A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

20/01/2012

Aldrabices (Mais Uma Varelada)

20/01/2012 + 2 Comentários API
OPINIÃO
             
NOTA DE ABERTURA: O EDB abre uma excepção para divulgar incorrecções publicadas na Imprensa Escrita que nada têm a ver com o Benfica. É que, como o EDB está focado no “Glorioso”, até pode parecer que os media nacionais e outros agentes ligados ao desporto, à sociedade e à política em Portugal apenas visam o Benfica. Não é assim! O EDB é dos Benfiquistas e para o Benfica. Mas… por vezes (muitas vezes…) sabe de erros que visam outros clubes. Mas, o problema é deles. A excepção de hoje visa mostrar que os erros são gerais, não há perseguição, por negligência, incompetência e burrice, dos Jornais ao Benfica. Acredito que o Benfica é mais visado que os outros porque há mais notícias acerca do Benfica. A Imprensa (Rádios, Televisões, Portais e agência Lusa) são medíocres por natureza, porque são dirigidas por incompetentes. E os incompetentes são incompetentes com todos, nesse aspecto não fazem discriminações. Este texto mostra um erro grave, que prejudica as estatísticas (do Vitória FC Setúbal e de um dos seus melhores jogadores). Mas… apesar de diariamente vermos erros que afectam muitos clubes não voltaremos (por principio) a tocar no assunto. Só Benfica!

Uma Comunicação Social à medida do País
Que os jornais em Portugal informam mal acerca de assuntos do dia-a-dia sabemos todos. Por isso damos o “desconto” quer porque presenciamos o acontecimento (e sabemos que não foi “bem assim” como eles relatam) ou não estando lá, como já “sabemos o que a casa gasta” damos-lhes um valor relativo: o que é dito, ouvido ou visto é, apenas mais uma opinião, que vale o que vale. Os jornalistas e os jornais (tal como o resto dos media) têm pouca qualidade e credibilidade. Servem mais para influenciar que para informar.

Tratar os assuntos com os pés
Mas, há um tipo de (des)informação que não pode passar impune. É o caso da divulgação de valores estatísticos que envolvem os clubes e os seus atletas. Se querem dar esse tipo de informação devem fazê-lo com correcção respeitando as entidades ou personalidades que estão a “classificar”. É vergonhosa a forma como a generalidade dos media desrespeitam o rigor.

“Record” é uma vergonha
Um dos jornais com pior informação acerca da estatística relacionada com os jogos e jogadores é o “Record”. Chega a parecer patético como se pode ter tanto desprezo por quem lê o jornal e por quem (jogadores, equipas e clubes) contribui para que tenha informação.

Que “brincadeira” é esta?
Na edição de 13 de Janeiro de 2012 o jornal publicou a seguinte listagem. Não é vulgar serem publicadas estatísticas deste tipo relacionadas com clubes que não o Gigante Benfica, o Grande FC Porto e o cada vez menos grande, Sporting CP. Até se percebeu, pois o objectivo era incentivar Meyong que, segundo o impagável Record, poderia estrear-se com o Benfica, neste regresso ao Vitória FC de Setúbal.

Jornal "Record" 13 de Janeiro de 2012
É inacreditável… mas é verdade!
Para que gastam eles tempo e papel se não conseguem apresentar dados correctos. O EDB não tem os valores dos futebolistas do Vitória FC de Setúbal, por isso nem sequer sabe se eles estão correctos. Mas se os do “Glorioso” não estão, é muito provável que estes também não estejam. De qualquer modo a gravidade da situação está relacionada com a incongruência da mesma publicação (Record) ter dado outras informações, que permitem constatar que há (pelo menos…) uma omissão. Vamos denunciar a situação, pelos motivos expostos na NOTA DE ABERTURA, utilizando informação do mesmo jornal.

100 Melhores do Futebol Português "Record" Volume II Páginas 122/123
Que “brincadeira” é esta (parte II)?
No II volume do livro “100 Melhores do Futebol Português” editado em Abril de 2002 foi publicada a ficha do jogador Vítor Baptista, na qual se pode ler que o goleador (que também foi nosso…) marcou 40 golos no campeonato nacional pelo Vitória FC de Setúbal. Não é difícil fazer as contas: 11 + 22 + 7 = 40. Então se marcou 40 golos – e o Record já mostrou esses valores - porque não aparece na listagem publicada em 13 de Janeiro de 2012 em parceria com o goleador Jacinto João com 40 golos!? Qual o interesse em retirar Vítor Baptista da lista!? Quem é responsável por mentir?! Foi deliberado?! Foi por negligência!?

“Record” nem sempre foi credível
O jornal sempre foi muito “pasquinado”, mas actualmente até é o que tem as estatísticas mais rigorosas nas modalidades, onde é sem dúvida o melhor em Portugal, superior ao “Jogo” e muito superior “A Bola”. Mas, no futebol peca pela teimosia, onde ainda consegue ser mais arrogante que “A Bola” pensando – quem o dirige – que está a fazer história. O “Record” é muito pretensioso querendo, até, sobrepor-se às entidades oficiais. Que palermice!

Influência negativa para os leitores
Os erros são muito graves, mas as omissões são inaceitáveis, porque influenciam as estatísticas de quem lê, colecciona, arquiva e depois divulga viciando a informação. Repetem-se estes erros à exaustão. Passam de uns para outros, sempre com tendência para aumentarem, pois só por sorte é que a negligência corrige o erro. As tabelas publicadas na imprensa e copiadas para particulares ou outros órgãos da comunicação social estão viciadas. Mantê-las é errar. Copiá-las é perpetuar o erro.

O pretensiosismo nos jornais diários desportivos portugueses sustentado em falta de rigor remete-o (s) para o caixote do lixo.

Alberto Miguéns

NOTA1: É verdadeiramente inacreditável as estatísticas que o "Record" anda a publicar para comparar Ronaldo e Messi.
Os jornais portugueses desprezam os golos em jogos particulares a não ser marcados em encontro de Selecções Nacionais. Mas, os de Ronaldo já contam. São contabilizados porquê? São especiais? Diferentes? Valem mais? Talvez para o "Record". Mas... talvez o motivo seja outro e bem mais mesquinho. São para Ronaldo "estar à frente" de Messi. Se não contassem os particulares de clubes e selecções, Ronaldo tem 29 golos e Messi tem 35 golos (mais seis!), e não menos três.
Então os golos em jogos particulares não contam?! Apanha-se mais depressa um mentiroso que um coxo!
É evidente que os golos obtidos em jogos particulares valem tanto como os obtidos em jogos para competições oficiais. Não há jogos e golos mais importantes que outros. O que há são competições mais importantes. Ganhar, jogar e marcar golos na Liga dos Campeões não é o mesmo que ganhar, jogar e marcar golos na Supertaça "Cândido de Oliveira". Também há diferenças entre competições oficiais. Os golos valem TODOS o mesmo. Mas... também valem o mesmo para TODOS, não é só para o Ronaldo.
"Record" é um antro de incoerência, mediocridade e incompetência.
Camilo Castelo Braco afirmou que "quem usa ideias em proveito próprio é Corja".
Os responsáveis do "Record" deviam alterar o nome da publicação para "A Corja".


NOTA2: Será que ainda é possível alguém acreditar (por que pensar e dizer podem...) que Ronaldo é melhor que Messi e Mourinho melhor que Guardiola? O que é que é preciso acontecer... mais!? Entre 198 países só há um (e não são todos os 10 milhões a pensar assim) onde ainda se questiona! Nos media esta "luta" até se percebe: São interesseiros, porque sem acesso a Messi ou a Guardiola, "lambem" Ronaldo e Mourinho para os terem à mão, a fim destes os ajudarem a vender papel, rádios e tv's. Sabem-na toda!


NOTA3: Pepe é jogador de futebol. Pode ser, mas não vale nem meia dúzia de milhões de euros, quanto mais 30 MILHÕES! Mais um barrete À FCP. Pode ser, mas não tem classe para jogar num Clube Mítico! Envergonha o Real Madrid CF. Mas, é da escola da Fruta Corrupção e Putedo. Fez ao Messi, em Madrid, o que Jorge Costa fez ao Weah em Milão. Pode ser que Messi (ou um amigo) lhe dê a resposta como Weah deu ao Jorge Bruto da Costa nas... Antas! Grande Weah!

2 comentários
comentários
  1. A pisadela do "bicho" ao George Weah é das cenas mais vergonhosas que vi num jogo de futebol (podem ver no youtube). George Weah esteve sempre muito bem em todo o processo. Nomeadamente quando tratou de arranjar um novo look facial ao costa!

    ResponderEliminar
  2. o famoso túnel da antas sempre funcionou em favor dos andróides ate neste famoso jogo de batatada azul o bicho foi Ai ai SE TE PEGO ai ai ..

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail