A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

23/05/2011

Comentário (talvez útil) para os benfiquistas

23/05/2011 + 9 Comentários
Um leitor fez o seguinte comentário:

PT. jhb disse...

    Desculpe lá discordar, mas dizer que é um título que pode ser considerado oficial, porque foram as federações que acordaram fazer a taça, não faz sentido.

    Nesse caso a Eusébio Cup também deveria ser considerada, já que é organizada pelo SL Benfica que é uma entidade oficial e tem a ajuda da federação, nomeadamente pela cedência de árbitro para a realização da mesma.

    Mais, a taça latina era uma competição disputada por clubes, mas tecnicamente quem a vencia era o país. No final de cada ciclo de 4 anos, eram somados os pontos que cada clube (em função do país que representava) obtia e somavam-se. Nesse ciclo de 4 anos vencia a Taça Latina quem tivesse mais pontos...logo quem ganhou foi a Espanha por 2 vezes.

    Fica um conselho se quiser aceitar, não demonstre tanto ódio por outros clubes. Fair Play não é só dizer que se tem .

    Cumprimentos
    23 de Maio de 2011 19:55

Esclarecimento:

Primeiro:

O Benfica é "tão" entidade oficial a organizar uma competição de futebol como uma autarquia, por exemplo. A Taça Eusébio ou o Torneio Rámon de Carranza (Cádis) são competições oficiosas, mas não oficiais.

A AFL (ou outra associação regional), FPF (ou outra federação nacional), UEFA (ou outra confederação continental) ou FIFA quando colocam troféus em disputa são sempre oficiais. É óbvio! Estas, sim, são entidades oficiais para organizar competições (aliás é para isso que existem!). Foram constituídas para isso!

O Benfica foi fundado para jogar, não para organizar competições. Pode organizá-las, mas não são oficiais. Aliás, só se percebe toda esta "confusão" porque há um senhor incompetente na FPF, chamado Ângelo Brou (secretário-geral) colocado pelo FCP que não tem interesse em esclarecer o que quer que seja. É "esperto" mas deixa os outros serem ignorantes.

Segundo:

A primeira Taça dos Campeões "é menos oficial" que a Taça Latina. Esta foi organizada por uma das 4 federações dos países latinos.

A 1.ª TCCE foi organizada pelo L'Equipe (um jornal) por que a UEFA se recusou a organizar uma prova para clubes, pois a FIFA permitira a sua existência, mas apenas, para organizar o Campeonato da Europa das Nações! Para Selecções Nacionais! E esta!

Nessa 1.ª edição, em 1955/56, participaram 16 clubes - convidados pelo LÉquipe. Em 16, apenas sete ~eram campeões nacionais!!!! O representante português - SCP - classificou-se em 3.º lugar, em 1954/55, atrás de SL Benfica e CF "Os Belenenses"!!! Entre os 16 até estava um clube a competir na... Liga Regional Sudoeste Alemã (Oberliga Sud-Ouest), classificado em 3.º lugar (1954/55)... o 1.FC Sarrebruck.

Terceiro:

A Supertaça Portuguesa ou Europeia não é um título oficial. É um troféu oficial. Ninguém é campeão da Supertaça. Aliás, a Supertaça, por não ser um título pode ser disputada fora do território português. Mas, uma jornada do Nacional ou uma eliminatória da Taça de Portugal não pode. A FPF sabe disso. Por isso não deixou o SC Campomaiorense disputar jornadas do Nacional da I Divisão, em Badajoz, quando o popular clube de Campo Maior lhe pediu, argumentando com os regulamentos. Sabe o que responde Ângelo Brou quando questionado acerca do tipo de competição que é a Supertaça!?: "A Supertaça é mais um troféu que um título"! (H)á labrego.

Quarto:

Só respeito clubes que se dão ao respeito! Para mim os clubes corruptos - e o FC Porto é um clube de gente corrupta, como demonstram as escutas - não merece respeito. Odeio os corruptos e algozes (que, sendo cobardes, mandam outros bater), em Portugal ou noutro país qualquer do Mundo. Hoje ou no passado, em Portugal ou na história da humanidade.

Obrigado pelo contacto

Alberto Miguéns

NOTA Final:

Há confusão quanto aos troféus "entregues", pois havia dois (tal como na Taça dos Campeões, de que aliás - em muitos aspectos - a Taça Latina serviu de modelo).

Réplicas: Para o clube vencedor (por isso o Benfica tem uma).

Originais: Sistema de pontos (como está descrito no comentário) para a federação cujos clubes conseguissem mais pontos a cada ciclo de 4 anos (por quatro países). Estão as duas na RFEF.

Na TCCE, a UEFA também só entrega o Original, a um clube que consiga, três conquistas consecutivas ou cinco alternadas. Tanto o "Glorioso" como o FCP "só" têm réplicas!

AM
9 comentários
comentários
  1. carlos gois23/5/11 21:33

    POW, temos de metê-los no lugar. Um grande abraço Alberto Miguéns (que chefe!)

    ResponderEliminar
  2. Sublime elucidativo como o glorioso tem nas suas fileiras um ilustre jornalista e mestre em futebol que se chama Alberto Miguéns e da lição aos doutores da mula russa dos androides ..
    Que lição! Parabéns, obrigado continue a dar lições, a esses ilustres analfabetos, futebolísticos de contumil...

    viva o Benficaaaaaaaaaaa ..

    ResponderEliminar
  3. só para esclarecer mais um ponto: como eram escolhidos/convidados os participantes na taça latina? eu bem sei que os tempos eram outros, e que se calhar o campeão era convidado e não participava por motivos financeiros (como ainda agora acontece nas modalidades). mas é um ponto que merece alguma explicação.

    PS: é pena que as federações não honrem a sua história.
    PS2: a página da wikipedia portuguesa sobre a taça latina nada tem a ver com as versões em inglês, francês e italiano. porque será?

    ResponderEliminar
  4. Os meus parabéns!
    Contrariamente ao que vem sendo hábito por essa blogosfera benfiquista, este blogue tem um titulo que se coaduna com o conteúdo:
    Em defesa do Benfica.
    Uma vez mais parabéns Sr Alberto Miguéns pelo excelente trabalho que tem realizado.
    Os toupeiras que visitam este blogue ficam sempre sem argumentos.

    ResponderEliminar
  5. Então mas as "Taças Toyota" são considerados títulos oficiais dos Andrades? Como assim "Toyota"? Estamos todos na brincadeira, certo?

    Querem roubar (como sempre) títulos ao Benfica para nos passarem à força? Então e favor tirarem alguns ao Porto também. "Toyota"?.

    Cumprimentos benfiquistas

    ResponderEliminar
  6. pela teoria do Rui Santos, os campeonatos nacionais pré UEFA também não contavam!

    LOOOL

    ResponderEliminar
  7. Secretário-Geral
    Ângelo Carlos Lopes Mont' Alverne Brou

    http://www.fpf.pt/portal/page/portal/PORTAL_FUTEBOL/FEDERACAO/INSTITUICAO/ORGAOS_SOCIAIS/DIRECCAO/ANGELO_BROU

    ResponderEliminar
  8. Deveria ser, também, comparado o que é comparável, Campeonatos e Taças de Portugal, porque sempre existiram.
    Se no tempo do Eusébio houvesse a Super Taça, o Benfica teria uma porrada delas! loool

    ResponderEliminar
  9. O Alberto Miguéns é PATRIMÓNIO do Benfica. Isto é assim. Sendo oficial ou não. Parece que a Benfica Tv tem uma perspectiva bem diferente..começo a ficar farto. Os "Miguéns" ficam para sempre, outros não.

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail