Rogério Imortal (1953/54)
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

09/12/2019

Rogério Imortal (1953/54)

09/12/2019 + 0 Comentários
DÉCIMA SEGUNDA TEMPORADA, ÚLTIMA ÉPOCA.



Rogério joga 35 encontros dos 45 realizados pelo Benfica, com quatro "faltas" nos últimos quatro jogos. Marca 13 golos em 3170 minutos, ou seja, um golo a cada 244 minutos.

Todas as posições da linha avançada
Nove jogos como extremo-esquerdo, nove encontros como interior-esquerdo, oito como avançado-centro, oito como extremo-direito e um como interior-direito. Dos 35 jogos, marca 13 golos em nove jogos: seis golos em seis jogos, dois golos em dois jogos e três golos num jogo.

E chegou ao fim
Com a contratação do treinador Otto Glória e a profissionalização do futebol do Benfica, ao brioso Rogério colocaram-se duas hipóteses: ficar mais uma temporada (1954/55) sendo o jogador mais antigo no Clube (desde 1942/43) - faria 32 anos em 7 de Dezembro de 1954, o que era "velho" para os padrões da época - abdicando de obter mais rendimento a transaccionar automóveis que os que podia ganhar no Futebol ou deixaria o Benfica indo ajudar o clube familiar - Oriental que tentava subir da II Divisão à I Divisão? Optou ela segunda possibilidade não sem antes revelar o seu espírito franco e irónico. O Benfica vai ter um «Lar para Jogadores»? Mas, está que eu tenho 32 anos só que ainda não tenho idade para ir para "Lares (de Idosos)"! Riu-se e despediu-se do «Glorioso». Seguiu para o COL/Oriental, não sem que o Benfica lhe fizesse, logo no início da temporada seguinte, uma festa de homenagem.

Continua…

Alberto Miguéns

0 comentários blogger
comentários facebook

Enviar um comentário

Subscrever este blogue