A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

09/10/2016

Não Foi! Não Foi! Não Foi! Não Foi! Não Foi! Não Foi!

09/10/2016 + 12 Comentários API
PODIA TER SIDO ENGRAÇADO MÁRIO WILSON SER ISTO. MAS NÃO FOI! É LENDA!


Fui alertado pelo Benfiquista Mário Pais que a BTV continua a insistir em atribuir a Mário Wilson um facto que é mentira (ou uma não verdade para os mais susceptíveis que acham que no Benfica nunca se mente, nem os Benfiquistas fazem tal). Ele que é um espectador assíduo e atento da nossa televisão disse-me que durante dois dias foi "bombardeado" com rodapés e comentários acerca do mesmo assunto. Eu como dei uma "rapidinha" tirei esta fotografia e, ao fazer a estatística do jogo de Andebol, entre o SLB e o AA Avanca ouvi exactamente em voz dizer o que está «rodapeado», sendo uma informação que devia ser apeada e irradiada definitivamente da Gloriosa História.

Esperei algum tempo
Também sei que muitos comentadores "varreram para debaixo do tapete o assunto" em programas de conteúdo. É caso para dizer. Tão pequenos e novinhos, mas já tão «malandrecos e espertos, no politicamente correcto». Como tenho a BTV mas raramente a vejo - nem a BTV nem a televisão na sua generalidade, pois tenho mais onde Benficar e gastar o meu precioso tempo - tirei a fotografia nas gravações Meo - e deixei passar algum tempo. Numa espécie de luto.

Mário Wilson nem é o segundo treinador português a conquistar o campeonato nacional! E no Benfica sabem disso!
Eu nem gosto de fazer distinções de nacionalidades entre atletas e treinadores. Para mim enquanto estiverem no Benfica a nacionalidade deles é Benfiquês. 

Mas se querem isso...vamos a isso
Vítor Gonçalves foi o primeiro treinador português a conquistar o primeiro campeonato nacional para o Benfica e em Portugal por um português. O II campeonato da I Liga em 1935/36. O de 1934/35 foi conquistado por  Joseph Szabo (FC Porto). O segundo treinador português a sagrar-se campeão pelo SLB foi Fernando Cabrita que em 1967/68 orientou o Benfica em 14 das 26 jornadas. Mário Wilson foi o terceiro em 1975/76. Não foi o primeiro. Nem o segundo. Repito. Foi o terceiro. E quatro décadas depois de Vítor Gonçalves.

A BTV e os responsáveis do Benfica que tratam (ou deviam de tratar destes assuntos com a dignidade que merecem)
Podem dizer milhões de vezes que Mário Wilson foi o primeiro treinador português a ganhar o campeonato pelo Benfica. Até se diz que Goebbels (ministro de propaganda de Hitler) dizia a seguinte frase (que nem sei se corresponde à verdade, talvez também seja Lenda): «Uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade». Podem fazer o mesmo, mas só estão a enganar os telespectadores, leitores e demais interessados no assunto que procuram verdade e rigor nas publicações do "Glorioso". Podem enganá-los ao magote. O que NUNCA conseguirão é enganar a Gloriosa História (mesmo que tentem) nem a História do Futebol Português (mesmo que queiram). Porque há documentação variada e vasta em notícias de jornais, revistas e, até, publicações do próprio Clube. Tirem o "cavalinho da chuva"!

Viva Mário Wilson (que não tem culpa nenhuma que digam dele o que não é dele)

Alberto Miguéns

NOTA1: Para quem quiser ter a lista certificada é ver este blogue em 5 de Julho de 2016 (clicar)

NOTA2: Parece que neste blogue vamos ter que fazer nova revisão da matéria dada acerca do assunto acrescentando mais documentação a propósito do campeonato conquistado, em 1935/36, pela Glória Benfiquista - futebolistas, capitão, internacional, internacional como capitão, treinador e dirigente - Vítor Gonçalves. 


12 comentários
comentários
  1. "Marretice". Na BTV não pode ser. Leiam mais, sejam melhores profissionais!

    ResponderEliminar
  2. No meu tempo de aluno dizia-se que ser jornalista é ser-se objectivo e isento, fazia parte da disciplina de português. E tudo isto é realmente desnecessário para a pessoa em causa, não lhe dá nenhum destaque "real".

    ResponderEliminar
  3. Caro Companheiro, prof. Alberto Miguéns,

    Como é hábito venho aqui regularmente. Ao ler os seus posts mais recentes tenho a percepção de que se sente terrivelmente abespinhado com alguns lapsos dos redactores da nossa BTV. A sua crispação é demasiado evidente para passar em claro. As suas tomadas de posição em relação a diversos aspectos da vida do Sport Lisboa e Benfica são respeitáveis como quaisquer outras, dentro daquilo a que podemos chamar educação e formação como é seu timbre.
    Mas que diabo, Caro Companheiro, não seria mais saudável para todos nós, Benfiquistas, que o Sr. pudesse com a paciência e a habilidade que a sua actividade profissional lhe confere, ajudar a que fossem efectuadas as devidas correcções na nossa estação de TV, em vez de o fazer desta forma, em posts carregados de visível azedume?
    Pense lá nisso e não há nada como uma "boa acção" da sua parte como Benfiquista Autêntico que é!

    Cumprimentos e Saudações Gloriosas.
    CA (GV)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro CA (GV)

      Mas pensa que "eles" querem saber disso. "Eles" têm ideia que se pedirem informações - e não é só comigo - cedem uma espécie de Poder, ou seja, ficam a depender de outros. Mentes pouco esclarecidas e temerosas. Principalmente dos principais responsáveis, por que manda quem pode obedece quem deve. Preferem repetir erros e mentiras em vez de perguntar. Fale com outras pessoas, incluindo Mário Pais que tem um blogue (SL Benfica e Futebol Mundial) e ele diz-lhe o mesmo. Entre pedirem informações a quem sabe (e não estou a falar apenas de mim) e arriscarem o acaso, preferem fazê-lo. Arriscar a copiar informações que podem estar erradas.

      Eu NUNCA deixarei que se ignorem Glórias do Clube. Seja por pessoas fora ou dentro do Benfica. NUNCA. Mesmo que isso desagrade a alguns Benfiquistas. Até lhe digo que se quisesse, entre BTV, portal, jornal, revista e facebook e adjacentes, se quisesse fazia um blogue só para corrigir erros. E tinha assunto todos os dias. Não fazia era mais nada na vida e tenho mais que fazer. Os Benfiquistas são muito mais enganados por informações falsas (a maior parte certamente por ignorância) do que pensam. Só que como não sabem - e não têm que saber - passa por estarem a ser informados correctamente. Por isso, ao contrário do que diz, eu sou meigo. Meiguíssimo! Aliás há quem me critique exactamente por isso. Ser conivente. Porque só faço textos quando os limites que considero razoáveis são ultrapassados. E este caso era (e é) um deles.

      Caro CA (GV). Pelo menos quem ler este blogue fica a saber que Mário Wilson não foi o primeiro treinador português a conquistar um campeonato nacional pelo Benfica. Quem viu/ouviu a BTV (e não souber a verdade) fica com uma informação errada acerca de Mário Wilson.

      Prefere que este blogue corrija os erros ou prefere que se enganem os Benfiquistas, para não se corrigir publicamente o que está errado vindo de dentro do Clube?

      TRIgloriosas Saudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar
    2. Caro Alberto e já se tentou fazer uma reaproximação, nem que seja por intermediários, novamente à estrutura do Benfica?

      É um desperdício uma pessoa conhecedora da história do clube como você, confinado a um Blogue (sem qualquer menosprezo pelo mesmo) enquanto podia informar todo o mundo Benfica da verdadeira história do nosso clube.

      Grande abraço

      Filipe Santos

      Eliminar
  4. Caro Dr Alberto,

    Não ouso contrariar a sua convicção, com o factual que apresenta relativamente a Vítor Gonçalves, isto no que diz respeito ao campeonato de 1935/36, curiosamente o Guia Record já fez essa rectificação.

    Todavia, estou em desacordo relativamente a Fernando Cabrita, os registos de que disponho relativamente à temporada 1967/68 referem : Fernando Riera (treinador até à 7ª jornada), Fernando Cabrita (treinador até à 21ª jornada), Otto Glória (nas 5 jornadas finais), objectivamente o Campeão em 1967/68 foi Otto Glória, porque era o treinador do Benfica na 26ª e ultima jornada desse campeonato. Ou então o Benfica nessa época desportiva teve 3 treinadores campeões : Riera, Cabrita e Glória!

    Vejamos, em 1967/68 as jornadas e pontuação/classificação respectiva do Benfica, no momento das duas chicotadas:

    7ª jornada Tirsense 0 Benfica 0 Tr F Riera, o Benfica acumulava 12 pontos, em liderança partilhada com o FC Porto!

    21ª jornada Cuf 2 Benfica 0, Tr F Cabrita, o Sporting era líder com 35 pontos, e o Benfica 2º classificado com 33 pontos (essa derrota no Lavradio, provocou a perda da liderança desse Campeonato, assim como a chicotada de Cabrita).

    26ª e ultima jornada, Benfica 8 Varzim 0, Tr O Glória, Benfica Campeão com 41 pontos, e Sporting Vice com 37 pontos! (Otto Glória, nas 5 jornadas finais, ganhou 3 jogos na Luz, entre eles um decisivo derby ao Sporting 1-0, fora da Luz, empatou em Coimbra e nas Antas, ambos empates a um golo, curioso, M Wilson era treinador da Académica, e Pedroto era treinador do FC Porto).

    Na minha modesta opinião o Treinador Campeão em 1967/68 foi Otto Glória!

    Também curioso, em 82 campeonatos, Benfica e FC Porto, apenas uma vez foram Campeões com chicotadas, no FC Porto Guttmann em 1958/59, Gutmann que sucede a Otto Bumbel. Posteriormente o Benfica em 1967/68 (Riera/Cabrita/Glória).

    O Sporting, em 18 Campeonatos conquistados, curiosamente, ou não, o Sporting que tem sido desde sempre e tradicionalmente o "campeão das chicotadas", três "chicotadas" valeram três campeonatos para os leões:
    1961/62 Juca rendeu Otto Glória. 1979/80 Fernando Mendes rendeu Rodrigues Dias. Finalmente em 1999/00, Inácio rendeu Materrazi.

    Saudações desportivas,

    PT

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro PT

      São opiniões.

      A minha é outra. Otto Glória foi campeão nacional porque Riera e Cabrita orientaram o Benfica de modo a possibilitar essa conquista. Porque tudo isto passa por querer personalizar o que não devia ser.

      Não são os dirigentes, treinadores e jogadores que têm um número determinado de títulos. Isso é uma personalização do Futebol que é um desporto colectivo. Eles contribuem para as conquistas. O Benfica (entidade colectiva) é que conquista os títulos. Não é este ou aquele. Isso é uma simplificação da realidade. Por isso é que depois por se ser tão simplista tanto se diz que um jogador é campeão jogando um minuto como 3060 (34 jogos, totalista). Ambos conquistaram um título de campeão nacional para o seu palmarés individual. Mas, em teoria, um pode ter jogado apenas um minuto e outro 3060 deles! No final vale o mesmo em termos de "ser campeão"!

      Saudações desportivas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  5. Como ficou a questão das supertaças de andebol? No site da federação não alteraram nada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. caro

      Há uma funcionária - Carla Teixeira - que desde que chegou de férias diz que "estão a estudar o assunto". Só espero até final deste mês. Acho que é tempo suficiente para estudar o assunto. O CF "Os Belenenses" perde os dois jogos com o Benfica e conquista a Supertaça?

      Saudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  6. Boa noite,
    Enfim, com mais ou menos intensidade, o relevante é que os factos não podem ser adulterados assim, desta maneira, ainda por cima de forma recorrente.
    Felizmente há quem as descortine e nos esclareça... Sorte a nossa.
    Mas caramba, no canal oficial do clube...
    É pá, #$%x&$*, QUANDO NÃO SABEM... PERGUNTEM!!!
    PAREM LÁ DE INVENTAR!!!
    Saudações!

    ResponderEliminar
  7. Mais uma vez, um tiro nos pés. E depois levamos com os outros a colocarem em causa a nossa história ao mesmo tempo que se põem em bicos de pés, aldrabando o numero de titulos nacionais.

    Um bem haja ao Sr. Alberto Miguéns, que pelo mantem viva a chama da nossa Gloriosa História.

    ResponderEliminar
  8. Caro Alberto e já se tentou fazer uma reaproximação, nem que seja por intermediários, novamente à estrutura do Benfica?

    É um desperdício uma pessoa conhecedora da história do clube como você, confinado a um Blogue (sem qualquer menosprezo pelo mesmo) enquanto podia informar todo o mundo Benfica da verdadeira história do nosso clube.

    Grande abraço

    Filipe Santos


    RESPOSTA:

    Caro Filipe Santos

    Obrigado pela consideração. Nada melhor que um Benfiquista igual a nós para nos elogiar.

    Não se preocupe com isso. A seu tempo virá.

    Agora é impossível. Os dirigentes preferem ter no Clube pessoas colocadas para fazer favores a amigos e temem os meus conhecimentos pois sabem que esses que estão nesses lugares conhecem - agora, no futuro até podem a vir conhecer mais - menos do que eu. Eu seria uma fonte de perturbação pois não condescendo com o que penso ser o mínimo do aceitável para honrar o que nos honraram o passado e o presente.

    Além disso este blogue é um espaço livre, algo que mesmo que quando das últimas colaborações com os dirigentes do SLB já sentia asfixia democrática.

    O tempo vai encarregar-se de mostrar se serei mais útil "fora ou dentro" da estrutura do Clube. Neste momento sou mais importante fora. Aqui no blogue.

    Gloriosas Saudações

    Alberto Miguéns

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail