SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

30 dezembro 2021

Nem Que Seja Por Um!

30 dezembro 2021 6 Comentários

PARA NÃO DEIXAR O SPORTING CP COM SETE PONTOS DE VANTAGEM, NEM SEIS.



E "encostar" ao FC Porto para que este apenas siga com um de vantagem.

 

Após cinco jogos e um adiado

Faltam três encontros com o «Clássico de Portugal» a encerrar os encontros desta penúltima jornada da primeira volta.



Agora é...

Tempo de derrotar o FC Porto. Depois logo se vê!



Escolhidos os 23 resta saber quem serão os vinte que vão a jogo

Pois foram convocados todos os disponíveis. Até um guarda-redes da Equipa B (talvez Kokubo, pois Svilar jogou em Santa Maria da Feira ou Vila da Feira) está em estágio.

 

Numa de aposta para o 11 + 9 + 3

Aqui vai:



 

Se com um treinador com muitas épocas não é fácil saber

Sendo a (re)estreia de Nélson Veríssimo muito menos. Aliás no final os meus sentimentos ao nosso treinador pelo falecimento da sua extremosa mãe.

 

     ASSIM VAI O PLANTEL DE 31 GLORIOSOS

NOTAS: Min - Minutos jogados; JT – Jogos totais; Tit – Jogos a titular; SU – Jogos como suplente utilizado;  A – Assistências para goloG – Golos; TitularSuplente utilizadoSuplente utilizado substituídoSuplente não utilizadoConvocado não utilizado; S – Selecções Nacionais; L - Lesionado; L * - Recuperar de lesão; Q – Quarentena; NI – Não Inscrito na UEFA; B – Lista B de inscritos na UEFA; B – Jogo na Equipa B; A – Suspenso por acumulação de cartões amarelos; V – Suspenso com cartão vermelho directo; C – Castigo pelos desacatos provocados na final da Taça de Portugal 2020/21; O – infectado com a Covid-19

 


Apesar de na principal competição...

A estatística ser desfavorável no Campeonato Nacional (menos dez vitórias, mas há muito que contar acerca da viciação de resultados) com mais 14 golos o Benfica é superior ao FC Porto em 108 anos de «Clássico de Portugal» o quarto jogo mais disputado em Portugal Continental (299 jogos) depois do «Dérbi de Lisboa» (436) e do «Clássico de Lisboa» frente ao CF "Os Belenenses" (331 jogos). O Sporting CP frente ao CF "Os Belenenses" é o terceiro e o «Clássico das Riscas» é o quinto. Em relação ao FC Porto, mais uma vitória (114) que as 113 derrotas (mais 71 empates) e mais 84 golos marcados (535) que os sofridos (451). Eis o Benfica com superioridade frente a todos os clubes em Portugal!


JOGOS TOTAIS POR COMPETIÇÃO frente ao FC Porto

Competição

Títulos e troféus

J

V

E

D

GM

GS

TOTAIS

SLB

FCP

299

114

72

113

536

451

Campeonato Nacional

37 (+ 8) *

29

174

57

49

68

269

256

Taça de Portugal

29 (+ 8)

21 **

44

24

5

15

92

65

Supertaça

8 ***

22 (+ 14)

26

5

7

14

16

35

Taça da Liga

7 (+ 7)

0

4

2

1

1

7

5

Torneios

-

-

9

7

1

1

32

17

Particulares

-

-

42

19

9

14

120

74

NOTAS: * As quatro edições iniciais, entre 1934/35 a 1938/39, como «Campeonato da I Liga» (3/1); ** As 17 edições iniciais, entre 1921/22 a 1938/39, como «Campeonato de Portugal» (3/4); *** As duas edições iniciais organizadas pelos clubes (1979/80 conquistada pelo Boavista FC ao FC Porto a uma mão no estádio das Antas/FC Porto; 1980/81 conquistada pelo SL Benfica ao Sporting CP a duas mãos – estádio José Alvalade e «Saudosa Catedral») as edições seguintes organizadas pela FPF com o nome de “Supertaça Cândido de Oliveira»

 

Dificuldades no território portista

Pontuadas com escassas vitórias. Em 140 encontros são mais 49 derrotas (28 vitórias que as 77 derrotas e 35 empates) com menos 80 golos marcados (193/273). Em 87 edições para o Campeonato Nacional menos 37 vitórias (14 para 51 derrotas com mais 22 empates). Em golos, 101 marcados e 168 sofridos, ou seja, mais 67!  

 

                 JOGOS TOTAIS POR COMPETIÇÃO

como visitantes frente ao FC Porto

Competição

J

V

E

D

GM

GS

TOTAIS

140

28

35

77

193

273

Campeonato Nacional

87

14

22

51

101

168

Taça de Portugal

18

4

3

11

18

43

Supertaça

10

-

4

6

2

12

Taça da Liga

1

-

1

-

0

0

Torneios

4

2

1

1

13

11

Particulares

20

8

4

8

59

39


Desde 1990/91 os resultados são fracos     

É necessário retomar o período da retoma. Vitórias... precisam-se. A começar hoje! Já!


ÚLTIMOS 93 SLB vs FC Porto

Jogo

N.º

Época

Comp

Sit

V

E

D

207

1990/91

CN

C

2-2

208

TP

F

1-2

209

CN

F

2-0

210

1991/92

CN

F

0-0

211

SCO

C

2-1

212

SCO

F

0-1

213

CN

C

2-3

214

 

 

1992/93

SCO

N

1-1

Dgp 3-4

215

CN

F

0-1

216

TP

F

1-1

217

TP

C

2-0

218

CN

C

0-0

219

1993/94

SCO

C

1-0

220

SCO

F

0-1

221

CN

F

3-3

222

CN

C

2-0

223

1994/95

SCO

N

2-2

Dgp 3-4

224

SCO

C

1-1

225

SCO

F

0-0

226

CN

C

1-1

227

CN

F

1-2

228

SCO

N

0-1

229

1995/96

CN

F

0-3

230

CN

C

2-1

231

 

 

1996/97

SCO

F

0-1

232

SCO

C

0-5

233

CN

C

1-2

234

TP

C

2-0

235

CN

F

1-3

236

1997/98

CN

F

0-2

237

CN

C

3-0

238

1998/99

CN

F

1-3

239

CN

C

1-1

240

1999/00

CN

F

0-2

241

CN

C

1-0

242

2000/01

CN

F

0-2

243

TP

C

1-1

244

CN

C

2-1

245

TP

F

0-4

246

2001/02

CN

C

0-0

247

CN

F

2-3

248

2002/03

CN

F

1-2

249

CN

C

0-1

250

2003/04

CN

F

0-2

251

CN

C

1-1

252

TP

N

2-1

253

2004/05

SCO

N

0-1

254

CN

C

0-1

255

CN

F

1-1

256

2005/06

CN

F

2-0

257

CN

C

1-0

258

2006/07

CN

F

2-3

259

CN

C

1-1

260

2007/08

CN

C

0-1

261

CN

F

0-2

262

2008/09

CN

C

1-1

263

CN

F

1-1

264

2009/10

CN

C

1-0

265

TL

N

3-0

266

CN

F

1-3

267

2010/11

SCO

N

0-2

268

CN

F

0-5

269

TP

F

2-0

270

CN

C

1-2

271

TP

C

1-3

272

2011/12

CN

F

2-2

273

CN

C

2-3

274

TL

C

3-2

275

2012/13

CN

C

2-2

276

CN

F

1-2

277

 

 

2013/14

CN

C

2-0

278

TP

F

0-1

279

TP

C

3-1

280

TL

F

0-0

Vgp 4-3

281

CN

F

1-2

282

2014/15

CN

F

2-0

283

CN

C

0-0

284

2015/16

CN

F

0-1

285

CN

C

1-2

286

2016/17

CN

F

1-1

287

CN

C

1-1

288

2017/18

CN

F

0-0

289

CN

C

0-1

290

2018/19

CN

C

1-0

291

TL

N

1-3

292

CN

F

2-1

293

2019/20

CN

C

 

 

0-2

294

CN

F

 

 

2-3

295

TP

N

 

 

1-2

296

2020/21

SCO

N

 

 

0-2

297

CN

F

 

1-1

 

298

CN

C

 

1-1

 

299

2021/22

TP

F

 

 

0-3

300

CN

F

 

 

 

301

CN

C

 

 

 

TOTAIS

93 - 22 -  27 44  (93/129)

          NOTAS: 1. Em destaque – Clube campeão nacional; em destaque resultados no campeonato nacional no campo do adversário

 

Em jeito de conclusão

O «Glorioso» regista valores inacreditáveis no terreno do FC Porto. Nas últimas 44 temporadas, desde 1976/77 quando obteve um «tri-de-vitórias» apenas quatro vitórias, três por 2-0 e uma por 2-1, com oito golos marcados por cinco futebolistas, dois por jogo: César Brito (1990/91), Nuno Gomes (2005/06) e Lima (2014/15); e dois pelo par João Félix/Rafa (2018/19). Quatro vitórias (nove por cento) e doze empates (27 por cento) contra 28 derrotas (64 por cento). Aquelas dez derrotas e 14 insucessos consecutivos, entre 1991/92 e 2004/05, nunca mais poderão ser equilibradas. O que foi vítima de artificialismos naturalmente está condenado a ser o que não devia ser!


87 CAMPEONATOS NACIONAIS

ÉPOCA

Melhor

Pior

FORA

CASA

1934/35

1

3.º

1-2

3-0

1935/36

1

2.º

2-2

5-1

1936/37

2

4.º

1-2

6-0

1937/38

3

2.º

2-2

3-1

1938/39

2

3.º

3-3

4-1

1939/40

3

4.º

2-4

2-3

1940/41

2.º

4.º

2-5

3-2

1941/42

4

4.º

1-4

5-1

1942/43

5

7.º

4-2

12-2

1943/44

2.º

4.º

2-2

6-3

1944/45

6

4.º

3-4

7-2

1945/46

2.º

6.º

2-0

4-0

1946/47

2.º

3.º

2-3

4-0

1947/48

2.º

5.º

2-0

4-1

1948/49

2.º

4.º

3-4

1-1

1949/50

7

5.º

1-0

3-2

1950/51

2.º

3.º

2-5

0-2

1951/52

2.º

3.º

0-3

2-0

1952/53

2.º

4.º

1-2

2-1

1953/54

2.º

3.º

3-5

2-2

1954/55

8

4.º

0-3

1-0

1955/56

4

2.º

0-3

1-1

1956/57

9

2.º

0-3

3-2

1957/58

2.º

3.º

0-1

2-3

1958/59

5

2.º

0-0

1-1

1959/60

10

4.º

2-2

2-1

1960/61

11

3.º

2-3

2-0

1961/62

2.º

3.º

1-2

1-1

1962/63

12

2.º

2-1

1-2

1963/64

13

2.º

1-1

2-2

1964/65

14

2.º

0-1

4-0

1965/66

2.º

3.º

0-2

3-1

1966/67

15

3.º

1-1

3-0

1967/68

16

3.º

1-1

3-2

1968/69

17

2.º

0-1

0-0

1969/70

2.º

9.º

2-1

2-0

1970/71

18

3.º

0-4

2-2

1971/72

19

5.º

3-1

1-0

1972/73

20

4.º

2-2

3-2

1973/74

2.º

4.º

1-2

2-1

1974/75

21

2.º

3-0

0-1

1975/76

22

4.º

3-2

2-3

1976/77

23

3.º

1-0

3-1

1977/78

6

2.º

1-1

0-0

1978/79

7

2.º

0-1

1-1

1979/80

2.º

3.º

1-2

0-0

1980/81

24

2.º

1-2

1-0

1981/82

2.º

3.º

1-2

3-1

1982/83

25

2.º

0-0

3-1

1983/84

26

2.º

1-3

1-0

1984/85

8

3.º

0-2

0-1

1985/86

9

2.º

0-2

0-0

1986/87

27

2.º

2-2

3-1

1987/88

10

2.º

0-3

1-1

1988/89

28

2.º

0-0

0-0

1989/90

11

2.º

0-1

0-0

1990/91

29

2.º

2-0

2-2

1991/92

12

2.º

0-0

2-3

1992/93

13

2.º

0-1

0-0

1993/94

30

2.º

3-3

2-0

1994/95

14

3.º

1-2

1-1

1995/96

15

2.º

0-3

2-1

1996/97

16

2.º

1-3

1-2

1997/98

17

2.º

0-2

3-0

1998/99

18

3.º

1-3

1-1

1999/00

2.º

3.º

0-2

1-0

2000/01

2.º

6.º

0-2

2-1

2001/02

3.º

4.º

2-3

0-0

2002/03

19

2.º

1-2

0-1

2003/04

20

2.º

0-2

1-1

2004/05

31

2.º

1-1

0-1

2005/06

21

3.º

2-0

1-0

2006/07

22

3.º

2-3

1-1

2007/08

23

4.º

0-2

0-1

2008/09

24

3.º

1-1

1-1

2009/10

32

3.º

1-3

1-0

2010/11

25

2.º

0-5

1-2

2011/12

26

2.º

2-2

2-3

2012/13

27

2.º

1-2

2-2

2013/14

33

3.º

1-2

2-0

2014/15

34

2.º

2-0

0-0

2015/16

35

3.º

0-1

1-2

2016/17

36

2.º

1-1

1-1

2017/18

28

2.º

0-0

0-1

2018/19

37

2.º

   2-1?

1-0

2019/20

29

2.º

2-3

0-2

2020/21

2.º

3.º

1-1

1-1

2021/22

 

 

 

 

 

Fora:  087 J – 14 V – 22 E – 51 D     101/168

Casa:  087 J – 43 V – 27 E – 17 D     168/088

Total:  174 J – 57 V – 49 E – 68 D    269/256

                                                    (- 11 V)    (+ 13 G)

 

Carrega Benfica

 

Alberto Miguéns


NOTA: Sentidos pêsames para Nélson Veríssimo pelo falecimento da mãe.




6 comentários
  1. Estou curioso em relacao ao que Verissimo ira fazer.
    Nao me surpreenderia se alterasse o sistema de 3 centrais uma vez que ja tem que mudar o essencial da defesa habitual.
    No meio-campo gostaria de ver Paulo Bernardo de inicio.
    E Goncalo Ramos na frente.

    E tempo para mudancas. Que espero continuem em Janeiro e no futuro.
    O SLB precisa de mudancas a serio de alto a baixo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo consigo! O Benfica precisa de mudanças, reais, desde o topo até à base.
      Saiu o treinador, que, quanto a mim, teria 25% das responsabilidades nos insucessos, número que é eventualmente empolado pelo execrável feitio e maneira de ser arrogante do JJ.
      Aos jogadores atribuo - para não ser mauzinho... - a mesma quota de responsabilidade nos repetidos insucessos, uma vez que, objectivamente, não mostram a indispensável atitude, nomeadamente entrega e raça, para obter resultados diferentes.
      Os restantes 50% de responsabilidades são da direcção - do clube e da SAD - e das restantes estruturas ligadas aos vários setores de atividade do clube. Ao presidente, do clube e da SAD, imputo a maior parte dessa quota de responsabilidade, uma vez que é ele quem gere, do topo, tudo o resto. O Benfica dos nossos dias é um clube aburguesado, acomodado a mordomias e privilégios inaceitáveis, onde todos acham que devem ser "apenas" profissionais e desobrigados de se envolver emocional e emotivamente, mas onde ninguém se envolve para além da vertente material e, concomitantemente, se tem revelado muito pouco profissionalismo...
      O Benfica precisa de ser sentido por todos os que lhe estão ligados, em qualquer dos níveis que se intervenha. Os sucessos têm de ser almejados arduamente e festejados de forma sentida, e os insucessos têm de doer profundamente! Neste Benfica não sinto que isso ocorra, a nível nenhum...

      Eliminar
    2. Caro com este plantel e estes jogadores é um erro jogar em 442, Benfica não tem nem centrais nem um médio defensivo que dê segurança à equipa, o JJ mudou para este sistema porque supostamente a equipa defendia melhor e defende. Os laterais do Benfica são péssimos a defender, não temos um gr de categoria, andam a vender há muito na comunicação social que temos o melhor plantel, e isso é mentira, temos é nomes e jogadores que custaram caro.

      Contudo espero que se superem e ganhem porque se perdermos a época acaba hoje a nível nacional, depois temos a champions, mas não somos nada lá mas pode ser que nos façam uma surpresa, eu acreditar acredito sempre, nem que não seja por pensar que vejo o Benfica da minha juventude, mas a situação do Benfica é calamitosa a todos os níveis, demoraremos muitos anos até sair disto e de certeza absoluta que não será com esta gente

      Eliminar
    3. O Benfica em casa tem 17 derrotas contra o Porto, em apenas 20 anos no reinado do dono do palheiro perdemos 8 vezes em casa, das 17 derrotas, ou seja em 20 anos perdemos tantas vezes praticamente como em 96 anos, lindo.

      De referir que no tempo do adamastor Vale e Azevedo o Porto não ganhou nenhuma vez em Lisboa e só empataram 1 vez, isto tudo em termos de campeonato nacional.

      Eu nos primeiros 27 anos apenas os vi ganharem 5 vezes, nos últimos 20 já ganharam 8 vezes

      Reportando os mesmos períodos mas lá nos primeiros 27 4 vezes e nos últimos 20 3 vezes, mas o contexto dos primeiros 27 anos nada tem a ver com o contexto dos últimos 20 anos

      Eliminar
  2. Caríssimo,

    Agradeço-lhe ter agregado os resultados dos 174 clássicos disputados no Porto, e em Lisboa.

    Curioso, na década de 50 (balizada entre as temporadas 1950/51, e 1959/60), o FC Porto em 10 classicos para o campeonato disputados no Porto venceu 8, e empatou 2. Já em Lisboa, venceu 2, empatou 3, e perdeu 5. Como visitado, nessa década, o FC Porto aplicou 6 goleadas ao Benfica no Porto. Nesta década de 50, o FC Porto venceu 2 campeonatos, e 2 Taças de Portugal. Já o Benfica venceu 3 campeonatos, e 6 Taças de Portugal.

    A propósito, deixo um sub-título da sua autoria:

    "AS ESTATÍSTICAS DOS JOGOS DO «GLORIOSO» NO TERRENO DO FC PORTO ESTARÃO PARA SEMPRE VICIADAS."

    Título esse, a propósito dos resultados do Benfica nas Antas, entre as temporadas 1994/95, e 2003/04 (10 campeonatos), período esse, em que o FC Porto venceu 7 Campeonatos, 4 Taças de Portugal, uma Champions, e uma Taça UEFA. Em igual período, o Benfica venceu apenas a Taça de Portugal edição 1995/96, a tal final, infelizmente fatídica!

    Termino, e como afirmo habitualmente, a estatística é como o bacalhau, dá para cozinhar de várias maneiras.

    Saudações desportivas

    P.S. Espero para hoje um bom clássico, e sobretudo sem casos. A bravata ou a arrogância, felizmente foram expulsas ou banidas do balneário do FCP, porque este é um clássico de tripla, ponto.

    ResponderEliminar
  3. Nem um matemático consegue explicação para estes números apresentados - mais depressa ganhamos 2 vezes seguidas o Euromilhões do que existir a probabilidade de 14 vezes seguidas de não ganhar no terreno do Porto...
    Um terreno claramente inclinado.

    Saudações Benfiquistas

    ResponderEliminar

Artigos Aleatórios

Apoio de: