Começar Bem! Certo?
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

17/09/2019

Começar Bem! Certo?

17/09/2019 + 1 Comentários
O QUE É FUNDAMENTAL NO FUTEBOL É VENCER.


Jogar bem só tem importância pois quando se joga bem fica-se mais perto da vitória.


Escolhidos os 20 resta saber quem serão os dezoito que vão a jogo
De fora deve ficar Tomás Tavares e David Tavares. Embora Svilar também esteja de prevenção não vá um problema no aquecimento limitar um dos dois guarda-redes convocados.

Numa de aposta para o 11 + 7 + 2
Aqui vai:



Agora é apostar SEMPRE nos melhores
Pela lógica jogará de início o onze que der mais garantias a Bruno Lage. Ele é quem está mais habilitado para escolher os que têm que vencer o adversário que chega da Alemanha! Só tem que vencer! Menos é começar a criar problemas desnecessários!

          ASSIM VAI O PLANTEL DE 29 GLORIOSOS
NOTAS: Minutos jogados; TitularSuplente utilizadoSuplente utilizado e substituído;  Suplente não utilizado; F - Férias; L - Lesionado; - Não integrou o plantel durante a pré-temporada; A – Assistências para goloG – Golos


Há que alterar o rumo de tantos insucessos
Esta é a terceira temporada na Liga dos Campeões com a sequência Casa-Fora-Casa e a sexta com dois jogos caseiros na primeira volta. Em 2013/14, foi “fatal” empatar no segundo jogo na «Catedral» (a um golo com o Olympiakós CFP) e depois a derrota no início da segunda volta (por um golo com o campeão grego). Tal como nessa temporada é fundamental vencer o primeiro jogo mas nessa jornada “tipo-eliminatória” (desta vez com o Olympique Lyonnais) tem de se superiorizar. Em 2017/18 foi o desastre total, a temporada dos “zero pontos”. É necessário repensar tantos insucessos nas fases de grupo da Liga dos Campeões. Em 15 participações: dois primeiros lugares (12 pontos duas vezes), quatro segundos lugares (10 e 8 pontos, três vezes), sete terceiros lugares {10, 8, 7 (3x), 6 (2x)} e dois quartos lugares (5 e zero pontos). Seis "passagens" (40 por cento) em quinze... Uma análise interessante para um destes dias futuros! 

     SLB NA LIGA DOS CAMPEÕES (JORNADA-A-JORNADA)
Época
C
F
C
F
C
Pt
F
C
F
C
F
Pt
FINAL
Clas
Pt
1991/92
-
D
E
-
E
2
E
V*
D
-
-
3
3.º
5
1994/95
-
E
V
-
V
7
E
V
E
-
-
5
1.º
12
1998/99
-
D
V
D
-
3
-
E
-
V
E
5
2.º
8
2005/06
V
D
-
E
-
4
-
D
E
V
-
4
2.º
8
2006/07
-
E
D
D
-
1
-
V
-
V
D
6
3.º
7
2007/08
-
D
D
-
V
3
D
E
V
-
-
4
3.º
7
2010/11
V
D
-
D
-
3
-
V
D
D
-
3
3.º
6
2011/12
E
V
-
V
-
7
-
E
E
V
-
5
1.º
12
2012/13
-
E
D
D
-
1
-
V
-
V
E
7
3.º
8
2013/14
V
D
E
-
-
4
D
-
V
V
-
6
3.º
10
2014/15
D
D
-
E
-
1
-
V
D
E
-
4
4.º
5
2015/16
V
V
-
D
-
6
-
V
E
D
-
4
2.º
10
2016/17
E
D
-
V
-
4
-
V
E
D
-
4
2.º
8
2017/18
D
D
D
-
-
0
D
-
D
D
-
0
4.º
0
2018/19
D
V
-
D
-
3
-
E
D
V
-
4
3.º
7
2019/20
?
?
?
-
-
?
?
-
?
?
-
-
?
?
NOTAS: * Dois pontos por vitória (com a pontuação fazendo corresponder três pontos a uma vitória seriam seis pontos)
Épocas a vermelho - Primeira volta com dois jogos em "casa"
Épocas a verde - Primeira volta com dois jogos "fora"; 
Em destaque a situação casa-fora-casa actual

O "histórico" é reduzido

Tanto que há apenas um jogo entre os dois clubes. este:


O JOGO COM O RB LÍPSIA
Época
Competição
Res.
Cidade
Estádio
S
Marcadores
2017/18
 Torneio de
 Londres *
D 0-2
Londres
Emirates
N
--------------
2019/20
  Liga dos
  Campeões
?
Lisboa
SLB
C
         ?
?
Lípsia
Red Bull Arena
F
               ?
TOTAIS
1 J - 0 V - 0 E - 1 D   0/2
NOTA: Torneio "Emirates Londres" (Arsenal FC)


Jogos com alemães (77) em Lisboa/Portugal (28)
Os 77 jogos realizados frente a equipas germânicas repartem-se por nove países: Alemanha (42), Portugal (28) e sete, em cada um dos seguintes sete países - França (Paris, estádio Colombes), Indonésia (Jacarta), Espanha (Corunha, estádio Riazor), Emirados Árabes Unidos (Dubai), Áustria (Altacht), Reino Unido (Inglaterra/Londres) e E.U.A. (Pitsburgo/Pensilvânia).

Orgulho no que se vai conseguindo
Apesar das dificuldades colocadas por um futebol colectivo (o mais colectivo do Mundo), dinâmico, com força e capacidade técnica, registamos mais duas vitórias (29/27) e menos três golos marcados (106/109). Embora em jogos para competições oficiais os registos sejam negativos "muito por culpa" do FC Bayern Munique!

77 JOGOS DO BENFICA COM 27 ADVERSÁRIOS ALEMÃES
Adversário
J
V
E
D
GM
GS
FC Bayern* Munique
14
2
4
8
12
30
TSV Bayer 04 Leverkusen
6
2
3
1
9
9
BVB 09 Borussia Dortmund
6
2
1
3
6
14
1.FK Nuremberga
5
3
1
1
12
6
FK Carl Zeiss Jena
4
1
2
1
2
3
VFL Bor. Monchengladbach
4
-
3
1
1
3
SG Eintracht** Francforte
4
1
1
2
6
7
FC Schalke 04
3
1
-
2
2
4
Fortuna Dusseldórfia
3
1
2
-
3
2
VfB Estugarda
3
2
-
1
4
4
Hertha Berlim SC
3
1
2
-
6
2
Misto SGEF + OFCKO
2
1
-
1
3
3
1.FK Lokomotiv Lípsia
2
1
-
1
3
4
FK Vorwarts (Berlim Or.)
2
1
-
1
2
2
1.FK Dinamo Dresda
2
-
1
1
0
2
1.FC Kaiserslautern
2
1
-
1
2
2
Hamburgo SV
1
1
-
-
4
3
OFC Kickers Offenbach
1
1
-
-
3
0
Selecção Berlim Ocidental
1
1
-
-
4
2
Misto FKN + FCBM
1
-
1
-
2
2
SV Riedlhutte
1
1
-
-
2
0
FC Sachsen*** Lípsia
1
1
-
-
5
1
1.FC Traunstein
1
1
-
-
6
0
VFR Aalen
1
1
-
-
4
1
FSV Mainz
1
-
-
1
0
1
Karlsruher SC
1
1
-
-
1
0
VfL Wolfsburgo
1
1
-
-
2
0
RB Lípsia ****
1
-
-
1
0
2
 TOTAL
77
29
21
27
106
109
NOTAS: * Bayern é Baviera, em português; ** Eintracht é Concórdia/Unidos/União; *** Sachsen é Saxónia, em português; **** Em português "moderno" Leipzig;  Misto SGEF (Eintracht Francforte) + OFCKO (Kickers Offenbach); Misto FKN (Nuremberga) + FCBM (Bayern Munique)

Em Portugal e sempre em Lisboa
Repartido esses 28 jogos por dois estádios o Benfica não é tão vulnerável como fazem crer. É verdade que tem dificuldade em derrotar o FC Bayern Munique mas tem tantos sucessos (14) como os 14 insucessos (nove empates e seis derrotas). Apenas cinco derrotas com três frente ao FC Bayern Munique. Com as probabilidades de confrontos frente a clubes alemães a aumentarem - devido aos regulamentos de apuramento para a Liga dos Campeões favorecerem os clubes de maiores Ligas Europeias - o que é um facto é que o "Glorioso" já não perde há cinco jogos. Em golos mais 19 marcados (41/22). Ninguém diria! Mas aquele 6-0 ao campeão alemão na caminhada para o Bicampeonato Europeu vão sempre fazer mossa nas estatísticas caseiras frente aos germânicos.

JOGOS DO BENFICA, EM PORTUGAL, COM EQUIPAS DE CLUBES ALEMÃES
Época
Cmp
Adversário
Estádio
Local
V
E
D
61/62
Par
SG Eintracht Francforte
Luz
Lisboa
2-3
TCE
1.FK Nuremberga
Luz
Lisboa
6-0
63/64
TCE
BV Borussia Dortmund
Luz
Lisboa
2-1
65/66
Par
SG Eintracht Francforte
Luz
Lisboa
0-0
66/67
TcF
FK Lokomotiv Lípsia
Luz
Lisboa
2-1
70/71
TVT
FK Vorwarts (Berlim Or.)
Luz
Lisboa
2-0
Part
FC Kickers OffenBach
Luz
Lisboa
3-0
74/75
TVT
Carl Zeiss Jena
Luz
Lisboa
0-0
75/76
TCE
FC Bayern Munique
Luz
Lisboa
0-0
76/77
TCE
FC Dinamo Dresden
Luz
Lisboa
0-0
78/79
TUE
VfL Borússia Monch.
Luz
Lisboa
0-0
80/81
TVT
Fortuna Dusseldorf
Luz
Lisboa
1-0
Carl Zeiss Jena
Luz
Lisboa
1-0
81/82
TCE
FC Bayern Munique
Luz
Lisboa
0-0
93/94
TVT
TSV Bayer 04 Leverkusen
Luz
Lisboa
1-1
95/96
TUE
FC Bayern Munique
Luz
Lisboa
1-3
98/99
TCE
FC Kaiserslautern
Luz
Lisboa
2-1
99/00
Par
FC Bayern Munique
Luz
Lisboa
1-2
07/08
TUE
1.FK Nuremberga
SLB
Lisboa
1-0
09/10
TUE
Hertha Berlim HC
SLB
Lisboa
4-0
10/11
LC
FC Schalke 04
SLB
Lisboa
1-2
11/12
LE
VfB Estugarda
SLB
Lisboa
2-1
12/13
LE
Bayer 04 Leverkusen
SLB
Lisboa
2-1
14/15
LC
Bayer 04 Leverkusen
SLB
Lisboa
0-0
15/16
LC
FC Bayern Munique
SLB
Lisboa
2-2
16/17
LC
BV Borussia Dortmund
SLB
Lisboa
1-0
18/19
LC
FC Bayern Munique
SLB
Lisboa
0-2
LE
SG Eintracht Francforte
SLB
Lisboa
4-2
19/20
LC
RB Lípsia
SLB
Lisboa
?
?
?
TOTAIS (28)
14
9
5
NOTAS: TcF - Taça das Cidades com Feiras (depois, Taça UEFA (TUE), na actualidade Liga Europa (LE); TVT - Taça dos Clubes Vencedores das Taças (extinta); TCE - Taça dos Clubes Campeões Europeus, na actualidade Liga dos Campeões (LC)

O Benfica na origem da mudança da organização do futebol na Alemanha
A estreia na Alemanha ocorreu na RFA (República Federal da Alemanha ou Alemanha Ocidental), em 1 de Fevereiro de 1962, na primeira mão  dos quartos-de-final da Taça dos Clubes Campeões Europeus, com o "Glorioso" a perder por 1-3, com um golo obtido pelo inesquecível Cavém. Na segunda mão, em 22 de Fevereiro de 1962, a «Saudosa Catedral» viveu um dos melhores jogos de futebol alguma vez presenciados, com o campeão português a golear o campeão germânico 1.FK Nuremberga, por... seis-a-zero (6-0). Um resultado que fez mudar o futebol germânico. Na ressaca deste jogo, a Federação Alemã (em Dortmund, a 28 de Julho de 1962) decidiu que o futebol germânico passaria a ser exclusivamente profissional, terminando o semi-profissionalismo! A seguir - em final de 1963/64 - foi criada a "Bundesliga", um campeonato a pontuar reunindo os clubes da RFA, terminando o apuramento do campeão através de uma fase final reduzida que reunia os cinco campeões dos campeonatos regionais e alguns segundos classificados (em vigor desde 1903). A outra Alemanha, a RDA (República Democrática da Alemanha ou Alemanha Oriental) foi criada com a ocupação soviética da Alemanha nas cinzas da derrota do nazismo e terminou com a "Queda do Muro" de Berlim.

Carrega Benfica


Alberto Miguéns


NOTA (para os leitores habituais já conhecem a lengalenga, para quem não é, eis o porquê de RB Lípsia em vez de RB Leipzig): 
No respeito pela Língua Portuguesa (de que é feito este blogue) bem como para dar a informação correcta aos seus leitores havendo tradução para português, desde o século XVI (pelo menos) da designação em alemão da cidade de Leipzig opta-se pela designação portuguesa de Lípsia. E ser coerente com Munique, Hamburgo, Nuremberga, Estugarda, Lubeque, Bona, Berlim ou Colónia, por exemplo, em vez de München, Hamburg,  Nürnberg, Stuttgart, Lübeck, Bonn, Berlin e Köln. Tal como Rio Reno e não (Fluss) Rhein. 




1 comentários blogger
comentários facebook
  1. Bruno Lage recordou, porém, que o objetivo passa por melhor o desempenho do Benfica na Liga dos Campeões: «Esse foi o nosso objetivo: construir um plantel competitivo para dar resposta nas competições nacionais e ir de encontro ao passado do Benfica nas competições europeias.»
    E ele acredita no que diz?
    Só a vitória lhe pode dar razão...

    ResponderEliminar

Subscrever este blogue