Acreditar Sempre
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

27/02/2020

Acreditar Sempre

27/02/2020 + 0 Comentários
EMBORA SE ADIVINHE UMA ELIMINATÓRIA MUITO COMPLEXA PARA O BENFICA RESOLVER A SEU FAVOR.



Parece sempre fácil ultrapassar estas derrotas por um golo de diferença, marcando golos no terreno do adversário mas o histórico de confrontos mostra que não é tão fácil como parece.

DERROTAS, POR 1-2, NA 1.ª MÃO, EM TERRENO ALHEIO, NAS ELIMINATÓRIAS DAS COMPETIÇÕES DA UEFA

Época

Com

Elim
Res.
2.ª mão
Casa

Adversário

Conse-
quência
88/89
TUE
1/16
E 1-1
FC Liége (Bélgica)
Eliminado
89/90
TCE
1/2
V 1-0
Olympique Marselha (França)
Passagem
00/01
TUE
1/64
E 2-2
Halmstads BK (Suécia)
Eliminado
06/07
TUE
1/8
V 3-1
P.S.G. FC (França)
Passagem
19/20
LE
1/16
?
FC Shakhtar Donetsk (Ucrânia)
?
NOTAS: TUE - Taça UEFA, na actualidade Liga Europa (LE); TCE - Taça dos Clubes Campeões Europeus, na actualidade Liga dos Campeões (LC)

Com 155 eliminatórias disputadas (esta foi a 156.ª e 81.ª iniciada no terreno do adversário), o «Glorioso» já tem quatro derrotas resolvidas, por 1-2, com a primeira mão disputada no terreno adversário. Em duas, o Benfica seguiu para a eliminatória seguinte - em 1989/90 até foi o acesso a uma final - e nas outras duas o Clube foi afastado das competições europeias.

Com convocatórias no dia do jogo
Permite aos adeptos tentarem adivinhar as mesmas quando o que é hábito é tentar adivinhar o onze inicial. Face às três lesões os 18 estão escolhidos:
2: Odysseas e Zlobin;
5: Tomás Tavares, Rúben, Ferro, Grimaldo e Nuno Tavares;
8: Weigl, Florentino e Samaris; Pizzi, Taarabt, Chiquinho, Rafa e Cervi;
3: Vinícius, Seferovic e Dyego Sousa.
Se forem convocados 19 acrescento, Jota.

        ASSIM VAI O PLANTEL DE 30 GLORIOSOS
NOTAS: Minutos jogados; TitularSuplente utilizado;  Suplente não utilizadoConvocado não utilizado; L - Lesionado; S - Suspenso (expulsão no Campeonato Nacional) X – Suspenso (expulsão na Liga dos Campeões);  A – Assistências para goloG – Golos; B - Jogos na Equipa B (Segundo Escalão)



O SLB é muito superior ao futebol ucraniano
Mais três vitórias (9/4), em 15 encontros e mais 15 golos marcados (25/10). Frente ao adversário em cinco jogos, três vitórias e duas derrotas, com 7/4 em golos. Para competições da UEFA, são três jogos, com duas derrotas e uma vitória. Em golos: 3/4.

JOGOS DO BENFICA COM ADVERSÁRIOS DA UCRÂNIA*
* Incluindo quando o território estava integrado na URSS
Época
Com
Estádio
Cidade
S
Clube
V
E
D
80/81
Tor
Santiago
Bernabéu
Madrid
N
FK Dínamo Kiev
1-2
89/90
TCE
(1/4)
Luz
Lisboa
C
FC Dnipro
Dnipropetrovsk
1-0
Meteor
Dneprop.
F
3-0
91/92
LC *
(FG)
Central
Kiev
F
FK Dínamo Kiev
0-1
Luz
Lisboa
C
5-0
06/07
Par
Municipal
Yverdon
N
FK Shakhtar 
2-0
07/08
LC *
(FG)
SLB
Lisboa
C
FK Shakhtar 
0-1
Olímpico
Donetsk
F
2-1
08/09
LE
(FG)
SLB
Lisboa
C
 FK Metalist
0-1
09/10
Par
T. Chenes
Genebra
N
FK Shakhtar 
2-0
LE
(P-E)
SLB
Lisboa
C
FK Vorskla
4-0
Butovsky
Poltava
F
1-2
16/17
LC
(FG)
Olímpico
Kiev
F
FK Dínamo Kiev
2-0
SLB
Lisboa
C
1-0
19/20
LE
(1/16)
Metalist
Carcóvia **
F
 FK Shakhtar 


1-2
SLB
Lisboa
C



TOTAIS
15 J - 9 V - 0 E - 6 D (25/10)
NOTA: * Taça dos Clubes Campeões Europeus exactamente com o mesmo modelo da Liga dos Campeões em 1992/93. Jogava-se até aos oitavos-de-final a eliminar. Apuravam-se os oito clubes que eram divididos em dois grupos – A e B - (com quatro emblemas cada um) que a pontuar, a duas voltas, disputavam seis jogos, apurando o vencedor de cada grupo para a final. A UEFA não considera a temporada de 1991/92 como Liga dos Campeões. Mistério!
** O jogo realizou-se em Carcóvia, para onde o clube se transferiu, de Donetsk, em 2014, depois do conflito entre ucranianos e russos com forte implantação no Leste do país.

Em Portugal, frente a clubes ucranianos
O Benfica já disputou seis jogos. Venceu quatro (nunca sofreu golos) e perdeu dois (nunca marcou golos). Em golos: onze marcados e dois sofridos. É isto o Benfica!

Apenas um jogo, com o mesmo adversário, na «Catedral»
Este:



Carrega Benfica

Alberto Miguéns

Enviar um comentário

Subscrever este blogue