Eleições (H)À Benfica
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

01/07/2020

Eleições (H)À Benfica

01/07/2020 + 8 Comentários
SÓ HÁ UM BENFICA.



O presidente Joaquim Bogalho dizia haver dois: o Benfica e o Anti-Benfica (os outros clubes em que como adversários mudava equipamento e emblema, mantendo a vontade de fazerem um jogo como se fosse o último da vida deles!) Nos últimos anos o excesso de tempo nos cargos de alguns dirigentes pouco qualificados permitiu-lhes criar o Contra-Benfica (Benfiquistas que querem outro rumo - depois o Futuro dirá se é melhor ou pior - que o actual). Mas para isso é necessário poder dirigir o Clube para o poder demonstrar.

No Benfica nunca houve o Contra-Benfica. Isso é fraca invenção dos autocratas da actualidade. Os media como já não conheceram - nem estão interessados nisso, querem é mexericos - os tempos áureos de um Clube Democrático em tempo de Ditadura cuja Democracia afligia o Estado Novo vão nesta "converseta".

No Benfica era vulgar, por isso normal, associados que não concordavam com determinada perspectiva, entretanto mudarem de opinião. Há dezenas de associados, mas por ser mais fácil, por ter maior visibilidade, apenas um exemplo. Romão Martins em 1969 concorreu a presidente da Direcção frente a Borges Coutinho. Este venceu as eleições. Mas não teve qualquer problema em ir substituindo nomes, nas eleições seguintes, por outros que tinha defrontado. Em 1975 até Romão Martins (candidato derrotado em 1969) teve o cargo mais importante na Direcção depois da presidência: responsável pelo Futebol! O Benfica era assim. Deixou de o ser. E quanto a mim. Mal. Muito mal. Copiámos modelos de outros clubes que são mesquinhos. O modelo do Benfica era de grandeza, por isso conseguiu ser mais popular e conquistar mais do que os outros! Há que recolocar o Benfica no caminho certo. E acabar com o «Contra-Benfica»!  



Eu, abaixo assinado (o nome estará no final do texto) declaro que irei apoiar uma das listas concorrentes às próximas eleições, tal como o faço desde 1981... só que ainda não sei qual, pois não conheço nem nomes (pelo menos os três associados propostos para presidentes dos Órgãos Sociais e as "linhas mestras" do que pretendem para o Benfica entre 2020 e 2024). 

Um dos candidatos Bruno Costa Carvalho (BCC) propôs-me - se BCC for eleito - colaborar na organização de um «Departamento da Mística». Como considero que BCC é Benfiquista disse que podia contar comigo. Tal como qualquer Benfiquista que seja eleito. Só que não disse que o apoiava pois é impossível dizer isso pelo que enunciei previamente.

Cenários

1. Quando declarar quem apoio digo que é Bruno Costa Carvalho ou melhor, a Lista que ela lidera. Ele vence as eleições. Depois de as vencer pode manter a ideia ou mudar de opinião. Respeitarei a decisão e colaborarei com ele naquilo que desejar. Ou não. O Benfica está acima de tudo e todos;

2. Quando declarar quem apoio digo que é outro candidato/outra lista. Bruno Costa Carvalho é eleito e tem toda a legitimidade em manter a ideia de colaborarmos ou prefere outro Benfiquista. Respeitarei a decisão e colaborarei com ele naquilo que desejar. Ou não. O Benfica está acima de tudo e todos. Palavra de Benfiquista.

Ninguém é credor do Benfica. Ninguém. Nem Cosme Damião. Cosme Damião fez do Benfica o melhor e maior clube português. Mas se o Benfica não fosse «Glorioso» quem é que sabia quem era Cosme Damião? Em 116 anos de história o Benfica não está grato a ninguém. Ninguém. Era o que mais havia de faltar. Há quem mereça mais consideração ou menos respeito. O que há é muitos Benfiquistas que devem estar gratos ao Clube pela oportunidade que o Benfica lhes deu para o servirem.

O B de Benfica terá de ser sempre Brilhante. Nunca Brincadeira! 

Alberto da Graça Lopes Miguéns
Associado n.º 7 700

NOTA: Se incomoda tanto haver Eleições quando um presidente da Direcção se recandidata revejam-se os «Estatutos de 2010» criando um artigo do tipo: «Quando um presidente da direção decidir recandidatar-se neste ato eleitoral haverá lista única». 
  1. Boa tarde Sr. Alberto e leitores do blogue. Quero apenas dizer que cresci a ouvir falar desse Benfica, vivido intensamente por boa parte da minha família. O Benfica da honra, da palavra, da transparência, da credibilidade, da Mística! Ao longo de 34 anos (naturalmente nem todos vendo e sentindo futebol), vi apenas vislumbres desse Benfica. Mas a chama também arde dentro de mim e sinto um orgulho enorme em pertencer a esta grande família. Espero um dia poder ver e sentir aquele (esse) Benfica que contagiou quem me contagiou a mim. Que novamente o Benfica seja superior a todos e quaisquer interesses, pois será sempre incomparavelmente maior que os mesmos. E que o Sr. Alberto possa voltar a colaborar de dentro do nosso Clube. Saudações Benfiquistas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caso o Vieira ganhe de novo (lagarto, lagarto, lagarto) Miguéns não põe os pés no Glorioso.
      Vieira gosta de se rodear de lambebotas e de lambecus e estes não querem perto deles, um Benfiquista que respira Benfica por todos os poros e, como se fosse pouco, sabedor de toda a história do Glorioso.
      Estou convicto que, qualquer que seja a lista ganhadora, (excepto Vieira) quererá ter a seu lado o sócio 7.700

      Eliminar
  2. A realidade atual não é tão diferente assim. Veja-se os casos de Fernando Tavares e de Varandas Fernandes, por exemplo. Ambos acérrimos opositores a Vieira e hoje lá estão a comer do prato que tanto criticaram.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Benfiquista

      Mas são situações, quanto a mim, distintas.

      1. Fernando Tavares fez parte, como vice-presidente, de duas gerências do presidente Luís Filipe Vieira, em 2003/2006 e 2006/2009. Depois foi oposição nas eleições de 2012, mas necessitava de emprego (foi-me dito por alguém que o conhece bem) e foi "obrigado a encostar-se" ao nosso presidente que lhe conseguiu um emprego na Junta de Freguesia de São Domingos de Benfica (JFSDB) que como se sabe tem boas relações entre Benfica e junta, pois o presidente viveu no bairro das Furnas que está na JFSDB.

      2. Varandas Fernandes encabeçou aquele movimento «Benfica: Vencer, Vencer» mas sempre o vi (pela fraqueza intelectual) como mais uma forma de pressionar a Direcção do «Glorioso» que por ter alguma ideia acerca do que queria para o Benfica!

      3. Domingos Almeida Lima foi candidato a secretário da Mesa da Assembleia Geral, nas eleições realizadas em 31 de Outubro de 1997, numa lista (a C) divisionista - eng.º Abílio Rodrigues - que contribuiu para a derrota de Luís Tadeu frente a Vale Azevedo. Depois regressa ao Benfica pelos contactos que tinha na política, pois foi deputado e governador civil de Setúbal, pelo PSD. O Benfica tinha boas ligações ao PS (que reforçou com Nuno Gaioso Ribeiro) mas faltava o PSD.

      https://www.parlamento.pt/DeputadoGP/Paginas/Biografia.aspx?BID=41

      https://www.rostos.pt/inicio2.asp?cronica=22737

      Gloriosíssimas Saudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  3. O BdC que é um não assunto, porque não pode concorrer, está a usar o Santo nome do Miguéns em vão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Viriato

      Não é bem assim. De Santo não tenho nada! Apesar do meu avô paterno ter nascido no Monte do Santo André (Montalvão)! O Benfiquista Bruno Costa Carvalho falou comigo acerca do assunto e concordei.

      Saudações Gloriosas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  4. Uma direção não aproveitar os conhecimentos do Alberto Miguéns é um crime lesa-Benfica.
    Para os garganeiros que se achem reis no trono do SLB, o artigo sugerido seria o ideal.

    ResponderEliminar
  5. O problema é que noutros tempos, apesar de discordarem, eram todos benfiquistas sem sombra para dúvidas.Actualmente inflitraram-se pessoas que nada têm que ver com o amor ao clube, a começar por ex presidentes de clubes agora despromovidos, ou cfo a braços com as bodas de casamento da prole.

    ResponderEliminar

Subscrever este blogue

Apoio de: