A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

29/12/2013

Noventa e Nove Por Cento

29/12/2013 + 0 Comentários API
OPINIÃO
                        Em 3 de Janeiro de 2010, na Catedral, foi assim
 

A orgânica de disputa da Taça da Liga, na fase de grupos, com apenas uma volta a pontuar, dois jogos em casa e um em terreno alheio (para dois clubes) ou vice-versa (para os outros dois), dá teórica vantagem aos clubes que realizam dois jogos como visitados.

SL Benfica e CD Nacional com vantagem
Os dois clubes do grupo D com esta vantagem teórica são, também, os dois emblemas que estavam nos potes 1 e 2: SL Benfica (2.º classificado na Liga Zon Sagres em 2012/13) e CD Nacional (8.º classificado na Liga Zon Sagres em 2012/13).

CD Nacional com vantagem sobre SL Benfica
Entre os dois clubes com vantagem, o CD Nacional é o que tem mais vantagem, pois recebe o clube do pote 1 (SL Benfica: actual 1.º classificado, em igualdade pontual, com dois outros clubes, na Liga Zon Sagres) e o clube do pote 3 (Gil Vicente FC: actual 8.º classificado na Liga Zon Sagres), deslocando-se ao recinto do clube do pote 4 (Leixões SC: actual 11.º classificado na Segunda Liga Cabovisão).

SL Benfica: dificuldades a reverter em facilidade
O "Glorioso" tem uma primeira jornada de dificuldade muito elevada - frente ao CD Nacional: actual 6.º classificado da Liga Zon Sagres e na Choupana, em altitude (esta está garantida) e nevoeiro (este é muito provável).

CALENDÁRIO GRUPO D
Data
SL BENFICA
CD NACIONAL
Outros
30/12
20.45
F
CD Nacional
-
-


08/01
19.00
Gil Vicente FC
Leixões SC
15/01
20.45
C
Leixões SC
C

Gil Vicente FC
16.00

25/01
C
Gil Vicente FC
F
Leixões SC

Ganhar = 99 por cento para as meias-finais
Com a vitória do Benfica no terreno do CD Nacional, a via para as meias-finais fica escancarada. Em teoria, restam duas jornadas para ganhar um, pois ficará com vantagem directa sobre o CD Nacional. Este tem de vencer os restantes dois jogos (para fazer seis pontos) e esperar que o "Glorioso" não ganhe nenhum (empate os dois ou perca na 2.ª e 3.ª jornada). A menos que o Gil Vicente FC ganhe em Barcelos ao Leixões SC e ao CD Nacional (na Choupana). Com duas vitórias (e seis pontos) para SL Benfica e Gil Vicente FC, a passagem às meias-finais decidir-se-á na última jornada em 25 de Janeiro, na "Catedral".

Empatar = 98 por cento para as meias-finais
Mesmo o empate é um bom resultado, face ao calendário dos dois emblemas. O Benfica tem vantagem face ao CD Nacional (jogará a 3.ª jornada em Matosinhos) e o "Glorioso" receberá o Gil Vicente FC. Este é que pode chegar à "Catedral" em vantagem (com seis pontos obtidos nas duas vitórias) e o SLB com quatro (empate na Choupana e vitória na "Catedral" frente ao Leixões SC). Mesmo assim o SLB tem "mais do que obrigação" em derrotar o emblema de Barcelos fazendo sete pontos, mais um que o Gil Vicente FC. O Leixões SC, com o calendário estabelecido (ida a Barcelos e a Lisboa), a apurar-se seria um "milagre". E o Leixões SC é de Matosinhos, não é de Fátima!


Perder é que não
Se vencer ou empatar é praticamente o mesmo em termos de efeitos reais, impõe-se desde logo ganhar. Duas razões: O Benfica é Glorioso porque vence mais, muito mais do que empata e perde. E além disso é a ganhar que se... ganha confiança para ganhar a seguir e a seguir e a seguir... Perder é que não!

GLORIOSO CALENDÁRIO
Dia
Competição
Adversário
Sit.
Res.
D
E
Z
E
M
B
R
O
13
1
Dom
C.Nacional.11
Rio Ave FC
Fora
V 3-1
4
Qua
Sem jogos
6
Sex
C.Nacional.12
FC Arouca
Casa
E 2-2
10
Ter
L. Campeões.6
PSG FC
Casa
V 2-1
15
Dom
C.Nacional.13
SC Olhanense
Fora
V 3-2
18
Qua
Sem jogos
20
Sex
C.Nacional.14
Vitória FC Setúbal
Fora
V 2-0
25
Qua
NATAL
30
Seg
20.45
Taça Liga.1
CD Nacional
Fora

J
A
N
E
I
R
O

14
1
Qua
ANO NOVO
4
Sáb
20.15
T. Portugal(1/8)
Gil Vicente FC
Casa

8
Qua
Sem jogos
12
Dom
16.00
C.Nacional.15
FC Porto
Casa

15
Qua
Taça Liga.2
Leixões SC
Casa

19
Dom
C.Nacional.16
CS Marítimo
Casa

22
Qua
Sem jogos
26
Dom
Taça Liga.3
Gil Vicente FC
Casa

29
Qua
Sem jogos
F
E
V
E
R
E
I
R
O
14
2
Dom
C.Nacional.17
Gil Vicente FC
Fora

5
Qua
T. Portugal(1/4)



9
Dom
C.Nacional.18
Sporting CP
Casa

12
Qua
Taça Liga (1/2)

Fora

16
Dom
C.Nacional.19
FC Paços Ferreira
Fora

20
Qui
L. Europa (1/16-1)
PAOK FC
Fora

23
Dom
C.Nacional.20
Vitória SC Guimarães
Casa

27
Qui
L. Europa (1/16-2)
PAOK FC
Casa

M
2
Dom
C.Nacional.21
CF "Os Belenenses"
Fora


Jogar com os melhores (parte I)
Frente ao CD Nacional (e face ao calendário deste grupo D) o Benfica deve apresentar os futebolistas que estiverem em melhores condições e derem mais garantias individuais e no colectivo. Depois na 2.ª jornada (recepção ao Leixões SC), tendo em conta o que se passou na 1.ª jornada (nos dois jogos repartidos por 30 de Dezembro de 2013 e 8 de Janeiro de 2014) então sim será possível "dar minutos a uns e tirar minutos a outros"!



Jogar com os melhores (parte II)
Primeiro: Com este jogo em 30 de Dezembro, ficam para trás dez dias sem competição, incluindo sete dias sem treinar e a manjar no Natal. É preciso dar ritmo aos melhores!
Segundo: Jogo seguinte cinco dias depois (sábado, 4 de Janeiro, Taça de Portugal). Não há necessidade de poupanças. Antes pelo contrário!

Deve e Haver
Se, historicamente, as diferenças são abissais não será hoje – num jogo que se quer de caminhada para a conquista do título – que o “Glorioso” vai ceder. Em 37 jogos, temos mais 22 vitórias (em relação às quatro derrotas) e 75 golos marcados (mais 52 em relação aos 23 sofridos).

QUADRO I
JOGOS TOTAIS POR COMPETIÇÃO com o CD NACIONAL
Competição
J
V
E
D
GM
GS
TOTAIS
37
26
7
4
75
23
Campeonato Nacional
29
20
5
4
54
19
Taça de Portugal
  4
  3
1
-
15
  1
Taça da Liga
  1
  1
-
-
1
  0
Particulares
  3
  2
1
-
5
  3
                           
Na Taça da Liga o "Glorioso" regista uma vitória no único jogo que disputou frente ao CD Nacional. Foi na temporada de 2009/10 com um golo de Saviola.
  
       QUADRO II                      
      OS 37 BENFICA – CD NACIONAL
N.º
Época
Comp
Sit
V
E
D
01
35/36
Par
F
3-2


02
38/39
TP
F
9-0


03
TP
C
4-0


04
48/49
Par
F

1-1

05
88/89
CN
F
1-0


06
CN
C
1-0


07
89/90
CN
F
4-1


08
CN
C

1-1

09
90/91
CN
C
3-0


10
CN
F
2-0


11
02/03
CN
F


0-1
12
CN
C
2-0


13

03/04
CN
C
1-0


14
TP
C
2-1


15
CN
F


2-3
16
04/05
CN
C
2-1


17
CN
F
1-0


18

05/06
CN
C
1-0


19
TP
C

0-0
V5-3gp

20
CN
F

1-1

21
06/07
CN
C
1-0


22
CN
F
2-0


23

07/08
CN
F
3-0


24
Par
F
1-0


25
CN
C

0-0

26
08/09
CN
C

0-0

27
CN
F


1-3
28

09/10
CN
C
6-1


29
TL
C
1-0


30
CN
F
1-0


31
10/11
CN
F


1-2
32
CN
C
4-2


33
11/12
CN
F
2-0


34
CN
C
4-1


35
12/13
CN
C
3-0


36
CN
F

2-2

37

13/14
CN
C
2-0


38
TL
F



39
CN
F



TOTAIS
37 J – 26 – 74 (75/23)


Vista apurada, neurónios a funcionar e pé ligeiro

Alberto Miguéns
0 comentários
comentários

Enviar um comentário

Em Defesa do Benfica no seu E-mail