3-0         por Gabriel. Golo-rioso n.º 13 389



NOTA: Talvez ainda aqui venha Benficar mais umas notinhas que escrever acerca do Benfica é como enviar poemas a namoradas.

Acreditar pois o FC Porto não joga nada. Revela é mais consistência defensiva. Como dizia o outro: «Os ataques ganham jogos e as defesas conquistam campeonatos!» O FC Porto vai ter mais 46 horas de intervalo entre as duas jornadas em relação ao seu adversário. Deve fazer mossa!



A introdução do VAR mudou o futebol. Os avançados arriscam estar em fora-de-jogo deixando para o VAR a resolução disso! É raro o golo com passes ou cruzamentos que não tem de ser analisado pelo VAR.



Primeira parte (3-0)
O Benfica foi eficaz ao contrário do que ocorreu nos jogos anteriores. Que prossiga depois do intervalo. Quanto mais golo-riosos melhor!



Segunda parte (0-1)
Excesso de controlo. Podia ter havido mais risco!

Boavista FC
Azar do guarda-redes nos dois primeiros golos e depois um golo espectacular de Gabriel. Intervalo.

Os «Bêtêvistas»
Com o inácio com som desligado não ouvi népia. Preferi ouvir sir Eric Clapton tentando acelerar num jogo de tudo menos isso! Até Layla dedicada por ele à esposa (Pattie Boyd) de outro... do beatle George Harrison! Grande Clapton. Estava em todas.




Benfiquista a ver o Benfica em 2019/2020
Sente-se o George Harrison depois de ver a capa do álbum Leyla!

O senhor gajo árbitro
Bem na primeira parte. E no segundo tempo também.

Videoárbitro (VAR)
Não percebi quantos millimetres estava o futebolista adiantado no pontapé livre em que a bola entrou na baliza de Odysseas, ainda na primeira parte.

Como treinador de sofá
Confiança em Veríssimo... Mas o Benfica necessita de um treinador conceituado para em 2020/2021 conseguir brilhar na Liga dos Campeões.

CALENDÁRIO CAMPEONATO NACIONAL 2019/20
J.ª
Mês
Sem
Dia
Hora
Adversário
Casa
Fora
25
JUN
D 1-2
FC Famalicão
Famalicão
E 0-0
CD Tondela
SLB
26
JUN
E 2-2
Portimonense SC
Portimão
V 1-0
CS Marítimo
Dragão
27
JUN
E 0-0
CD Aves
V. Aves
V 2-1
Rio Ave FC
V. Conde
28
JUN
D 3-4
CD Santa Clara
SLB
V 4-0
Boavista FC
Dragão
29
JUN
D 0-2
CS Marítimo
Funchal
V 1-0
FC Paços Ferreira
P.Ferreira
30
JUL
V 3-1
Boavista FC
SLB
DOM
5
21:30
B-SAD
Dragão
31
JUL
QUI
9
19:15
CD Tondela
Tondela
21:30
FC Famalicão
Famalicão
32
JUL
TER
14
21:30
Vitória SC Guimarães
SLB
QUA
15
21:30
Sporting CP
Dragão
33
JUL
SEG
20
21:15
Moreirense FC
Dragão
TER
21
21:15
CD Aves
V. Aves
34
JUL
Sporting CP
SLB
SC Braga
Braga
TP
AGO
SÁB
01
20:45
SL BENFICA--- FC PORTO
Coimbra

Quinta-feira a «Capital do Benfiquismo» transfere-se para Famalicão.
Apoio até à conquista dos três pontos frente ao FC Famalicão.

TEMPORADA 2019/2020
Competições
Clas
Fase
J
V
E
D
GM
GS
TOTAIS
53 (5)
33
10
10
114
53
Primeira Liga
2.º
30 (4)
21
4
5
62
24
Taça de Portugal
FINAL
6 (1)
5
1
-
15
7
Liga Europa
1/16
2
-
1
1
4
5
Taça da Liga
2.º gB
3
-
3
-
3
3
Liga dos Campeões
3.º gB
6
2
1
3
10
11
Supertaça
V
1
1
-
-
5
0
Torneios
V
3
3
-
-
6
1
Troféus
V
1
1
-
-
8
0
Particulares
-
1
-
-
1
1
2
NOTA: entre parêntesis os jogos que faltam disputar em 2019/20 prevendo-se que o Benfica joga as finais das competições a eliminar
                           
Obrigado, Benfica!

Alberto Miguéns

  1. O Benfica tem um plantel ligeiramente superior ao do FC Porto mas este tem uma defesa mais sólida e, por isso, será campeão. Enquanto o Benfica não investir a sério na defesa, estaremos sempre à mercê da sorte e das circunstâncias. Passaremos vergonha na Europa e nunca conseguiremos a hegemonia no futebol português. Já se falou disso muito no blog porque é um tema incontornável. LFV, em vez de investir na defesa, quer é vender jogadores formados no Seixal.

    ResponderEliminar
  2. Penso que é esse ponto (defesa) que foi fulcral p/ não continuarmos á frente do campeonato. A lesão do Jardel condicionou e muito, com ele e Ruben Dias p/ além de mais sólida a defesa fica mais rápida experiente e com mais poder de impulsão. Bom jogo do Jardel ontem.

    ResponderEliminar
  3. Uma alegria que soube bem. Parece que já sabem jogar à bola outra vez. O Gabriel, então, depois daqueles jogos miseráveis em que não acertava um passe, que não recuperava uma bola, que se deixava cair na disputa, que parecia uma saca de batatas atada pela boca (deixou a picanha e a cerveijinha na última semana?), uma bunda de matrona...
    Se a brincadeira, ou a birra de alguns meninos, ou o camandro acabou, ainda bem. Andaram a portar-se como gaiatos de escola não aplicados - sei do que falo. Essas camisolas têm de ser vestidas com dignidade - foram envergadas por Eusébio, Coluna, Cavem, José Augusto, Simões, Torres, Santana, Ângelo, Mário João, Costa Pereira, Bento, Zé Gato, Humberto Coelho, Chalana, Cruz, Rogério Pipi, Arsénio, Artur, Bastos, Nené, José Águas, João Alves e tantos, tantos outros que tanto a dignificaram. E quem não for digno de as vestir tem de ser corrido do clube, para muito longe.
    Veríssimo:
    - a defesa das bolas paradas, porra!;
    - a marcação das bolas paradas, porra!;
    - a pressão ao adversário à saída da sua área, porra!
    - os remates fora da área, porra!
    - o jogo mais direto, mais prático, porra!
    Não há meio? A época a acabar, e nada? É alguma ciência que necessite de matemáticas aplicadas ou de físicas nucleares?
    É do Sport Lisboa e Benfica que estamos a falar, não é do Lávaialho, bolas! Onde é que está a competência? E o brio profissional, onde é que fica?
    Tenham paciência, que a gente está a perder a nossa!

    ResponderEliminar

Subscrever este blogue

Apoio de: