Rumo à Vitória | Em Defesa do Benfica -->
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

11/09/2021

Rumo à Vitória

11/09/2021 1 Comentários

COM A IDA AOS AÇORES.

 


Há que aproveitar para amealhar três pontos e esperar pelo jogo seguinte, o «Clássico das Riscas».

 

Jornada "favorável" ao Benfica! 

Os dois "perseguidores" defrontam-se.

 



Só que o «Glorioso» tem que fazer por isso! 

Vencendo o CD Santa Clara, no terreno deste. E quando se iniciar o «Clássico das Riscas» é fazer "as contas" no final. Que o Benfica pelas oito da tarde/noite contabilize 15 pontos. O Sporting CP e o FC Porto iniciam o seu jogo empatados, por isso, com onze pontos, a quatro! Depois logo se verá a contabilidade final, mas os 15 pontos é que "sabiam a conhaque"! Vamos!



NOTA: assim que for divulgada, neste sábado, a lista dos futebolistas convocados será feita a habitual previsão de um treinador de sofá.

 

Com convocatórias no dia do jogo

Permite aos adeptos tentarem adivinhar as mesmas quando o que é hábito é tentar adivinhar o onze inicial. O plantel está muito desfalcado por circunstâncias várias, com destaque para a chegada tardia de selecções sul-americanas. Taarabt está suspenso até 19 de Setembro, cumprindo depois mais dois jogos de suspensão. Os 20 escolhidos devem ser:


2 (1) Helton Odysseas (Svilar também deve estar convocado);

7 (4): Diogo Gonçalves, Gilberto, Valentino, Morato, Vertonghen, Gil Dias e Grimaldo;

7 (4): Weigl, Meïte, João Mário e Pizzi; Rafa, Nemanja e Everton;

4 (2): YaremchuckSeferovic, Darwin e Gonçalo Ramos.


Grandes incógnitas

O treinador optará por três defesas-centrais com Lucas Veríssimo e Otamendi a mostrarem-se aptos? Ou mesmo sem estarem aptos - ou um estar e outro não - jogará com outro defesa-central com Morato e Vertonghen? Diogo Gonçalves já está recuperado da lesão? Hoje à tarde...se verá!

 

ASSIM VAI O PLANTEL DE 30 GLORIOSOS

NOTAS: Min - Minutos jogados; JT – Jogos totais; Tit – Jogos a titular; SU – Jogos como suplente utilizado;  A – Assistências para goloG – Golos; TitularSuplente utilizadoSuplente utilizado substituídoSuplente não utilizadoConvocado não utilizado; F – Férias; L - Lesionado; L * - Recuperar de lesão; Q – Quarentena; NI – Não Inscrito na UEFA; B – Inscrito na UEFA pela lista B; A – Suspenso por acumulação de cartões amarelos; V – Suspenso com cartão vermelho directo; C – Castigo pelos desacatos provocados na final da Taça de Portugal 2020/21


 

Benfica micaelense

O nosso adversário das 18:00 horas é a actual Delegação n.º 5 do SL Benfica. Mas, ao contrário do que seria normal as relações entre as duas instituições – maior clube português e emblema mais representativo do arquipélago açoriano – nunca foram muitas, antes pelo contrário…

 

Como se sabe, uma Delegação SLB, é um clube já fundado ao qual foi concedido, a seu pedido, a filiação no Benfica. Ou seja, um clube já existente, que por interesse pediu para fazer parte da família desportiva (e foi aceite) no “Glorioso”!


Primeiro emblema do CD Santa Clara (1921-1937)

 

Pequena história do CD Santa Clara

O CD Santa Clara, em Ponta Delgada, na ilha açoriana de São Miguel foi fundado, em 31 de Janeiro de 1921, num bairro operário da maior cidade dos Açores. Tinha como símbolos um emblema com uma bola e um leão a encimá-la. Os equipamentos eram constituídos por camisolas listadas horizontalmente a vermelho e branco, calções brancos e meias pretas.

 

Na primeira digressão do clube micaelense a Lisboa, em Maio de 1935, realizou o primeiro jogo - 22 de Maio de 1935 - com o SL Benfica no Estádio das Amoreiras, com a vitória, por 11-2, do “Glorioso”. Depois seguiu-se o pedido de filiação no Benfica com alteração dos equipamentos (iguais aos do Benfica) e do emblema com um «Açor» no lugar da nossa Águia.

 

Em 1 de Novembro de 1937 estreiam o “equipamento à Benfica” na primeira jornada do Campeonato Regional de 1937/38 frente ao Clube União Sportivo (CUS) que equipava de... verde-e-branco. Se bem que o grande rival do CD Santa Clara fosse o Clube União Micaelense (CUM) que equipava de preto e vermelho... desde 1911!

 

O CD Santa Clara recebeu ajuda do Benfica, limitada mas muita... pelas condições existentes nos anos 30 e face ao que era usual nesse tempo. O “Glorioso” nunca teve – também não o procurou – retorno, em nenhum futebolista significativo vindo de São Miguel. Por exemplo, quer o SC Angrense (ilha Terceira) quer o Angústias AC (ilha do Faial) sempre foram emblemas (Delegações) com maior ligação ao Clube-Sede.



O Histórico (e mais belo) emblema do... «Orgulhoso»

 

Benfica esmagador (mas já esteve mais…)

A vantagem do «Glorioso» frente ao CD Santa Clara é avassaladora. Em dezasseis encontros, são doze sucessos (75 por cento) e quatro insucessos: três empates e uma derrota. Em golos, estão marcados 41 para 15 sofridos. Mais 26 golos marcados que sofridos, com 2.6 marcados por jogo e 0.9 sofridos por encontro. Na principal competição, o campeonato nacional, nove vitórias (75 por cento), dois empates e uma derrota, com 23/10 em golos, ou seja, uma diferença de 13 tentos: 1.9 marcados para 0.8 sofridos.  

 

         JOGOS TOTAIS POR COMPETIÇÃO

         com CD Santa Clara

Competição

J

V

E

D

GM

GS

TOTAIS

16

12

3

1

41

15

Campeonato Nacional

12

9

2

1

23

10

Taça da Liga

1

1

-

-

  2

0

Troféu Pedro Pauleta

1

-

1

-

  1

1

Particulares

2

2

-

-

15

4

 

Benfica invicto nos Açores

Em sete jogos, apenas três empates. Para o campeonato nacional nas seis presenças do CD Santa Clara no primeiro escalão, quatro vitórias: 3-0, em 1999/2000; 2-0, em 2018/19; e 2-1, duas vezes, em 2002/03 e na temporada passada: 2019/20) além de um empate sem golos (2o01/02) e outro a um golo, em 2020/21.

 

         JOGOS TOTAIS POR COMPETIÇÃO COMO VISITANTE  com CD Santa Clara   

Competição

J

V

E

D

GM

GS

TOTAIS

7

4

3

0

11

4

Campeonato Nacional

6

4

2

-

10

3

Troféu Pedro Pauleta

1

-

1

-

  1

1

 

   Certamente - face à necessidade de pontuar para não perder a liderança isolada no campeonato nacional - o «Glorioso» regressará aos triunfos, o que não ocorreu na última temporada.


OS 16 SLB vs CD Santa Clara

Jogo

N.º

Época

Comp

Sit

V

E

D

001

1934/35

Par

C

11-2

002

1999/

2000

CN

F

3-0

003

CN

C

1-0

004

2000/01

Par

N

4-2

005

2001/

2002

CN

C

2-1

006

CN

F

0-0

007

2002/

2003

CN

F

2-1

008

CN

C

1-0

009

09/10

Trof *

F

1-1

010

11/12

TL

C

2-0

011

2018/

2019

CN

F

2-0

012

CN

C

4-1

013

2019/

2020

CN

F

2-1

 

 

014

CN

C

 

 

3-4

015

2020/

2021

CN

F

 

1-1

 

016

CN

C

2-1

 

 

017

2021/

2022

CN

F

 

 

 

018

CN

C

 

 

 

TOTAIS

16 J - 12 3 - 1 (41/15)

NOTAS: em destaque nas épocas os clubes campeões nacionais; em destaque jogos para o campeonato nacional em terreno alheio; em destaque jogos para outras competições no terreno do adversário; * Troféu Pedro Pauleta (Vitória no desempate por pontapés da marca de grande penalidade, por 5-3)

 

Carrega Benfica


Alberto Miguéns

1 comentários
  1. Temos de relevar a constituição da equipa de pulhas destacada para arbitrar e "VARejar" o nosso jogo.

    ResponderEliminar

Apoio de: