A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

26/03/2012

Nem Só de Pão Vive o Homem

26/03/2012 + 3 Comentários
CIDADANIA BENFIQUISTA



        
A notícia que a “Catedral” vai receber o jogo da final da Liga dos Campeões na temporada de 2013/14 é um facto que prestigia o “Glorioso”.

Será o culminar de uma sequência que trouxe ao Estádio jogos importantes da principal competição da UEFA, a Liga dos Campeões.

1.      28 de Março de 2006, quartos-de-final com o FC Barcelona;

2.    27 de Março de 2012, quartos-de-final com o Chelsea FC;

3.    Possibilidade de jogar as meias-finais nesta temporada de 2011/12;

4. Campanha de 2012/13 e 2013/14 na Liga dos Campeões, em perspectiva.

Mas não há bela sem senão. Não seria má ideia, até Maio de 2014 conseguir melhorar o aspecto exterior do nosso estádio.

Quando se fala do “naming” (renomear – dar novo nome ao Estádio) mais do que querer receber já milhões para “gastos gerais” o Benfica deveria conseguir uma marca que aplicasse a verba na requalificação exterior do nosso recinto. Uma empresa que lançasse (ou que permitisse lançar) um concurso internacional para renovar a fachada (criação de uma super-estrutura exterior) melhorando a actual: verniz em cima do betão.

O Benfica é dos poucos clubes que pode renomear o Estádio, pois qualquer nome será redundante, visto o estádio ser conhecido por “Luz” quando o nome oficial – desde as Amoreiras, em 1925, é “Estádio do Sport Lisboa e Benfica”, com Cosme Damião e Ferreira Bogalho a nunca quererem que os seus nomes suplantassem o nome do Benfica, com o colectivo a sobrepor-se ao individual. Tal como o Clube fundado por 24 pares, sem qualquer um mais protagonista que qualquer outro. Cosme Damião não é o principal fundador. É um dos 24. Com o tempo, até 1926, tornou-se a figura de referência do Benfiquismo. Mas no início, em 1904, era um entre 24!

Esta "dupla designação", uma popular (Luz) outra oficial (SLB), é na actualidade uma vantagem. Resultado: qualquer nome pode ser dado pois substitui o oficial que não é, popularmente, utilizado.

O exterior do estádio deve corresponder ao interior: LINDO DE MAIS…

Alberto Miguéns




3 comentários
comentários
  1. Nem mais.

    Como tantos outros estádios por esse mundo fora dão-se pelo nome das marcas que queiram investir no mesmo, poderá ser feito com o nosso (aproveitando assim os fundos "extra" para melhoramento e requalificação do que já existe, sem recorrer aos fundos - já escassos - do clube).

    ResponderEliminar
  2. @Hugo Filipe:

    Concordo em absoluto!

    E como o nosso Grande Presidente Joaquim Ferreira Bogalho dizia: "É SEMPRE BOM SABER OUVIR OS OUTROS"

    * ah e já agora, porque não também mandar construir uma estátua à muito "Prometida" ao treinador Bi-Campeão Europeu, Bella Guttman(que Deus o tenha)??!
    Saudações Gloriosas

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail