Obrigado, Helton! | Em Defesa do Benfica -->
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

11/05/2021

Obrigado, Helton!

11/05/2021 + 3 Comentários

QUE FOI O MELHOR FUTEBOLISTA DO «GLORIOSO» EM CAMPO.

 


1-1         por autogolo. Golo-rioso n.º 13 507




2-1         por Gonçalo Ramos. Golo-rioso n.º 13 508




3-1         por Gonçalo Ramos. Golo-rioso n.º 13 509




NOTA: talvez ainda aqui venha Benficar mais umas notinhas que escrever acerca do Benfica é como enviar poemas a namoradas. Agora é ir jantar um e beber o merecido conhaque. Depois (se houver justificação escrever acerca da derrota do Sporting CP frente ao Boavista FC). NOTA: as apreciações são da minha inteira responsabilidade pois não oiço um segundo, sequer, de comentários de terceiros. Não há aqui «futebolês modernizado» de controle de profundidades, transições, verticalidade, entre e tira-linhas, corredores e outras "diarreias mentais". Análise simples a um desporto simples. 

 

Se Jorge Jesus já tinha que fazer uma alteração completa na ala direita (Diogo Gonçalves suspenso e Rafa lesionado) porquê alterar também totalmente a ala esquerda (Grimaldo e Everton como suplentes) depois corrigido ao intervalo?

 


Primeira parte (0-1)

O futebol apresentado pelo Benfica foi confrangedor. Falta de ligação (muito distantes) entre a defesa e o meio-campo e o meio-campo e os avançados. Falta de rotinas entre os futebolistas pois raramente surgiam passes de "média/longa distância" aceitáveis entre futebolistas com este nível. Não vi falta de atitude. Vi foi incapacidade em jogarem dez futebolistas num campo de Futebol de Onze fazendo do adversário uma espécie de Juventus da Choupana. Que o intervalo permita ao treinador ter discernimento para perceber que o Benfica tem que vencer e tem plantel para isso e muito mais (jogar bom futebol). Poupanças "à parte". 

 


Segunda parte (3-0)

Sempre ouvi dizer que não se deve fazer mais de uma alteração por sector excepto no meio-campo se uma equipa jogar com quatro centrocampistas. Pois Jorge Jesus decidiu alterar a defesa quase por completo: de cinco para quatro e mudar os dois defesas-laterais sabendo-se que o lateral direito não poderia jogar. No meio-campo só manteve Weigl. Tudo alterado: Pedrinho teria que jogar em vez do lesionado Rafa, mas saiu Everton (por Cervi) e Pizzi (por Waldschmidt). Como Vertonghen não jogou a defesa-central entrou Chiquinho. Muitas alterações frente a uma equipa de um clube do mesmo escalão. Tentar remediar na segunda parte já em desvantagem por um golo é suicídio pontual. O Benfica tem de ser respeitado, principalmente, por quem o serve! Valeu o esforço, crer e querer dos Gloriosos Futebolistas para conseguirem a merecida reviravolta. Corrigiram em campo, o que o treinador se lembrou de inventar nos treinos e balneário.

 

CD Nacional

Primeiro tempo: muito bem a explorar a apatia do Benfica, com um futebol de pé para pé e a desmarcar os alas, principalmente o do lado de Gilberto que foi pouco apoiado. Segunda parte: "afogado" pela melhoria do «Glorioso».

 

Os «Sportêvistas»

Com o inácio sem som não ouvi népia. Preferi ouvir Chet Baker.

 

 

O senhor árbitro

Primeira parte: bem , mas sem problemas causados pelos futebolistas que tiveram um comportamento disciplinar exemplar. Segundo tempo: inacreditável não se aperceber da falta de Lucas Veríssimo para depois impedir o que poderia ser um dos melhores golos da temporada por Nuno Tavares.

 

Videoárbitro (VAR)

Primeiro tempo: bem no golo do adversário pois a "assistência involuntária" foi de Seferovic. Segunda parte: bem.

 

Como treinador de sofá

Não tinha feito tantas alterações (até passando de três defesas-centrais para dois!) embora se o Benfica vencer o «Dérbi de Lisboa» e a final da Taça de Portugal perceba que era esta a gestão do plantel a fazer. Jogou-se muito pouco e mal mas saltavam-se os três pontos.

 

 CALENDÁRIO DE JOGOS (2020/2021)

Mês

Dia

Adversário

Competição

Local

A

B

R

I

L

5

SEG

V 1-0

CS Marítimo /J.25

C/SLB

7

QUA

 

 

 

10

SÁB

V 5-0

FC Paços Ferreira /J.26

F/P. Ferreira

14

QUA

 

 

 

17

SÁB

D 1-2

Gil Vicente FC /J.27

C/SLB

22

QUI

V 5-1

Portimonense SC /J.28

F/Portimão

26

SEG

V 2-1

CD Santa Clara/J.29

C/SLB

28

QUA

 

 

 

30

SEX

V 2-0

CD Tondela /J.30

F/Tondela

M

A

I

O

2

DOM

 

 

 

5

QUA

 

 

 

6

QUI

E 1-1

FC Porto /J.31

C/SLB

9

DOM

 

 

 

11

TER

V 3-1

CD Nacional /J.32

F/Choupana

15

SÁB

18:00

Sporting CP

87.º campeonato nacional/J.33

C/SLB

19

QUA

00:00

Vitória SC (Gui.)

87.º campeonato nacional/J.34

F/Guimarães

23

DOM

20:30

SC Braga

98.ª Taça de Portugal: FINAL

N/Coimbra

26

QUA

 

64.ª Liga Europa.FINAL

Istambul

29

SAB

 

66.ª Liga Campeões.FINAL

Gdansk

 

No próximo jogo, no sábado, eis que a «Capital do Benfiquismo»

É na «Catedral», frente ao Sporting CP, para a 33.ª jornada Liga NOS, no 437.º «Dérbi de Lisboa».

 

2020/2021: TEMPORADA GLORIOSA 117

Competições

Clas

Fase

J

V

E

D

GM

GS

TOTAIS

53 (3)

33

12

8

110

46

Taça de Portugal

F

6 (1)

6

-

-

18

1

Primeira Liga

3.º

32 (2)

21

7

4

62

23

Liga Europa

1/16

8

3

4

1

21

13

Taça da Liga

1/2

2

-

1

1

2

3

Supertaça

D

1

-

-

1

0

2

Liga dos Campeões (Ap.)

3PE

1

-

-

1

1

2

Particulares

-

3

3

-

-

6

2

NOTA: entre parêntesis os jogos que faltam disputar em 2020/21

                          

Obrigado, Benfica!

 

Alberto Miguéns

  1. Hélton foi decisivo na primeira parte enquanto que Ramos, Everton e Darwin foram fundamentais na 2ª parte. Vitória justa mas o jogo foi sofrível na 1ª parte. Há jogadores completamente incapazes de render.

    É fundamental VENCER o SCP no próximo jogo. Ser conclusivo e vencedor.!

    É fundamental mostrar o melhor Benfica até ao final do campeonato.

    É mais do que fundamental, é crítico, vencer a Taça de Portugal.

    Para a próxima temporada, o nosso treinador terá de ser resoluto a dispensar quem tem de ser dispensado. Infelizmente já se percebeu que o Sr. presidente será implacável na enxurrada de vendas dos melhores valores do plantel por isso presume-se que as mudanças serão muitas.

    A próxima temporada é muito delicada. Vencer é sempre um requisito mínimo para o Benfica mas depois de dois anos catastróficos é uma questão de honra. É ou devia ser.

    ResponderEliminar
  2. Caro Sr. Alberto Miguéns.. Depois da vergonha porque passámos ontem com aquela triste e vergonhosa presença do tal Sr. Presidente do Sport Lisboa e Benfica no nosso Parlamento que manchou a história do nosso clube.. Hoje teve continuação no homem que ele escolheu para treinador do nosso querido Benfica... Como já disse anteriormente este senhor treinador não tem mais condições para continuar,sabendo eu, e nós todos, que infelizmente vai se sentar no banco do Glorioso mais uma época... Nós benfiquistas não merecemos quem duplamente nos dirige nesta altura da nossa história centenária. Antevejo tempos difíceis para o nosso querido Benfica. Espero que esteja enganado... Quanto ao jogo... valeu o resultado... O Helton Leite... O Darwin...e o puto Gonçalo,que merece muitas mais oportunidades... A desilusão impera na minha pessoa... Um abraÇo glorioso.

    ResponderEliminar
  3. O nosso SAGRADO TEMPLO desde que Vieira assumiu a presidência, não passa de um mero salão de festas para os androides e sapoides.
    E muitas vezes, vezes de mais digo eu, passa de Templo a Calvário!!!

    ResponderEliminar

Subscrever este blogue

Apoio de: