O Benfica Tem Que Estar Atento
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

27/03/2019

O Benfica Tem Que Estar Atento

27/03/2019 + 5 Comentários
OS CLUBES EUROPEUS MAIS RICOS ESTÃO A PRESSIONAR A UEFA.


De certo modo como em 1955. Em meados dos anos 50, a UEFA (fundada em 15 de Junho de 1954) não estava interessada na criação da Taça dos Clubes Campeões Europeus. Por isso foi o jornal desportivo francês «L'Equipe» que organizou a primeira edição, de uma forma muito rudimentar e experimental, em 1955/56. A UEFA temia que a importância dos clubes ofuscasse a criação da Taça da Europa das Nações (actual Campeonato Europeu de Selecções Nacionais). A FIFA fundada, em 21 de Maio de 1904, foi adiando a criação de confederações continentais até que decidiu fomentar a criação da UEFA quando percebeu que havendo um Mundial de quatro em quatro anos intervalado com os Jogos Olímpicos seria possível nos anos em que estes se disputassem organizar uma Taça da Europa das Nações que foi obrigada a nascer incipiente - só quatro selecções em fases finais - devido à muito maior importância que os clubes (adeptos) davam às competições internacionais entre clubes.


CLASSIFICAÇÕES NOS RESPECTIVOS CAMPEONATOS NACIONAIS EM 1954/55 ou 1955 DOS 16 ESTREANTES NA TAÇA DOS CLUBES CAMPEÕES EUROPEUS EM 1955/56
CLUBES
PAÍS
CN
2.º
3.º
4.º
5.º
6.º
Real Madrid CF
ESP
CE





Stade de Reims
FRA
F





AC Milan
ITÁ
1/2





Djurgärdens IF
SUÉ
1/4





AGF Aarhus
DIN
1/8





RSC Anderlecht
BÉL
1/8





Rot-Weiss Essen
RFA
1/8





Voros Lobogó Budapeste*
HUN

1/4




SK Rapid Viena
ÁUS


1/4



Sporting CP
POR


1/8



PSV Eindhoven
HOL


1/8



WKS Gwardia Varsóvia
POL



1/8


FK Partizan Belgrado
JUG




1/4

Hibernian FC
ESC




1/2

Servette FC
SUÍ





1/8
Clube do campeonato federal do segundo escalão Oberliga Sudoeste **

1.FC Sarrebruck



1/8



NOTAS: A vermelho: fase atingida na competição pelos clubes; 
* Actual MTK Budapeste; 
** Apenas o campeão federal disputava a fase final do campeonato da RFA.
CLASSIFICAÇÕES NOS 15 CAMPEONATOS NACIONAIS COM CLUBES PARTICIPANTES
Hungria: Honvéd FC Budapeste (CN);
Áustria: First Viena FC (CN); Wiener SC (2.º);
Portugal: SL Benfica (CN); CF “Os Belenenses” (2.º);
Holanda: Willem II Tilburg FC (CN); N.A.C. Breda FC (2.º):
Polónia: KS Polónia Byton (CN); LKS Lodz (2.º): Ruch Chorzów SA (3.º);
Jugoslávia: HNK Hajduk Split (CN); BSK Belgrado (2.º); GNK Dínamo Zagreb (3.º); FK Estrela Vermelha (4.º);
Escócia: Aberdeen FC (CN); Celtic FC (2.º); Rangers FC (3.º); Hearth of Midlothian FC (4.º);
Suíça: FC La Chaux-de-Fonds (CN); FC Lausanne Sports (2.º); Grasshopper CZ (3.º); FC Zurique (4.º); BSC Young Boys (5.º);
Campeonato Regional (federal) do Sarre (Oberliga Sudoeste): 1.FC Kaiserslautern (COL); VfB Wormatia Worms 08 (2.º), apurados para o campeonato da RFA. O 1.FC Kaiserslautern ficou em 2.º lugar no campeonato da Alemanha (disputado por nove clubes – os dois melhores das quatro ligas federais/regionais e o representante do enclave de Berlim Ocidental)

A Primeira Taça dos Clubes Campeões Europeus
Também não foi uma competição reservada a clubes campeões nacionais, pois apenas sete (44 por cento) dos 16 eram campeões. E além disso durante algumas épocas o segundo classificado de um país podia participar se o campeão nacional também fosse campeão europeu.


ÉPOCAS COM PAÍSES A PODEREM TER DOIS PARTICIPANTES ENTRE 1956/67 E 1964/65
Época
Campeão Europeu
Segundo classificado no CN*
Clube
Cl**
País
Clube
País
Cl
1955/56
Real Madrid CF
3.º
ESP
-----
---
--
1956/57
Real Madrid CF
CN
ESP
Athletic C. Bilbau
ESP
CN
Real Madrid CF
ESP
CE
1957/58
Real Madrid CF
CN
ESP
Sevilha FC
ESP
2.º
Real Madrid CF
ESP
CE
1958/59
Real Madrid CF
2.º
ESP
C. Atlético Madrid
ESP
2.º
Real Madrid CF
ESP
CE
1959/60
Real Madrid CF
2.º
ESP
FC Barcelona
ESP
CN
Real Madrid CF
ESP
CE
1960/61
SL BENFICA
CN
POR
FC Barcelona
ESP
CN
Real Madrid CF
ESP
CE
1961/62
SL BENFICA
3.º
POR
Sporting CP
POR
2.º
SL BENFICA
POR
CE
1962/63
AC Milan
3.º
ITÁ
Sporting CP
POR
CN
SL BENFICA
POR
CE
1963/64
FC Inter Milão
2.º
ITÁ
FC Inter Milão
ITÁ
CN
AC Milan
ITÁ
CE
1964/65
FC Inter Milão
CN
ITÁ
Bolonha FC 1909
ITÁ
CN
FC Inter Milão
ITÁ
CE
1965/66
Real Madrid CF
2.º
ESP
AC Milan (2.º) NP ***
NOTA: * Temporada anterior; ** Classificação no campeonato nacional da mesma época; *** O AC Milan foi 2.º classificado no campeonato italiano, em 1964/65, com o FC Inter Milão a sagrar-se, em simultâneo, campeão europeu e nacional. O AC Milan em 1965/66 não teve direito a participar na TCCE competindo na Taça das Cidades Com Feiras reservada aos clubes melhor classificados nos respectivos campeonatos sem vaga na TCCE e na Taça dos Clubes Vencedores das Taças (Nacionais), extinta em 1998/1999

Os clubes mais ricos da Europa têm pressionado a UEFA
No sentido dos principais campeonatos nacionais colocarem cada vez mais representantes na fase de grupos. A UEFA vai cedendo perante a ameaça destes organizarem um «Campeonato Europeu de Clubes» à revelia da UEFA, podendo até alterar algumas Leis do Futebol (também à revelia do IFAB) e não cedendo os seus futebolistas para as respectivas selecções nacionais.

Não é estranho o que foi decidido ontem
Um ultimato à UEFA feito de modo diplomático (clicar para notícia do jornal Record).

A questão que a Imprensa não divulga (e não sei porquê)
É o método para escolher os 32 clubes e dividi-los por duas divisões que estarão fechadas. Ou seja, haverá despromoções e promoções mas só entre essas duas divisões. Pelo que sei - e quem me contou, é holandês e tem credibilidade - há duas "correntes". Os que querem que os 16 + 16 clubes sejam encontrados entre os melhores coeficientes da UEFA aquando da temporada em que a competição tiver a primeira edição e os que querem os seis melhores coeficientes de clubes de cinco países (Inglaterra, Espanha, Alemanha, Itália e França) mais dois clubes de dois países que são gigantes demográficos: Rússia e Turquia. A UEFA vai ser obrigada a ceder pois sempre é melhor «um pássaro na mão que dois a voar». 


Os 32 melhores coeficientes em 27 de Março de 2019

FC Porto tem tido uma grande preocupação nas últimas temporadas
Em estar bem posicionado nos coeficientes da UEFA. Não deve ser por acaso.

O Benfica não estando entre os 32 escolhidos
Tem de liderar o processo de fazer um "Campeonato Europeu de Clubes» pois haverá muitos clubes com grande potencial para além dos 32 escolhidos. Há outros tantos em 15/20 países incluindo os cinco principais campeonatos. E tentar desde logo que exista em sistema de pirâmide com muito mais que duas divisões com promoções e despromoções. Mas é liderar com AFC Ajax, RSC Anderlecht, Celtic FC, FK Crvena Zvezda, entre muitos outros. Liderar não é andar a reboque. E antes estar atento fazendo "tudo-por-tudo" para ser um dos 32 escolhidos e depois pugnar para que existam mais divisões que apenas duas. O Benfica terá de voltar a ser o que sempre foi. Um baluarte de ética que sabe respeitar por isso é respeitado.

Acorda, Benfica!


Alberto Miguéns
5 comentários blogger
comentários facebook
  1. Caro Alberto, imaginemos que a ECA- Associação Europeia de Clubes, fizesse organizasse uma competição para clubes europeus sem qualquer envolvimento ou reconhecimento oficial da UEFA/FIFA, essa competição não seria oficial, certo? Isto obviamente se nenhuma Federação Nacional dos respectivos clubes estivesse envolvida, claro.

    PS;Quando tiver tempo, reveja assuntos anteriores onde eu em um comentário lhe ponho algumas questões, bem haja e saudações Gloriosas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro João Almeida

      Tanto quanto sei a NBA foi organizada à revelia da FIBA. Alteraram as Leis do Basquetebol (três pontos, quatro períodos, tempo limite de posse de bola, etecetra), os EUA não tinham os melhores basquetebolistas na sua selecção nem nos Jogos Olímpicos, até que a FIBA reconheceu a NBA e até seguiu muito do que a NBA fez.

      A Taça Intercontinental nunca foi oficial - O Clube Atlético de Madrid é campeão do Mundo sem nunca ter sido da Europa - e isso não invalidou que à posteriori a FIFA tenha reconhecido o que à época não quis organizar!

      A UEFA é obrigada a fazer o que os principais clubes querem pois sabem na UEFA que é preferível ter esses clubes do seu lado que fazer deles inimigos.

      Gloriosas Saudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  2. Andamos distraidos com Catões e Boasventuras, mais processos em tribunal, por isso não há tempo para pensar nisso.

    À boa maneira portuguesa, quando acontecer logo se vê!

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  3. Eu percebo a ideia da exclamação final, caríssimo Alberto.
    Mas permita-me que acrescente outra:
    Acordem senhores que dirigem o Sport Lisboa e Benfica e que nos garantem, a cada passo, que estamos 10 aos à frente dos rivais internos! Acordem para a realidade europeia e não cometam mais erros que nos afastem dela!

    ResponderEliminar
  4. Caro Dr Alberto,

    A propósito de uma referência que faz abaixo do Ranking da UEFA, referiu: "O FC Porto tem tido uma grande preocupação com os coeficientes da UEFA nas últimas temporadas..."

    Li, vi, e fui observar os coeficientes do FC Porto nas últimas 5 temporadas (está no 9º lugar do Ranking), mas também nas últimas 10 temporadas.

    Vejamos as 5 últimas temporadas do FC Porto com pontos somados naquele Ranking, temporadas balizadas entre 2014/15 e 2018/19 (a presente temporada):
    2014/15- 25 000 pontos.
    2015/16- 11 000 pontos.
    2016/17- 17 000 pontos.
    2017/18- 17 000 pontos.
    2018/19- 23 000 pontos (não tenho ilusões, os quartos final da Champions é o limite).
    TOTAL DE PONTOS ACUMULADOS NAS 5 ÚLTIMAS TEMPORADAS PELO FC PORTO 93 OOO Pontos.
    (neste quinquénio, só em 15/16 o FC Porto disputou os 1/16 da L Europa).

    Vejamos agora as 5 anteriores temporadas do FC Porto aquele quinquénio, com pontos somados naquele mesmo Ranking, temporadas balizadas entre 2009/10 e 2013/14 (dará um acumulado dos últimos 10 anos):
    2009/10- 19 000 pontos.
    2010/11- 28 000 pontos.
    2011/12- 10 000 pontos.
    2012/13- 20 000 pontos.
    2013/14- 16 000 pontos.
    TOTAL DE PONTOS ACUMULADOS NAS ANTERIORES 5 ÚLTIMAS TEMPORADAS AO ANTERIOR REGISTO: OS MESMOS 93 OOO Pontos somados anteriormente pelo FC Porto.
    (neste quinquénio, EM 10/11 o FC Porto venceu a L Europa, e em 13/14 atingiu os quartos final da L Europa, por padrão, o FC Porto soma habitual.

    Portanto, acaba por cair por terra esta tese: "O FC Porto tem tido uma grande preocupação com os coeficientes da UEFA nas últimas tremporadas...", os registos são os mesmos nos dois quinquénios observados, os mesmos 93 000 pontos somados, mas, se formos observar os últimos 20 anos, o padrão também é o mesmo, e vamos nos cruzar com um biénio neste século, justamente quando o FC Porto venceu duas Taças Europeias.

    Onde pretendo chegar, os registos dizem que o FC Porto é único clube português com pedigree Champions, chegamos agora aos quartos final, mas a ambição não se esgota aqui, vamos a Liverpool, em Inglaterra o FC Porto nem é tradicionalmente feliz, porém, não vamos poupar em Anfield Road, a pensar no "Tondelinha" cá na quintinha, provavelmente, vamos levar nas "trombas" em Liverpool, mas também vamos aos "bifes" com a mesma ambição de sempre, sem ela, o FC Porto jamais teria conquistado 4 Taças Europeias!

    Saudações des_Portistas

    ResponderEliminar

Subscrever este blogue