Alfredo Cunha 65 | Em Defesa do Benfica -->
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

08/10/2018

Alfredo Cunha 65

08/10/2018 + 1 Comentários
UM DOS DOIS MELHORES FOTOJORNALISTAS PORTUGUESES CONTEMPORÂNEOS COMPLETA HOJE 65 ANOS.

Fotografia publicada no livro: «Naquele Tempo 1970 - 1995»; página 223; 1992/Lisboa

Alfredo de Almeida Cunha nasceu em Celorico da Beira, a 8 de Outubro de 1953. Benfiquista de elevado quilate tornou-se um fotógrafo de excelência seguindo na perfeição os ensinamentos de outro fotógrafo Benfiquista da geração anterior. Alfredo Cunha (1953) e Eduardo Gageiro (1935) são os dois melhores fotojornalistas portugueses e dois Benfiquistas.


Fotógrafo do "25 de Abril"
Dessa madrugada... 


...e do que se seguiu como estas fotografias que mostram o drama dos "Retornados" e a "Queda do Império Colonial"



Fotógrafo do "Incêndio do Chiado"
Naquela madrugada de 25 de Agosto de 1988


São milhares de fotografias
Publicadas em mais de uma dezena de livros.


Infelizmente muitas - relacionadas com o Benfica - pertencem aos jornais e agências de notícias para os quais trabalhou
Num tempo em que a fotografia era tratada em Portugal como ilustração e não como obra artística. eis algumas. Que se lixem os "donos". Fica a arte do artista para com os "artistas da bola". Para os leitores identificarem:





Eis o Benfica dos Benfiquistas


Alberto Miguéns

NOTA: Um bom documentário:

  1. Eu era um miúdo mas nunca me esqueci. No Largo do Carmo morreu um jovem conhecido do meu Pai. Foi uma das poucas vítimas do último estertor da PIDE. O 25 de Abril não foi só a revolução romântica que algumas fotografias mais belas e icónicas nos revelam. Havia um perigo de vida para quem saiu à Rua. Alfredo Cunha esteve na linha da frente a arriscar a vida pela importância transcendente desses momentos. Devemos-lhe isso, como devemos a Eduardo Gageiro e a outros. Mas a estes dois mais do que todos. E claro, só podiam ser Benfiquistas.

    A imagem dos Diabos Vermelhos é fabulosa mas neste caso sinto a falta da cor. Pode ser uma heresia ou injusto dizer isto mas ali teria de haver cor. Nem todas as imagens do Futebol devem ser a cor mas naquele caso... Exemplo da do poder maravilhoso do preto e branco no Futebol são as belas elas fotografias que o Alberto publica neste texto. Quatro avançados de excepção que vestiram o manto sagrado. Excelentes!

    E as claques do SLB - para lá da estupidez reinante das instituições que a deveriam regular com seriedade - há de facto equívocos de comportamento que deve ser corrigido. Das vezes que mais me indignei e vigorosamente gritei contra essa estupidez de comportamentos no Estádio foi contra uma das claques, diga-se a dos No Name Boys. Nada vi de errado no sector dos Diabo Vermelhos. Não é preferência pois somos todos Benfiquistas, é apenas o que tenho visto. E por sermos todos Benfiquistas devemos ser criativos, activos, exigentes, festivos, tudo isso mas sempre correctos com o nosso Clube. Apoiar e não prejudicar! Sempre pelo Benfica!

    ResponderEliminar

Subscrever este blogue

Apoio de: