A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

10/09/2015

Râguebi 91.ª: Sem argumentos

10/09/2015 + 6 Comentários API
MAIS UMA TEMPORADA NO SEGUNDO ESCALÃO DO RÂGUEBI. UM ANO DE SAUDADE DE CARLOS NOBRE FERREIRA.

29 de Fevereiro de 1940 - 20 de Março de 2014

O Benfica pratica ininterruptamente Râguebi desde 1924, o que faz do “Glorioso” o clube mais antigo de Portugal. No próximo dia 26 de Dezembro de 2015, completar-se-á o 91.º aniversário da estreia do "Glorioso" em competição.

Pioneiro da modalidade
O Benfica foi um dos clubes pioneiros na divulgação do râguebi no nosso país, adoptando a modalidade logo quando ela começou a disputar provas oficiais em Portugal. Consta que realizou o segundo jogo, em Portugal, entre clubes portugueses, pois os ingleses de Carcavelos e da Cruz Quebrada já jogavam râguebi desde o século XIX. A modalidade, desde 1924, ficou ininterruptamente no Clube… já lá vão 91 épocas em competição. A próxima será a 92.ª! Os primeiros jogos da modalidade em Portugal, jogada por portugueses, carecem de confirmação. Por enquanto, visto as datas não baterem certas, são uma lenda. Certo é que o Benfica não foi o primeiro, mas foi dos primeiros e é actualmente o clube que conta mas temporadas a disputar a modalidade. Isso não é lenda. É realidade.

A Lenda (na versão que me parece mais congruente, mas carece de muita pesquisa, que diga-se nunca farei. O que me interessa é o Benfica. E isso já tenho que chegue. É só ir actualizando)
A primeira notícia na Imprensa portuguesa acerca do râguebi data de 1903 quando se realiza um jogo no campo da Cruz Quebrada (do Lisbon Cricket Club) entre este clube de ingleses e um XV de um grupo de oficiais de um navio inglês ancorado no rio Tejo. Mas em Carcavelos, o Carcavellos Foot-Ball and Cricket Club também jogava. E bem. Aliás como no futebol!
Depois começam as divagações. O primeiro clube português a jogar râguebi foi o Royal FC (que também jogava futebol…mas pouco). O segundo foi o Sporting CP que criou a secção em 25 de Outubro de 1922. Depois começam as datas a não bater certas. Para uns o primeiro jogo de râguebi “português” foi em 22 de Março de 1922 entre o RFC e o SCP. Claro que não bate a “bota com a perdigota”! O primeiro registo de um jogo data de 11 de Novembro entre o SCP, que venceu por 10-0, o Royal FC.
Quanto a mim, longe de ter estudado (vasculhado) o tema a ideia que tenho é a seguinte:
22 de Maio de 1922 : Royal Foot-Ball Club frente a um misto de raguebistas portugueses. No rescaldo deste jogo vão nascer secções de râguebi em dois clubes: Sporting CP (por Salazar Carreira) e Ginásio Clube Português (GCP).
11 de Novembro de 1922: primeiro jogo entre dois clubes portugueses: GCP (a maior parte eram jogadores do extinto RFC)  frente ao SCP (que contava com um perito francês, em Portugal, o melhor conhecedor da modalidade: Maurice Baillehache).

O Râguebi no Benfica (apesar deste blogue – se ainda existir… - pretender dar grande destaque ao Centenário do Glorioso Râguebi em 2024)
Os Benfiquistas interessaram-se pela modalidade. Principalmente Alberto Freitas que jogara no Royal FC e no Sporting CP, mas era Benfiquista e repórter jornalístico. Em 4 de Outubro de 1924 é publicado no jornal “O Sport de Lisboa” (página 3) uma notícia a anunciar o início dos treinos para dia 11 de Outubro, pelas 17 horas.

As inscrições foram feitas (se é que houve alguma) na Secretaria do Clube na rua da Rosa Letra A, uma dependência do Palácio Palmela onde Cosme Damião trabalhava. Era o administrador da Casa Palmela (gestão das propriedades urbanas). Esta foi a primeira Secretaria do Clube (para desdobrar numa área central da cidade os serviços burocráticos do SLB) - a Sede ficava longe, em Benfica, a mais de 8 quilómetros - e foi utilizada até Cosme Damião ter deixado de ser dirigente do Clube após as eleições de 5 de Agosto de 1926
Primeiros adversários
Não era fácil jogar râguebi devido ao número de jogadores (15) e à extensão dos plantéis:
Fica um lamiré dos primeiros seis jogos (até à fundação da Associação de Râguebi de Lisboa (ARL) – 17 de Dezembro de 1926 - e organização do primeiro campeonato regional de Lisboa, em 1926/27):
26 de Dezembro de 1924: SLB – SCP (D 0-11);
4 de Janeiro de 1925: SLB – SCP (E 6-6);
5 de Abril de 1925: SLB – SCP (E 3-3);
7 de Novembro de 1926: SLB – SCP (D 0-6);
12 de Dezembro de 1926: SLB – GCP (V 8-0);
19 de Dezembro de 1926: SLB – SCP (E 0-0)

NOTA EXPLICATIVA: A vitória correspondia a 3 pontos, o empate a 2, a derrota a um e a falta de comparência a nenhum (zero). O campeão regional (Sporting CP) tem 17 pontos resultantes de 5 vitórias (15 p) e um empate (2 p) e não 5 como o classificação publicada no jornal "Os Sports" indica

NOTA: Em 27 de Setembro de 1957 foi fundada a Federação Portuguesa de Râguebi dissolvendo-se a ARL.

Décadas de Glória até ao Inferno
Depois de cobrir o Râguebi português de prestígio e jogadores do melhor que houve em Portugal, como Carlos Nobre e João Queimado, por exemplo, mas mesmo exemplo porque poderia citar meia-centena, o Benfica tombou no segundo escalão. Há terceira (tem sido de vez). Desde 2012/13 que o Benfica compete no 2.º escalão. Nas outras duas a passagem foi efémera. Apenas uma temporada e com o título conquistado no segundo escalão: 1983/84 e 1995/96. Em 1984 com uma proeza. Pela primeira vez um clube a competir no segundo escalão conquistou a Taça de Portugal vencendo, por 10-9, frente ao CDUL, tricampeão nacional! Incrível? Não! É o Benfica, estúpido!

Plantel 2014/15. Aceita-se alguém que queira legendar esta fotografia
Dificuldades nas duas competições
Em 2014/15 o “Glorioso” participou em duas competições não conseguindo qualquer conquista.


No campeonato nacional da I Divisão (II escalão) cedo se percebeu que ainda não era esta a época do regresso ao convívio dos melhores (Divisão de Honra).


Na Taça de Portugal ao primeiro confronto “a doer” tudo se desmoronou.

22 J – 13 V - 1 E8 D com 531/345 em pontos

CAMPEONATO NACIONAL
Adversários
1.ª volta
2.ª volta
Outras
S
Res.
S
Res.
Comp
S
Res.
CR Évora
F
D 14-15
C
D 6-13
FF.1/2
F
D 17-27
Rugby Vila da Moita
C
V 21-10
F
V 11-8



Caldas RC
F
V 32-27
C
V 35-21
FF.1/4
C
V 34-6
RC Santarém
C
V 31-21
F
V 13-9



RC Lousã
F
D 17-21
C
V 30-8



Vitória FC Setúbal
C
V 31-5
F
E 17-17



RC Loulé
F
V 35-0
C
V 34-11
TP. 1/16
C
V 94-5
CR São Miguel
C
V 19-5
F
V 38-15



Sporting CP
F
V 19-12
C
D 9-13



CF “Os Belenenses”
Divisão de Honra
TP. 1/8
C
D 0-50
NOTAS: FF (Fase final a eliminar) no campeonato nacional da I Divisão para definir o clube a promover ao primeiro escalão; TP - Fase da eliminatória na Taça de Portugal

Numa modalidade que disputou a 91.ª temporada
Ininterrupta como é timbre do “Glorioso”. Com estreia em 26 de Dezembro de 1924 assinalar-se-á em 2015, o 91.º aniversário da estreia em competição quando já correrá a época 92! Noventa e dois! Faltam oito para a 100.ª!

TROFÉUS OFICIAIS (TOTAIS)

COMPETIÇÕES
Títulos
Oficiais
SLB
Jogos Regionais
31
Jogos Nacionais
19
Jogos Internacionais
  4
      TOTAIS
 54
R
Torneio de Abertura
16
Campeonato Regional
12
Taça de Honra
3
N
Camp. Nacional
  9
Taça de Portugal
  10
I
Torneio Ibérico (1; 1971)/
Taça Ibérica (3)
4

À espera do Centenário
O quadro fica “preparado” para receber a totalidade dos jogos do Glorioso Râguebi (daí poder suscitar alguma confusão) antevendo o Centenário

TROFÉUS OFICIAIS POR ORDEM CRONOLÓGICA
Épocas
REGIONAIS
(ARL/FPR)
NACIONAIS
(FPR)
Internacionais
TA
CR
TH
CN
TP
ST
Taça Ibérica
54
16
12
3
9
10
-
4
(01)    1924/25
NR
NR
NR
NR
NR
NR
NR
1925/26
NR
NR
NR
NR
NR
NR
NR
1926/27



NR
NR
NR
NR
1927/28


NR
NR
NR
NR
1928/29


NR
NR
NR
NR
1929/30


NR
NR
NR
NR
1930/31
1.º

NR
NR
NR
NR
1931/32



NR
NR
NR
NR
1932/33



NR
NR
NR
NR
(10)    1933/34



NR
NR
NR
NR
1934/35



NR
NR
NR
NR
1935/36

2.º

NR
NR
NR
NR
1936/37

3.º

NR
NR
NR
NR
1937/38



NR
NR
NR
NR
1938/39

4.º

NR
NR
NR
NR
1939/40



NR
NR
NR
NR
1940/41



NR
NR
NR
NR
1941/42

5.º

NR
NR
NR
NR
1942/43



NR
NR
NR
NR
(20)    1943/44



NR
NR
NR
NR
1944/45



NR
NR
NR
NR
1945/46



NR
NR
NR
NR
1946/47
1.º
6.º

NR
NR
NR
NR
1947/48
2.º
7.º

NR
NR
NR
NR
1948/49

8.º
1.º
NR
NR
NR
NR
1949/50

9.º
2.º
NR
NR
NR
NR
1950/51

10.º

NR
NR
NR
NR
1951/52
3.º


NR
NR
NR
NR
1952/53
4.º


NR
NR
NR
NR
(30)    1953/54
5.º
11.º

NR
NR
NR
NR
1954/55

12.º

NR
NR
NR
NR
1955/56



NR
NR
NR
NR
1956/57



NR
NR
NR
NR
1957/58



NR
NR
NR
NR
1958/59

NR



NR
NR
1959/60

NR

1.º
NR
NR
NR
1960/61

NR

2.º
1.º
NR
NR
1961/62
6.º
NR

3.º
NR
NR
NR
1962/63

NR


NR
NR
NR
(40)    1963/64

NR



NR
NR
1964/65
7.º
NR


2.º
NR
NR
1965/66

NR
3.º

3.º
NR
NR
1966/67

NR


NR
NR
NR
1967/68

NR



NR
NR
1968/69

NR



NR
NR
1969/70
8.º
NR

4.º
4.º
NR
NR
1970/71
9.º
NR


5.º
NR
1.ª (*)
1971/72
10.º
NR


6.º
NR
NR
1972/73

NR



NR
NR
(50)    1973/74

NR



NR
NR
1974/75

NR


7.º
NR
NR
1975/76

NR

5.º

NR
NR
1976/77

NR



NR
NR
1977/78
11.º
NR



NR
NR
1978/79

NR



NR
NR
1979/80
12.º
NR



NR
NR
1980/81
13.º
NR



NR
NR
1981/82
14.º
NR



NR
NR
1982/83
15.º
NR


8.º
NR
NR
(60)   1983/84
16.º
NR

II D
9.º
NR

1984/85

NR


10.º
NR

1985/86

NR

6.º

NR

1986/87

NR



NR
2.ª
1987/88

NR

7.º

NR

1988/89

NR




3.ª
1989/90

NR





1990/91

NR

8.º



1991/92

NR





1992/93

NR





(70)   1993/94

NR





1994/95

NR





1995/96

NR

II D



1996/97

NR





1997/98

NR





1998/99

NR





1999/00

NR





2000/01

NR

9.º



2001/02

NR




4.ª
2002/03

NR





(80) 2003/04

NR





2004/05

NR





2005/06

NR





2006/07

NR





2007/08

NR





2008/09

NR





2009/10

NR




NR
2010/11

NR




NR
2011/12

NR




NR
2012/13

NR





(90)   2013/14

NR





2014/15

NR





2015/16
-
NR
-
?
?
-
-
NOTA1: Em 1974/75 e 1975/76 a Reserva do SL Benfica sagrou-se Bicampeã nacional da II Divisão
NOTA2: Em 1958/59 realizou-se a primeira edição do campeonato nacional em substituição do campeonato regional de Lisboa. A diferença constou na entrada da equipa da Associação Académica de Coimbra que se juntou aos outros clubes do Regional, todos de…Lisboa. Depois juntou-se-lhes, em 1964/65, o Centro de Desporto da Universidade do Porto/ CDUP. Eis o campeonato nacional até aos anos 90 do século XX quando surgiram clubes de outros distritos, além de Lisboa, Coimbra e Porto;
NOTA3: Devido ao facto da ARL ter originado a FPR as competições regionais (sem AAC e CDUP) também são organizadas pela FPR

Que saudades. Plantel campeão nacional

Plantel 2000/01. Aceita-se alguém que queira legendar esta fotografia


Três quedas no Segundo escalão
Depois de duas passagens episódicas – 1983/84 e 1995/96 (com as conquistas do respectivo campeonato) – em 2015/16 será a terceira temporada consecutiva no escalão secundário, quinto em 58 anos, desde que foi criado o principal campeonato nacional, em 1958/59.

ÚLTIMAS DEZ TEMPORADAS

Épocas
Campeonato
Nacional
Taça de
Portugal
Supertaça
Vencedores
SLB
Vencedores
SLB
Vencedores
SLB
2005/06
GD Direito
4.º
AE IS Agronomia
1/4
CF “Os Belenenses”
-
2006/07
AE IS Agronomia
6.º
C.D.U.P.
1/4
GD Direito
-
2007/08
CF “Os Belenenses”
4.º
GD Direito
1/8
AE IS Agronomia
-
2008/09
GD Direito
6.º
AE IS Agronomia
1/4
GD Direito
-
2009/10
GD Direito
6.º
AE IS Agronomia
1/4
GD Direito
-
2010/11
GD Direito
6.º
AE IS Agronomia
½
GD Direito
-
2011/12
 C.D.U.L.
7.º
AE IS Agronomia
1/4
AE IS Agronomia
-
2012/13
GD Direito
10.º
C.D.U.L.
1/4
C.D.U.L.
-
2013/14
C.D.U.L.
II D
GD Direito
1/8
GD Direito
-
2014/15
GD Direito
II D
C.D.U.L.
1/8
GD Direito
-
NOTA1: Em 2012/13 apesar do último lugar – 18 D em 18 J e 118/1007 em pontos, o Benfica teve duas oportunidades para manter-se no principal escalão, mas em ambas foi derrotado: D 5-64 com AE IS Técnico (7.º classificado) e D 12-19 com o CRAV (9.º classificado);
NOTA2: Em 2013/14 e 2014/15 o Benfica disputou a fase final de acesso ao primeiro escalão mas foi, em ambas, eliminado nas meias-finais.

Os fracos não são os que perdem...
São os que desistem para não perder!

LISTAGEM TOTAL DE TROFÉUS
Campeonato
Nacional (57)
T
Taça de
Portugal (53)
T
Supertaças
(27)
T
CDUL
19
SL BENFICA
10
GD Direito
10
GD Direito
10
AE IS Agronomia
9
GDS Cascais
5
SL BENFICA
9
CDUL
9
CF “Os Belenenses”
3
GDS Cascais
7
GD Direito
7
AE IS Agronomia
3
CF “Os Belenenses”
6
As. Acad. Coimbra
6
CDUL
3
As. Acad. Coimbra
3
GDS Cascais
4
As. Acad. Coimbra
2
AE IS Técnico
2
AE IS Técnico
3
AE IS Técnico
1
AE IS Agronomia
1
CF “Os Belenenses”
3




CDUP
2



Em 2015/16 espera-se uma aposta sustentada na qualidade rumo às conquistas! E acabar – como se adivinhava desde 2009/10 - com a história do ano zero que já tem seis anos zero!

EQUIPA SÉNIOR FEMININA

Plantel 2014/15. Aceita-se alguém que queira legendar esta fotografia

Infelizmente a FPR não acarinha as equipas femininas como devia. Pouco mais interessa que as Selecções Nacionais.

ÚLTIMAS DEZ TEMPORADAS
Épocas
Campeonato
Nacional
Taça de
Portugal
Supertaça
CN de Sete
Vencedores
SLB
Vencedores
SLB
Vencedores
SLB
Vencedores
SLB
05/06
E. A. Coimbra
2.º
E. A. Coimbra
F
E. A. Coimbra
P
E. A. Coimbra
?
06/07
SL BENFICA
E. A. Coimbra
1/2
E. A. Coimbra
P
E. A. Coimbra
?
07/08
SL BENFICA
SL BENFICA
SL BENFICA
E. A. Coimbra
?
08/09
SL BENFICA
SL BENFICA
SL BENFICA
E. A. Coimbra
?
09/10
AE IS Técnico
2.º
SL BENFICA
SL BENFICA
SL BENFICA
10/11
SL BENFICA
SL BENFICA
SL BENFICA
E. A. Coimbra
2.º
11/12
E. A. Coimbra
2.º
SL BENFICA
SL BENFICA
AE IS Técnico
2.º
12/13
SL BENFICA
AE IS Técnico
F
SL BENFICA
SL BENFICA
13/14*
NR
SL BENFICA*
SL BENFICA
SL BENFICA
14/15*
NR
AE IS Técnico
F
NR
SL BENFICA
NOTA: Em 2013/14 e 2014/15 a temporada foi disputada com equipas de Sete em vez do tradicional 13 (excepto Supertaça em 2013/14)

Repito (nunca é demais para autistas sociais, os não-autistas que me perdoem): Os fracos não são os que perdem...
São os que desistem para não perder!

LISTAGEM TOTAL DE TROFÉUS
Campeonato
Nacional (13)
T
Taça de
Portugal (11)
T
Supertaças
(9)
T
CN Sete (12)
T
AEIS Agrá. Coimbra
5
SL BENFICA
7
SL BENFICA
7
AEIS Agrária Cb.
7
SL BENFICA
5
AEIS Agrária Cb.
2
AEIS Agrária Cb.
2
SL BENFICA
4
GD Pescadores CC
2
CR Técnico
2


CR Técnico
1
CR Técnico
1







Alberto Miguéns

PLANO PARA AS EDIÇÕES DURANTE  SETEMBRO
(provisório como é evidente)
De 11 a 23 de Setembro de 2015 (Sempre pela meia-noite)
Sexta-feira (de 10 para 11): O Benfica e o CF "Os Belenenses";
Sábado (de 11 para 12): E depois da Quarta?;
Domingo (de 12 para 13): Cuidado com eles;
Segunda-feira (de 13 para 14): Desde que Luisão chegou…;
Terça-feira (de 14 para 15): O Benfica e o FC Astana;
Quarta-feira (de 15 para 16): Que estreia na Liga dos Campeões 2015/16?;
Quinta-feira (de 16 para 17): Uma modalidade por semana: Pólo Aquático;
Sexta-feira (de 17 para 18): E o "Glorioso" na 4.ª jornada?;
Sábado (de 18 para 19): O Benfica e o CF "Os Belenenses";
Domingo (de 19 para 20): O “Clássico de Portugal”;
Segunda-feira (de 20 para 21): E depois de Contumil?;
Terça-feira (de 21 para 22): Mentiras Oficiais Made in SLB;
Quarta-feira (de 22 para 23): Benfica tão brilhante que se vê no escuro
6 comentários
comentários
  1. Caro Alberto,

    A pontuação total nos jogos do SLB não pode estar correcta, apresenta mais pontos sofridos que pontos marcados, mas a pontuação foi positiva em ambas as competições.

    Gloriosas Saudações Benfiquistas

    ResponderEliminar
  2. Bom Dia

    Caro Dr.Alberto:

    Já em 26/27 se inventavam jogos?

    http://1.bp.blogspot.com/-M9IULuweJ1I/VfCE1_ym1QI/AAAAAAAAZyE/egfqDzBP69Q/s1600/Sem%2BT%25C3%25ADtulo0000.png

    pois é a única equipa com 10 jogos enquanto os outros só têm 6... ;)

    Abraço Glorioso

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Jorge.

      Foi erro do jornal "Os Sports". O SCP teve 6 jogos = 5 V (15 pontos) + 1 E (2 p) = total de 17 pontos. Não quis alterar as classificações não dissessem que estava a manipular documentos. Só reforcei o nome dos clubes até porque o Carcavelinhos FC (Tapadinha) por ficar junto ao IS Agronomia tinha a equipa quase toda constituída por estudantes desse estabelecimento de ensino superior.

      Podia ter feito uma nota explicativa. É isso que vou fazer. Obrigado!


      Grande Glorioso Abraço

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  3. Temos as maiores e melhores infra-estruturas em Portugal, mas são curtas para a realidade actual.

    Vai ser extremamente difícil o rugby passar disto sem um local próprio para se desenvolver. Existe uma "sobrelotação" desportiva. É sinal que o clube está a ser vitima do seu próprio sucesso, mas essa dinâmica só pode continuar com investimento em novas infra-estruturas, como aliás aconteceu, e bem, no CFC.

    Não há um município na grande Lisboa com um campo com espaço para um tartan ou um tartan com espaço para um campo, que necessite de ser dinamizado? Juntavam-se as duas modalidades, o que facilitava a logística, e assim podiam desenvolver-se com pés e cabeça. Num terreno municipal isto é projecto para menos de um milhão de euros e garante-se um espaço para largas centenas de praticantes. Não seria perfeito, mas situação actual é bem pior.

    Saudações benfiquistas.

    ResponderEliminar
  4. Sao 10 tacas de Portugal e nao 9, ja agora e com as informacoes sobre alguns palmares desportivos deste blog e de outras fontes de outros desportos, no total de trofeus oficiais internacionais, nacionais e regionais ganhos em competicoes colectivas, posso-lhe garantir a si e aos demais que o SLB tem mais que qualquer outro clube desportivo de Portugal, quer no conjunto dos seniores masculinos e femininos e todos os escaloes jovens quer so em seniores masculinos, em senores femininos o dominio pertence ao SCP, isto no conjunto de todos os desportos.

    Saudacoes gloriosas e continue o bom trabalho e bem haja!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Correcto.

      Em vez de consultar os meus apontamentos confiei no livro acerca dos 90 anos do râguebi. Falta neste livro a Taça de Portugal em 1970/71. A culpa é da minha responsabilidade, pois não indiquei a fonte. Tendo a minha fez pouco sentido mas é como se diz "estava mais à mão"! A culpa foi minha. Apenas indico o que me fez considerar 9 e não 10 Taças de Portugal. São dez!

      Obrigado

      Alberto Miguéns

      Eliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail