A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

02/07/2016

Centenário do Glorioso Pólo Aquático

02/07/2016 + 4 Comentários API
COMPLETAM-SE HOJE CEM ANOS DA ESTREIA EM COMPETIÇÃO DO GLORIOSO PÓLO AQUÁTICO.


Num jogo para a primeira jornada do campeonato de Lisboa que acabou por ser anulado.


Há 100 anos (a completar pelas 17:30 horas da tarde)
A estreia foi "azarada". Houve tantos problemas com a arbitragem - só podia - que anularam o encontro e foi mandado repetir. Até as repetições tiveram histórias a envolvê-las. Em 23 de Julho não se realizou porque o jogo estava marcado para as onze horas da manhã, os jogadores do adversário chegaram depois afirmando que fora remarcado para o meio-dia. A organização atribuiu a vitória ao SLB por falta de comparência do SAD, mas após pressão deste voltaram atrás e remarcaram esta primeira jornada para 29 de Julho. E neste dia houve mesmo jogo!




Pólo Aquático em sequência lógica da Natação
Com o início da prática da Natação (clicar para o texto neste blogue - completou 100 anos em 1914, mas o Clube nem ligou à efeméride) a extensão à formação de uma equipa de Pólo Aquático foi a consequência lógica. Quer a Natação, o Pólo Aquático e os Saltos para a Água tiveram como suporte o futebolista Carlos Sobral. Um exímio nadador e desportista (de praticar) dos melhores no seu tempo: anos 10 do século XX.


Campeonato de Lisboa em 1916
Mesmo com meia dúzia de jornadas, nem assim chegou ao seu final. Aliás chegou ao fim pela 4.ª jornada (primeira de segunda volta). Mesmo assim ainda houve classificação final para os desistentes. O SLB foi terceiro atrás dos "donos" do Pólo Aquático em Lisboa. Em Portugal a antiguidade sempre foi - continua a ser - uma vantagem.


(clicar em cima da imagem para melhor visualização)




Digitalização da página 336 da História do SL Benfica (1904-1954); volume I; Mário de Oliveira e Rebelo da Silva; edição dos autores; Lisboa; 1954 - 1956

Até Carlos Sobral deixar o Benfica rumo ao CF “Os Belenenses” em 1919/20
Enquanto Carlos Sobral representou o Clube como futebolista (foi capitão entre 16 de Abril de 1916 e o final da temporada de 1917/18) a Natação e o Pólo Aquático contou sempre com um excelente atleta e que contagiava outros associados para a prática desses desportos. Aliás foi Carlos Sobral a conseguir para o Benfica a primeira vitória em Natação (mas como esta efeméride ocorreu em 1917 para o ano escreverei sobre isso). Ainda este ano haverá neste blogue uma evocação - em 26 de Novembro com o título de "Herói Derradeiro" - aquando da passagem dos 90 anos da sua morte. Horrível a lutar corpo a corpo com um leão em Moçambique. Mas também ninguém o mandou achar-se imune só porque tinha sido uma temporada (1911/12) futebolista do Sporting CP! Entretanto jogou no SLB até 1918/19 quando decidiu ser um dos fundadores do CF "Os Belenenses" em 23 de Setembro de 1919. Com a sua saída a Natação e o Pólo Aquático sofreram um duro golpe. Depois deixou-se de os praticar nas docas do rio Tejo passando para piscinas e aí o Benfica - sem essa instalação - apenas conseguia alugar piscinas de outros clubes e instituições privilegiando a Natação em detrimento do Pólo Aquático. Quando, finalmente, foi possível inaugurar uma Gloriosa Piscina (23 de Setembro de 1978) ainda se tentou o Pólo Aquático. Mas não passou disso. Finalmente em 2014/15 regressou a modalidade ao Clube com uma excelente equipa feminina, que conquistou a Taça de Portugal em época de estreia. Agora temos a modalidade mas não temos piscina, embora tendo uma. Com "metro-e-meio" junto aos blocos de saída da Natação, ou seja, imprópria para jogar a modalidade. Em vez de se nadar andava-se pelo chão da mesma. De vez em quando o Benfica sofre. Com patos-bravos armados em espertos!



Henrique Galvão o médio-centro (ou meia-defesa-central como se dizia na época) foi - segundo Joaquim Macarrão (o mais dedicado funcionário do Benfica que conheci e de quem fui grande amigo até falecer) - o mais tarde famoso capitão Henrique Galvão, o chamado «inimigo n.º 1 de Oliveira Salazar» (clicar). Foi uma "pista" que nunca investiguei, mas há uma notícia que liga Henrique Galvão ao exército, em 1916:

Ilustração Portuguesa; 2.ª série, n.º 521, 14 de Fevereiro de 1916. Eis o "nosso" Henrique Galvão em 1916. Documento obtido com a preciosa colaboração de Victor João Carocha
Um grupo de perseguidos políticos portugueses e espanhóis comandados por Henrique Galvão, em 1961, assaltam o paquete português Santa Maria passando a designá-lo por "Santa Liberdade"

É isto o Benfica! E tão Benfica! Não é o assalto! É a Liberdade!

Alberto Miguéns


NOTA1: A veracidade de toda a informação estatística não pode ser comprovada como por exemplo para o Futebol. No caso do Pólo Aquático resulta muitas vezes de informação obtida em apenas um jornal e com ilações resultantes da leitura das fichas dos jogos.

NOTA2: Deixo aquelas crónicas que actualmente (2016) ainda se consegue consultar no BNP. Há outros jornais - que até desenvolveram mais as crónicas desses jogos - que consultei nos anos 90 do século XX quando fiz a História do Glorioso Pólo Aquático que actualmente estão inacessíveis por se terem deteriorado tanto que se desfazem em pó!

1.




2.


3.




4.







4 comentários
comentários
  1. Anónimo2/7/16 07:46

    Presumo que a antiga piscina teria excelentes condições para o pólo aquático, mas infelizmente não se conquistou qualquer troféu nacional, e parece que nem sequer existia uma equipa. Já com a nova conquistou-se pela primeira vez um troféu nacional. É caso para dizer que se está a escrever direito por linhas tortas.

    Só uma pequena nota: a piscina não impede totalmente a prática do desporto. Ocorrem lá treinos, e também tiveram lá lugar jogos de carácter regional.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro,

      Sim. Fizeram-se três jogos, mas é preciso um compromisso ente as jogadoras e os árbitros, pois aquando da marcação das grandes penalidades com 1,50 metros é necessário quer a guarda-redes quer a marcadora encolherem muito as pernas para não ficarem com os pés assentes no fundo da piscina.

      E os treinos fazem-se mas há sempre a preocupação de encolher muito as pernas para nã tocar no fundo da piscina, por isso a Gloriosa Equipa jogou em 2014/15 na piscina da Abóboda e em 2015/16 na da Reboleira ou de Algés. Não é possível fazer jogos nacionais nem internacionais.

      Saudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  2. Uma evocação de grande justiça e muito bonita.
    Muitas vezes as modalidades são de facto produto do talento e da perseverança de um núcleo restrito de homens. Assim parece ter sido o caso.
    A importância de Carlos Sobral deve ser salientada. O Clube está acima de qualquer homem mas é feito por homens. E reconhecer aqueles que se destacaram é justo e inspirador para os que hoje dão o seu melhor para engrandecer o historial do Clube e dar-nos tantas alegrias.
    Bravo e obrigado por este excelente texto!

    ResponderEliminar
  3. Anónimo5/7/16 00:30

    Para quando uma equipa masculina? Tendo em conta que na proxima epoca quer o Oriental quer o ADOeiras vão acabar seria uma boa oportunidade para a criação de uma equipa masculina pois muitos atletas vão ficar sem clube e em lisboa vão passar a existir apenas 3 clubes CNA, SCP e Alges sendo que desses 3 só o SCP esta na 1ª divisão, acho que deveria ser algo a ponderar por parte dos responsaveis, aproveitando os atletas dos clubes que vão acabar ja havia uma boa base para facilmente subir para a 1ª divisão logo na 1ª epoca

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail