A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

30/01/2016

Somos Todos Bons Empregados

30/01/2016 + 32 Comentários API
EU, TU, ELE, NÓS, VÓS E ELES.



Como surgiram várias questões acerca da ligação do Historiador Surrealista ao Benfica - algumas a insultar o rapaz nem publiquei - decidi remodelar (mas mantive a ideia inicial apenas reestruturei o texto) para esta posta de sábado! Resultado? Ficou, como é habitual, enooooorme!


Há sempre uma primeira vez (sabemos quando é) e uma última (só os outros saberão)

A primeira vez que vi (e falei) com Ricardo Serrado foi também a última. Até hoje! Apercebi-me que a “peça” era de pouca confiança. Corria o risco dele (RS) dizer que o que ele estava a dizer (uma patranhada qualquer) tinha sido eu a dizer-lhe! Tirei-lhe logo a “pinta”. O António Melo é testemunha disso! Estava presente!

Críticas ao livro

Tinha lido o tal livro acerca de Júlio Cosme Damião nascido às quatro horas da manhã, apesar de ser às quatro da tarde! Mas aquando desse encontro ainda não sabia. E até já foi no final da conversa que questionei o "novo" nome próprio. Sem meios, limitei-me a dizer-lhe que era estranho ser Júlio quando eu conhecia inúmeros (mais de cem…) documentos, entre manuscritos e impressos, incluindo o Processo dele na Casa Pia de Lisboa e nunca vira escrito Júlio! Virou as costas e foi-se embora! Até hoje! Antes disso disse-lhe que o livro tinha muitas incorrecções, percebia-se que não tinha lido a entrevista fundamental feita por Mário de Oliveira a Cosme Damião publicada em “A Bola” (clicar) e que se notava que o livro tinha sido feito em 80/90 por cento com base na História do Benfica 1904/1954 mas à pressa. Ou seja, havia informações contraditórias no sentido de serem ao contrário (tipo 4 da manhã em vez de 4 da tarde). Depois fui-me apercebendo que era recorrente nele ser trapalhão e trocar o sentido. Além disso disse-lhe que o livro tinha muitas contradições em relação ao porquê de Cosme Damião ter resistido à tentação de ir para o Sporting CP. O que lhe fui dizer. Arreganhou-se. Disse que era uma obra de categoria reconhecida pelo professor Manuel Sérgio. Quando “eles” começam a citar as “cunhas” fica tudo dito.  


Algum tempo mais tarde
Acabou por me dar razão numa entrevista que deu ao jornal “Público”. Desculpou-se com os outros, mas ele é que truncou informação e aldrabou fotografias no livro (clicar). A culpa é dele não é de Mário de Oliveira e Rebelo da Silva.




Entretanto apercebi-me que o Benfica o contratara para colaborar no Museu
Como já escrevi neste blogue (clicar) - vale a pena ler (acreditem) esse texto de 28 de Outubro de 2011, nem que seja durante o fim-de-semana - eu não concordava com a instalação do Museu dentro do Estádio. Mas teimavam que era assim que estava previsto e teria de ser assim. Propus o local que acabou por ser aceite... posteriormente já sem eu o saber. Comigo riram-se dizendo que o espaço comercial dava uma boa maquia ao Benfica. Se clicarem vêem o desenvolvimento do assunto. Como teimaram que tinha de ser no Estádio, na porta 18 entre o piso 2 e o piso 1 eu decidi que não ia participar num projecto em que não acreditava. Até considerava que não dignificava o Benfica, por isso deixei o grupo que já tinha arquitecto e tudo com plantas do estádio para fazer obras e instalar o Museu. Eu fui à minha vida. Entrou o Ricardo Serrado, não sei se para o meu lugar. A fazer o que eu tinha projectado fazer não foi! Estávamos em finais de 2010!

Dois anos e meio depois (2012) fui convocado para uma reunião
Recusei. Insistiram até à exaustão. Aquilo metia-me tanto nojo que recusei vários dias. Com mensagens atrás de mensagens. O homem estava mesmo aflito. Tinha receio que José Eduardo Moniz (então candidato a candidato a presidente da Direcção) fosse usar a estupidez e o dinheiro gasto para fazer o Museu dentro do Estádio na campanha eleitoral. Luís Filipe Vieira até tentou convencer-me a deixar-me corromper através de Miguel Relvas para me libertar de imediato (no dia seguinte) no meu emprego). Eu deixar-me corromper! Só um palerma podia pensar que eu aceitasse isso!



Reunião que foi um almoço, em 6 de Junho de 2012, na “Catedral da Cerveja” com o presidente, o verdadeiro responsável pelo património, porque faz parte da Comissão Executiva (António Ferreira) e o dirigente “responsável” pelo património Alcino António que foi sempre uma figura decorativa. Eu fiz questão de estarem presentes, como segurança Benfiquista, "duas testemunhas” porque já sei o que a casa gasta. Só o que se passou nessa “reunião almoçada” dava para fazer (e hei-de fazê-lo) um livro. Apesar de ter começado a reunião a dizer que não voltaria ao Museu acabaram por me convencer. Aliás eu acabei a aceitar por dois motivos:
        1.     Afinal o local era o que eu tinha indicado, por isso, esse motivo já não podia justificar como recusa;
       2.   Depois tinha receio que voltassem a fazer no Museu o que tinham feito no portal (ver a seguir). Alterar a fundação do Clube à socapa, sem dar conhecimento aos associados em assembleia geral. Se assim fosse, um dia mais tarde  (em dois mil e tal…) pensava que teria condições para rectificar e regressar à verdade. Mas se o Museu começasse logo na “legalidade” simplificava!

Resolver isto (que alterava a fundação do Clube para um dia qualquer, mais ou menos lá para Agosto de 1904, algures, reduzindo de 24 para 10 os fundadores, após mais de cem anos) foi terrível. Felizmente enquanto outros "deram à sola", o presidente da assembleia geral do Benfica soube estar ao nível de alguns dos seus antecessores. Honrou-os, honrando o "Glorioso"! Deixo para uma NOTA FINAL a explicação

Para aceitar a proposta presidencial coloquei quatro condições, das quais só vou indicar três:
1. Nunca integraria a Comissão Instaladora (reportaria directamente com o presidente) pois nunca faria parte de uma Comissão que contasse com duas pessoas que em tempos tinham lesado gravemente o Clube: Luís Lapão (em 2005 chegou a ter um processo disciplinar instaurado por, entre outros “assuntos”, ter querido vender fotografias do Hóquei em Patins do Benfica ao…Benfica - Secretaria Desportiva para esta fazer um folheto promocional para a modalidade) e Alcino António (em 1988 fez desaparecer dinheiro/bilhetes da organização do Concerto Rock de má memória). Nunca me misturaria com quem lesou o “Glorioso” com gravidade;
2.    Não aceitaria pedir licença sem vencimento (no meu emprego) por mais de um ano. Para precaver desinteresse do Benfica ou da minha parte. Um ano que poderia ser renovado ano-a-ano conforme as necessidades. E disse que “assim que o Museu fosse inaugurado terminaria a minha função no Museu”. Se o Benfica quisesse eu, a seguir, poderia fazer a História Oficial do Clube e do Futebol, bem como criar uma base de dados para todas as modalidades com todos os jogos das respectivas equipas seniores desde a estreia em competição que ficaria disponível na internet num portal público e para o público;
3. Como o presidente tinha urgência pois queria o Museu inaugurado até 16 de Outubro de…2012 (seria em 26 de Julho de 2013) apesar de contrariado (já tinha férias marcadas com a família para Agosto) dispus-me a trabalhar, mas de “graça” (e foi!) pois o Ministério da Educação pagava-me o mês e eu só queria iniciar a minha ligação ao Clube a partir de 1 de Setembro! E assim foi.
Mais não digo porque o Benfica seria prejudicado, embora haja quem tenha opinião contrária e diga que esconder isso dos consócios é que prejudica o Clube. Entre as duas penso que contar prejudicaria mais. E o que nós queremos é pouco ruído para GANHARMOS! Isso é que interessa!

O que encontrei
Um caos. Textos vergonhosos (tipo ajustes de contas com treinadores e presidentes), panegíricos - com incorrecções - à actualidade, incapacidade em fazer selecções (de futebolistas e atletas), dados estatísticos por estimativa, etecetra. Ao que me apercebi era trabalho da equipa dirigida por Ricardo Serrado, mas não só!

Ainda coexistimos – Ricardo Serrado e eu – até final do ano de 2012
Mas como eu trabalhava no camarote 147 do Estádio e ele no CDI (Centro de Documentação e Informação, embora para mim seja mais - Centro de Digitalizações Intensivas) pouco nos cruzámos. Sei é que antes dele sair – ainda enquanto funcionário – enviou uma carta em rede, através do correio electrónico – para todos os elementos ligados ao Museu. Uma carta verdadeiramente inacreditável que tenho mas não sei se posso divulgar por motivos legais. Vou saber. Se puder um dia destes será colocada neste blogue. Tanto a carta como a resposta dos serviços do SLB a ameaçá-lo são verdadeiramente…arrepiantes!

Para quem me questionou acerca dele e de mim
Foi assim que nos cruzámos no Benfica. Para justificar os «tempos e lugares» desses cruzamentos fui dizendo outras coisas mais...  

Quanto à tal História Oficial. Nunca houve interesse do Clube em fazê-la. Talvez tenham interesse em que a Fundação do Clube seja outra…


Alberto Miguéns


NOTA FINAL: Não foi fácil remover aquela "rasquice" do portal. Depois de se tomar conhecimento da sua existência formou-se um triunvirato com três associados do SLB para denunciar a situação e confrontar os três presidentes dos Órgãos Sociais. Respondeu o presidente Luís Nazaré que marcou uma reunião para a antiga sala de reuniões da SAD. Sem ninguém saber um dos componentes do triunvirato levou um gravador moderno digital, para gravar a reunião não fosse "o Diabo tecê-las". Entretanto chegaram os criativos que assumiam a alteração da História do Clube. Eram também três. Mas três de troika: Ricardo Serrado, Luís Lapão e António Ferreira. Havia ainda um quarto elemento mas era postiço. Foram vencidos, mas não ficaram convencidos. Espernearam mas não tiveram alternativa. Ora Luís Lapão (principalmente) e António Ferreira (quer é saber o que deve fazer para mostrar serviço) ainda estão no Benfica. Foram coniventes com Ricardo Serrado. Deram-lhe protecção. Na tal carta que eu tenho mas não divulgo, Ricardo Serrado rasga tudo e todos de alto-a-baixo, mas elogia Luís Lapão declarando-lhe "amor eterno". Cheira-me a esturro. Há uma grande cumplicidade entre os dois. Ricardo Serrado sabe mais do que se pensa (e do que até agora tem dito) em relação ao que lhe pediram para ser feito. Por isso sente-se impune. Daí andar sistematicamente a ridicularizar-nos continuando a chamar Júlio a Cosme Damião. E ninguém o põe na ordem. Há telhados de vidro. Se não há, parece. E nisto do Futebol. O que parece...é!   



Para quem não conhece: o Bilhete de Identidade e o assento de baptismo do nosso Cosme Damião. Júlio? Nem o pároco, nem o funcionário da "Loja do Cidadão" da época o eram!





Como os padres têm caligrafia taquígrafa, eis a "tradução":


Aos vinte e sete dias do mês de Dezembro do ano de mil oitocentos e oitenta e cinco, nesta Igreja paroquial de São João Baptista do Lumiar, concelho dos Olivais, diocese de Lisboa, baptizei solenemente um indivíduo do sexo masculino, a quem dei o nome de Cosme e que nasceu nesta freguesia às quatro horas da tarde do dia dois de Novembro do corrente ano, filho legítimo de Cosme Damião, carroceiro, natural desta freguesia e de Rosa Marques, natural de São Martinho do Salreu, concelho de Estarreja, diocese do Porto, recebido na freguesia dos Anjos da cidade de Lisboa e paroquianos desta, moradores na Travessa do Alqueidão deste lugar, neto paterno de Cosme Damião e Rosário Maria e materno de Francisco Marques e Maria Rosa. Foi padrinho António Pereira e madrinha Rosa Marques, aquele casado e esta solteira, trabalhadores os quais todos sei serem os próprios. E para constar se lavrou um duplicado deste assento que depois de ser lido e conferido perante os padrinhos comigo não assinaram por não saberem escrever. Era ut retro


O pároco Francisco de Paula da Fonseca Neves.
32 comentários
comentários
  1. Acompanho este blogue há muitos anos. Já aprendi muito. Conto aos meus amigos que "conheço" o Homem que mais sabe de Benfica em todo o mundo. E dou-lhes o blogue para lerem. Mas...

    ...enoja-me saber (ou confirmar) que existem certas pessoas no Clube. Pessoas capazes de se colocarem acima de todos Nós. Pessoas que utilizam o Clube para se promoverem. Pessoas que pisam a Nossa História, que é tão rica.

    É a História que temos de preservar. E lembrar periodicamente. E orgulhar. E para isso precisamos do Alberto e outros que tais.

    Obrigado pelo trabalho indescritível que faz diariamente. E obrigado pela rectidão, honestidade e simplicidade com que o faz.

    Carrega Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado

      Por confiar no que escrevo.

      Espero nunca o desiludir. O meu pensamento é sempre o mesmo quando faço algo relacionado com o Clube.

      Honrar os Ases que nos Honraram o Passado!

      Carrega Benfica (este fim-de-semana temos muito para carregar, do Andebol ao Voleibol. Onze plantéis (com a equipa B de Futebol) para carregar vitórias!

      Gloriosas Saudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  2. 1 - "Júlio" RS

    Virou as costa? É coerente.

    Com o material que está hoje disponível é inconcebível que o sr. serrado não se venha justificar.

    Será possível que com o nível de comprometimento e com a persistência que defende esta teoria do "júlio" o sr. serrado não sinta necessidade de justificar?

    Pior do que fazer um erro é persistir nele quando as evidências nos desmentem.

    Se o sr. serrado vier a demonstrar a existência de um documento então cá estaremos.

    Agora depois de estar disponível um documento oficial do Estado Português: bilhete de identidade datado de 1912 e um registo paroquial de batismo, um documento oficial da Igreja Católica, datado de 1885, então não consigo perceber em que se baseou para a teoria.

    Aliás para se ver o extraordinário da questão basta perceber que se existisse um documento a chamar Júlio a Cosme Damião então o mínimo que um historiador cuidadoso poderia fazer era referir isso mesmo. Referir que existem dezenas de documentos que referem o nome Cosme e um, apenas um, somente um e mais nenhum que refere Júlio. Como se compreende nada aconteceu. Porquê? Se calhar já se sabe a resposta.

    2 - Museu

    O Museu é hoje um motivo de orgulho para os Benfiquista. Terá algumas falhas mas é seguramente um espaço que dá prazer percorrer.

    Pelo relato do Alberto percebe-se o esforço contra-relógio que teve de ser feito

    E claro tiveram de recorrer a quem sabe o que escreve e prova o que diz.

    Tiveram de salvar o projecto quase no limite...

    O Alberto relata uma situação triste em que só mesmo o bom senso de Luís Nazaré e a intervenção do triunvirato fizeram evitar ao Benfica um enxovalho maior. Um bem haja aos quatro!

    É preciso que o Sport Lisboa e Benfica tome uma posição oficial sobre a fantasia "júlio". Será sinalizar uma vez mais o que o nosso Clube quer quanto ao rigor e prestígio que deve estar associada a nossa Gloriosa história e a memória do Pai do Benfiquismo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luis Nazaré chegou ao ponto de pôr a questão ao Serrado, a data do nascimento de Portugal.
      - Seria aquando do casamento de D.Henrique e Dª. Teresa em 1096?
      - Aquando da Batalha de S.Mamede em 1128?
      - Na batalha de Ourique em 1139, onde os bravos guerreiros de D.Afonso Henriques o aclamaram Rei de Portugal?
      - No Tratado de Zamora em 1143?
      - Quando o Papa concedeu a D.Afonso Henriques a bula "Manifestis Probatum" em 1179?

      É que, para os adeptos e apaniguados do Sportém, e o Serrado é do Sportém, a data do nascimento do nosso Glorioso é a 13 de Setembro de 1908, data em que o nosso Sport Lisboa se fundiu com o Sport Benfica, porque os "biscondes" foram roubar os jogadores do nosso Sport Lisboa e o nosso Pai, Cosme Damião, não queria deixar, aos 14 milhões de sócios, adeptos e simpatizantes, órfãos de Clube. ( No Céu estejas!!!)
      Mas nessa união ficou exarada em acta que o nascimento do Sport Lisboa e Benfica seria a data do clube mais antigo...precisamente o Sport Lisboa fundado pelos nossos heróis de antanho em 28 de Fevereiro de 1904 na Farmácia Franco!!!
      Mas o Miguens explicará melhor...caso seja necessário...

      Eliminar
  3. Desfaça-me uma dúvida, se o conseguir. A propósito desta história do Carrillo: sabe que jogadores trocaram o Sporting pelo Benfica no que toca ao futebol?
    Obrigado pela atenção, abraço!
    Joaquim Curvelo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Joaquim Curvelo,

      Ui, ui.

      Troca directa entre equipas principais, o primeiro foi Jaime Cadete (1913/14). O segundo Rogério de Sousa (1932/33). Mas por exemplo Valadas para não fazer troca directa jogou uma época (1933/34) no Sport Lisboa e Beja. Em 1932/33 tinha jogado no SCP e em 1934/35 iniciou uma longa carreira no Benfica.

      Em 1 121 futebolistas ("número " do Grimaldo) calculo três dezenas. Mas em sentido contrário - SLB para SCP - devem ser meia centena!

      Saudações Gloriosas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  4. Não precisa publicar este comentário, queria apenas dizer que acho lamentável que um benfiquista com a sua credibilidade deixe no ar, sem concretizar, uma acusação gravíssima como a que fez sobre Alcino António, com quem nunca falei, mas que está no Benfica há décadas, o que para mim basta para me merecer respeito (até prova em contrário, claro). São coisas para se dizer cara a cara ou na altura certa e locais apropriados.

    Colocar com essa leveza em causa a honestidade de outra pessoa (e pior, a sua lealdade ao S.L.B.) é inqualificável e é prestar um serviço muito mau ao excelente trabalho que desenvolve neste blog.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo,

      Mas eu digo-lhe onde pode consultar o processo porque foi público:

      Além das actas das Assembleias Gerais de:

      28 de Fevereiro de 1989 (ponto 2: Apreciação, discussão e votação do Relatório da Direcção sobre as actividades do Clube e contas de Gerência, bem como do Parecer do Conselho Fiscal, respeitantes ao exercício de 1988);

      15 de Dezembro de 1989 (ponto 1. Apreciação e votação do Orçamento Suplementar para 1989);

      30 de Março de 1990 (ponto 2. Apreciação, discussão e votação da proposta admitida na Assembleia Geral do passado dia 15 de Dezembro, para nomeação duma Comissão para análise da realização do chamado “Festival Rock”);

      14 de Dezembro de 1990 (ponto 1. Apreciação do relatório sobre o denominado “Festival Rock”, elaborado pela Comissão eleita pela Assembleia Geral);



      Ainda:

      Jornal "O Benfica" em 10 de Outubro de 1990; páginas 20, 21 e 22; Relatório da Comissão de Inquérito eleita na AG do SLB em 15 de Dezembro de 1989;

      Jornal "O Independente" em 12 de Outubro de 1990; primeira página e página 32;Cheques em branco.

      Alberto Miguéns

      NOTA: Lealdade ao SLB é dizer a verdade, honrar o passado, não é encobrir "maldades e maldadezinhas"; enganar os consócios

      Eliminar
    2. Quando quem faz um comentário destes se refugia no anonimato... É caso para perguntar: É o Alcino?

      "(em 1988 fez desaparecer dinheiro/bilhetes da organização do Concerto Rock de má memória)". É por isto? Defenda-se anónimo (ou Alcino) que certamente o Sr. Alberto Miguéns saberá o que afirma.

      Eliminar
    3. Há uma grande diferença entre termos uma postura de defesa do Sport Lisboa e Benfica e a ideia tola de ao queremos defendermos todos os que são ou foram dirigentes do Benfica, esquecendo os actos dos homens. H+a concerteza grandes homens e grandes dirigentes no nosso Clube. Se somos grandes é porque grandes homens estiveram e estão ao leme do Benfica. Mas os actos definem os homens. Olhe-se para os actos e conhecem-se os homens.

      Se existem documentos públicos as pessoas deviam informar-se antes de comentarem. O autor do blogue indicou onde encontrar os documentos. Talvez o anónimo os queira consultar.

      E como no caso do historiador, se há que rebater o que o autor do blogue aqui diz então que o anónimo o faça com documentos. Os factos rebatem-se com factos e não com opiniões. Especialmente quando as opiniões são feitas a coberto do anonimato. É feio. É incorrecto. É outra coisa que me escuso de adjectivar por elegância e por consideração ao autor do blogue.

      Eliminar
  5. Bom dia Alberto.

    O meu sincero agradecimento pela coragem em começar a levantar o véu sobre... Sobre o quê? Vou citar:

    "Cheira-me a esturro. Há uma grande cumplicidade entre os dois. Ricardo Serrado sabe mais do que se pensa (e do que até agora tem dito) em relação ao que lhe pediram para ser feito".

    Sabe que cada um tem a sua leitura sobre o que lê. Eu tenho a minha que é moldada, porventura, pelo que sinto em relação ao clube. Lendo a história, que já vem de outras publicações anteriores, sinto um amargo de boca porque me dá a ideia de que poderemos estar assistir a uma PORTOificação do Benfica...

    Já não bastam os problemas com uma das claques do clube nas bancadas da catedral (refiro-me ao facto e não aos motivos) e temos agora este caso da tentativa de reescrever a história do Benfica? Felizmente que não vai ser necessário inventar casos calabotianos em relação a outro clube porque esses são reais e...

    Cosme Damião tem um episódio do V&P dedicado a si. Confesso que tenho receio de o ver por tudo o que fui sabendo em relação a esta tentativa de subversão da história do Benfica. Aliás, o V&P está cheio de convidados que eu não entendo o que lá fazem. É o episódio nº 76!!!???

    Estou a pensar em fazer um artigo sobre ele mas será re-direccionado para o Em defesa do Benfica :D. Na hora de ser verdadeiro e fiel, há que arregaçar as mangas, puxar dos galões e ir à luta.

    Não somos (o clube) cópia de nada. Não aniquilamos a história para ser melhores do que outros.

    Estamos lá sempre: Washington Janeiro 2016/Tempestade Jonas (https://scontent.xx.fbcdn.net/hphotos-xta1/v/t1.0-9/12647058_10156461606495716_177637764900235345_n.jpg?oh=8cf5542a457493aa1a827e921adab6a2&oe=57351256)

    Nova Iorque (https://scontent.xx.fbcdn.net/hphotos-xal1/v/t1.0-9/10400898_905480982892931_779672472001818337_n.jpg?oh=0babf5bdaddab20e5ef1ab30d4f46dfb&oe=5733D17C)

    Machu Picchu - Peru (https://scontent.xx.fbcdn.net/hphotos-ash2/v/t1.0-9/10636142_878756665482125_8243412209162143059_n.jpg?oh=0efd963b25bd51a1ba54a7c4f6671194&oe=5738B142)

    Somos nós que inspiramos: http://www.standard.co.uk/sport/football/facelift-for-crystal-palace-s-benfica-eagle-7593041.html

    Saudações Gloriosas

    PS: Não devo ser o único mas adorava ler essa carta...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mande-me o seu endereço electrónico pessoal

      Eliminar
  6. ...SR DR ALBERTO....JÁ AQUI ME IDENTIFIQUEI PARCIALMENTE(para que não restem duvidas)REPITO:NÃO TENHO O PRIVILÉGIO DE CONHECER O SR DR (PESSOALMENTE)TENHO 59 ANOS VIVO NO DOURO...RÉGUA/LAMEGO,MAS SOU LISBOETA DE NASCENÇA(hospital STa MARIA(campo grande)ESTOU POIS SEM QUALQUER INTERESSE A DAR A MINHA OPINIÃO,COISA QUE DE RESTO VENHO A FAZER NESTE SEU BLOGUE,AQUI TENHO TAMBEM LIVREMENTE (dentro das regras que o SR DR IMPÔE)DEFENDIDO OU CRITICANDO QUEM ELEITOS DEMOCRATICAMENTE DIRIGE O NOSSO GLORIOSO BENFICA....escrevi aqui no inicio deste SEU TEMA,UMA FRASE QUE MARCOU A HISTÓRIA DAQUELE QUE FOI O 16ºPRESIDENTE DOS ESTADOS UNIDOS DA AMERICA.....FECHO TAMBEM,REFORÇANDO A MINHA MODESTA HOMENAGEM AO SR DR ALBERTO DA GRAÇA LOPES MIGUÉNS....GRANDE HOMEM COM COLUNA VERTEBRAL,SEM MEDO (mesmo sabendo que está a COMPRAR inimigos)MAS QUE NÃO VENDE A HONRA,E O AMOR AO BENFICA POR UM PRATO DE LENTILHAS...SAIBA SR DR,QUE OS HOMENS PASSAM MAS O GLORIOSO BENFICA SERÁ INTEMPORAL,PORQUE TAMBEM HAVERÁ SEMPRE BENFIQUISTAS COMO O SR DR QUE TAL COMO O CLUBE GLORIOSO SERÃO INTEMPORAIS....CAMINHE SEMPRE SR DR ATÉ QUE A CANETA OU O TECLADO LHES DOÃO NAS MÃOS....SAIBA TAMBEM SR DR QUE TERÁ SEMPRE O CARINHO E RESPEITO DOS BENFIQUISTAS HUMILDES MAS VERDADEIROS DE CORAÇÃO....INCLINO-ME....POR TUDO QUE TEM FEITO EM DEFESA DO BENFICA,E DOS BENFIQUISTAS DE CORAÇÃO....BEM HAJA...

    ResponderEliminar
  7. Amigo Alberto...

    Sigo-o há muito tempo, e apercebo-me da sua lisura, rigor e critério nas suas pesquisas pela verdade benfiquista.

    Uma das coisas que chateia os "adversários de conversa" numa conversa, seja ela de que tema for, é a coerência e as respectivas provas dos factos.
    O Alberto arrasa qualquer um nestes aspectos. E isso deve chatear e muito, muita gente.
    Há tipos que não gostam de perder e nem reconhecem as suas próprias limitações e capacidades.

    Na minha modesta opinião, era o Alberto devia estár a coordenar e dirigir os departamentos de informação, documentação e restauro do Benfica... a tempo inteiro! Não aos bocadinhos nem gratuitamente, porque se o Alberto não for rico, precisaria de "dinheirinho" para viver, certo?... e isto não seria nenhuma "tacharia"... é a vida que é assim. Pelo menos sabiamos que esse dinheiro do Benfica era bem empregue!!!

    Espero também e ainda, que haja mais pessoas como o Alberto, a historiar e trabalhar nesses departamentos, com a mesma "linha de conduta" do Alberto... senão... ai ai... um dia destes ainda vemos inventonas "á la Porto", a forjar a sua própria história.


    Continue a sua missão Alberto!
    Nós, o BENFICA, agradecemos... e muito!

    Bem haja companheiro! Bem haja!

    Abraços
    Fernando Sousa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ««Na minha modesta opinião, era o Alberto devia estár a coordenar e dirigir os departamentos de informação, documentação e restauro do Benfica... a tempo inteiro! Não aos bocadinhos nem gratuitamente, porque se o Alberto não for rico, precisaria de "dinheirinho" para viver, certo?...
      -----------------------
      Caro Fernando de Sousa;
      Não só o Miguéns não está nesse lugar certo, eu diria até MAIS QUE CERTO, como está no "desemprego" desde o passado mês de Setembro até Agosto próximo por causa do amor que tem ao Benfica.
      Ele que explique... (mas já é bom o Miguens deixar passar este comentário...)

      Eliminar
    2. Nem me diga uma coisa dessas amigo Benfiquista Viriato de Viseu... ainda por cima sem emprego????
      Que pena... que desperdicio de mão de obra de qualidade Benfiquista.

      O Alberto já é património do Benfica. Têm que estár dentro do Benfica.
      O Benfica precisa do Alberto tanto como precisa do Gaitán ou do Valter Neves, do Barbas ou do João Silveira ( quem é o João Silveira? É um Benfiquista que trabalha no Benfica e para o Benfica onde o Benfica precisa a qualquer hora do dia, do mês e do ano)!
      Exagero da minha parte?
      É possivel, mas eu entendo o Benfica á minha maneira, ou seja, "DE TODOS UM".
      O Alberto parece-me ser uma "contratação" de grande valor!

      Espero que os dirigentes actuais troquem o Tarabat pelo Alberto...

      Eu, que nem conheço, nem o Tarabat nem o Alberto, e portanto não tenho nenhum interesse pessoal em nenhum dos dois, mas, parece-me que o Alberto traz muito mais valias ao clube que o marroquino.... e por valores inferiores...digo eu!

      Algo têm que ser feito nesta área e com o sr. Alberto... as peças têm que se encaixar com critério e competência no nosso clube.

      O Alberto até pode ser um tipo intragável... não faço ideia, não o conheço... mas reconheço-lhe competências imensas na pesquisa da história do Benfica...isso tenho poucas dúvidas...

      Saudações Benfiquistas!

      Eliminar
  8. Caro Alberto Boa tarde

    Antes de mais Parabéns. Eu como benfiquista só tenho a agradecer toda a publicação cuidadosa e bem feita que faz sobre o glorioso.

    Fico demasiado triste ao saber que os dirigentes do nosso Benfica não terem tido algum interesse na História Oficial do Clube.

    Só quero acrescentar uma coisa.

    Há pessoas que nem as traduções das caligrafias taquígrafas sabem ler quanto mais essas. Por isso Chamarem Júlio, Joaquim, Manuel, etc qualquer nome serve. E preciso é fazer dinheiro o resto interessa pouco.

    Saudações Benfiquistas



    ResponderEliminar
  9. Deixem-se de tretas!!

    Estes conflituos infantis não dignificam em nada a sua imagem, a do seu excelente blog e a do nosso clube. Este tipo de posts são uma nódoa no meio de tanta qualidade informativa e de escrita.

    Saudações Gloriosas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo,

      Não percebi como poderia falar de Ricardo Serrado no Benfica para repor o rigor nas insinuações em comentários de que ele ainda estava ligado ao Benfica sem contar a verdade, sem "meias-palavras" ou "conversa redonda". Como?

      Utilizando mentiras ou quase (meias-verdades) pareceria que estava com medo ou ressabiado. Nada. É a verdade nua e crua. Que descreve Ricardo Serrado no Benfica e o porquê de eu ter sido convidado enquanto ele saía. É que podia dar a ideia que eu critico o Historiador Surrealista por ele ter ido ocupar o meu lugar. Como vê (e leu) é mentira. Eu saí (porque quis). Regressei (porque fui convidado e aceitei livremente). Critico o rapaz por ele ser incompetente, achincalhar a memória de Cosme Damião, Mário de Oliveira, Rebelo da Silva, entre outros, e no Clube "assobiarem para o lado". apenas e só!

      A verdade dói sempre a quem gosta de viver na ilusão.

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      NOTA: Gostaria de ter feito (pelo Benfica em vez de a estar a fazer a "nível particular") a História do Clube e do Futebol? Gostava? E muito! Pode ser que um dia seja possível!

      Eliminar
    2. Caro "anónimo"


      Não me parece que este tema seja uma treta nem um "conflitos infantis"... bem pelo contrário, é assunto muito sério, importante e deve ser muito bem explicadinho e esclarecido, de preferência com factos concretos, para que a história do Benfica não seja conspurcada por oportunistas de circunstância... aqueles benfiquistas de ocasião... os das vitórias, daqueles que aparecem onde lhes cheira a dinheiro e protagonismo... os lambe-botas... os gajos das tretas!!

      O Benfica é um clube democrático para o bem e para o mal... era só o que faltava não se poder discutir qualquer assunto que seja!
      O erro Vale e Azevedo existiu e não é para ser apagado da história... é para estudar, debater, reflectir e aprender a não voltar a cometer o mesmo erro!


      Saudações Benfiquistas
      Fernando Sousa

      Eliminar
  10. Bravo Miguéns!!!
    Isto já devia ter sido escrito faz tempo...e muito mais coisas que o Miguens sabe...

    Venho dizendo há algum tempo, que o Miguens foi "corrido" pelos lambebotas.

    Os leitores, amigos e admiradores do Miguens, acaso sabem que um dia o lambebotas do Pedro Guerra virou-se para o Miguéns e perguntou-lhe; O QUE É QUE VOCÊ FAZ AQUI!!!

    Já imaginaram o despautério? O nosso Glorioso está entregue a estes imbecis....

    Forte abraço Miguens...o verdadeiro historiador do GLORIOSO !!!!!!!!


    ResponderEliminar
  11. Obrigado sentido pela defesa séria e abnegada que faz ao seu/nosso Benfica. Conhecio no verão quente de 92 e sei o amor verdadeiro que tem so nosso clube. Acho inacreditável que o Alberto não esteja ligado ao museu do benfica. Lembro-me dos tempos em que juntamente com o sr. já de cabelos brancos cujo nome não mr ocorre, fazia o inventário das milhares de taças e troféus que existiam po baixo do terceiro anel, a maior parte esquecida e cheias de pó. Um trabalho hercúleano. Por isso tambem o meu obrigado. Tal como a paixão do To Melo pelo Benfica, a sua sempre foi com o único propósito de dignificar a verdade e o Benfica.
    Um abraço grande de agradecimento.
    Quem ama o Benfica como eu tem de agradecer o amor dos outros pela mesma causa. Também um agradecimento às horas, dias, noites, dias que da ao Benfica.
    Um amor destes mais tarde ou mais cedo há-de ser recompensado e justiçado.
    Fernando Lopes
    Benfica sempre

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ««Um amor destes mais tarde ou mais cedo há-de ser recompensado e justiçado.»»
      -----------------------
      Quando a Presidencia do nosso Glorioso for ocupada por um Benfiquista de gema, tenho a certeza que tal acontecerá, só que isso vai demorar!!!

      Eliminar
  12. Queiram desculpar os erros e falta de pontuação dos meus textos, mas a medida que o texto vai fluindo e as emoções se misturando no meio...acabo-me por perder.

    A muito que sou fã deste blog pelo rigor dos seus autores/moderadores e pela sua imparcialidade quando se trata de assuntos referentes ao Sport Lisboa e Benfica.

    Quero desde já desejar um bom ano de 2016 e votos que o Alberto (desculpe tratar por tu,mesmo não o conhecendo) tenha brevemente sucesso profissional para além de pessoal e se for na nossa instituição ainda melhor pois nada como um dos nossos a tratar de um dos espólios mais ricos do mundo e documentando o mesmo correctamente.

    Um clube sem história é um clube sem personalidade, quererem adulterar a história do BENFICA é como insultarem a instituição e todos aqueles que foram seus atletas para além de sócios e dirigentes que serviram o clube privando muitas vezes as suas famílias da sua presença ou descurando no lado profissional.

    Viver o Benfica não se explica sente-se e quem é atingido no seu bom nome e não reage não é filho de boa gente!

    Eu também só da opinião que existe muita gente neste momento tanto no canal do clube como em outros departamentos do clube que não servem o Benfica mas sim servem-se do Benfica e isso é que é grave.

    Votos que em 2016 todas as modalidades saiam vitoriosas.

    Ass: Madskinn

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ei, atenção, "malta". Benfiquistas!

      Calma. "Desempregado", "sem emprego" entre aspas. Estou a tentar encontrar uma solução que permita fazer a Gloriosa História. Sem o emprego que foi a minha profissão durante anos. E que poderá voltar a ser quando quiser. É só querer. Estar, de facto, desempregado (sem aspas) é uma tragédia. Não é o caso. Vamos ver se é possível dar ao Benfica e aos Benfiquistas uma História actualizada com rigor e qualidade. Ou seja, À Benfica. Se não for... Ou espero pela Reforma (para ter tempo e ponderação para a fazer com qualidade) ou outros, certamente, a vão fazer. Há quem conheça o Benfica e tenha qualidade para a realizar. Era o que mais faltava o Benfica ter insubstituíveis. Nunca. Nem em Maio de 1907 quando oito foram para outro clube, nem nunca. Nem quando o Benfica "gatinhava", quanto mais na actualidade que é pujante e um Clube Mítico do futebol mundial. O Benfica é muito grande para depender, seja no que for, de uma pessoa! Era o que nos havia de faltar... NUNCA!

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  13. Dentro do que me for possível, estarei ao dispor do Alberto.

    Há por vezes medo nas pessoas que estão no púlpito quando encontram inferiores hierárquicos/colaboradores com mais conhecimento do que eles. Quando isso acontecia em regimes totalitários, esses mais conhecedores eram...

    Pelo que se lê, temos aqui um caso em que por entre a peixeirada, houve alguma clarividência...

    Saudações Gloriosas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado.

      Caro. Num clube como o "Glorioso" com milhões de simpatizantes alguma vez viu um anúncio a solicitar empregados/as para serem admitidos? Ou um concurso? E cunhas?

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  14. Os meus maiores medos concretizaram-se...

    O Episódio 76 do V&P sobre Cosme Damião está ferido.

    Conta com o tal estoriador e quem faz o "relato" atira logo de início uma atoarda: "Sem sustento próprio e na mais extrema pobreza, Rosa entrega Júlio, o filho mais velho, aos cuidados da Real Casa Pia de Lisboa. Por mais inesperado que pareça, a História do Sport Lisboa e Benfica começa aqui"...

    O tal serrado, logo de seguida ainda confunde mais: "filho de uma senhora chamada Rosa e de um senhor também chamado Cosme Damião, Júlio Cosme Damião".

    Citando uma transcrição que está no corpo deste artigo: "Aos vinte e sete dias do mês de Dezembro do ano de mil oitocentos e oitenta e cinco, nesta Igreja paroquial de São João Baptista do Lumiar, concelho dos Olivais, diocese de Lisboa, baptizei solenemente um indivíduo do sexo masculino, a quem dei o nome de Cosme e que nasceu nesta freguesia às quatro horas da tarde do dia dois de Novembro do corrente ano, filho legítimo de Cosme Damião, carroceiro, natural desta freguesia e de Rosa Marques,".

    Júlio pai, Júlio filho... Isto está perpetuado num episódio do Vitórias e Património. Alberto, vai ser difícil apagar isto! Podem fazer um novo episódio e corrigir os erros mas quem já tiver comprado...

    No episódio, entrevistam a neta Maria João Trindade que trata o avô como "o meu avô Cosme".

    Ouvir o serrado e o locutor a bailar os nomes Júlio Cosme Damião e Cosme Damião ao longo do programa...

    Que péssimo serviço à história do clube!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro,

      Eu avisei para retirarem essa e outras "partes" com não estão de acordo com a realidade. Cosme Damião nunca foi considerado o principal fundador.

      NOTA: Há mais erros (é raro o episódio que os não tem) embora em alguns seja apenas contraditório entre o que alguns dos intervenientes em jogos declaram de memória e a realidade.

      Saudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  15. É impressionante que o próprio canal oficial reproduza este erro. Caro Alberto, existe, tem alguma informação sobre a acta de fundação do Sport Lisboa? Segundo Ricardo Serrado a mesma deve ser posta em causa, apontando o facto de Cosme Damião não a ter assinado e pelo facto de 'Farmácia' estar escrita com F em vez do Ph como era escrita na altura. Sabe algo sobre isto?

    Obrigado pelo seu enorme benfiquismo e por toda a partilha da História do nosso Glorioso.

    Abraço,

    T.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sobre a teoria do "ph" favor ler a página 9 do "bases da ortografia Portuguesa editado em 1885"

      http://purl.pt/437/3/#/8

      Eliminar
  16. Caro T.

    Veja o texto anterior (29 de Janeiro de 2016):

    http://em-defesa-do-benfica.blogspot.com/2016/01/cosme-ata-serrado.html

    Se a acta de fundação fosse forjada não havia necessidade de fazer essa "espécie" de adenda para localizar o local. A letra seria "certinha". Fazia-se um documento "compacto".

    Também agradeço as simpáticas palavras. É muito reconfortante um Benfiquista sentir-se acarinhado pelos seus iguais. Pelos outros Benfiquistas. Não há nada de melhor quando estamos a falar do nosso Clube. Espero nunca o desiludir.

    Abraço,

    Alberto Miguéns

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail