A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

16/12/2016

Custou, Mas Foi

16/12/2016 + 35 Comentários
FINALMENTE A FPF LISTOU AS DUAS COMPETIÇÕES MAIS IMPORTANTES ORGANIZADAS PELA ENTIDADE: A TAÇA DE PORTUGAL E O CAMPEONATO NACIONAL.


E como seria eticamente responsável faz vigorar o que a própria FPF decidiu em 1938. O Campeonato Nacional da I Divisão é a continuação do Campeonato da I Liga (tal como a II Divisão é a continuação da II Liga) e a Taça de Portugal é a continuação do Campeonato de Portugal.

Ontem enquanto procurava o dia do sorteio da Taça de Portugal confirmei aquilo que um leitor do blogue já me tinha indicado
Mas não me quis pronunciar para deixar “estabilizar” a informação. Como se mantém agora já não há retorno. A FPF lista a Taça de Portugal como continuação do Campeonato de Portugal (clicar) e o Campeonato Nacional da I Divisão/ Primeira Liga como continuação do Campeonato da I Liga (clicar).

Este blogue encetou essa luta desde que aqui fiz um primeiro texto acerca da Taça de Portugal
Mas apesar do orgulho em nunca ter desistido dessa “luta” quem ficou a ganhar foi a verdade e quem se sente honrado foram os jornalistas desde os anos 30 sempre se bateram por isso. É a eles que temos de agradecer. Eu agradeço porque foi nos anos 80 a ler o que escreveram nos anos 20, 30 e 40 que formei a minha opinião.

Agradecimento especial a Bruno de Carvalho
Foi a sua teimosia (ao contrário) que permitiu dar maior visibilidade a este tema. Foi ele que acabou por desencadear estimações e ódios que permitiram tirar do “baú do esquecimento” esta verdade que andava escondida.

Agradecimento aos leitores deste blogue
Aos que acreditaram em mim – alguns porque dominavam o assunto tão bem ou melhor do que eu - outros por acreditarem que o que eu reafirmo é com base de sustentação e até os que sendo contra permitiram esgrimir argumentos levando a que fizesse vários textos acerca do assunto, mostrasse ilustrações e fotografias. Neste caso um agradecimento especial ao fotógrafo Gualter Fatia que acedeu ao meu pedido e numa final da Taça, entre o FC Porto e o FC Paços de Ferreira fotografou o troféu original de vários ângulos para captar todas as placas dos vencedores. E a cada um somando todos porque foram muitos. Bem podia eu pregar sozinho que gritava no deserto e ninguém me ouvia!

Neste assunto e em muitos outros sempre tive a ideia que…
A verdade é como o azeite. Mesmo misturando-lhe água nunca se dissolve nem desaparece. Pelo contrário vem à superfície e torna-se visível.

Viva a Verdade!

Alberto Miguéns

NOTA1 (para "mim" e leitores deste blogue): Espero que este seja o último texto acerca deste assunto. A última etiqueta: Campeonato = Taça de Portugal;

NOTA2 (para a FPF): Espero que listem as competições que organizaram desde 1914 e que devem ter destaque no portal para quem quiser saber ou fazer estudos poderem consultar documentação oficial;

NOTA3 (para os Media): Espero que comecem a contabilizar os totais. Não faz sentido dividir o que está unido desde 1938. Para facilitar eis os totais;

LISTAGEM DOS QUINZE CLUBES VENCEDORES DAS 93 EDIÇÕES* DESDE 1921/22 até 2015/16
Clubes
TOTAIS
(93)
Primeira
Última
SL BENFICA
28
1929/30
2013/14
FC Porto
20
1921/22
2010/11
Sporting CP
20
1922/23
2014/15
CF “Os Belenenses”
6
1926/27
1988/89
Boavista FC
5
1974/75
1996/97
Vitória FC Setúbal
3
1964/65
2004/05
As. Académica Coimbra
2
1938/39
2011/12
SC Braga
2
1965/66
2015/16
SC Olhanense SC
1
1923/24
CS Marítimo
1
1925/26
Carcavelinhos FC *
1
1927/28
Leixões SC
1
1960/61
CF Estrela Amadora
1
1989/90
SC Beira-Mar
1
1998/99
Vitória SC Guimarães
1
2012/13
NOTA: O Carcavelinhos FC e o União Futebol de Lisboa, em 18 de Setembro de 1942, fundaram o Atlético CP; * As 17 iniciais designadas "Campeonato de Portugal" (1921/22 a 1937/38)

LISTAGEM DOS CINCO CLUBES VENCEDORES DAS 82 EDIÇÕES* DESDE 1934/35 até 2015/16
Clubes
TOTAIS
(82)
Primeira
Última
 SL BENFICA
35
1935/36
2015/16
 FC Porto
27
1934/35
2012/13
 Sporting CP
18
1940/41
2001/02
 CF “Os Belenenses”
1
1945/46
 Boavista FC
1
2000/01
NOTA: * Os cinco iniciais designados "Campeonato da I Liga" (1934/35 a 1937/38)

NOTA4 (para o SLB): Espero que aqueles que tentaram enxovalhar-me acerca deste assunto aquando da Comissão Instaladora do Museu (propondo eu a junção dos Campeonatos de Portugal nas Taças de Portugal como foi decidido nos Campeonatos da I Liga/I Divisão sendo recusado por António Ferreira) e mudando a tradição do jornal “O Benfica” - ignorando os três Campeonatos de Portugal - perante a minha feroz oposição que contribuiu em muito para eu decidir deixar de escrever no nosso Semanário (como foi o caso de Pedro Guerra) passem o resto da vida a “engolir em seco”;

NOTA5 (para o eng.º Abreu Rocha às 14:30): Nota que ficou esquecida ao ter programado este texto pela uma da matina de hoje. Neste caso o último é mesmo o primeiro. Ele lá no Quarto Anel deve estar bem contente. Sempre defendeu - mesmo frente aos dirigentes do Benfica - a verdade insurgindo-se contra o facto de se ignorar a existência de mais três títulos. E foi ele que, em 2005, conseguiu na Sede da FPF a reprodução do documento que contém o artigo 6.º que mostra que oficialmente a FPF reconhecia que as competições eram as mesmas com outras designações.

 (clicar em cima para obter melhor visualização)




35 comentários
comentários
  1. Vale a pena lutar por a verdade ate ao fim dos nossos dias,muito obrigado por tudo o que faz EM DEFESA DO SPORT LISBOA E BENFICA.

    ResponderEliminar
  2. fico feliz pela sua 'vitória pessoal', se me é permitido colocar esta conjuntura neste modo e pela reafirmação da verdade.
    só espero agora que o Benfica, no seu site e demais, coloque no palmarés 'Campeonato de Portugal / Taça de Portugal', num só item e não em dois.
    um abraço.

    ResponderEliminar
  3. Aleluia!
    Parabéns ao Alberto e a todos os que contribuíram para trazer a verdade acima da gritaria.
    Parabéns à FPF por ter tido coragem e dignidade para enfim por a casa em ordem.
    Obrigado a Bruno de Carvalho. A sua gritaria foi muito útil. "É só fumaça".

    ResponderEliminar
  4. Muitos parabéns. Agora só espero que os outros 4 temas sejam resolvidos. O que me parece mais difícil, nomeadamente dois deles, dada a menor visibilidade do hóquei e do andebol

    ResponderEliminar
  5. Os meus entusiásticos parabéns Alberto.

    Esta luta teve o seu epicentro aqui no EDdB. Claro que vou linkar este artigo que, de certa maneira, tem o seu pequeno lugar bem reservado na história do futebol português.

    Saudações TRIGloriosas.

    ResponderEliminar
  6. Meu caro, mas na FPF, mesmo na parte das Taças de Portugal, até certo ponto está inscrito Taças de Portugal (temos 25) e depois, e faz parte da mesma, de facto, Campeonatos de Portugal (temos 3). Portanto, se quiseremos seguir a FPF, temos:
    Campeonatos - 35
    Taças de Portugal - 25
    Campeonatos de Portugal - 3

    Certo?

    Mas como está junto das Taças, penso que deveria ser incluído na Taça de Portugal.

    Seria, portanto, 35 campeonatos e 28 taças. Certo caro e estimado amigo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim

      Campeonatos - 3 + 32 = 35

      Taças - 3 + 25 = 28


      AM

      Eliminar
  7. Caro Alberto Miguéns,

    Ao consultar o site da FPF, fiquei com uma dúvida.

    http://www.fpf.pt/pt/Competi%C3%A7%C3%B5es/Futsal-Feminino/Camp-Nacional-Futsal-Feminino/Vencedores

    http://www.fpf.pt/pt/Competi%C3%A7%C3%B5es/Futsal-Masculino/Liga-Sport-Zone/Vencedores

    Não estão a subtrair 5 campeonatos nacionais ao futsal feminino?

    Se no campeonato masculino contam com as "Taças de Portugal", será que é válido ignorar a "Taça Nacional" e o "Torneio Nacional"?

    Talvez exista uma explicação lógica para isto, mas não a consigo identificar.

    Saudações benfiquistas,
    Sérgio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Sérgio

      Ainda não consultei essa "parte"

      Mas as duas edições do Futsal (masculino) também se designaram Taça Nacional:

      1990/91 - Sporting CP
      1991/92 - Santos FC (Venda Nova)

      Só em 1992/93 (Sporting CP) a competição passou a designar-se Campeonato Nacional até à actualidade.

      Hei-de ver isso com tempo e a seguir fazer o que deve ser feito.

      TRIsaudações (a caminho da dobradinha) Gloriosa

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  8. Caro Alberto Miguéns foi uma luta muito sua, portanto parabéns pela vitória e pela reposição da verdade!

    Agora tenho duas questões relativamente a isto:
    Qual o seu comentário em relação à separação dentro do próprio palmarés da "Taça de Portugal" e do "Campeonato de Portugal"? Não faria mais sentido estar tudo junto e deixar uma nota que o nome da competição na altura era outro? Esta "separação" dará espaço para a argumentação do "32+3" e do "25+3", ou acha que acaba de vez com as dúvidas que são 35 e 28?

    Houve, ou não alteração do nome do Campeonato em 95 de "Campeonato da 1ª Divisão" para "Liga Portuguesa". Se sim, e assumindo a separação em termos de nome que a FPF faz, não faria sentido estar também no palmarés essa alteração?

    Obrigado e saudações Benfiquistas.

    Mais uma vez, parabéns!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro João

      Fazia mais sentido a utilização de um asterisco mas lá se chegará. A FPF continua a entregar o troféu de Campeão Nacional. Actualmente uma competição tem dois troféus. Um da FPF e outro da LPFP.

      TRIsaudações Gloriosas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  9. Alberto, muito obrigado por nunca se ter calado, muito obrigado por nunca ter desistido! É de BENFIQUISTAS honrados, esclarecidos e verticais como o senhor que o nosso clube precisa.

    Quem ficou a ganhar com esta história toda, acima de tudo, foi o futebol português.

    ResponderEliminar
  10. Limpinho...limpinho...limpinho.

    Nota
    O António Ferreira, como sportinguista, fez aquilo que lhe competia que era; zelar pelos superiores interesses do clube do seu coração. Olhem bem para ele, entrou na estrutura do nosso Glorioso como informático e está como nr.1 do Museu. Das duas uma; ou é muito inteligente, ou lambebotas.

    ResponderEliminar
  11. Parabéns pela importante ajuda na reposição da verdade!

    ResponderEliminar
  12. o que eu vejo é que a taça de portugal e o campeonato de portugal continuam separados e que a FPF não os considera equivalentes...

    assim como a primeira divisão e o campeonato da primeira liga.

    os 4 títulos estão todos separados uns dos outros. Não há nenhuma equivalencia.

    Nem você tem razão, nem o sporting tem razão. E assim é que deve ser, todos os 4 títulos separados.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro

      Estão separados por terem nomes diferentes (verdade) mas são a continuação do outro. Por isso estão na mesma coluna. E é assim que deve ser.

      Se a FPF as considerasse duas competições distintas criava quatro colunas e não duas! Não foi por falta de espaço que fez uma sequência de outra!

      O Benfica conquistou 35 campeonatos nacionais, os três iniciais designados Campeonatos da I Liga.

      O Benfica conquistou 28 Taças de Portugal, as três iniciais designadas Campeonatos de Portugal.

      É assim que está correcto. No total o Benfica conquistou 35 e 28!

      É a vida!

      Viva o Benfica!

      Alberto Miguéns

      Eliminar
    2. Se a FPF as considerasse duas competições distintas criava quatro colunas e não duas! Não foi por falta de espaço que fez uma sequência de outra!


      então se são iguais porque é que o nome «campeonato de portugal» não desparece?

      Eliminar
  13. Muitos parabéns Alberto, são bem merecidos. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se a FPF as considerasse duas competições distintas criava quatro colunas e não duas! Não foi por falta de espaço que fez uma sequência de outra!


      então se são iguais porque é que o nome «campeonato de portugal» não desaparece?

      R: Tal como não desaparece o nome do Campeonato da I Liga (4 edições).

      Porque não se pode apagar a História. Foi com esse nome que começaram. Será sempre esse o nome com que se iniciaram o Campeonato Nacional da I Divisão e a Taça de Portugal.

      AM

      Eliminar
  14. Caro Alberto,

    A FPF anda e bem a atualizar o palmarés, acontece que a Supertaça conquistada pelo Benfica em 1980 é referida como sendo oficiosa.

    http://www.fpf.pt/pt/Competi%C3%A7%C3%B5es/Futebol-Masculino/Superta%C3%A7a-C%C3%A2ndido-de-Oliveira/Vencedores

    Gostaria de saber o porquê. Não foi a FPF a organizar?

    Saudações Benfiquistas e obrigado por continuar a defender o Benfica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro João

      Está correcto. As duas Supertaças iniciais não se designam "Cândido de Oliveira" porque foram organizadas pelos clubes. Que criaram um regulamento para a competição.

      Em 1979/80 (17 de Agosto de 1979 no estádio das Antas) foi num jogo no recinto do Campeão Nacional (FC Porto) em que o vencedor da Taça de Portugal (Boavista FC) foi lá vencer por 2-1.

      Em 1980/81 o SCP (Campeão Nacional) e o "Glorioso" (Vencedor da Taça de Portugal) criaram um regulamento de pré-época. Era possível fazer mais que as duas substituições autorizadas pela FIFA para jogos em competições oficiais e seria disputada a duas mãos. A primeira 10 de Setembro de 1980) no campo do campeão nacional e a segunda (29 de Outubro de 1980) no campo do vencedor da Taça de Portugal. O SLB empatou, a dois golos, no campo do SCP e fez três substituições: Ao intervalo Botelho por Bento e Vital por César (guarda-redes e avançados trocados) e aos 80 minutos entrou José Luís para o lugar de Chalana. Na 2.ª mão o Benfica venceu por 2-1.

      O primeiro jogo do "Glorioso" para uma competição oficial em que a FIFA permitiu fazer três substituições ocorreria apenas 13 épocas depois, em 1995/96. Foi em 6 de Setembro de 1995 na 1.ª jornada do campeonato nacional ou Primeira Liga: Luiz Gustavo para o lugar de Iliev aos 45'; Edgar para o lugar de Marinho, aos 56'; e aos 72' entrou Marcelo por troca com Aílton.

      A FPF só passou a organizar a competição em 1981/82. Mas as duas competições devem ser contabilizadas pois foi assim por quase todos os países europeus e em quase todas as modalidades.

      Por isso é que o Benfica tem sete Supertaças em Andebol, as duas iniciais oficiosas. Tanto como a primeira em Futebol. Aliás as de Andebol até tiveram o regulamento igual ao oficial!

      TRIsaudações Gloriosíssimas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
    2. Muito obrigado pela resposta e pela informação dada.

      No fundo, apesar de não serem organizadas pela FPF, são reconhecidas e como tal não há o risco de serem retiradas do palmarés, certo?

      Deste modo aproveito para perguntar se a "Taça Império/Taça Estádio" deveria também ser reconhecida, ou não faz sentido?

      Mais uma vez, muito obrigado por tudo e por lutar sempre pela verdade e pelo Benfica.

      Saudações Benfiquistas.

      Eliminar
  15. Não querendo ser desmancha prazeres, não creio que o bdc fique calado.
    Ainda ontem na cmtv disse que quando as entidades tomassem uma decisão ele iria estar à porta com os documentos na mão....
    Mas que este foi um passo de gigante lá isso foi. E que o Alberto teve muito trabalho e dedicação gastos neste assunto, isso sem dúvida e por isso todos os Benfiquistas devem estar agradecidos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. RESPOSTAS:

      No fundo, apesar de não serem organizadas pela FPF, são reconhecidas e como tal não há o risco de serem retiradas do palmarés, certo?

      R. Desde que os clubes as consideram válidas (e consideram) contam. A FPF limita-se a dizer que são oficiosas pois aceitou organizá-las o que não ocorreu antes. A primeira Taça dos Clubes Campeões Europeus também é oficiosa e a UEFA nem refere isso. O 'Equipe queria que a UEFA oficializasse a competição. A UEFA não teve autorização da FIFA para organizá-la e foi o L'Equipe que insistiu e organizou. Se reparar o troféu actual continua a ter o nome em francês inscrito, a relevo, no corpo metálico do troféu!

      Deste modo aproveito para perguntar se a "Taça Império/Taça Estádio" deveria também ser reconhecida, ou não faz sentido?

      R. Não faz sentido. Foi um "calhanço" o SCP ser campeão nacional e o SLB ter conquistado a Taça de Portugal. Já estava decidido pelo Ministério das Obras Públicas e pela Direcção Geral dos Desportos que seriam os dois maiores clubes portugueses a jogar na inauguração do Estádio. Ainda antes de se saber os resultados da competição. A final da Taça foi em 28 de Maio nas Salésias e o EN foi inaugurado em 10 de Junho de 1944.

      Saudações

      AM

      Eliminar
  16. Dia 16 de Dezembro, às 16h46. Acabei de ir ao site do SL Benfica e... nada! Continuam lá bem 'separadinhas' as competições. Irra que são incompetentes!
    Vítor Nóvoa

    ResponderEliminar
  17. está aí um erro, amigo Muguéns: ''O primeiro jogo do "Glorioso" para uma competição oficial em que a FIFA permitiu fazer três substituições ocorreria apenas 13 épocas depois, em 1995/96'', correcto mas não foi esse o jogo. foi contra o Tirsense, que seria à 2ª jornada mas foi o 1º jogo que fizemos nessa época. ganhámos com um golo do Panduru. não me lembro da razão mas tenho a certeza de que assim foi.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro,

      Foi enganado - induzido em erro - pelo Almanaque? Fui ver o Almanaque (por ser mais rápido) em vez de consultar a minha Base de Dados.

      Foi na 2.ª jornada (26 de Agosto de 1995) em Santo Tirso, porque o Benfica adiou o encontro da 1.ª jornada em 18/19 de Agosto para participar no Torneio Teresa Herrera, na Corunha. Ficámos em 4.º lugar. D 0-2 com o Real Madrid CF nas meias-finais e depois D 1-2 com o CR Flamengo no ogo para apurar o 3.º classificado.

      As históricas substituições (já agora para "riscar" a informação mal dada):

      45'(intervalo): saiu Iliev para entrar Edgar;
      70': saiu o capitão João Pinto para entrar Marcelo, com a braçadeira a passar para Ricardo Gomes;
      89': saiu Marcelo que tinha entrado aos 70' para entrar "Kenedy"

      Golo de Panduru aops 49' (ficou 1-0)

      Agradeço a informação para poder corrigir o que estava errado.

      TRIsaudações (a caminho do TETRA) Gloriosas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  18. Parabéns Alberto!!

    Viva a verdade!

    ResponderEliminar
  19. Caro Alberto um grande bem haja a quem sempre lutou pela verdade apresentando factos.
    Desconfio que ainda vão continuar a falar a falar e não estudar a matéria,ainda continuam muitas pessoas a contaminar a opinião publica nos programas televisivos a que eu chamo uma grande rotura de "lidamentos".
    Um abraço caro Alberto mais um vez obrigado por tudo.

    ResponderEliminar
  20. A propaganda lagarta anda a dizer que o Benfica só teve os "3 títulos experimentais" reconhecidos há 13 anos com a direcção do Madail na FPF, isto é verdade??

    Saudações

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro

      NÃO. O Record é que inventava, a partir de final dos anos 60 que os campeonatos da I Liga eram experimentais e que os clubes entravam por convite. Mesmo mostrando a Henrique Parreirão e a Rui Cartaxana que estavam errados como eram teimosos e para se diferenciarem de "A Bola" teimavam em mentir. Sabendo que o faziam, pois os campeonatos eram da responsabilidade da FPF e os clubes apuravam-se através dos campeonatos regionais. Tal como depois de 1938/39 até 1946/47.

      Em 2004/05 perceberam que já não fazia sentido teimarem no que não tinha lógica e mudaram. Se for ver os jornais (desportivos e generalistas) até 2004/05 todos contabilizavam os quatro campeonatos da I Liga menos o Record.

      Os sportinguistas estão desesperados porque 36 é igual a dobro de 18! 18 + 18 = 36!

      TRIsaudações (a caminho do TETRA e seis) Gloriosas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  21. Bruno Paiva17/12/16 02:03

    Muitos Parabéns meu caro. Quem nunca desiste tem sempre a merecida recompensa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Bruno Paiva

      Agradeço, mas os leitores foram muito importantes. Eu posso ter desencadeado o "processo" mas quem fez dele eco até ser ensurdecedor foram os leitores.

      Além de ser justo deixar de ignorar os 17 vencedores - futebolistas, treinadores, dirigentes e adeptos dessas 17 épocas - do Campeonato de Portugal pois fazendo dela uma competição descontinuada não merecia o devido destaque. Quando deve ter o mesmo que é dado à Taça de Portugal. E assim os três títulos do Benfica vão regressar (por exemplo nunca aparecem nas tarjas do Estádio da Luz).

      Além disso incluir o Campeonato de Portugal nas Taças de Portugal é honrar a memória do extraordinário jornalista Ricardo Ornelas. Sempre se bateu por isso. Primeiro dizendo, nos anos 20 e início de 30, que o Campeonato de Portugal em termos de nome era uma fraude pois não era um campeonato. Era uma Taça Nacional, como a inglesa. Depois de 1938/39 cada vez que se iniciava a Taça de Portugal escrevia em "Os Sports" (depois "Mundo Desportivo") que ia iniciar-se a competição que durante 17 temporadas foi (mal) designada por Campeonato de Portugal.

      Mas todos os grandes jornalistas desses tempos se indignavam: Tavares da Silva, Cândido de Oliveira, António Ribeiro dos Reis, Rebelo da Silva, Alberto de Freitas, Mário de Oliveira, por exemplo.

      Um lutador. Um jornalista de causas. Dedico-lhe (à memória de Ricardo Ornelas) todos os textos que fiz neste blogue acerca deste assunto!

      TRIsaudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  22. Finalmente foi reposta a verdade. Parabéns caro Alberto, pois também foi uma "luta" sua. Agora só falta os dirigentes do nosso clube actualizarem a contagem, algo que já deveria ter sido feito há muito tempo.

    Saudações Benfiquistas

    ResponderEliminar
  23. Parabéns Alberto e a todos os que contribuíram (até BdC) para repôr a verdade da história do futebol português.

    Confesso que sou assíduo leitor, como fui telespectador do programa na ainda Benfica TV. Muito do que sei sobre a história do Sport Lisboa e Benfica se deve a si. Um grande bem haja!

    Um abraço tricampeão!

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail