A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

05/01/2012

Vivam os Goleadores do Benfica (10)

05/01/2012 + 1 Comentários
ESTATÍSTICAS
            
As chamadas “Bolas Paradas” sempre foram importantes para tentar conseguir golos. É bom saber que uma das primitivas fórmulas para desempatar jogos (que não fossem a pontuar e quando havia necessidade de atribuir um troféu) era pelo número de pontapés de canto conseguidos ou como se dizia “a favor” durante os 90 ou 120 minutos! Com a evolução para um futebol cada vez mais físico, ou onde esta componente já não é motivo de diferenças entre equipas, pela disponibilidade de treino cada vez mais uniforme, transformar em golo as “Bolas Paradas” é, por vezes, decisivo para vencer jogos e conquistar títulos.



Quem é “primeiro”?
Se Eusébio é uma referência a nível mundial para goleadores e futebolistas que “assistem” (se bem que nem sempre – e mal – lhe façam esta justiça) então no “Glorioso” é um caso à parte!

EUSÉBIO MARCOU GOLOS DE TODAS AS FORMAS E FEITIOS. São 181 (28 por cento entre os 638 que marcou com o “Manto Sagrado”, na equipa sénior de futebol) repartidos por várias categorias: 130 de livre directo (75 de grande penalidade e 46 após remate fora da grande-área; 34 após marcação de um livre directo por um colega (com o pé, 19 dentro da grande-área e 13 fora dela, mais dois golos de cabeça); 25 na sequência de pontapés de canto (um de canto directo, 14 com o pé e dez de cabeça); e, uff, um com o pé após lançamento da linha lateral. Inigualável!

GOLOS DE EUSÉBIO
Tipo golo
Grande-área
Tipo
Dentro
Fora
BC
299
106
457
Cabeça
49
-
Corpo
3
-
Livre directo
74
46
BP
Livre directo (recarga)
1
xxx

181
Livre Indirecto Pé
19
13
Livre Indirecto Cabeça
2
-
Pontapé Canto Pé
14
-
Pontapé Canto Cabeça
10
-
Pontapé Canto Directo
xxxx
1
Lançamento Lateral Pé
1
-
   TOTAIS
472
166
638
BC/BP  – Bola corrida/ parada



Outro “caso” – Humberto Coelho
Um defesa-central goleador, com 113 golos marcados, o melhor defesa português a marcar golos, com 67 (59 por cento) de “bola parada”. Mas, também, o 4.º melhor entre todos. A enorme capacidade futebolística, a todos os níveis, permitiram-lhe ser eficaz na defesa e poder aproximar-se da grande-área adversário mesmo em lances de “bola corrida”. Mas… era de “bola parada” (67 golos) e de cabeça (45 desses 67) que se mostrava mais eficiente. Uma referência no futebol mundial!

GOLOS DE HUMBERTO COELHO
Tipo golo
Grande-área
Tipo
Dentro
Fora
BC
23
4
46
Cabeça
19
-
Livre directo
5
-
BP
Livre Indirecto Pé
11
-

67
Livre Indirecto Cabeça
27
-
Pontapé Canto Pé
6
-
Pontapé Canto Cabeça
18
-
   TOTAIS
109
4
113
BC/BP  – Bola corrida/ parada



Cardozo é um marcador implacável
Há muitos anos que o Benfica não tinha um avançado com estas (excepcionais) características. É que os valores não enganam. Cardozo marca golos de qualquer posição e na sequência de qualquer lance. Sem medo, está sempre próximo da baliza contrária, não se esconde e arrisca com um grau de eficácia notável. Com 52 golos marcados após lances de “bola parada”, que representam 38 por cento, de todos os 136 golos com assinatura “Cardozo”! Há para todos os gostos: 38 de livre directo (29 de grande penalidade e 9 após remate fora da grande-área; 6 após marcação de um livre directo por um colega (com o pé, 2 dentro da grande-área e 3 fora dela, mais um golo de cabeça); 6 na sequência de pontapés de canto (3 com o pé e 3 de cabeça); e, dois com o pé após lançamento da linha lateral. É o 5.º melhor de sempre (a par de Simão) mas… tem margem de progressão para chegar ao final desta temporada próximo do 4.º lugar (Humberto Coelho com 67 golos).

GOLOS DE CARDOZO
Tipo golo
Grande-área
Tipo
Dentro
Fora
BC
Pé esquerdo
  34
12
84
Pé direito
  12
 2
Cabeça
  24
 -
Livre directo
  29
  9
BP
Livre Indirecto Pé
    2
  3

52
Livre Indirecto Cabeça
    1
  -
Pontapé Canto Pé
    3
  -
Pontapé Canto Cabeça
    3
  -
Lançamento Lateral Pé
    2
  -
   TOTAIS
110
26
136
BC/BP  – Bola corrida/ parada



O capitão Luisão tem que se lhe diga…
São… 100 por cento os golos de Luisão marcados na sequência de lances de “bola parada”. Em 32 golos… 32 golos de “bola parada”. Actualmente, é o 12.º mas pode chegar próximo das quatro dezenas, entrando para os “Dez Mais” (Nuno Gomes conseguiu 35 golos de “Bola parada”, 19 por cento de todos os seus 183 golos). E que golos!? Decisivos.

GOLOS DE LUISÃO
Tipo golo
Grande-área
Tipo
Dentro
Fora
BP
Livre Indirecto Pé
3
-

32
Livre Indirecto Cabeça
14
-
Pontapé Canto Pé
5
-
Pontapé Canto Cabeça
8
-
Lançamento Lateral Pé
2
-
   TOTAIS
32
-
32
BC/BP  – Bola corrida/ parada

LISTA DE HOMENAGEM AOS 25 MELHORES GOLEADORES DO “GLORIOSO”

           GOLOS  DE “BOLA PARADA”
              (inclui golos na V 4-1 com o Vitória SC)
N.º
Futebolista
G
TG
%
Épocas
1
Eusébio
181
638
28
(15) 1960/61 – 1974/75
2
José Águas
81
483
17
(14) 1949/50 – 1962/63
3
Nené
77
473
16
(18) 1968/69 – 1985/86
4
Humberto Coelho
67
113
59
(14) 1968/69 – 1974/75;
1977/78 – 1983/84
5
Simão
52
96
54
(6) 2001/02 – 2006/07
6
Cardozo
52
136
38
(5) 2007/08 – 2011/12
7
Rogério Carvalho
51
287
18
(12) 1942/43 – 1953/54
8
José Torres
48
284
17
(12) 1959/60 – 1970/71
9
José Augusto
45
205
22
(11) 1959/60 – 1969/70
10
Nuno Gomes
35
183
19
(12) 1997/98 - 1999/00; 2002/03 – 2010/11
11
Manniche
33
95
35
(4) 1983/84 – 1986/87
12
Luisão
32
32
100
(9) 2003/04 – 2011/12
13
Artur Jorge
32
152
21
(6) 1969/70 – 1974/75
14
Pacheco
31
69
45
(6) 1987/88 – 1992/93
15
Rui Águas
31
123
25
(7) 1985/86 - 1987/88; 1990/91 – 1993/94
16
Magnusson
30
99
30
(5) 1987/88 – 1991/92
17
Vítor Silva
29
202
14
(10) 1927/28 – 1936/37
18
Arsénio
28
350
8
(12) 1943/44 – 1954/55
19
Cavém
26
125
21
(14) 1955/56 – 1968/69
20
Julinho
26
272
10
(11) 1942/43 - 1952/53
21
Vítor Hugo
25
31
81
(10) 1921/22 – 1930/31
22
Valadas
25
218
11
(11) 1934/35 – 1944/45
23
Francisco Rodrigues
23
107
21
(3) 1939/40 – 1941/42
24
Ricardo Gomes
22
28
79
(4) 1988/89 – 1990/91 e 1995/96
25
Valdo
21
40
53
(5) 1988/89 – 1990/91; 1995/96 – 1996/97
26
Diamantino Miranda
21
96
22
(9) 1979/80; 1982/83 – 1989/90
NOTA: Percentagem de golos de “Bola Parada” no total de golos marcados

Obrigado futebolistas do “Glorioso”. A nossa eterna gratidão por tantos e tantos momentos de glória.

Alberto Miguéns

NOTA: No EDB entre 23 de Dezembro de 2011 e 6 de Janeiro de 2012 o reconhecimento ao valor dos nossos futebolistas com a publicação de onze listagens.

Plano de Homenagem:

PUBLICADO:
23 de Dezembro -        Todos os Golos
24 de Dezembro -        Golos Fora da Grande-área
25 de Dezembro -        Golos no Campeonato Nacional
26 de Dezembro -        Golos de Livre-directo (fora GA)
27 de Dezembro -        Golos nas Competições Europeias
28 de Dezembro -        Golos de Grande penalidade
29 de Dezembro -        Golos na Liga dos Campeões
30 de Dezembro -        Golos de Cabeça
31 de Dezembro -        Golos na Taça da Liga
  5 de Janeiro     -        Golos de Bola Parada

A PUBLICAR
  Amanhã           -        Golos em Competições Oficiais


1 comentários
comentários
  1. Anónimo5/1/12 14:53

    O destino assim o quis, um e goleador {oscar tacuara cardozo, o outro faz golos todos os dias na internet {Alberto Miguéns

    , Ambos são Benfiquistas de eleição e vão ficar na história do S.L.Benfica.

    O muito obrigado a todos que ajudam o SPORT LISBOA E BENFICA ser o melhor do MUNDO.

    karlos

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail