Em Moscovo Para Ser Benfica | Em Defesa do Benfica -->
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

04/08/2021

Em Moscovo Para Ser Benfica

04/08/2021 2 Comentários

COM ABSOLUTA NECESSIDADE DE FAZER UM BOM RESULTADO PARA CONSEGUIR RESOLVER A PASSAGEM À RONDA FINAL NA «CATEDRAL», NO DIA 10 DE AGOSTO.

 


O Benfica vai necessitar de apresentar uma equipa coesa capaz de não se deixar dominar por uma equipa de um clube que é inferior. Mas é dentro de campo que se tem de demonstrar a superioridade, sem arrogância e negligência. 

 

Escolhidos os 25 convocados resta saber quem serão os 23 que vão a jogo desde o seu início

Acredito que Meité ainda não tenha condições para poder jogar e mesmo Diogo Gonçalves pode estar como suplente para colocar "desconforto" no treinador adversário. Outra possibilidade é estarem dois guarda-redes como suplentes.

 

Numa de aposta para o 11 + 12 + 2

Aqui vai:



Três ou dois defesas-centrais? Gonçalo Ramos ou Seferovic?

Acredito que Jorge Jesus prefira jogar no erro do adversário colocando três defesas-centrais na equipa inicial possibilitando a Gonçalo Ramos explorar, com a sua audácia, destreza e qualidade, poder desbaratar a defesa contrária, aproveitando as previsíveis poucas ocasiões face ao que se assistiu nos dois últimos jogos frente a clubes gauleses.


        ASSIM VAI O PLANTEL DE 35 GLORIOSOS

      NOTAS: Min - Minutos jogados; JT - Jogos totais; Tit - Jogos como titular; SU - Jogos como suplente utilizado; A – Assistências para goloG – Golos; TitularSuplente utilizadoSuplente utilizado substituídoSuplente não utilizadoConvocado não utilizado; F – Férias; L - Lesionado; L * - Recuperar de lesão; Q – Quarentena; NI – Não Inscrito na UEFA 

 


Talvez o maior «corre-Mundo" do Futebol

Regista jogos com todos os cinco maiores clubes da capital da Rússia além do FC Zenít da sumptuosa Sampetesburgo. Aliás foi com este clube - então com a cidade na «Era Soviética» designada por Leninegrado - que tudo começou. E passou por um encontro com a selecção da URSS do outro lado do Mundo, na Indonésia. Depois dos jogos iniciais em "campo neutro" (Itália e Indonésia) registam-se mais vinte e dois jogos, doze "em casa" e dez como forasteiro.

 

VINTE E QUATRO JOGOS DO BENFICA COM ADVERSÁRIOS DA RÚSSIA*

* Incluindo clubes da URSS sediados no actual território da Rússia (bem como a selecção nacional)

Época

Com

Estádio

Cidade

S

Clube

V

E

D

63/64

Tor

Comunale

Florença

N

FC Zenít (Leninegrado)

0-1

75/76

Tor

Senayan

Jacarta

N

Sel. Nac. URSS

1-1

 

77/78

 

TCE

Luz

Lisboa

C

FC Torpedo

(Moscovo)

0-0

Dínamo

Moscovo

F

0-0

Vgp

79/80

Par

Luz

Lisboa

C

FC Dínamo (Moscovo)

2-1

89/90

Par

Luz

Lisboa

C

FC Spartak (Moscovo)

2-3

92/93

TU

Torpedo

Moscovo

F

FC Dínamo

 (Moscovo)

2-2

Luz

Lisboa

C

2-0

96/97

TVT

Luz

Lisboa

C

FC Lokomotiv

(Moscovo)

1-0

Lokomotiv

Moscovo

F

3-2

04/05

TU

Kuban

Krasnodar

F

PFC CSKA

(Moscovo)

0-2

SLB

Lisboa

C

1-1

11/12

LC

Petrovsky

S.Peters.

F

FC Zenít

(Sampetersburgo)

2-3

SLB

Lisboa

C

2-0

12/13

LC

Lujniki *

Moscovo

F

FC Spartak

(Moscovo)

1-2

SLB

Lisboa

C

2-0

14/15

LC

SLB

Lisboa

C

FC Zenít

(Sampetersburgo)

0-2

Petrovsky

S.Peters.

F

0-1

15/16

LC

SLB

Lisboa

C

FC Zenít

(Sampetersburgo)

1-0

Petrovsky

S.Peters.

F

2-1

17/18

LC

SLB

Lisboa

C

PFC CSKA

(Moscovo)

1-2

VEB Arena

Moscovo

F

0-2

19/20

LC

Krestovsky

S.Peters.

F

 FC Zenít

 (Sampetersburgo)

 

 

1-3

SLB

Lisboa

C

3-0

 

 

21/22

PE
LC

Otkritie

Moscovo

F

 FC Spartak

 (Moscovo)

?

 

 

SLB

Lisboa

C

?

 

 

TOTAIS

24 J - 9 V - 5 E – 10 D (29/29)

NOTAS: * o estádio Lujniki (Лужники́) é o estádio nacional da Rússia; Tor - Torneio; Par - Particular; TCE/LC (PE) - Taça dos Clubes Campeões Europeus/Liga dos Campeões (PE - Pré-eliminatória); TU - Taça UEFA; TVT - Taça dos Clubes Vencedores das Taças

Melhores marcadores

São 22 os marcadores dos 29 golos, aliás 28 pois o «Glorioso» beneficiou de um autogolo adversário (FC Zenít). Izaias e Cardozo com três golos cada um lideram uma extensa lista com 18 futebolistas a marcarem um golo. Entre eles, com dois golos cada um, dois dos melhores jogadores do clube nos últimos vinte anos: João Pinto a fechar os anos 90 e Maxi Pereira entre meados da primeira e segunda década do século XXI.

 

Futebolistas

(22)

Total

(29)

Casa

(17)

Fora

(11)

Neutro

(1)

Izaias

3

1

2

Cardozo

3

2

1

João Pinto

2

1

1

Maxi Pereira

2

1

1

Moinhos

1

1

Alberto

1

1

César

1

1

Hernâni

1

1

Lima I

1

1

Iúran

1

1

Panduru

1

1

Donizete

1

1

Karadas

1

1

Nélson Oliveira

1

1

Lima II

1

1

Jonas

1

1

Gaitán

1

1

Talisca

1

1

Seferovic

1

1

 

 

De Tomás

1

 

1

 

Cervi

1

1

 

 

Pizzi

1

1

 

 

Autogolo

1

1

 

 

 

A poucas horas do 25.º jogo frente a equipas de adversários russos

São sete adversários - seis clubes e a selecção nacional da URSS - que perfazem 24 jogos, com menos uma vitória (nove) em relação a derrotas (dez) e igualdade entre golos marcados e sofridos (29).

 

TODOS OS SETE ADVERSÁRIOS DA RÚSSIA*

* Incluindo clubes da URSS sediados no actual território da Rússia (bem como a selecção nacional)

Adversário

J

V

E

D

GM

GS

FC Zenit (Sampetersburgo)

9

4

-

5

11

11

PFC C.S.K.A. (Moscovo)

4

-

1

3

2

7

FC Dínamo (Moscovo)

3

2

1

-

6

3

FC Spartak (Moscovo)

3

1

-

2

5

5

FC Torpedo (Moscovo)

2

-

2

-

0

0

FC Lokomotiv (Moscovo)

2

2

-

-

4

2

Selecção URSS

1

-

1

-

1

1

TOTAIS

24 J - 9 V - 5 E - 10 D  29/29

 

Para o décimo primeiro jogo na Rússia

O Benfica já disputou encontros em três cidades russas: Moscovo (5), Sampetersburgo (4) e Krasnodar (um). Os resultados não têm sido positivos, com mais quatro derrotas (2/6) e menos sete golos marcados (11/18). Nada como inverter o passado, começando já esta tarde!


DEZ JOGOS DO BENFICA NA RÚSSIA*

* Incluindo a URSS – União de Repúblicas Socialistas Soviéticas (até 1989)

Época

Com

Estádio

Cidade

S

Clube

V

E

D

77/78

TCE

Dínamo

Moscovo

F

FC Torpedo (Moscovo)

0-0

Vgp

92/93

TU

Torpedo

Moscovo

F

FC Dínamo (Moscovo)

2-2

96/97

TVT

Lokomotiv

Moscovo

F

FC Lokomotiv (Moscovo)

3-2

 

 

04/05

TU

Kuban

Krasnodar

F

  PFC CSKA (Moscovo)

 

 

0-2

11/12

LC

Petrovsky

S.Peters.

F

FC Zenít (Sampetersburgo)

2-3

12/13

LC

Lujniki *

Moscovo

F

  FC Spartak (Moscovo)

1-2

14/15

LC

Petrovsky

S.Peters.

F

FC Zenít (Sampetersburgo)

0-1

15/16

LC

Petrovsky

S.Peters.

F

  FC Zenít (Sampetersburgo)

2-1

17/18

LC

VEB Arena

Moscovo

F

PFC CSKA (Moscovo)

0-2

19/20

LC

Krestovsky

S.Peters.

F

  FC Zenít (Sampetersburgo)

 

 

1-3

21/22

LC

PE

Otkritie

Moscovo

F

  FC Spartak (Moscovo)

?

 

 

TOTAIS

10 J - 2 V - 2 E – 6 D (11/18)

      NOTA: * o estádio Lujniki (Лужники́) é o estádio nacional da Rússia; TCE/LC (PE) - Taça dos Clubes Campeões Europeus/Liga dos Campeões (PE - Pré-eliminatória); TU - Taça UEFA; TVT - Taça dos Clubes Vencedores das Taças

Quatro clubes no primeiro escalão (classificações em 2020/21): FC Spartak (2.º), FC Lokomotiv (3.º), PFC C.S.K.A. (6.º) e FC Dínamo (7.º). O FC Torpedo classificou-se em 6.º lugar no segundo escalão


Para o sexto jogo em Moscovo

A capital da Rússia é uma cidade do Futebol. Gigantesca, brilhante, vermelha, com o maior (talvez…pois nunca os medi!) conglomerado desportivos do Planeta, alberga cinco dos maiores clubes da enorme Rússia, o país com a maior superfície do Mundo, repartido por dois continentes: Europa e Ásia. Em Moscovo, o Benfica regista menos uma vitória (1/2) e menos dois golos (6/8) já defrontando os cinco maiores emblemas da cidade. Seis golos marcados por cinco futebolistas (Izaias conseguiu dois no mesmo jogo, por isso há quatro futebolistas com um golo.

 

OS CINCO JOGOS DO BENFICA EM MOSCOVO

Época

Com

Estádio

S

Clube

Res

 

77/78

TCE

Dínamo

F

FC Torpedo

0-0

Vgp

--------------------

92/93

TU

Torpedo

F

FC Dínamo

2-2

1-0 Izaias (35’)

2-0 Izaias (54’)

96/97

TVT

Lokomotiv

F

FC Lokomotiv

3-2

1-1 Panduru (47’)

2-2 Donizete (62’)

3-2 João Pinto (88’)

12/13

LC

Lujniki *

F

FC Spartak

1-2

1-1 Lima (33’)

17/18

LC

VEB Arena

F

PFC CSKA

0-2

------------------------

21/22

LC

PE

Otkritie

F

FC Spartak

?

?

TOTAIS

5 J - 1 V - 2 E – 2 D (6/8)

NOTA: * o estádio Lujniki (Лужники́) é o estádio nacional da Rússia; TCE/LC (PE) - Taça dos Clubes Campeões Europeus/Liga dos Campeões (PE - Pré-eliminatória); TU - Taça UEFA; TVT - Taça dos Clubes Vencedores das Taças

 


Serão os quarto e quinto jogos

Com um saldo negativo nas três já realizados: menos uma vitória (1/2) mas igualdade em golos (cinco). São poucos jogos entre dois colossos do Futebol Europeu. Com cinco passará a ser o segundo maior confronto, apenas superado pelo emergente FC Zenít Sampetersburgo. Cardozo fez dois golos. Lima (século XX) e Lima (século XXI) um golo cada um e Hernâni fez o primeiro dos cinco.

 

      JOGOS COM SPARTAK MOSCOVO

Época

Com

Estádio

Cidade

S

Res

Marcadores (minutos)

89/90

Par

Luz

Lisboa

C

2-3

1-2 Hernâni (70’)

2-2 Lima (74’)

12/13

LC

FG

Lujniki *

Moscovo

F

1-2

1-0 Lima (33’)

SLB

Lisboa

C

2-0

1-0 Cardozo (55’)

2-0 Cardozo (69’)

21/22

PE
LC

Otkritie

Moscovo

F

?

?

SLB

Lisboa

C

?

?

TOTAIS

3 J - 1 V - 0 E – 2 D (5/5)

     NOTA: * o estádio Lujniki (Лужники́) é o estádio nacional da Rússia


O jogo frente ao FC Spartak, em Moscovo

Na temporada de 2012/2013, na terceira jornada do grupo G, o Benfica deslocou-se a Moscovo depois de um empate (0-0) no terreno do Celtic FC e uma derrota (0-2) na «Catedral», frente ao FC Barcelona. O FC Spartak tinha perdido os dois jogos. Apesar do Benfica ter saído do estádio nacional da Rússia com um ponto e o adversário com três, na quarta jornada a vitória do Benfica (2-0) colocou o «Glorioso» em terceiro lugar onde ficaria para ser relegado à Liga Europa. O FC Spartak ficou em quarto lugar e foi afastado das competições da UEFA.

 


Até construir o estádio atual, o FC Spartak jogou no estádio nacional da Rússia, localizado no bairro Lujniki



Para logo, às 18 horas de Portugal (20 horas em Moscovo)

O Clube tem de fazer uma demonstração cabal que quer mudar o rumo face ao descalabro das últimas temporadas na principal competição da UEFA, a Liga dos Campeões. Últimas temporadas nos quartos-de-final: 1994/95, 2005/06, 2011/12 e 2015/16. Há ainda uma outra temporada na fase a eliminar, nos oitavos-de-final, em 2016/17. Desde que o formato passou a Liga dos Campeões é demasiado curto. Mas para se poder estar na fase a eliminar é necessário entrar na fase de grupos. o «Glorioso» tem hoje o primeiro de (espera-se...) quatro jogos.

 

Carrega Benfica

 

Alberto Miguéns




NOTA1: Isto de fazer a estatística do futebol com pouco cuidado dá em erros que depois obrigam a Reconfirmar. Nos meus apontamentos o jogo, em 25 de Novembro de 1992, frente ao FC Dínamo foi no Estádio do "Torpedo" mas comparando com a informação da UEFA (clicar) e do zerozero (clicar) seria no estádio do "Dynamo". Falso. E perde-se tempo desnecessário - horas - a procurar saber a verdade! Vale-nos sempre haver Benfiquistas que de algum modo ao fazerem vídeos permitem esclarecer, como neste de... quatro horas, pela uma hora e catorze:









NOTA2 (às 00:43 horas): Com o precioso auxílio do dedicado leitor deste blogue, Victor João Carocha "preto-no-branco", cá está: «TORPEDO»





2 comentários
  1. Caro Alberto,

    Fala-se que o Benfica deverá entrar hoje em campo com o seu 3°equipamento. Sabe de quem parte esta decisão, se direção, Adidas, Uefa?

    Cumps gloriosos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Benfiquista (presumo que) Lopes

      Talvez um pouco de todos. Uns são irresponsáveis, outros querem fazer negócio, outros vivem do negócio.

      Como há sempre quem goste que se equipe a equipa à revelia das decisões que os associados tomaram quando regulamentaram os equipamentos e o seu uso. Bem como os símbolos e a sua simbologia.

      Abraço Glorioso

      Alberto Miguéns

      Eliminar

Apoio de: