Agora a Moda é Treta! | Em Defesa do Benfica -->
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

16/04/2021

Agora a Moda é Treta!

16/04/2021 + 1 Comentários

COM TETA! PASMEM GENTIOS DE TODO O MUNDO!


Até o SC Braga tem «niúsléteres»! 

Deve haver uma qualquer "Bluepropes" qua faz a de todos os clubes tão semelhantes e mal feitas são. Parecem escritas por um adiantado mental!


A do SC BRAGA é assim (clicar)

Bom dia, Gverreiros!

A frustração sentida de forma transversal no universo SC Braga depois do empate com o Belenenses SAD é bem demonstrativa do crescimento que o Clube tem apresentado nos últimos anos. E quanto maior for a nossa expressão desportiva, estrutural e competitiva, maior é a responsabilidade de quem, diariamente, representa este Clube.

Por isso, e sem grandes rodeios, assumimos claramente que as últimas exibições da nossa equipa principal estiveram abaixo daquilo que já mostramos nos primeiros dois terços da época. Estamos a passar por uma fase menos exuberante do ponto de vista exibicional e isso traduz-se em resultados mais sofridos e bem menos conseguidos.

Todas as equipas atravessam fases de menor fulgor ao longo das épocas, próprias da intensidade com que são disputadas as competições. Não nos podemos esquecer que esta é a mesma equipa que, merecidamente, recolheu elogios em todos os quadrantes do futebol português devido à qualidade do seu jogo; esta é a mesma equipa que atingiu as finais da Taça da Liga e da Taça de Portugal, que só caiu na Liga Europa aos pés da Roma e que, apesar dos últimos jogos, continua a disputar os 4 primeiros lugares no campeonato.

Apesar das coisas factualmente positivas que já vivemos em 2020/21, a nossa ambição não nos permite focar no passado. Há ainda muito por fazer, muito por conquistar e, nos próximos jogos, teremos forçosamente de voltar a demonstrar a qualidade que todos sabemos existir no plantel do SC Braga. A vontade e ambição deste grupo de trabalho é imensa e, certamente, tudo fará para devolver o orgulho aos sócios e adeptos do SC Braga.


A do SL BENFICA pode ser assim.

Bom dia, De todos Um!

A alegria sentida de forma transversal no universo SL Benfica depois da vitória com o Paços de Ferreira/Capital do Móvel é bem demonstrativa do crescimento que o Clube tem apresentado nos últimos 17 ou 20 anos. E quanto maior for a nossa expressão desportiva, estrutural e competitiva, maior é a responsabilidade de quem, diariamente, representa este Clube.

Por isso, e sem grandes rodeios, assumimos claramente que as últimas exibições da nossa equipa principal já estiveram acima daquilo que mostramos nos primeiros dois terços da época. Estamos a passar por uma fase mais exuberante do ponto de vista exibicional e isso traduz-se em resultados mais conseguidos e bem menos sofridos.

Todas as equipas ultrapassam fases de menor fulgor ao longo das épocas, próprias da intensidade com que são disputadas as competições. Não nos podemos esquecer que esta é a mesma equipa que, merecidamente, recolheu elogios em todos os quadrantes do futebol português devido à qualidade do seu jogo; esta é a mesma equipa que atingiu as meias-finais da Taça da Liga e a final da Taça de Portugal, que só caiu na Liga Europa aos pés de um Arsenal poderoso a caminho de ser campeão europeu na Liga Europa e que, nos últimos jogos, mostra que está a disputar os 3 primeiros lugares no campeonato.

Apesar das coisas factualmente positivas que já vivemos em 2020/21, a nossa ambição não nos permite focar no passado. Há ainda muito por fazer, muito por conquistar e, nos próximos jogos, teremos forçosamente de continuar a demonstrar a qualidade que todos sabemos existir no plantel do SL Benfica. A vontade e ambição deste grupo de trabalho é imensa e, certamente, tudo fará para devolver o orgulho aos sócios e adeptos do SL Benfica.


A do FC Porto pode ser assim.

Bom dia, Dragouns!

A frustração sentida de forma transversal no universo FC Porto depois da eliminação com o biguefaive Chelsea é bem demonstrativa do crescimento que o Clube tem apresentado nos últimos séculos. E quanto maior for a nossa expressão desportiva, estrutural e competitiva, maior é a responsabilidade de quem, diariamente, representa este Clube e maior a inveja dos mouros.

Por isso, e sem grandes rodeios, assumimos claramente que as últimas exibições da nossa equipa principal estiveram muito aquém, até além, daquilo que já mostramos frente ao clube de Turim, que vingámos amplamente e nos primeiros oito terços da época. Estamos a passar por uma fase sempre exuberante do ponto de vista exibicional e isso traduz-se em resultados mais conseguidos e bem mais significativos que os obtidos.

Todas as equipas atravessam fases de fulgor diferenciado ao longo das épocas, próprias da intensidade com que são disputadas as competições. Não nos podemos esquecer que esta é a mesma equipa que, merecidamente, recolheu elogios em todos os quadrantes do futebol português e extra-nacional devido à qualidade do seu jogo; esta é a mesma equipa que humilhou o tal clube na Supertaça, atingiu a meia-final da Taça da Liga e da Taça de Portugal, que só caiu na Champiõenes aos pés do Selche de London e que, mostrando ADN nos últimos jogos, continua a disputar os 3 primeiros lugares no campeonato.

Apesar das coisas factualmente positivas que já vivemos em 2020/21, a nossa ambição não nos permite focar no passado. Há ainda muito por fazer, muito por conquistar e, nos próximos jogos, teremos forçosamente de voltar a demonstrar a qualidade, na Liga NOS que todos sabemos existir no plantel do FC Porto como provámos na Champiõenes. A vontade e ambição deste grupo de trabalho é imensa e, certamente, tudo fará para desenvolver o orgulho dos sócios e adeptos do FC Porto.


A do Sporting CP pode ser assim.

Bom dia, Leõszinhos!


A frustração sentida de forma transversal no universo Sporting depois do empate com o FC Famalicão/Fama é bem demonstrativa do crescimento que o Clube tem apresentado nos últimos meses. E quanto maior for a nossa expressão desportiva, estrutural e competitiva, maior é a responsabilidade de quem, diariamente, representa este Clube.

Por isso, e sem grandes rodeios, assumimos claramente que as duas últimas exibições da nossa equipa principal estiveram abaixo daquilo que já mostramos nos primeiros nove terços e meio da época. Estamos a passar por uma fase menos exuberante do ponto de vista exibicional e isso traduz-se em resultados mais sofridos e bem menos conseguidos.

Todas as equipas atravessam fases de menor fulgor ao longo das épocas, próprias da intensidade com que são disputadas as competições. Não nos podemos esquecer que esta é a mesma equipa que, merecidamente, recolheu elogios em todos os quadrantes do futebol português devido à qualidade do seu jogo; esta é a mesma equipa que conquistou a Taça da Liga e atingiu os quartos da Taça de Portugal, que só caiu na Liga Europa aos pés de surpreendentes austríacos e que, apesar dos últimos jogos, continua a disputar os 10 primeiros lugares no campeonato.

Apesar das coisas factualmente positivas que já vivemos em 2020/21, a nossa ambição não nos permite focar no passado. Há ainda muito por fazer, muito por conquistar e, nos próximos jogos, teremos forçosamente de voltar a demonstrar a qualidade que todos sabemos existir no plantel do Sporting de Portugal. A vontade e ambição deste grupo de trabalho é imensa e, certamente, tudo fará para devolver o orgulho aos sócios e adeptos do Sporting de Portugal. SL.


Alberto Miguéns

  1. Nunca li nenhuma dessas "pasquinadas" presidenciais. São canais que promovem a bestialização do adepto e muitas vezes agudizam o clima de má-educação, guerrilha e mentira no futebol nacional. Vivo o Sport Lisboa e Benfica pela minha cabeça. Não preciso de atalhos manhosos para definir o meu pensamento.

    ResponderEliminar

Subscrever este blogue

Apoio de: