A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

29/05/2013

Teia Andróide

29/05/2013 + 22 Comentários
OPINIÃO

NOTA: Devido a ter trabalhado até tarde, só nas próximas horas estará concluido este texto para hoje.
Está completo. Mas deixo um aviso prévio. Ficou muito extenso.

Ponto prévio: O treinador de futebol da equipa de honra do "Glorioso" é Jorge Jesus. Só continuará a sê-lo se renovar o contrato, que termina em 30 de Junho de 2013. A decisão será tomada pela administração da SAD nos próximos dias.

No EDB o que interessa é comentar e opinar acerca do enquadramento que envolve directamente o Benfica e lateralmente de quem "faz funcionar" o Clube ou equipas do Clube. Vamos ao futebol e à equipa de honra, aquela que se considera a principal, se bem que Cosme Damião dissesse que principais são todas por que todas elas devem ser as principais candidatas aos títulos nas competições em que joguem!

Só vencemos os que “eles deixam”
Desde que Pinto da Costa chegou à presidência do FC Porto, eleito em 17 de Abril de 1982, tomou posse em 23, nem necessitou de muito tempo para começar a construir uma teia. Foi "apenas" refazer a que tinha começado a montar enquanto Chefe do Departamento de Futebol (1976/1980) da Direcção presidida por Américo de Sá, em conjunto com o ideólogo José Maria Pedroto.

TRINTA ANOS DE RESULTADOS EM CONSEQUÊNCIA DA INTERVENÇÃO
DE UM CLUBE CORRUPTO
Época
SL Benfica
FC Porto
CN
TP
UEFA
CN
TP

UEFA
Com.
Fase
Com.
Fase
82/83
25
21
TUE
F


TUE
1/16
83/84
26

TCE
1/4

9
TVT
F
84/85

22
TCE
1/8
8

TUE
1/32
85/86

23
TVT
1/4
9

TCE
1/8
86/87
27
24
TVT
1/8


TCE
1
87/88


TCE
F
10
10
TCE
1/8
88/89
28

TUE
1/16


TCE
1/8
89/90


TCE
F
11

TUE
1/8
90/91
29

TUE
1/32

11
TUE
1/4
91/92


LC
3.ºg
12

TVT
1/8
92/93

25
TUE
1/4
13

LC
3.ºg
93/94
30

TVT
1/2

12
LC
1/2
94/95


LC
1/4
14

TVT
1/4
95/96

26
TUE
1/8
15

LC
3.ºg
96/97


TVT
1/4
16

LC
1/4
97/98


TUE
1/32
17
13
LC
3.ºg
98/99


LC
2.ºg
18

LC
3.ºg
99/00


TUE
1/16

14
LC
1/4
00/01


TUE
1/64

15
TUE
1/4
01/02


NP


LC
4.ºg
02/03


NP
19
16
TUE
1
03/04

27
TUE
1/8
20

LC
2
04/05
31

TUE
1/16


LC
1/8
05/06


LC
1/4
21
17
LC
4.ºg
06/07


TUE
1/4
22

LC
1/8
07/08


TUE
1/8
23

LC
1/8
08/09


TUE
5.ºg
24
18
LC
1/4
09/10
32

LE
1/4

19
LC
1/8
10/11


LE
1/2
25
20
LE
2
11/12


LC
1/4
26

LE
1/8
12/13


LE
F
27

LC
1/8
NOTA: Em 1982/83 o SLB Conquistou a 21.ª Taça de Portugal no estádio do FC Porto frente ao… FC Porto (exemplo de como um clubezeco - 7 CN's e 8 TP's - tinha mais influência do que se pensava/ pensou)

Taco-a-taco suportado pelo dinheiro
O Benfica durante uma duzia de épocas só conseguiu furar a teia andróide por questões de dimensão. Entre 1981/82 (última "dobradinha" do SCP e eleição de Pinto da Costa) e 1993/94 (destruição do futebol do clube pelo presidente Damásio e Artur Jorge), em doze temporadas, o SLB conquistou onze títulos: seis campeonatos e cinco Taças de Portugal. O FCP conquistou os outros seis campeonatos e quatro Taças, ou seja, menos uma Taça de Portugal, apesar dos media (já com vários Idiotas Úteis a fazerem opinião) afirmarem que o Benfica perdera para o FCP a hegemonia do futebol português "apesar de gastar muito mais que o FC Porto", com os Benfiquistas a serem influenciados no sentido de chamarem Gamásio a Manuel Damásio e Gastar Ramos a Gaspar Ramos, por exemplo.

Que dimensão entre SLB e FCP nos anos 80 e 90?
Mais associados, mais quotas pagas; maior estádio, mais espectadores pagantes; mais adeptos, mais bilhetes vendidos; mais jogos nas competições a eliminar (Taça de Portugal, mas principalmente Competições Europeias), mais espectadores, mais bilhetes vendidos; e mais popularidade e visibilidade maiores patrocínios, por exemplo nas camisolas (Shell/ Fnac/ Casino Estoril versus Revigrés, se bem que este patrocinador tem algumas histórias a envolvê-lo). Esta colossal diferença permitia orçamentos duas a três vezes maiores que os do FCP, permitindo contratar internacionais brasileiros, suecos, dinamarqueses, "apenas" uma miragem para o FCP.

O "Caso" Revigrés
Encontrei uma vez um Benfiquista de Águeda (terra da Revigrés) que conhecendo-me de crónicas do Jornal "O Benfica" disse-me o seguinte (que nunca mais esqueci): «Nunca lhe fez confusão como pode uma empresa tão pequena patrocinar um clube tão gastador como é o FC Porto?» Respondi-lhe com a verdade: «Nunca tinha pensado nisso!» Continuou ele: «Sou cicloturista. Numa dessas viagens de final de dia ou fim-de-semana, passei junto à Quinta do dono da Revigrés e parei num tasco para beber qualquer coisa. Fiquei junto do balcão. Numa mesa próxima ouvi o seguinte: Eh pá! O que é que interessa o Benfica receber mil contos da Shell. Os nossos cem contos valem mais que os mil. Eles com mil contos compram Valdos. Nós com os cem da Revigrés compramos alguém para anular os Valdos que valem os mil da Shell. Percebi que era através da Revigrés (ou do dinheiro deles) que pagavam aos árbitros ou a adversários!» Havia Benfiquistas que sabiam muito, que se preocupavam com o Clube, mas eram ignorados pelos dirigentes que sabiam que o Benfica podia enfrentar o FCP porque enquanto eles tinham 800 mil contos de Orçamento o Benfica movimentava três milhões (orçamentos em 1992). O que não contavam é que a criação da Liga dos Campeões iria distorcer o associativismo: uma vitória na Liga dos Campeões vale mais que centenas de quotas de associados ou milhares de bilhetes vendidos, por época. A visibilidade dada aos futebolistas permite transferências "milhãonárias" todas as épocas. Que pena os nossos dirigentes nos anos 90 não terem percebido isso! Ter ou não ter competência e amor ao Clube. É tudo!


Discussão vitoriosa com o FCP? Só em 1990/91!
A última vez que o Benfica se superiorizou ao FC Porto lutando taco-a-taco até final do campeonato foi em 1990/91, a última temporada com Taça dos Clubes Campeões Europeus. Depois surgia a Liga dos Campeões. Toda a gente fala dos dois golos (82' e 86') de César Brito. Mas esquecem-se que o FC Porto, teve o campo inclinado por Carlos Valente (acusado de ter viajado de Lisboa - ele era de Setúbal - com a equipa do Benfica). Só não marcaram por "milagre". Leiam as crónicas do jogo. Aqui ainda tínhamos a aura dourada (áurea) dos Clubes Míticos. De um ponto passámos para três de vantagem. Na jornada seguinte - Dérbi de Lisboa - o Sistema atacou através do árbitro Vítor Correia. O SCP marcou aos 81' valendo Isaías (e o Benfica com uma genica e qualidade "áureas" para fazer o 1-1) e conseguir, mesmo assim, dois pontos de vantagem. No final do jogo, Eriksson e a equipa foram assobiados, com os Benfiquistas a dizer, frases do tipo: Eriksson quer é o Sol do Estoril. Os jogadores são uma vergonha. Vão ganhar às Antas e ainda vão perder o campeonato nas três jornadas que faltam: SC Farense, CS Marítimo e SC Beira-Mar. O FCP teve quatro vitórias em quatro jogos. Só as três vitórias finais do "Glorioso" permitiram conquistar o título. Eriksson ainda ficou mais um ano, mas depois foi substituído pelo "anseio" dos adeptos: Tomislav Ivic que no FCP era elogiado nos media como "um dos melhores treinadores do Mundo"! Tretas! Já lá vão 22 anos. Está tudo na mesma como a lesma!

1990/91
ÚLTIMAS CINCO JORNADAS
1990/91
32
33
34
FCP/SLB
35
36
37
38
SLB
58
60
62
63
65
67
69
FCP
57
59
59
61
63
65
67
SCP
50
50
50
51
52
54
56
Sistema: Na 34.ª jornada o FCP teve tudo na mão para ultrapassar o Benfica, incluindo uma grande penalidade perdoada a Aloísio sobre Pacheco. O “Glorioso” (e César Brito) marcou dois golos nos últimos oito minutos. Com aguarrás ou criolina no balneário os futebolistas envergaram o "Manto Sagrado" num corredor.



Sempre a perder: 1993/94, 2004/05 e 2009/10 são "casos" especiais!
Após 1990/91 nunca mais conquistámos nenhum campeonato lutando até final com o FCP. Dos poucos que conseguimos discuti-los até final perdemos todos. Nos três que ganhámos o FCP ficou previamente afastado.

Sai Ivic, entra Bobby Robson
No 30.º título de campeão nacional do Benfica, Pinto da Costa despediu Tomislav Ivic (pela 2.ª vez no FCP para provar que só não triunfara no Benfica porque o Benfica é um circo - segundo Artur Jorge/ Pinto da Costa) antes da vinda do FCP à Catedral, para jogar a 18.ª jornada (1.ª da II volta). Bobby Robson despedido do Sporting CP por Sousa Cintra por não ter pulso - Cherbakov teve um acidente rodoviário grave numa madrugada em Lisboa, na avenida da Liberdade/ rua Alexandre Herculano - orientou o FCP pela 1.ª vez, numa derrota por 0-2, em que Veiga Trigo expulsou Fernando Couto aos 40' (porque, disse-se, estava na bancada o responsável pelos árbitros na UEFA, um tal Casiraghi (não tenho a certeza se era este o nome desse italiano que mandava nos árbitros da UEFA). O FCP com 16 jogos para fazer, ficou a seis ou sete pontos. Terminou o campeonato a... dois. Em metade da época, nessa II volta quase conseguiu ser campeão. Aliás os Benfiquistas, após o empate na 33.ª jornada frente ao Vitória SC Guimarães comentavam que se o campeonato ainda fosse de 38 jornadas, o FC Porto seria campeão. Mais de 80 por cento dos adeptos que frequentavam o estádio da Luz durante a semana queriam Toni e alguns (muitos...) jogadores fora do clube e o ingresso de Artur Jorge, recebido em glória (sei disto e daquilo - os tais mais de 80 por cento - porque a partir do "Verão de 1993" o presidente Jorge Brito  - que saudades tenho dele como presidente do Clube! - pediu-me a colaboração para utilizar como ele dizia "a Gloriosa História do Clube" para conseguir donativos/ verbas para atenuar as dificuldades financeiras). Passei a ir todos os dias da semana ao Estádio, quando até aí só ia - aos pavilhões e aos campos - ao fim-de-semana ver as modalidades e o futebol, ou melhor, os futebóis, formação (campos 2, 3, 4 e 5) e equipa sénior (Catedral).

1993/94
ÚLTIMAS SETE JORNADAS
1993/94
28
29
30
SCP/SLB
31
32
33
34
SLB
46
47
49
51
53
54
54
FCP
42
44
45
47
49
51
52
SCP
44
46
46
46
48
49
51
Sistema: Na 29.ª jornada o CF Estrela Amadora (com o árbitro Pinto Correia) colocou o Sporting CP nas canelas (a um ponto) do Benfica. Na jornada seguinte a vitória do SCP permitia ao Sporting CP conquistar o título. Estiveram a vencer por 1-0 e 2-1, perderem por 3-6! 


Proençada dá o título ao Sporting CP
A conquista do 31.º campeonato nacional é hoje visto como exemplo. Só decorreram nove anos mas o que se passou durante a época parece que já ninguém se lembra bem. Esquisito.
O Benfica na 15.ª jornada tinha três pontos de atraso para o primeiro lugar (FC Porto) depois do Olegário Benquereça ter roubado um "frango" a Vítor Baía, ao anular um golo a Petit. Entretanto surge o "Apito Dourado" com os árbitros a expulsar jogadores portistas que habitualmente não eram expulsos por "pintarem a manta". Depois percebeu-se. Os árbitros sentiam-se comprometidos e não sabiam o que iria acontecer. Nas 34 jornadas de 2004/05 houve nove expulsões de futebolistas do FCP. Nos oito campeonatos seguintes (2005/06 a 2012/13) foram expulsos... sete! É o Sistema que voltou (depois do "susto" do Apito Dourado)... estúpido!
Faltando o FCP, o Sistema lançou o SCP atrás do Benfica. O SLB não perdia, o SCP também não. Às vezes o SCP não perdia "À Porto"! Na véspera da vinda do SCP à Catedral (33.ª jornada), uma nomeação cirúrgica (Pedro Proença) na 32.ª jornada em Penafiel. Ficaram... quatro grandes penalidades por marcar (ver vídeo no EDB em 10 de Maio de 2013) com o FC Penafiel a vencer (1-0) e a colocar o SCP a depender só de si - bastava-lhe empatar na Catedral e vencer o CD Nacional na última jornada "em casa" para se sagrar campeão. Aos 84 minutos do Dérbi de Lisboa funcionou a Áurea de Clube Mítico. O Benfica dominado pelo SCP durante 84 minutos conseguiu marcar um golo por Luisão, com o idiota do guarda-redes sportinguista a gritar para o árbitro assistente: Foi com a mão, foi com a mão. Todos viram que foi com a cabeça. Se Paulo Paraty tinha dúvidas, de haver toque no guarda-redes ou não, ficou sem dúvidas. Só um guarda-redes que fechava os olhos quando saía da baliza podia dizer tamanho disparate. Com isto tudo o Sistema, não conseguia fazer do SCP campeão mas ainda foi a tempo de colocar o FCP em 2.º lugar (a três pontos - uma vitória - do Benfica). Como tinham vantagem no confronto directo V 1-0 na tal Benquerençada e E 1-1 no Estádio Andróide), se o Benfica perdesse no Bessa e o FCP ganhasse à Académica ainda podiam ser campeões! Valentes! A vergonha do "Futeluso": Falhou o SCP mas ainda temos o FCP. Empatámos frente ao Boavista FC e fomos campeões. O FCP empatou com a Académica de Coimbra. Três pontos de diferença! O Sistema é tramado!

2004/05
ÚLTIMAS SETE JORNADAS
2004/05
28
29
30
31
32
33
SLB/SCP
34
SLB
54
55
58
61
61
64
65
SCP
51
54
55
58
61
61
61
FCP
48
51
54
57
58
61
62
Sistema: Na 32.ª jornada o FC Penafiel (melhor Pedro Proença) colocou o Sporting CP na dianteira do campeonato (vantagem no confronto directo). Na 33.ª jornada o SCP esteve a seis minutos de conquistar o título. Luisão marcou o golo que permitiu conquistar o título com um empate frente ao Boavista FC, no Porto!


Falha o FCP, avança o SC Braga
No último título, o FCP sem paciência para o tricampeão Jesualdo Ferreira deixou-se levar por guerrinhas entre dirigentes e jogadores, perdendo muitos pontos. Em Janeiro reforçaram o SC Braga com jogadores (penso que o espalha-brasas Rentria andou por lá) e com árbitros (Artur Soares Dias, por exemplo, esteve muito activo) para nunca permitir o afastamento do Benfica, pois se o SLB ganhasse o campeonato precocemente, podia gerir as eliminatórias da Liga Europa. Foi luta até final. Com pedradas e bolas de golfe, no estádio do Dragão Andróide, lá conseguiram fazer aproximar o SC Braga do "Glorioso" para pressionar um desaire na última jornada frente ao Rio Ave FC. Sem conseguirem, deixaram cair o SC Braga na Choupana. Nem nos próximos 100 anos o SC Braga volta a ficar em 2.º lugar! Amém à sua alminha!

2009/10
ÚLTIMAS SETE JORNADAS
2009/10
24
25
26
27
28
29
FCP/SLB
30
SLB
61
64
67
70
73
73
76
SCB
55
58
61
64
67
70
71
FCP
50
53
56
59
62
65
68
Sistema: Na 29.ª jornada o FCP colocou o SC Braga nas canelas do Benfica


Treinadores para o Benfica. Há duas escolhas: Um para perder o título nas primeiras jornadas ou um para perdê-lo nas últimas
Desde 1984/85 habituei-me a agrupar os treinadores do Benfica em duas categorias: os que perdem o campeonato nas primeiras dez jornadas e os que o perdem nas dez últimas. Há as excepções. Os que perdem o campeonato nas 10 jornadas "intermédias"! Quique Flores perdeu-o na 17.ª jornada (em 30) após uma (mais uma...) Proençada do Sistema - inventar uma grande penalidade para o FCP empatar um jogo que estava perdido. Lá se foi mais um título de campeão nacional.

Calendários condicionados? O FC Porto agradece!
O condicionamento da competição, com a impossibilidade da realização de jogos entre SLB, FCP e SCP nas cinco jornadas iniciais, "empurra" a jornada da II Volta entre Benfica e FC Porto para o final da época. O facto do Benfica ter nos últimos anos um treinador do grupo "perder o título nas dez jornadas finais" fazem dessas jornadas autênticas finais. Chegam Proençadas para nos arrumarem com os títulos. Este ano a Proençada não resultou aos 85 minutos porque o Jamesito foi burro! Fez pontaria ao poste!

Clássicos de Portugal com os sorteios condicionados
Época
Estádio
2.ª volta
2009/10
Andróide
29.ª
2010/11
Catedral
25.ª
2011/12
Catedral
21.ª
2012/13
Andróide
29.ª

Sorteio livre com chave previamente na mão dos media
Desconfio dos sorteios. Só assisti a um, em Oeiras, no Tagus Parque ou lá o que é isso. Muito "giro"! Têm os emparelhamentos feitos previamente a nível informático. Depois - numa de transparência - sorteiam a "chave" dos emparelhamentos. Como estava a assistir, pelo Jornal "O Benfica" a pedido do então chefe de redacção Carlos Calado, solicitei que, para ser mais transparente, deviam de entregar previamente todas as hipóteses possíveis. Quando fosse sorteada a "chave" final, a organização nem necessitava de fazer o emparelhamento. "Nós" tínhamos "todas as chaves" abríamos a "chave" sorteada e ficávamos a saber o calendário. Isso sim era transparente. Num misto de espanto e terror, o "senhor da Liga" disse-me: "Não! Nem pensar!" Percebi LOGO TUDO! Nunca mais me vão apanhar num sorteio. Pelo menos não me enganam em directo!

Mérito de Jorge Jesus: Obrigou o FCP a conquistar dois campeonatos invictos
Neste anos que Jorge Jesus leva à frente do futebol do Benfica, além do campeonato conquistado, conseguiu por o Benfica a fazer tantos pontos que obrigou o Sistema a fazer do FCP nos últimos três anos campeão invicto em dois e num só perder um jogo (apesar do árbitro deste jogo "já ter ido à vida"! porque o FCP perdeu). Se não eram três campeonatos invictos consecutivos. Só o FC Steaua de Bucareste da PIDE (Securitad) da Roménia de Ceauseacu e o FC Dínamo de Berlim da PIDE (Stasi) da RDA de Honecker é que conseguiram tal feito. Aliás o FC Porto tem tudo a ver com métodos pidescos, qual Pinto da Costa tipo inspector Barbieri Cardoso da dita PIDE. Quantas pessoas não foram sovadas a seu mando?!

Não considero que Jorge Jesus tenha mérito no campeonato deste ano!
A Jorge Jesus é apontado o facto de após ter conseguido quatro pontos de vantagem os ter perdido. Não considero mérito de Jorge Jesus ter conseguido quatro pontos de avanço, por isso também não considero que tenha demérito em os ter perdido.
O Sistema deu ao FCP a possibilidade de estar colado ao "Glorioso" até à penúltima jornada - jogo "em casa" do FCP - necessitando depois de empatar sem golos ou a um golo para ser campeão.
O mérito do Benfica ter conseguido quatro pontos de vantagem deve-se ao demérito do "espalha-brasas do queixo grande" ter falhado as duas grandes penalidades que duas trupe de árbitros lhe ofereceu. Se fosse mais competente a marcar grandes penalidades o Benfica chegava ao Estádio do Dragão Andróide em igualdade pontual. Jorge Jesus só teve quatro pontos de avanço porque o "chachachado do queixo grande" não marcou as duas ofertas do Sistema! Até se arrepiaram! Todos! Até os dois Vítores Pereiras!

O Benfica desde que Pinto da Costa montou a teia, devido à ingenuidade de grande parte (não consigo quantificar...) dos Benfiquistas, resume-se ao seguinte (devido à ilusão que criam durante as épocas):

Benfica: De vitória em vitória até à derrota final

Alberto Miguéns

NOTA1: Amanhã, no EDB, “Cábula Para Fernando Gomes”, o FPF. Mais o seguinte: O que é que Fernando Gomes e José Maria Pedroto têm em comum?

NOTA2: Sei que há muitos Benfiquistas que pensam que o que existe é incapacidade crónica dos dirigentes do clube, extendendo essa incapacidade a treinadores e futebolistas, em fazer o que deve ser feito para ganhar mais, pelo menos mais do que o FC Porto. Aceito. Porque aceito opiniões de Benfiquistas, pois essas opiniões refectem a preocupação com o Clube do qual são simpatizantes, aliás para mim essa é a grande diferença entre ser do Benfica (gostar do clube) e ser Benfiquista (preocupar-se com ele). Até queria que tivessem "razão" porque era mais fácil pôr o SLB a ganhar conseguindo dirigentes que o conseguissem fazer escolhendo as pessoas certas que rebentar com uma "teia" (para mim muito mais difícil). Não quero ter razão. Mas há muito que penso assim. Vou tentar arranjar um texto que em tempos (1996 ou 1997) o Jornal "O Benfica" publicou em que escrevi que enquanto o Benfica não desatasse o nó (agora chamo-lhe teia) nunca iria ganhar mais que o FCP, pelo contrário, ganharia sempre muito menos. Vou descobrir a data da sua publicação, digitalizá-lo e publicá-lo no EDB.

22 comentários
comentários
  1. Nem mais!

    É com cada vez mais gosto que leio os teus posts!

    Obrigado!

    ResponderEliminar
  2. Perfeito. Obrigado, Alberto Miguéns.

    ResponderEliminar
  3. O orelhas quando chegou ao slb em vez de começar por construir os alicerces da sua obra desportiva optou pelo que julgou mais fácil : difamar, desvalorizar,sujar anos de conquistas desportivas do FC Porto dentro e fora das nossas fronteiras.

    Como é óbvio, e porque nada se constrói assente no ódio, maledicência e incompetência está agora a colher os frutos do seu trabalho. Derrotas,discórdia, insultos e indisciplina entre os seus, por perceberem o logro a que se resume este slb em que abunda dinheiro mas a quem faltam princípios éticos de respeito pelos adversários e pelas competições.

    No slb não se cultiva a exigência e o mérito . No slb basta um treino conseguido e já se é craque, Basta uma piada de mau gosto é já se é mestre da comunicação. Basta uma ameaça a quem organiza as competições e já se é herói. Basta um lromance de cordel e já se é escritor, basta um filme difamador e já se é realizador.

    Quando tudo visto e somado, o slb é uma anedota a que nem os próprios adeptos acham piada.

    Obrigado por tudo orelhas!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só publiquei este comentário ofensivo porque é de um adepto do FCP. Vejam como eles continuam a tremer, mesmo com um Benfica que ganha tão pouco.

      Se os conseguissemos desmascarar, acabava-se a fonte de títulos, comprados num Supermecado como disse Sir Alex.

      Alberto Miguéns

      Eliminar
    2. ódio, falam de ódio! ódio gostava eu que um dia descobissem o que é, o ódio quando aquela máfia fechar as portas, vender e demolir o estádio e se construir nessa zona uma etar. aí sim, ÓDIO!
      eu ainda hei de ver o porto morrer...

      Eliminar
  4. Concordo com tudo o que escreve, mas o Benfica não tem só o Porto contra. Tem o Sporting e a maioria dos clubes da 1ª divisão. Não sei se estou enganado, mas parece-me que esse sentimento tem se agravado. O Benfica não tem sabido gerir bem essa situação.
    É que o campeonato não é só um duelo. São truelos. É ver este ano o papel dos sportinguistas, fazendo eco do que vinha lá de cima, com o Capela.
    É ver o Nacional que se esfarrapa contra o Benfica e joga com o Porto sem os melhores três. O PF que não deu luta nemhuma na última jornada. O Estoril a esfarrapar-se todo contra nós.
    O Benfica tem de fazer alguma coisa para corrigir esta situação, senão o fosso ainda vai aumentar mais, não interessando o investimeto que se faça.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Leitor

      O Benfica tem os clubes contra porque em 1994 deixou de ser um clube com dirigentes humildes para ser arrogante, afirmando-se como o MAIOR.

      Um clube a nível oficial não pode dizer que é Maior que todos os outros. Deve deixar isso para os adeptos.

      Ao fazer disso bandeira, criou ódio e arreganho nos adversários.

      Ninguém anda a apregoar ao "Mundo" que é o mais rico, o maior, o melhor, o mais isto, aquilo e o outro. Sujeita-se a sofrer consequências danosas...

      Foi um erro histórico, que provoca danos graves.

      Ainda por cima num clube que mostra-se, a partir de 1994, com "pés de barro".

      Era preciso inteligência. e não hoube!

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
    2. Caro Alberto

      E passados quase 20 anos de 1994, não é agora Pinto da Costa que apregoa aos 7 ventos que é o maior de Portugal? Que o Porto é uma nação ? Porque é que os outros clubes não entendem que o que ele diz e a forma como trata os clubes do Sul é arrogãncia?
      Com estes 90 jogos e apenas uma derrota, o fcp parte para o próximo campeonato com 41 jogos seguidos sem perder no campeonato...basta fazer a primeira volta sem derrotas no próximo campeoanto para igualar um dos últimos recordes do Benfica...

      Com os melhores cumprimentos

      Fernando Antunes

      Eliminar
    3. Caro Fernando Antunes

      Porque sabem que o FCP não é o maior. Entendem isso como amor ao Clube, porque até PdC sabe que o SLB é o Maior. O SCP também diz que é o maior clube desportivo. Quem está de fora entende isso como querer valorizar o clube.

      O SLB dizer isso oficialmente, porque é verdade, considera-se arrogância, porque é estar a afirmar-se superior aos outros.

      Pode dizer que é hipocrisia dos outros. Mas sabe que no dia-a-dia é assim. Numa forma algo brincalhona veja esta situação. Se alguém lhe disser que o carro que conduz é o mais caro que há em Portugal e souber que é, o que é que pensa (estou a falar em si é mais em senso comum). Que arrogante. É verdade, mas porque precisa ele de dizer isto e deste modo.

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      NOTA: Eu conheço um árbitro de futsal que me disse que os árbitros - mesmo os que simpatizam com o Benfica - dizem que o Benfica tem de provar em campo que é o maior clube...

      Eliminar
    4. é relativamente simples por o Nacional, Académica, Estoril e outros em cheque.

      Boicote.

      Não apareçam os Benfiquistas nesses jogos e vamos ver quanto dinheiro em Licás têm os corruptos que desembolsar para os manter à tona.

      Eliminar
  5. Nao vou comentar o post pois penso que alguns dos argumentos não estao em linha com a minha opinião e seria longo o meu contraditorio .
    Quero apenas fazer uma referencia ao caso Revigres ,
    Não escreva sobre o que nao sabe ou sobre o que ouve dizer , a qualidade da sua escrita são os seus pensamentos e não o que lhe dizem ou alguem ouve em tascas.
    Por razões profissionais sei porque razão esse acordo durou tantos anos e por pouco dinheiro e posso lhe dizer que foi por uma questão de honra que é coisa que falta a muita gente nos dias de hoje.
    Por razoes do ontologicas na o vou revelar os contornos desse acordo mas por respeito a quem o assinou por parte da Revigres mais uma vez lhe peço que escreva os seus pensamentos e não o que lhe dizem ou que ouvem em tascas, ate porque em tascas por norma estão os bebados.
    Ao seu criterio de publicação

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caero Anónimo

      A pessoa que me contou tinha toda a credibilidade, era atleta de cicloturismo e filho de um antigo ciclista do Benfica. Se medirmos por ter ou não ter categoria, pode haver portistas com tanto nível como ele mas não há nenhum que tenha mais do que ele. Acredite em mim!

      Alberto Miguéns

      NOTA: Aceito uma parte do seu argumento. Provavelmente devemos desvalorizar o que os portistas estavam a dizar. Podiam estar bêbados!

      Eliminar
  6. GRANDE, ENORME ALBERTO MIGUÉNS. QUE A VOZ NUNCA LHE DOA!
    maria

    ResponderEliminar
  7. Caro Alberto os adversários do Benfica já sabiam que era o Maior, sem que fosse preciso dizê-lo, com diz. E sempre jogaram com maior arreganho contra o Benfica. O problema é que hoje jogam por dinheiro. Ponto.
    Quanto ao resto, 100% de acordo e tenho pena que muitas mais pessoas não tenham noção desta triste realidade.
    Mas, o tempo está a chegar, que não haja dúvidas. Aquele ponto sobre 3 campeonatos e uma derrota já eu escrevi sobre isso. Uma anormalidade e uma virtual impossibilidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Leitor

      É evidente que sabiam porque nós, os portistas e os sportinguistas diziam que os seus clubes eram os maiores ou melhores. Depois achava-se graça mas todos sabiam que era o Benfica.

      Diferente é ser o clube oficialmente a dizer isso. Não posso afirmar com 100 por cento de rigor, mas não conheço outro clube que afirme oficialmente que é o maior/ ou melhor do País.

      Tenho esta opinião, mas respeito totalmente a sua!

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  8. Gostava de ver um post do Alberto Miguéns sobre este assunto:

    http://www.publico.pt/desporto/noticia/fc-porto-foi-fundado-em-1906-e-nao-1893-e-nao-ha-indicios-de-cosme-damiao-ter-sido-fundador-do-sport-lisboa-1594003#/0

    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Carlos

      Tenho dois comentários guardados desde 17 de Maio de 2013 (às vezes publico e depois esqueço-me de responder, mas estes são muito importantes) com esse assunto. Tema importante vai merecer considerações fundamentadas, por isso só com tempo disponível conseguirei encontrar documentação que clarifique o tema. Mas desde já lhe digo o seguinte:

      1. O Benfica nunca teve um fundador, como o SCP (José de Alvalade) ou o FCP (José Monteiro da Costa), mas sim 24 fundadores. Cosme Damião foi um entre pares. O SLB é uma "obra colectiva";
      2. Cosme Damião não é O FUNDADOR, nem o PRINCIPAL FUNDADOR. O que é? É a principal figura do clube porque fez de um pequeno clube (1904) o maior clube de Portugal, quando faleceu em 1947;
      3. Cosme Damião concedeu uma entrevista a Mário de Oliveira, publicada na edição de 5 de Março de 1945, páginas 5 e 7, em que descreve a fundação do Clube e assume que é um dos fundadores. Dos 24 pelo menos oito estavam vivos, incluíndo dois do "núcleo duro" referido no texto que citou. Nunca nenhum reclamou ou chamou usurpador a Cosme Damião.
      4. Quem anda agora a falar do assunto sem provas escritas que sejam novidade, a não ser interpretar - dce modo diferente as que já existem - é revisionismo. E diz muito da personalidade de quem quer protagonismo.

      Em breve serão debatidos no EDB essas "interpretações"!

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
    2. Bruno Paiva30/5/13 14:29

      O Sporting CP também não tem apenas um fundador, no entanto tem um ícone tal e qual como o Cosme para o SL Benfica. Foram 19, pelos dados que aparecem no site do Sporting e se no dia da fundação foi logo eleita a primeira Direcção, isso só pode significar que não houve apenas um fundador.

      Em relação ao FC Porto eu li o que o sr. Alberto Miguéns escreveu sobre a sua fundação, além de outros artigos de outras pessas, e cheguei à conclusão que uma mentira só merece o adequado desprezo e caixote do lixo.

      Eu acho que o Cosme Damião foi de facto um dos fundadores, até porque ele provinha da Associação do Bem e esteve presente nos jogos contra o Grupo dos Catatau e foi a partir desses dois grupos que surgiu a ideia para fundar o Sport Lisboa.
      Todos concordam que ele esteve ligado ao clube desde o primeiro dia até à data da sua morte, no entanto devo concordar com o Historiador Ricardo Serrado quando diz que faz confusão o facto dele não ter assinado por modéstia. Não escreveu o seu nome, com os demais, no documento, nem assinou o documento, nem aparece nenhuma entrevista dele a explicar o facto! e tudo por modéstia? para não dar nas vistas ?

      Não percebi é porque razão ele não pode comparar a escrita de Cosme Damião com outros documentos. Se é a mesma letra então fica provado e acabou-se a conversa.

      Cumprimentos

      Eliminar
    3. Caro Bruno Paiva

      Não vale a pena haver confusões. É evidente que quando se funda um clube (grupo associado de pessoas) não pode haver só um fundador mas vários.

      Ninguém pode dizer "Eu sou o clube"!

      O que está em causa é que no SCP e no FCP havia, efectivamente, um que era o principal dinamizador da fundação do clube. No Benfica não houve um que fosse "o principal", mas sim um conjunto. Em 24 houve também alguns, que antes e nos primeiros tempos do clube, assumiram tarefas mais importantes, ou pelo menos, com maior visibilidade que outros.

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  9. Caro Consócio Alberto:

    Concordo com tudo o que escreve. Mais, creio que no ano passado ou no ano do Villas Boas publicou texto semelhante.

    De facto, o diagnóstico é este. Veja-se, por exemplo, que este V. Pereira tem melhores registos que o próprio Mourinho.

    Ou seja, para ganharem, com o JJ à frente do SLB, é necessário "mancharem" a sua imagem.......os tais campeonatos invictos....que já toda a gente percebeu como se ganham, inclusive quem não percebe de bola.....

    Por falar em Mourinho, depois vem o problema da Europa (ou seja, o SLB nunca pode gerir as competições na Europa), como esse tal "especial" teve a necessidade de fazer para ganhar a um clube sem qualquer significado.....(falo do Mónaco).

    A questão que lhe coloco, é a seguinte: como se "desata" esse nó/teia??? É que não vejo nenhum outro clube interessado na alteração do status quo....pois quando vejo um clube não alinhado como o Paços fazer o que fez......creio que está tudo dito.....para além dos alinhados (que "abrem a perna" e oferecem tudo - veja o último caso do "toca a andar" Rui Alves da Madeira), existem os não alinhados, aos quais tudo parece ser indiferente conquanto mantenham as suas migalhas.....

    Depois, temos o problema da comunicação......é óbvio que aquela gente controla isso tudo - veja o "caso" capela.....como deveria o SLB reagir numa situação destas......

    Por fim, o problema do poder dos bastidores - arbitragem, observadores, FPF, delegados na UEFA etc. etc. como alterar este estado de coisas???

    O futebol em Portugal é tão previsível que se não fosse por amor ao clube não daria mais para essa indústria...

    Espero então por esse texto pois creio que talvez possa ajudar na compreensão/caracterização do problema que se calhar muitos benfiquistas não conseguem apontar....

    Muito obrigado pelos seus textos.

    Saudações Gloriosas,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Leitor

      É provável que tenha feito um texto muito semelhante. Ando sempre a dizer o mesmo que às vezes até penso que devo estar formatado, o que me custa. Mas cada vez me vou convencendo mais.

      Obrigado pelo seu interesse pelo que escrevo. Para um Benfiquista não há nada melhor que ser reconhecido por outro Benfiquista. E quem me conhece sabe que digo o que penso, por isso sou sincero a agradecer-lhe o interesse e não por ser lambe-botas.

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  10. Bruno Paiva30/5/13 16:01

    Isto não é novidade mas convém relembrar porque a memória das pessoas é muito curta!!!!

    Concordo com o Anónimo do dia 29 de Maio de 2013 às 23:39

    Basicamente o problema aqui não é tanto o treinador já que sabemos que qualquer treinador que vá para o FC Porto está condenado ao sucesso e qualquer treinador que vá para o SL Benfica está condenado ao insucesso, embora como tudo na vida haja sempre excepções.

    Para mim o problema não está tanto no investimento duma equipa, nos seus jogadores, na sua équipa técnica mas sim no trabalho fora das 4 linhas. Aqui os dirigentes podem e devem fazer mais e melhor.

    Nós já percebemos que pela VIA LEGAL não conseguimos mudar a situação. O Apito dourado ficou em águas de bacalhau e o castigo de 6 pontos e 2 anos de suspensão, mais parece aquele castigo que os pais dão aos filhos para irem para o quarto quando têm lá playstation com uma TV HD, um computador com internet e uma aparelhagem de alta qualidade.

    Todos sabemos que pela via ilegal, ou seja tentar fazer leilões de árbitros, de jogadores e equipas com salários em atraso, etc etc etc também é impossível porque não se vai descer ao nível deles e cometer ilegalidades, vigarices, etc porque acima de tudo está a idoneidade.

    Portanto há que encontrar rapidamente a solução para as perguntas que o leitor colocou. Para mim antes da aranha o mais importante é CORTAR ESSA TEIA PARA SEMPRE! Se a aranha ficar sem a sua teia e sem possibilidade de conseguir produzir outra acaba por perder a sua vantagem. Para mim aí está a chave do sucesso contra o Futeluso.
    A teia depois do Apito Dourado tem-se solificado, não está mais fraca, antes pelo contrário mais refinada!!!



    Uma vez vi uma aranha a tentar capturar um insecto:

    A aranha tentava aprisionar um insecto muito maior e mais forte do que ela e que sem se aperceber acabou por cair na sua teia! Pois é, a aranha começou a passar fios em torno do insecto, este dá uma arrancada, quase se escapa, a aranha corre a tecer mais e mais teia até o bichão se entregar, aprisionado.

    Qualquer semelhança da aranha e do insecto com o FC Porto e o SL Benfica é uma mera coincidência :)

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail