Chover no Encharcado - Em Defesa do Benfica
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

26/04/2018

Chover no Encharcado

26/04/2018 + 10 Comentários
QUANDO JÁ NÃO SE PENSAVA NESTE BLOGUE VOLTAR AO ASSUNTO EIS QUE SURGE UMA SURPRESA! UMA PETIÇÃO PÚBLICA LEVA À CASA DA DEMOCRACIA UM «NÃO ASSUNTO».



O Sporting CP tenta por todos os meios enganar quem lhe aparece no caminho a negar aquilo que é evidente. Desde 1938 que está decidido que o Campeonato Nacional da I Divisão sucedeu ao Campeonato da I Liga, o Campeonato Nacional da II Divisão sucedeu ao Campeonato da II Liga e a Taça de Portugal sucedeu ao Campeonato de Portugal.

Já não sabendo o que dizer de novo, vamos por partes:

1. A Assembleia da República (AR) tem toda a legitimidade para aceitar e debater as petições públicas que tenham o número mínimo de assinaturas exigidas. Não deixa de fazer "alguma confusão" é em que pode a AR acrescentar algo. Não domino os procedimentos que regulam a AR. Penso que o regulamento se denomina Regimento. O que sei é que a AR é o Órgão Legislativo por excelência por isso debate e aprova Leis enquanto o Governo (Órgão Executivo) pode legislar, mas por Decreto-Lei. Sempre pensei que as Comissões tinham função debater assuntos que depois possam ser objecto de legislação para regular o que está em debate. Mesmo as petições têm por objectivo poder dar origem a Leis ou a alterações de artigos de Leis já promulgadas. Ora não percebo como é que esta petição pode dar origem ao que quer que seja, a não ser alguns deputados terem um motivo legal para discutirem Futebol. Espero é que o façam com mais elevação em relação ao triste espectáculo que alguns dão na «teletasca» da CMTV!
  
2. Não é difícil fazer outra petição ou uma série delas com quatro mil ou mais assinaturas para que a AR debata o que está instituído desde 1938 e "legislado" pela entidade que regulamenta as competições, a FPF.




3. A Direcção actual da FPF há muito que devia ter o "pseudo-problema" resolvido. É apenas respeitar o que uma direcção da FPF decidiu com igual legitimidade directiva e com mais legitimidade executiva pois decidiu, em 1938, há 80 anos, proceder a alterações na designação das competições porque entendia do assunto. Sabia o que estava a fazer e o motivo. Não é oito décadas depois que se pode desrespeitar o que a Direcção legítima da FPF decidiu e bem, pois toda a "gente" concordou. basta ver a Imprensa da época. Não há discordâncias. Pelo contrário. Os dirigentes alteraram o nome das competições e os principais (mais conceituados) jornalistas da época concordaram e aplaudiram: Cândido de Oliveira, Ribeiro dos Reis, Ricardo Ornelas e Tavares da Silva. E decerto muitos mais fizeram o mesmo. Estes sabe-se porque ficou escrito e várias vezes por serem isso mesmo, os mais credenciados. 

4. É uma falácia dizer-se que só três clubes podiam escolher os presidentes da Direcção da FPF: CF "Os Belenenses", SL Benfica e Sporting CP. A prova que é mentira está nessa Direcção em que o presidente era do Casa Pia AC. O que acontecia era não haver oportunidade para ser dirigente da FPF quem vivesse longe da Sede da FPF que era em Lisboa. Durante muitos anos os cargos directivos nas Federações de qualquer modalidade e Associações regionais não eram remunerados. Aliás era considerado uma afronta receber dinheiro, tal como ainda é em muitos clubes. Considerava-se que ser dirigente era honrar o desporto de que se gostava. Ora não sendo remunerado como podiam ser dirigentes da FPF simpatizantes de clubes que não fossem de Lisboa e arredores? 
  

5. Eu se fosse sportinguista até tinha vergonha, pois um dos principais dirigentes da FPF que decidiu alterar o nome das competições até é uma nobre figura do clube como se pode ver/ler aqui (clicar). E era secretário-geral da FPF em 1938/39 por isso foi ele que redigiu ou que se responsabilizou pelo que está escrito no Relatório!



Vejam lá - quem de direito - se acabam com isto de uma vez por todas!

Alberto Miguéns

NOTA: Notícia completa do jornal "Record" (clicar)
10 comentários
comentários
  1. eles bem tentam fazer correr o Tejo de Carcavelos para as proximidades de Montalvão...

    ResponderEliminar
  2. Viva Alberto Miguéns.

    Um artigo cheio de verdade e que se for apresentado na AR será como prova cabal. O Alberto não conhece nos seus contactos pessoas na AR que façam chegar estes documentos?

    Não será isto obra daquele comentador do Sporting/deputador do CDS que à bem pouco tempo foi enxovalhado pelo BdC?

    Fica aqui a sugestão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Nuno Silva

      Vou tentar

      Gloriosíssimas Saudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  3. O homenzinho (BdC) já concluiu que é mais fácil ser tetra campeão assim!...

    ResponderEliminar
  4. Anda esta gente a gastar dinheiro em comissões de análise e o Sr Alberto tem aqui a solução!!
    Porque será que só os benfiquistas é que contestam este inquérito ?!
    O Sporting não reenvidica só para si estes títulos mas todos aqueles que ganharam os títulos nesse período incluindo o Benfica.
    Eu como sportinguista nao sinto vergonha nenhuma neste pedido por parte do Sporting e talvez um dia aqueles que foram campeões nesse período venham agradecer esta iniciativa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Azevedo

      1. Não sou eu que tenho a solução. É a FPF desde 1938/39;

      2. gastar dinheiro? Parece que não vive em Portugal. Taxas e taxinhas. Tachos e tachinhos. Comissões e comissõeszinhas. Para isto nunca falta;

      3. Porque é vigarice. Se o SLB fosse beneficiado eu contestava na mesma. Gosto da verdade. Quer ver? A primeira Supertaça que o Benfica conquistou, em 1980/81, não foi conquistada numa competição oficial pois os dois clubes (Benfica e Sporting CP) acordaram que podiam ser feitas três substituições o que era proibido pela FIFA (International Board) em 1980/81 como se sabe;

      4. Mas eu se fosse sentia por enxovalharem a memória de um dirigente que decidiu assim em 1938/39 e agora querem fazer dele paspalho;

      5. Eles não podem agradecer simplesmente porque já morreram e é difícil um morto agradecer o que quer que seja!

      Saudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  5. Boa tarde Sr Alberto,
    O seu argumento é hilariante!!
    Entao o de defender a verdade e a comparação deste caso com a Supertaça de 1980/1, quando defende a data de fundação do clube como sendo a de 1904, é o máximo!
    E a defesa de um antigo dirigente do Sporting por um benfiquista, bom é de chorar!
    E o argumentoue que eles já não vao
    agradecer porque já morreram!
    Ouça, eu estava-me a referir aos clubes, os dirigentes morrem mas os clubes continuam.
    Neste caso falava do Carcavelinhos(O Atletico ja veio dizer que se derem razão o título é deles), Olhanense,Maritimo,Belenenses,FCP,SLB e SCP.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Azevedo

      Ainda não percebeu?

      1. Não sou em que defendo a fundação em 1904. Foram os que fizeram a junção em 1908. Ainda não percebeu isso?! Irra! Luís Carlos de Faria Leal do Sport Clube Benfica esteve das reuniões de Setembro de 1908 e depois deu entrevistas em 1954, entre que entre outras considerações importantes, disse que foi uma das suas maiores felicidades ter sobrevivido para comemorar os 50 anos do Clube. Ele é que assume que o Clube foi fundado em 28 de Fevereiro de 1904. Ainda não leu o que interessa ler? Eu não tenho que defender nada. Só nasci em 1960. Só tenho que defender os que já cá não estão para se defender e defender o Clube. Abaixo o revisionismo reaccionário!

      2. Qual é o problema em um Benfiquista defender um sportinguista honesto? É crime! Deve pensar que sou acéfalo e que para mim os sportinguistas são todos palermas. E os Benfiquistas todos inteligentes? Houve pessoas do SCP que contemporâneas de outras do SLB tiveram mais categoria e classe! Sou do Benfica com muito orgulho mas sei distinguir o que presta e o que não presta. E defenderei sempre as pessoas honestas e com princípios sejam de que clube forem. Mesmo que sejam sportinguistas. Pode chorar à vontade!

      Saudações

      Alberto Miguéns

      NOTA1: Em vez de retórica e oportunismo deviam era de respeitar os sportinguistas do tempo em que o SCP era cada vez maior e mais importante. Ao contrário de agora.

      NOTA2: A primeira supertaça do Boavista FC conquistada ao FC Porto também o foi numa competição não oficial!

      Eliminar
  6. Olhe com essa sua retorica é preferível o presidente do SCP andar a preocupar-se com estes assuntos do que andar a conspurcar o futebol português como os dirigentes do seu clube andam a fazer.
    Mas também tem uma desculpa, alguns que neste momento lá estão são tão benfiquistas como eu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Azevedo

      Nada de precipitações a não ser chuva! Pode virar-se o feitiço contra o feiticeiro.

      E eu já escrevi acerca desse assunto. Meia dúzia de vezes e tenho responsabilizado quem penso dever ser responsabilizado no Clube por ser incapaz de parar as mentiras (existindo) ou tomar medidas (se o que se insinua for verdade). O Benfica sempre foi um clube democrático, SEMPRE. Não há assuntos tabus. A história fará justiça. Quem tiver classe será sempre recordado pelo Bem que fez. Quem fizer mal ao Glorioso será ostracizado e ridicularizado eternamente pelos Benfiquistas. Quem for achincalhado pessoalmente por quererem atingir o Clube e depois provar que é mentira terá o reconhecimento de todos. Vamos esperar.

      Quanto à sua última frase finalmente estamos de acordo! Partindo do princípio que é mesmo sportinguista.

      saudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar

Subscrever este blogue