O «Grande Torino» Começou Hoje... Há 77 Anos | Em Defesa do Benfica -->
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

13/09/2019

O «Grande Torino» Começou Hoje... Há 77 Anos

13/09/2019 + 3 Comentários
HÁ 77 ANOS, EM 13 DE SETEMBRO DE 1942, EM ALEXANDRIA (A 70 km DE TURIM) O «GRANDE TORINO» TEVE O SEU INÍCIO.




Em Portugal, no Estádio Nacional, faria o último jogo, o 264.º em 3 de Maio de 1949. Todos os pretextos são óptimos para um Benfiquista escrever acerca do «Grande Torino». Escrever acerca daquele fabuloso plantel que teve um fim trágico, em 4 de Maio de 1949, depois de ter jogado frente ao «Glorioso» num encontro de homenagem ao capitão do Benfica, Francisco Ferreira, é como falar do Benfica. O «Grande Torino» é um capítulo da «Gloriosa História». Este texto é cumprir o prometido (em 25 de Julho de 2016 - clicar).



Os dirigentes do popular clube de Turim
Tiveram uma estratégia inovadora no início dos Anos 40 do século XX procurando "segurar" os melhores futebolistas cobiçados pelo gigante vizinho (Juventus FC) e ricos rivais de Milão: AC Milan e FC Inter(nazionale). Além de outros clubes transalpinos poderosos na primeira metade do século passado. 



E tudo tem um início
Com um clube do segundo escalão, classificando-se em 12.º lugar na «Série B», o Alexandria US (na actualidade US Alexandria Calcio 1912). Jogaram cinco futebolistas que defrontaram o Benfica em 1949.


O primeiro do Pentacampeonato
O «Grande Torino» sagrou-se campeão pela segunda vez depois de um primeiro triunfo em 1927/28. No 42.ª edição do campeonato transalpino, foi o primeiro de cinco títulos consecutivos: 1942/43, 1945/46, 1946/47, 1947/48 e 1948/49. Em 1943/44 e 1944/45 não se disputou o campeonato devido à Segunda Guerra Mundial.  Jogaram cinco futebolistas que defrontaram o Benfica em 1949.


A caminho da "dobradinha"
Nos quartos-de-final da Taça de Itália, o Torino FC afastou o AC Milan, por 5-0, que se classificou em 7.º lugar no campeonato italiano. Na final o clube de Turim fez a "dobradinha" ao derrotar, por 4-0, o Veneza FC. Foi o segundo título - o primeiro em 1935/36 - do Torino FC na décima edição da competição. A Taça de Itália seria interrompida até 1958! Jogaram cinco futebolistas que defrontaram o Benfica em 1949.


Considerado um dos melhores jogos se sempre no futebol italiano
O clube de Turim derrotou o 12.º classificado do campeonato, com este jogo a ser o início do descalabro do clube de Milão. O FC Inter seria segundo classificado, atrás do Torino FC, no campeonato seguinte, o do «Penta», em 1948/49. Jogaram nove futebolistas que defrontaram o Benfica em 1949. E Virgílio Maroso não jogou mas fez parte do plantel que se deslocou a Portugal.



A vitória mais triste da história do «Glorioso»
Nem um dia se festejou aquela que foi considerada, entre 3 e início da tarde de dia 4 de Maio a «maior vitória de sempre do Futebol Português». Nunca um clube ou a selecção portuguesa tinha conseguido um resultado tão espectacular. Em 264 jogos, o clube de Turim obteve 194 vitórias (74 por cento), 40 empates (15 por cento) e 30 derrotas (11 por cento), marcando 786 golos (2,98: três golos por jogo) e sofrendo 275 (pouco mais de um golo por jogo: 1,04). A diferença entre golos marcados e sofridos é de 511 golos e o quociente médio ("goal average") é de 2.9, ou seja, mais três golos marcados por cada golo sofrido! Impressionante.


Depois deste jogo nada mais há a dizer, por agora, do Torino FC, neste blogue

Fica reservado para todas as 16:05 horas de cada dia 4 de Maio (clicar para o último, em 2019).



O «Grande Torino» viverá no Eterno Benfica!


Alberto Miguéns

NOTAS: 
1. Para revista «Stadium» com a crónica do jogo (clicar)
2. Para revista «Stadium» com a notícia da tragédia (clicar)
  1. Excelente investigação e ótima síntese.
    Impressiona ver os números do Torino FC e impressiona ver como tinham já uma base que enriqueceram ao longo dos anos. Triunfar contra adversário tão formidáveis certamente exigiu talento a jogar dentro do campo e gestão inteligente fora do campo.
    O "Grande Torino" é uma lenda do futebol, para sempre associada a outra lenda: o SL Benfica.

    ResponderEliminar
  2. Mais um post maravilhoso, Alberto, muito obrigado. Quando pensamos que já sabemos tudo sobre qualquer tema da nossa história, o Alberto apresenta mais um pouco. Fantástico!
    Sempre que leio algo sobre o Grande Torino fico encantado, não apenas pelo mítico clube transalpino mas especialmente pelo nosso Benfica, o tal Benfica que arrepia tamanha a sua grandeza.
    Se possível aproveito para perguntar se sabe qual é a música e por quem foi interpretado o tema criado após a conquista do bi-campeonato europeu? Onde a poderemos escutar?
    Grato!

    ResponderEliminar
  3. Somos todos do TORINO FC !!!

    No ano passado estive lá na Basílica de Superga em Turim, numa homenagem sentida a todos aqueles heróis.

    ResponderEliminar

Subscrever este blogue

Apoio de: