SLB: Campeão da Televisão | Em Defesa do Benfica -->
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

24/01/2021

SLB: Campeão da Televisão

24/01/2021 + 6 Comentários

AUDIÊNCIAS TELEVISIVAS, SUPERLIGA E OUTRAS COISAS MAIS

Foi notícia, muito por interferência de Pedro Proença (presidente da Liga) que a transmissão televisiva da meia-final da Taça da Liga (SC Braga frente ao SC Benfica) aproximou-se da audiência do jogo da Supertaça de 2015/16, ou seja, há mais de cinco anos que uma transmissão de um jogo de futebol entre dois clubes portugueses não registava um valor tão elevado. 


 

O jogo, em Leiria, a 20 de Janeiro de 2021

Teve uma audiência média de 2 204 157 de telespectadores, ou seja, 23.3 de audiência média e 38,1 por cento de quota de mercado (share) chegando mesmo no "pico máximo" de telespectadores aos 2,7 milhões (27.7 de audiência/45,8 por cento de quota de mercado). Muito próximo do valor registado em 9 de Agosto de 2015 (e não 8 como foi repetido/escrito à exaustão) no jogo da Supertaça «Cândido de Oliveira» entre o Benfica e o Sporting CP.


Seria uma "não notícia"

Se Pedro Proença não tivesse necessidade de valorizar/mostrar que a Taça da Liga é uma competição que interessa aos portugueses, ou melhor, aos "teleportugueses". O Benfica é o clube português cujos jogos transmitidos pelas televisões têm sempre as maiores audiências. Resumindo numa tabela com os 30 jogos mais "televistos" do Benfica eles estão entre os 41 mais "televistos". Apenas o FC Porto consegue intrometer onze jogos, todos para a Liga dos Campeões, entre as três dezenas de encontros do «Glorioso» transmitidos pelas televisões. Isto desde 1993, ano em que se iniciaram as medições de audiências das televisões.

 

     AUDIÊNCIAS DOS JOGOS TELEVISIONADOS DO BENFICA EM “SINAL ABERTO”

     NOTAS: N.º Fut - ordenamento geral de jogos televisionados com todos os clubes portugueses; exemplo com LC.QF.1 - Liga dos Campeões, quartos-de-final, primeira mão; AM - Audiência ou Quota média/share (em percentagem) ou seja, percentagem dos telespectadores que estando a ver televisão assistem ao jogo. Por exemplo (48,9) em cada 1000 pessoas que estão a ver televisão, 489 assistiram ao FC Bayern Munique frente ao Benfica. 

 

Nem as finais das competições da UEFA do FC Porto se sobrepõem 

Em 2004, a final da Liga dos Campeões teve 30,7 de audiência média (2 972 498 telespectadores) e uma quota de mercado de 68,2 por cento;

Em 2003, a final da Taça UEFA teve 29,7 de audiência média (2 816 332 telespectadores) e uma quota de mercado de 67,5 por cento;

Em 2011, a final da Liga Europa, entre o FC Porto e o SC Braga, teve 22,2 de audiência média (2 033 114 telespectadores) e uma quota de mercado de 54,3 por cento. Até a segunda mão da meia-final entre o SC Braga e o Benfica superou estas cifras: 22,9 de audiência média (2 245 444 telespectadores) e uma quota de mercado de 55,4 por cento. 

 

Superliga Europeia

Estes valores mostram que o potencial do Clube é muito superior ao que tem revelado a nível desportivo nas competições da UEFA, principalmente naquela que verdadeiramente interessa, a Liga dos Campeões, por falta de interesse dos dirigentes da Benfica Futebol SAD. Com a criação da "Superliga Europeia" (é uma questão da FIFA/UEFA ceder) tal como eram contra a organização, em 1955/56, da Taça dos Clubes Campeões Europeus, por "poder tirar importância à futura Taça da Europa das Nações", actual «Campeonato da Europa das Nações» -  e depois tiveram de a "partilhar" com o jornal francês «L'Equipe». O Benfica dificilmente será convidado, pois nas duas últimas décadas vulgarizou-se internacionalmente - a participar por ser pouco competitivo e os principais clubes não estarem interessados em ter clubes com jogos cujo desfecho está anunciado. 


Campeonato Europeu de Clubes

Se o Benfica não estiver na "Superliga Europeia" tem de liderar a criação de um campeonato europeu, atraindo outros clubes que também dominam os respectivos "mercados" nacionais: AFC Ajax, RSC Anderlecht, FC Zenit, Galatasaray SK, Olympiakos CFP, por exemplo, além dos melhores clubes de Alemanha, Espanha, França, Inglaterra e Itália, que ficarão de fora da tal "Superliga Europeia" de modo a forçar a criação de várias divisões na Europa, com promoções e despromoções, como é a tradição do futebol no "Velho Continente".


Acorda, Benfica!

 

Alberto Miguéns


  1. O Benfica, está em vias de, passivamente, perder o controlo das suas próprias receitas de transmisões televisivas para a Liga. Isto segundo recentes noticias e declarações do secretário de estado para o desporto.
    Tendo isso em conta não acredito minimamente que o Benfica tome qualquer tipo de posição acerca de Super-Ligas ou Campeonatos Europeus.
    Acredito sim, que vai continuar, infelizmente, no caminho descendente até á vulgarização total.

    ResponderEliminar
  2. Alberto discordo na questão da superliga e taça dos campeões, os objectivos são bem distintos, enquanto a criação da taça diz campeões tinha objectivos desportivos e alargar a todos os clubes europeus, antes havia a taça latina, mitropa.

    A superliga europeia será a morte do futebol, que o covid vai obrigar a endireitar, pois o dinheiro que cirvila no futebol é vergonhoso, o objectivo é unicamente dinheiro e mais dinheiro, se de há 15 anos para cá foi tendo menos interesse o caminho que querem trilhar não levará a bom porto, aliás o futebol como pessoas como o Alberto e eu o começaram a ver e gostaram, morreu em 1995 com a lei bosman, a partir daí foi negócio.

    Leia o que diz o Fernando Redondo acerca do futebol
    https://m.facebook.com/recepcaoorientada.pt/?ref=bookmarks#!/story.php?story_fbid=3689033607850767&id=2184645661622910&__tn__=%2As%2As-R

    ResponderEliminar
  3. O negócio...
    Sobrepôs-se à paixão.

    ResponderEliminar
  4. Nós Benfiquistas é que damos audiências e para isso nós é que mandamos se o Benfica estiver suponhamos cruzes canhoto na 2º liga era ai que as receitas estavam por isso onde estiver o Benfica é ai que esta o interesse das operadoras eles não são parvos, muito menos gostam de perder audiências, por isso a nossa extinção é só quando não haver agua nos oceanos.

    ResponderEliminar
  5. "por falta de interesse dos dirigentes da Benfica Futebol SAD" - se me é permitido corrigir é mais por falta de competência!

    ResponderEliminar

Subscrever este blogue

Apoio de: