A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

03/01/2014

Engana-me Que Eu Gosto...

03/01/2014 + 2 Comentários
HISTÓRIA


Um leitor fez-me chegar a notícia que "pouco antes do Natal", foi publicado no jornal "A Bola" a notícia que Oblak foi o terceiro guarda-redes mais novo a estrear-se a titular pelo Benfica no Campeonato Nacional. Não tinha lido a notícia, nem sabia de cor a idade de Oblak mas dificilmente seria mais novo que Rui Nereu, Moreira e José Bastos. Ou seja, nunca seria terceiro, porque haveria pelo menos três mais novos do que ele. 

 

Procurar jornais até encontrar
Foi na edição de 22 de Dezembro de 2013 que encontrei a tal notícia, com chamada na primeira página do jornal "A Bola".


Notícias que estão erradas e fazem mossa
A falta de rigor com assuntos relacionados com o desporto e em particular com o futebol (cerca de 90 por cento das páginas dos jornais desportivos dedicam-se ao futebol) é verdadeiramente surrealista. Até porque as restantes plataformas de notícias - televisões, rádios e portais/ blogues na internet - copiam e divulgam num efeito de dominó essas mentiras.

A Bola; 22 de Dezembro de 2013; página 14

Inexplicável esta falta de rigor
No caso das idades dos guarda-redes do Benfica a estrearem-se mais novos em jornadas do campeonato nacional a informação prestada é deficiente e inexplicável, pois há registos fáceis de encontrar que tornam incrível o modo como é tratado este assunto.

Almanaque do Benfica 1904/2004; pág. 199; Rui Tovar; Almanaxi; Lisboa; 2004

Nascer em 17 de Outubro de 1929
José Manuel de Bastos nasceu na pequena aldeia de Alquerubim, a cerca de 15 quilómetros de Aveiro, em 17 de Outubro de 1929. Ainda muito jovem rumou com os pais para Lisboa, iniciando-se no futebol num pequeno clube de bairro, o Desportivo do Castelo, jogando a interior, ou seja na linha avançada. Apaixonado pelo Benfica tornou-se associado em 9 de Agosto de 1943, ainda com 13 anos, passando a ver os jogos do “Glorioso” no nosso estádio do Campo Grande. Três anos depois inscreveu-se como futebolista do Clube na equipa B dos juniores, estreando-se (como guarda-redes) em 15 de Dezembro de 1946 quando empatamos a um golo, no campo das Salésias, com o CF “Os Belenenses” para o campeonato regional. Subiu em 1947/48 à equipa A dos juniores e na temporada seguinte - 1948/49 - já actuava na 2.ª categoria. 

Defendia muito e bem o nosso Bastos

José Bastos estreou-se mais novo que Oblak
O guarda-redes estreou-se a titular no campeonato nacional, na 21.ª jornada, em 12 de Março de 1950 sendo o titular até final da competição, então com 26 jornadas, que o "Glorioso" brilhantemente conquistou dando o "passaporte" para a presença (e conquista) da Taça Latina. Se  José Bastos nasceu em 19 de Outubro de 1929 e fez a estreia a titular em 12 de Março de 1950, contava 20 anos, 4 meses e 21 dias. Menos sete meses que Oblak.


O quadro pode ter outras incorrecções
Não corrigi o quadro a não ser "colocar" José Bastos com idade inferior a Oblak aquando da estreia no campeonato nacional. Para repor a verdade e o rigor. Até porque o campeonato nacional tem 80 anos, ou melhor 80 edições (1934/35 - 2013/14) e o quadro apenas contempla os últimos 50 anos.


Oblak: 43.º guarda-redes na jornada n.º 2212
No "Glorioso" para disputar as 2212 jornadas, entre a inicial em 1934/35 e a última em 20 de Dezembro de 2013 (14.ª jornada da edição 2013/14 do campeonato nacional) jogaram 43 guarda-redes a titular, entre Serzedelo (na estreia em 20 de Janeiro de 1935 frente ao Vitória FC Setúbal, V 3-1, no estádio das Amoreiras) e Oblak (V 2-0, no estádio do Bonfim, frente ao... Vitória FC Setúbal).


43 titulares, mas 51 a defender a Gloriosa Baliza
Se Oblak é o 43.º guarda-redes titular (pela utilização na última jornada) foi o 51.º a defender a baliza do Benfica nas 2211 jornadas (quando substituiu, por lesão, Artur). Até à 15.ª edição do campeonato nacional (1948/49) não eram permitidas substituições, mesmo do guarda-redes, com o Benfica a recorrer a três avançados para substituírem os seus guarda-redes lesionados: Vítor Silva, Guilherme Espírito Santo e Corona. Depois houve três guarda-redes que se estrearam  na baliza como suplentes utilizados, mas que depois nunca chegaram a titulares: Rita, Paulo Santos e Butt. Há ainda dois futebolistas (António Bastos Lopes e Paulo Sousa) que ocuparam o lugar de guarda-redes por expulsão do titular, já com as substituições regulamentadas efectuadas. No total, 43 como titulares e 51 no total.

José Bastos conta actualmente com 84 anos
Estas incorrecções se por um lado enganam leitores e por repetição transformam verdades em mentiras, por outro desrespeitam os visados. No caso de José Bastos nem é a sua memória porque felizmente ele continua com boa saúde e é presença assídua na "Catedral".


Bastos parece dizer na final da Taça de Portugal de 1957 frente ao SC Covilhã, numa vitória por 3-1: pois, foi golo de Pires mas ainda estamos a ganhar por 2-1!

Em Portugal já jogaram largos milhares de guarda-redes nestes 140 anos (1875 - 2014) de futebol português, mas...

... só há um que é Campeão Latino. José Bastos!

Alberto Miguéns

NOTA: Há ainda mais um erro na notícia do jornal "A Bola" também nessa página 14. Se bem que seja um erro menor não deixa de ser um erro. Butt nunca foi titular em qualquer jornada do campeonato nacional. Em 2007/08, na 8.ª jornada, em 28 de Outubro de 2007, na "Catedral" frente ao CS Marítimo, na vitória por 2-1, Butt substituiu o defesa-central Edcarlos depois do árbitro Pedro Proença ter marcado grande penalidade e mostrado o cartão vermelho a Quim, aos 30 minutos, com o resultado em 1-1. Butt defendeu a grande penalidade marcada por Makukula. Quim cumpriu o jogo de suspensão no encontro seguinte, para a Taça da Liga.





2 comentários
comentários
  1. Camarada Miguéns, esta parte final está correcta, pois o Maior não ganhou o título em 2007/2008. Quanto ao Bastos, 100% de acordo. Os pasquins são "meia bola e força" e por vezes acertam umas...
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Caro Daniel Cachopas

    Pois não! Mas o Oblak é o 9.º guarda-redes estrangeiro a estrear-se a titular e não o 10.º porque Butt nunca foi titular (foi suplente utilizado).

    Cordiais Saudações Benfiquistas e claro um abraço à Benfica, ou seja, Grande

    Alberto Miguéns

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail