Ferreyra: o Fim da Agonia | Em Defesa do Benfica -->
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

31/01/2021

Ferreyra: o Fim da Agonia

31/01/2021 + 5 Comentários

A RESCISÃO, ONTEM, DO SEU VÍNCULO AO BENFICA COLOCOU PONTO FINAL NUM CAPÍTULO INENARRÁVEL.



Desde que foi divulgado publicamente o seu contrato, bem como o de Castillo.



Mas este é apenas "um parágrafo" de um vasto capítulo

Que foram as contratações de futebolistas para "reforçar" o plantel em 2018/19. Se Ferreyra e Castillo ficaram desde logo "marcados" nunca mostrando qualidade, o mesmo ocorreu com mais cinco das oito contratações. Ferreyra voltou a ter - quase por um acaso uma segunda oportunidade, em 2020/21 - mas quatro ficaram-se por uns "fogachos" em 2018/19, embora Corchia fosse por empréstimo. Dois - Conti e Ebuehi - ainda transitaram para 2019/20.

 


Em 117 temporadas (embora só depois de 1926/27) o Benfica iniciasse as contratações de futebolistas a clubes adversários

Ou seja, na realidade em 95 épocas a de 2018/19 (115.ª) é a mais "inacreditável". Dos dez futebolistas mantêm-se três: Odysseas, Gabriel e Chiquinho (este foi de imediato recambiado para o Moreirense FC, depois de dois jogos na pré-época, num total de 59 minutos).  

 

Entre 1 220 minutos (18 jogos/3 golos) e 87 minutos (seis jogos)

Entre Conti e Ebuehi. Repartidos por duas temporadas consecutivas os outros cinco futebolistas. Alfa Semedo (858/22/2), Ferreyra (846/17/2 com 91 minutos em três jogos nesta temporada de 2020/21), Castillo (539/17/2), Corchia (518/7) e Lema (191/6). 

 

Como não gosto de palavras de circunstância que soam a falso

Não posso agradecer, como adepto, os jogos que Ferreyra fez com o «Manto Sagrado». Seria mais o que não fez. Mas jamais o estigmatizarei pelo que se passou. Responsabilidade neste, tal como em todos os outros absurdos (alguns até são mais infelicidade por algum motivo extra-desportivo), teve o dirigente(s) que decidiu contratá-lo e o treinador(es) que o colocou a jogar. Ele certamente sentiu-se honrado em poder representar o «Glorioso». Um vexame para o Clube são futebolistas que negam representar o Benfica. Não os que aceitam e dão o que têm. Se têm pouco a dar o problema não foi deles! Foi de quem, estando no Clube tendo responsabilidade, não percebe o que é "ser futebolista de um clube como o Benfica"! Mas erros destes sempre ocorreram e continuarão a existir no Benfica e em qualquer clube. Quem erra menos a contratar é quem é melhor!

 

Como nada tenho a agradecer (de circunstância) tenho tudo a desejar (com sinceridade)

Primeiro. Que no final de 2020/21 seja um dos futebolistas que contribuiu para a "dobradinha": 84 minutos (dois jogos) na Taça de Portugal e sete minutos (um jogo) para o campeonato nacional. 

Segundo. Que consiga, no futuro, já no que resta de 2020/2021, ter qualidade e importância como futebolista pois sendo profissional merece ser bem sucedido na profissão que escolheu. 

 

Até amanhã, Benfica!

 

Alberto Miguéns

  1. Grande espionagem sofremos.
    Foi muito por aí que chegamos a este ponto.
    Haja engenho para dar a volta a este momento com quem for e da forma que for necessário.

    ResponderEliminar
  2. Um dos casos gritantes de lesa-Benfica, dos bastantes perpetrados nas últimas duas ou três épocas pelo homem das «luzes», de parceria com o mamão Mendes. Mas, para desgraça nossa, o homem tem o beneplácito de mais de 60% dos sócios para os próximos (quase) quatro anos.
    Entretanto, estamos a 31 e nada de reforço daquele meio campo miserável, uma coisa sem sangue nem sal, como não me lembro de ver no nosso Benfica.

    ResponderEliminar
  3. Olhei de relance para o titulo do post e deu-me um baque de alegria.

    Mas afinal o que estava escrito não era, "Vieira, o fim da agonia". Não houve demissão, a não ser de responsabilidade.

    Quando se escrever um livro sobre as contratações de Vieira, muita gente vai perceber o que se tem passado no Clube.

    Viva o Benfica.

    ResponderEliminar
  4. Sem dúvida dos maiores flops da nossa Gloriosa história em termos de custo-rendimento.
    O que este custou, meu Deus!!!
    E agora soube a notícia que Gonçalo Ramos está a caminho do Marítimo. Enfim, espero que no final desta época seja melhor o sentimento que estamos a passar agora...

    ResponderEliminar

Subscrever este blogue

Apoio de: