BenficArte
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

08/01/2020

BenficArte

08/01/2020 + 6 Comentários
COMO É QUE OS CRIADORES DE ARTE PORTUGUESES SENTEM O BENFICA?



A propósito de um texto eis o pretexto para colocar neste blogue o que não foi possível fazer aquando do Centenário do Clube.

O Benfica é o Clube do Povo
Mas é muito mais do que isso. É um clube agregador, abrangente, dinâmico, ardente e consequente que tem tido durante a sua existência alguns dos maiores protagonistas da Cultura Portuguesa a terem pelo «Glorioso» tanta simpatia como a mais analfabeto e inculto entre os portugueses. O Benfica é de todos.

Quando pensas em Benfica pensas em quê?
Como é que um artista, enquanto criador de Arte, sente o Benfica no imediato. Como o sublima em Música, Pintura, Desenho, Escrita, Cinema ou Fotografia? O que é para um criador “Sentir-se Benfiquista”.

Esta era uma das Ideias que tive aquando do Centenário do Clube no plano que fiz «100 Anos, 100 Ideias» e que nunca foi feito
Por responsabilidade de Seara Cardoso se bem que este dissesse que foi de Luís Filipe Vieira (embora o presidente da Direcção fosse Manuel Vilarinho), tal como Fialho Gouveia que dizia que a “culpa” era dos dois. De Seara Cardoso porque criticara Luís Filipe Vieira e deste que não respeitava o Benfica! A "Comissão do Centenário» (composta por associados do Clube sem qualquer remuneração, nem um tostão - e bem - para custear despesas) foi empossada pelo presidente Manuel Vilarinho pelas onze da manhã e às três da tarde já estava dissolvida! Isto em Abril de 2003, a menos de um ano do Clube comemorar o seu centenário! Inacreditável! Tudo porque foram almoçar - eu não fui pois trabalhava de tarde - e quando voltei às instalações do Benfica - então em Cabo Ruivo - não vi ninguém para a primeira reunião que estava marcada para as 19 horas logo desse primeiro dia. Telefonei ao saudoso Fialho Gouveia (que me tinha convidado para a Comissão) e ele diz: Então não lhe disseram? Disseram o quê, senhor Fialho Gouveia. Não lhe disseram que já não há Comissão? Como assim, então fomos empossados ao final da manhã de hoje! Pois, mas desentenderam-se ao almoço e o Luís Filipe Vieira acabou com a Comissão porque o Seara Cardoso - que é portuense e Benfiquista - foi criticá-lo por festejar golos do FC Porto ao Benfica no Estádio das Antas. Chegou aos ouvidos de Luís Filipe Vieira e este mandou o Vilarinho dissolver a Comissão! Veja lá! Um calhau com dois olhos que nem cargos tem no Benfica e conseguiu acabar com a Comissão de Um Centenário de um Clube como o Benfica! Miguéns tente junto do Seara Cardoso fazer com que o seu projecto vá para a frente!» Pois, pois... eu bem tentei, mas está bem, está... Foi-se! Mas isso agora não interessa para nada. Vamos ao que interessa.

Stuart Carvalhais I
Ando há algum tempo à procura de informação para assinalar os 59 anos do seu falecimento (2 de Março de 1961) ou comemorar os 133 anos do seu nascimento (7 de Março de 1887). A escolha do dia 2 (segunda-feira) ou do dia 7 (sábado) depende dos jogos do Benfica. Terá que ser em alternativa. O Benfica terá o encontro para a 23.ª jornada da Liga NOS nesse fim-de-semana jogando na quinta-feira anterior (27 de Fevereiro) a segunda-mão dos dezasseis-avos-de-final da Liga Europa na «Catedral» por isso o jogo frente ao Moreirense FC, também, na «Catedral» será muito provavelmente no domingo. O jogo da 24.ª jornada do campeonato nacional, em Setúbal, frente ao Vitória FC, será no fim-de-semana (6 a 9 de Março) pois vai depender da passagem aos oitavos-de-final da Liga Europa, cuja primeira-mão está marcada para 12 de Março. Há que preparar o texto e lustrações para depois escolher a data mais interessante para assinalar a efeméride de um dos mais ilustres artistas (desenhador) do Benfica.


Stuart Carvalhais II
Considero que o mestre Stuart Carvalhais ainda tem hoje o emblema do «Glorioso» melhor conseguido e data de 1929, quando trabalhava em parceria – era cenógrafo – com Félix Bermudes na organização das peças de teatro deste. Aquando das Bodas de Prata (25 anos), em 28 de Fevereiro de 1929, Félix Bermudes fez a letra, pediu ao maestro Alves Coelho (pai) para musicar a letra do Hino do Clube e solicitou a Stuart Carvalhais que “redesenhasse e modernizasse” o Glorioso Emblema. E assim foi. Um emblema que obedece aos propósitos e ideais dos nossos fundadores – Félix Bermudes não cedia um milímetro – em termos de cores e simbologia. As garras da Águia bem assentes na flâmula nacional onde estava escrito o lema do Clube tendo a Águia as asas abertas como que dando uma ideia dinâmica de elevar para o Céu o lema, ou seja, o Clube e as nobres intenções dos Fundadores. Félix Bermudes na letra da Hino é inequívoco.



Stuart Carvalhais III
As pesquisas acerca de Stuart Carvalhais “levaram-me” até junto de familiares. E não é que um deles (que não mostrou interesse em que o seu nome seja revelado) deu-me um original do trabalho do notável desenhador Benfiquista! Que é a digitalização que ilustra o texto de hoje! Foi este o pretexto para não só fazer o texto para hoje como criar uma espécie de secção – que ficará disponível na barra horizontal vermelha de assuntos do blogue – onde vou procurar colocar Arte relacionada com o Benfica. Como sentes na tua sensibilidade de artista o Benfica? Se disser Benfica como expressarias o Ideal? Vou tentar, não sei se conseguirei.   

Há muito Benfica entre os Artistas que criam a Arte Portuguesa
Vou procurar ter, essencialmente, obras de artistas contemporâneos, ou seja, que eles "façam Benfica a meu pedido" mas para os que já estão no «Quarto Anel» (como Stuart Carvalhais ou o poeta António Boto) serão publicadas “obras” onde esteja o Benfica (como é hoje o exemplo de Stuart Carvalhais) pois apesar de ter o original feito por ele, em 1953, num desenho a tinta-da-china sobre cartão branco, o trabalho não é inédito pois até sei onde está publicado.

Há muitos Benfiquistas entre os grandes nomes da Arte em Portugal
Abrangendo todas as gerações e todas as áreas. Eis alguns contemporâneos que vou tentar contactar.

Arquitectura
Procurarei esboços/esquiços de Álvaro Siza Vieira, Eduardo Souto Moura, Manuel Salgado e Tomás Taveira, entre outros de que não me lembro o nome ou não sei que são Benfiquistas.

Banda Desenhada
Conheço poucos, mas tentarei contactar José Carlos Fernandes, Luís Louro e Marco Mendes.

Cinema
Quem sabe se será possível ter uns segundos/minutos de imagens criadas por António-Pedro Vasconcelos, Edgar Pêra, Leonel Vieira, João Botelho, João Canijo, Joaquim Leitão e Ricardo Costa, entre outros.

Fotografia
Contactar Alfredo Cunha e Eduardo Gageiro. Há mais, mas não quero arriscar errar!

Literatura
São quase todos do Benfica, desde António Lobo Antunes, António Mega Ferreira, João de Melo e José Rodrigues dos Santos até José Luís Peixoto, Pedro Mexia e Rodrigo Guedes de Carvalho.

Música
Com tantos tão bons nem faço listagens de nomes pois a maior parte ficaria fora da lista. Até arrisco duas listas com três nomes, cada, de muitos mais. Dos mais experientes: Carlos Alberto Moniz, Fernando Tordo e Paulo de Carvalho. Dos mais recentes: Ana Bacalhau, António Zambujo e Mariza Liz.

Pintura
Com o amigo Manoel Barbosa, actualmente a expor na «Galeria Zé dos Bois» (clicar) não deve ser difícil que alguns possam trazer o seu Benfica, o Benfica de todos nós, visto pelo olhar crítico e acutilância artística, dos pintores Benfiquistas, para este blogue. NOTA: Como muito bem lembrou, em 9 de Janeiro, um dedicado leitor do blogue, Paula Rego tem ascendência e "linhagem" Benfiquista, no Sport Clube de Benfica!

Vamos ver no que isto vai dar…

Alberto Miguéns

  1. Boa iniciativa, como sempre, e algumas histórias "engraçadas" no meio do post.

    Viva o Benfica.

    ResponderEliminar
  2. Vai ser interessante ver evoluir essa excelente iniciativa.

    Não tenho dúvida que a preferência clubística entre os artistas tem a mesma tendência maioritária que se verifica entre a população Portuguesa. Muitos dos nomes que o Alberto indica são reconhecidos Benfiquistas.

    Apenas nas televisões se verifica uma inversão dessa tendência. Aí, os poucos que são Benfiquistas assumem frequentemente uma postura envergonhada e acomodada ao delírio maioritário das riscas. A realidade paralela das riscas na televisão pública e nas privadas é uma vergonha. Fazem disso um instrumento de guerra clubística. Desrespeitam o seu código profissional e contribuem activamente para o clima por vezes selvagem e violento que tomou de assalto o futebol Português. Desde a década de 80 que é isto. Mudam (alguns) dos actores mas os métodos são sempre os mesmos.

    ResponderEliminar
  3. o melhor fotografo de arquitectura e paisagem em portugal é benfiquista. sócio desde 72. fotografou, inclusive, a demolição da verdadeira catedral. chama-se paulo catrica. em parceria fez um livro lindíssimo que se chama "cidade do futebol" onde estão as referidas fotografias e mais um extenso trabalho de arquivo sobre a implantação do futebol na cidade de lisboa. depois, o siza tem um texto muito bonito sobre o eusébio. uma espécie de memória dos dias do mundial de 66. abraço e bom trabalho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Benfiquista André Castanho

      Não sabia. Obrigado. Somos tantos que qualquer ajuda será bem-vinda. Quando se faz uma iniciativa desta, mesmo só indicando nomes o risco de excluir figuras importantes é muito grande tal a grandeza do Clube.

      Saudações Gloriosíssimas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  4. Caro A.Miguens,

    Já agora, não esquecer um dos grandes vultos da arte moderna, Paula Rego, que segundo a própria, tem um avô que foi um dos fundadores do Benfica.

    Declarou em 2012, salvo erro, numa exposição em Cascais, chamada "1961-Ordem e Caos", em que esteve presente o nosso ex-treinador Jorge Jesus, que "O meu clube é o Benfica. O meu avô foi sócio fundador".

    Paula Rego, em Junho de 2010 recebeu da Rainha Isabel II a Ordem do Império Britânico com o grau de Oficial, pela sua contribuição para as artes.

    Foi agraciada pelo Governo Português por varias vezes.

    É um grande vulto artístico mundial, e pela ligação familiar à fundação do nosso clube merece destaque.

    Viva o Benfica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Benfiquista

      É verdade. É este o "problema bom" num clube como o Benfica ao fazermos listas. Esquecemo-nos de mais Benfiquistas do que aqueles que colocamos nas listas. Tomei a liberdade de acrescentar ao texto.

      Agradeço todas as ajudas para aumentar a lista e a possibilidade de serem contactados.

      Gloriosíssimas Saudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar

Subscrever este blogue

Apoio de: