Nem Sempre é Possível | Em Defesa do Benfica -->
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

09/10/2018

Nem Sempre é Possível

09/10/2018 + 2 Comentários
CORRESPONDER NO IMEDIATO E SATISFATORIAMENTE - POR VEZES CAI NO ESQUECIMENTO - AOS PEDIDOS DOS LEITORES.


Mas desta vez juntou-se o pedido ao desejo. Um leitor solicitou informações acerca de um assunto que queria abordar neste blogue. O "regresso" do Benfica a um "local" onde já foi feliz (25 de Abril de 2010) mas agora em estreia com um novo formato e designação.

Eis o pedido



Da Taça UEFA Futsal para a Liga dos Campeões UEFA Futsal
Sempre considerei a anterior designação uma verdadeira demonstração daquilo que a UEFA tem de pior. A desvalorização do que lhe interessa. Chamar Taça UEFA ao que era uma Taça dos Clubes Campeões Europeus de Futsal só pecava por querer secundarizar o que não devia fazer. Os clubes participantes em cada edição eram TODOS campeões nacionais na temporada anterior, por isso era uma Taça de Campeões. Além disso a UEFA, por imposição da FIFA, obrigou a que não existisse uma Federação Internacional, Confederações continentais e federações nacionais de futebol de cinco e/ou futebol de salão mas integrou uma modalidade que não é Futebol. É Futsal. E depois não a valorizava.

Novo formato
Finalmente eis que chegou o momento de lhe dar a designação correcta. Antes tarde que nunca. E o que deveria ser a Taça dos Clubes Campeões Europeus de Futsal (que nunca chegou a ser) agora faz sentido ser uma Liga dos Campeões Europeus pois conta com mais que um representante por País. E parece acertado - é uma suposição pois como é evidente não falei com ninguém da UEFA - o modelo proposto com a "entrega" da organização dos vários grupos a cidades de países onde o Futsal ainda tem pouca expressão. É uma forma de fomento. Em Portugal as várias federações de inúmeras modalidades fazem o mesmo com as finais e os jogos das Supertaças. Percebo o cuidado da UEFA em não o ter feito mais cedo. O Futsal é jogado de uma forma muito desigual nos vários países - a UEFA é composta por 55 federações - temendo a UEFA que houvesse o mesmo fenómeno do Hóquei em Patins com resultados de 65-0. Neste caso seriam 30-0! Isso é desprestigiante. Degradante pois mistura super-profissionais com amodorismo bacoco. Foi preferível deixar crescer a modalidade, compartimentar os clubes para nivelar os resultados. O que me irritava era o nome: Taça UEFA Futsal.

O Benfica ficou no Grupo 1 (Bélgica)
E venceu o grupo na diferença de golos - quatro - para o poderoso FC Barcelona, ambos com sete pontos: SLB (15/5) e FCB (12/6).


Primeiro jogo
O clube "da casa" fez um daqueles saudosos jogos do tempo do Futebol de salão (com tabelas, sem poder levantar a bola acima do joelho nem rematar dentro da área) com dois fixos e dois volantes. os fixos varriam tudo cá atrás e os volantes (criativos e rápidos tabelavam entre eles para marcar). foi um jogar maçador com muitas faltas e interrupções. O Benfica teve dificuldades pois era Futebol de cinco contra Futebol de Salão jogado com regras de Futsal. Mas foi suficiente. Chaguinha e Afonso de Jesus não foram utilizados. Tiago Brito esteve dois segundos em campo e nem tocou na bola. Entrou para criar incerteza na marcação do livre indirecto por Robinho que elevou o marcador para 3-1. Robinho podia dar à esquerda para o pé direito de Bruno Coelho (foi o que fez) ou para o pé esquerdo de Tiago Brito. Cristiano entrou no final do jogo para tentar defender um livre dos dez metros à sexta falta cometida pelo "Glorioso" que podia ter colocado o marcador em 5-4. Esteve um segundo em campo e tanto tocou na bola que evitou o 5-4!


Segundo jogo
Excelente jogo de Futsal com dois dos melhores plantéis europeus e do Mundo (para juntar o Brasil). Benfica muito bem a jogar de vermelho pois um Benfica/FC Barcelona é um Clássico do Desporto Mundial. Poucas faltas com um extraordinário golo de Fábio Cecílio e um "meio-frango" de Roncaglio num livre directo a repor a igualdade final cinco minutos depois do 1-0. Estreia de Chaguinha, com Cristiano, Tiago Brito e Afonso Jesus sem serem utilizados. 


Terceiro jogo
Falta de intensidade na primeira parte devidamente corrigida na segunda beneficiando dos "perna-longas" franceses terem dado o "berro". Com Fernandinho castigado (um amarelo por jogo nas duas jornadas anteriores) o "Glorioso" apresentou-se com 13 futsalistas. Jogaram todos. Cristiano nos últimos cinco minutos e Afonso Jesus no último minuto.

  
Agora é esperar pelo sorteio de sexta-feira
Serão quatro grupos em que cada um apurará o vencedor para uma fase final concentrada com meias-finais e final. O "Glorioso" como cabeça-de-série nunca terá como adversários - além do FC Barcelona - os outros três cabeças-de-série ("só" os últimos vencedores da competição):


Na próxima fase é para aceder à Final a Quatro. Livra-te Benfica, de perder com o Sporting CP, por exemplo!

Alberto Miguéns

NOTA: Qual será o interesse de ser o próprio Benfica a viciar a sua História. Não devem ver os jogos. Além de não darem as informações precisas - depois é normal alguns Benfiquistas pedirem para este blogue essas informações - ainda mentem à descarada (clicar). 



O primeiro golo não foi de Bruno Coelho (que nem marcou neste jogo) mas de Marc Tolrà como mostra a imagem. Confundir o n.º 7 com o n.º 3 além da barbicha com braçadeira é de "colidade". Felizmente que há outros meios para saber a realidade/verdade!





  1. Fernando Santos10 outubro, 2018 13:11

    Ser rigoroso nas estatísticas ainda se percebe, agora embirrar por causa de um nome de uma competição só porque foge ao padrão a que estava habituado já é mesmo conservadorismo. Já agora sr. Velho do Restelo, a Liga Europeia de Hóquei em patins também tem o nome errado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Fernando Santos

      Eu sou livre em dar a minha opinião. Tenho opinião. e ao que parece a UEFA também decidiu alterar a designação. Não foi por acaso.

      Há quem embirre com quem tem opinião. Que culpa tenho eu que haja quem não tem opinião, seja situacionista e se irrite com quem tem opinião. Não é Mostrengo?

      Saudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar

Subscrever este blogue

Apoio de: