A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

20/01/2016

A Batalha de Marvila

20/01/2016 + 5 Comentários API
FOI DIFÍCIL MAS FOI JUSTO. NUM LAMAÇAL É SEMPRE MAIS DIFÍCIL! AGRAVADO COM POUCAS ROTINAS COMO EQUIPA!

1-0           por Talisca (Golo-rioso n.º 12 834)



Este modelo na Taça da Liga para disputar a fase de grupos propicia jogos “não decisivos”. O jogo de ontem (do Benfica) e o de hoje (do Moreirense FC) contam, mas contam pouco.
 
Deixar para a última
No futebol, em grupos de quatro clubes a uma volta (três jornadas) se os dois clubes que vencerem na 1.ª jornada se encontrarem apenas na última jornada, o jogo da jornada intermédia (a segunda) só conta para saber que tipo de resultado têm de fazer os dois primeiros classificados do grupo nessa 3.ª jornada com esse jogo decisivo. A qual deles “chegará apenas” o empate. É assim. Não há nada a fazer.

Se...
Hoje, nesta 2.ª jornada, o Moreirense FC vencer, mesmo por 1-0, na 3.ª jornada o Benfica não poderá empatar. A diferença de golos passará a ser favorável ao clube de Moreira de Cónegos. Mais 3 face ao + 2 do "Glorioso"!



Muitas alterações são sempre um risco
Foi um “Glorioso” com muitas alterações. E ainda por cima com dois jogadores parados há meses (Nélson Semedo e Djuricic). Um por questões físicas e outro por motivos técnicos. Mesmo Sílvio, Lindelöf, Guedes e Talisca têm pouca rotação. Dificilmente, a jogar em terreno alheio, a exibição poderia ser boa. O objectivo seria salvar o resultado, passar a liderança do grupo B para seis pontos e esperar pelo resultado do Moreirense FC para “fazer contas”! Mesmo com dificuldade, o principal foi conseguido.

Adversário de manga arregaçada
A jogar no seu estádio, o adversário iria fazer o “jogo da vida”! Receber o Benfica é sempre assim. O treinador do Clube Oriental de Lisboa deve ter passado a época (desde o sorteio) a fazer “os célebres jogos mentais à portuguesa”. Nós somos o Oriental. Um clube que também é grande. Ainda que apenas no topo da azinhaga dos Alfinetes. Actualmente é "apenas um histórico", até porque tem como antepassado um dos clubes mais antigos de Portugal, o Chelas Foot-Ball Club. Nada mais que isso. Mas há quem nem isso tenha!

Conversa da treta
Para fazer a estatística fui obrigado a ver uma gravação do jogo e das conversas. O Zé Carlos debitou o habitual lugar-comum. “Se” o Oriental jogar sempre assim vai sair do fundo da tabela da Segunda Liga! Mostram qualidade!” Oh Zé Carlos! Vai dar “banho ó cão! Se conseguissem pô-lo (a cada um dos futebolistas do COL) a pensar nas jornadas que faltam que estavam a defrontar o Benfica ainda subiam ao 1.º escalão! Olhem, olhem! A Sport TV que dê equipamentos do SLB aos adversários do COL. Pode ser que os convençam!

Arbitragem “mesquinha”
Não percebi o critério disciplinar. Nem por que é possível aos futebolistas do COL anular jogadas do SLB cortando-as com os braços e não haver admoestação disciplinar. Coisas.

Que tal um engenheiro agrónomo
O campo estava impraticável. Adorava poder fazer uma partidinha virtual. Ver o FC Barcelona a jogar naquele terreno de jogo! E saber a percentagem de passes certos ou errados, que o somatório é sempre 100! Era preferível o Clube Oriental de Lisboa regressar ao pelado onde cheguei a ver o Glorioso (em reservas, com Chalana e Companhia, a recuperarem de lesões). Bem sei que Carlos Salema era engenheiro de máquinas. Será que não há para aquelas bandas um engenheiro agrónomo?


Taliscada
Com o golo, Talisca passa a somar dois tentos na Taça da Liga. Para quem gosta de estatísticas foi o 77.º golo do Benfica na Taça da Liga frente ao 20.º adversário, mas ao 19.º a marcar golos. O SC Braga é o único (em vinte) que não sofreu pelo menos um Golo-rioso. Valores do Benfica. Quanto a valores globais (nas nove edições da competição) foi o golo n.º 1 243, pois a outra taliscada foi o golo n.º 1 154 (71.º do SLB). Depois do segundo jogo de ontem, em Portimão, estão marcados 1 245 golos por 696 futebolistas, incluindo 32 autogolos. 

DEZ MELHORES MARCADORES MAIS TALISCA (E UM AUTOGOLO!)
N.º Golos
(77)
Futebolistas
(38)
Clubes
(19)
7
Cardozo
Sporting CP (2) // FC Porto (2) // Vitória SC Guimarães (2) // Moreirense FC (1)
6
Rodrigo
CS Marítimo (2) // Vitória SC Guimarães (1) // Gil Vicente FC (1) // SC Olhanense (1) // Rio Ave FC (1)
5
Jonas
CD Nacional (1) // FC Arouca (1) // Moreirense FC (1) // Vitória FC Setúbal (1) // CS Marítimo (1)
4
Javi Garcia
SC Olhanense (1) // CD Aves (1) // Sporting CP (1) //
FC Paços Ferreira (1)
3
Fredy Adu
Vitória FC Setúbal (2) // CF Estrela Amadora (1)
3
Carlos Martins
Vitória SC Guimarães (1) // Rio Ave FC (1) // FC Porto (1)
3
Saviola
CD Nacional (1) // CS Marítimo (1) // Gil Vicente FC (1)
3
Salvio
CS Marítimo (1) // SC Olhanense (1) // FC Arouca (1)
3
Jara
SC Olhanense (1) // CD Aves (1) // FC Paços Ferreira (1)
3
Lima
Associação Académica Coimbra (2) // SC Olhanense (1)
2
Talisca
Vitória FC Setúbal (1) // COL-Oriental (1)
1
Autogolo
Vitória SC Guimarães
NOTA: Há mais sete futebolistas com dois golos e vinte Gloriosos com um golo

Mais e mais vitórias
Sete consecutivas, em duas competições (Liga NOS e Taça CTT) que se vão distanciando dos insucessos: mais cinco (20) que os 14, entre empates (4) e derrotas (10). E mais 33 golos, na diferença entre os golos marcados (65) em relação aos sofridos (32). Ultrapassagem ao dobro!

TEMPORADA 2015/16
Competições
J
V
E
D
GM
GS
TOTAIS
34 (21)
20
4
10
65
32
Primeira Liga
18 (16)
14
1
3
47
12
Liga dos Campeões
6 (2)
3
1
2
10
8
Taça da Liga
2 (3)
2
-
-
2
0
Taça de Portugal
2
1
-
1
3
3
Torneios
4
-
2
2
3
5
Troféus
1
-
-
1
-
3
Supertaça
1
-
-
1
-
1

O Benfica não perde desde... 2007!
Data da I Taça da Liga a única derrota, por 1-2, em sete edições da competição, frente ao Vitória FC Setúbal. É bom recordar que nesse infeliz dia em 31 de Outubro de 2007 o "Glorioso" preparava uma dupla deslocação: FC Paços Ferreira (V 2-1 na Mata Real) e o decisivo jogo da 4.ª jornada da Liga dos Campeões, em Glasgow, frente ao Celtic FC (D 0-1) que atirou o SLB para o 3.º lugar do grupo D da Liga dos Campeões. Numa edição cujo calendário interferia com outras competições mais prestigiadas e histórias, a Taça da Liga teve que repensar o modelo competitivo. Optou-se pelo actual.

     FÓRMULA INICIAL
Época
3.ª Eliminatória
4.ª Eliminatória
2007/08
1/4
CF Estrela Amadora
E 1-1 V g.p 5-4
Vitória FC Setúbal
C/F E 1-1 // D 1-2
NOTA: 4.ª eliminatória com quatro jogos a duas mãos para apurar os quatro clubes que integraram o "Grupo Final" com três jogos (uma volta a pontuar) para cada clube. Os dois finalistas apuravam-se pelo 1.º e 2.º lugar obtidos nesse "Grupo Final"

FÓRMULA ACTUAL
Época
Fase Grupos
Meia-Final
Final
1.ª J
2.ª J
3.ª J
2008/09
V
Vitória SC
Guimarães
(F)
V 2-0
SC Olhanense

(C)
V 4-1
CF “Os Belenenses”
(C)
V 1-0
Vitória SC
Guimarães
(C)
V 2-1
Sporting CP
(N) Algarve
E 1-1
V g.p 3-2
2009/10
V
CD Nacional
Madeira   (C) 
V 1-0
Vitória SC
Guimarães (F)
E 1-1
Rio Ave FC
(F)
V 2-1
Sporting CP
(F)
V 4-1
FC Porto
(N) Algarve
V 3-0
2010/11
V
CS Marítimo
(C)

V 2-0
SC Olhanense
(C)

V 3-2
CD Aves
(F)

V 4-0
Sporting CP
(C)

V 2-1
FC Paços Ferreira
(N) Coimbra
V 2-1
2011/12
V
Vitória SC
Guimarães
(F)
V 4-1
CD Santa Clara
(C)

V 2-0
CS Marítimo
(C)

V 3-0
FC Porto
(C)

V 3-2
Gil Vicente FC
(N) Coimbra

V 2-1
2012/13
1/2
SC Olhanense
(F)

V 2-1
Moreirense FC
(F)

E 1-1
Ass. Ac. Coimbra (C)

.V 3-2
SC Braga
(F)
E 0-0
D g.p 2-3
2013/14
V
CD Nacional
Madeira
(F)

V 1-0
Leixões SC
(C)


V 2-0
Gil Vicente FC
(Restelo)
(C)
V 1-0
FC Porto
(F)

E 0-0
V g.p 4-3
Rio Ave FC

(N) Leiria

V 2-0
2014/15
V
CD Nacional
Madeira
(C)
V 1-0
FC Arouca

(C)
V 4-0
Moreirense FC
(F)
V 2-0
Vitória FC
Setúbal
(C)
V 3-0
CS Marítimo

(N) Coimbra
V 2-1
2015/16
?
CD Nacional
Madeira
(C)
V 1-0
C. Oriental
Lisboa
(F)
V 1-0
Moreirense FC
(F)
?
NOTA: Em 2008/09 e 2009/10 foram três grupos. Apuravam-se para as meias-finais os vencedores de cada grupo (três) e o "melhor" segundo classificado. Na temporada 2010/11 e seguintes são quatro grupos

Venha lá a Batalha dos Cónegos!

Alberto Miguéns



5 comentários
comentários
  1. Caro Alberto,

    Nas últimas épocas o primeiro critério de desempate não era a diferença de golos, mas sim o número de golos marcados. Esse critério foi alterado?

    Glosiosas Saudações Benfiquistas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Paulo Jorge,

      Provavelmente tem razão. Não sei. Disseram-me, mas devia ter lido o regulamento. Preguiça.

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  2. O Messi seria um jogador banal naquele batatal.
    O que importa é a missão ter sido comprida.

    ResponderEliminar
  3. Gosto sempre quando os pseudo betinhos opinam sobre clubes pequenos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. CaronAnónimo,

      Eu ainda gosto mais quando os pseudo betões têm dor-de-cotovelo dos clubes Grandes!

      Alberto Miguéns

      Eliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail