A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

10/07/2013

2012/13: Brilhar Para Nada

10/07/2013 + 0 Comentários API
OPINIÃO



Chegou o tempo de aqui no EDB fazer o "balanço" da temporada desportiva do "Glorioso": futebol (três partes) seguindo-se o restante: futebol formação (equipa B, juniores, juvenis, iniciados e infantis) e modalidades (equipas seniores masculinas, femininas e formação), estando "programado" três partes para cada modalidade (do andebol ao voleibol). Pelo meio a antevisão e o comentário aos jogos de pré-época do futebol, bem como à actualidade. Até 17 ou 18 de Agosto há muito tempo. São 40 dias de semi-actividade!


Futebol: do tudo para o nada
Hoje uma visão geral do EDB acerca de 2012/13. A primeira de três partes. Depois o jogo-chave para o sucesso (com o CS Marítimo no Funchal) e o jogo-chave para o insucesso (com o Fenerbahçe SK na "Catedral").

RESUMO POR COMPETIÇÃO
FUTEBOL DA EQUIPA DE HONRA DO SL BENFICA
Competição
J
V
E
D
GM
GS
Campeonato Nacional
30
24
5
1
77
20
Particulares/Torneios
11
6
4
1
26
11
Liga Europa
9
6
1
2
15
9
Liga dos Campeões
6
2
2
2
5
5
Taça de Portugal
7
5
1
1
20
3
Taça da Liga
4
2
2
-
6
4
TOTAIS
67
45
15
7
149
52

Foram sete derrotas (em 67 jogos) mas que ocorreram em jogos decisivos (duas finais e uma jornada no campo do futuro campeão nacional). Também três dos 15 empates, tiveram "sabor" a derrota: um em Barcelona, um em Braga (meia-final da Taça da Liga) e um na antepenúltima jornada do campeonato nacional.

QUADRO COM TODOS OS JOGOS EM 2012/13
Pré-época
Campeonato
Nacional
Liga Campeões
Taça de Portugal
Taça da Liga
/ Europa
01
V 2-0
Olímpico Marselha
N

02
V 3-0
RH Hamm Benfica
N

03
E 0-0
Lille OSC
N

04
V 4-2
WKS Silésia
F
Torneio Mestres Polacos
05
D 1-3
PSV Eindhoven
N
Torneio Mestres Polacos
06
V 5-2
Real Madrid CF
C
Taça "Eusébio Cup"
07
V 5-2
Gil Vicente FC
F

08
E 1-1
Juventus FC
N

09
E 0-0
Fortuna 1895
F
Jogo com 40'
10
E 2-2

SC Braga
C

11
V 5-0

Vitória FC (Setúbal)
F

12
V 3-0

CD Nacional
C

13
E 1-1
Real Bétis (Sevilha)
N

14
E 0-0

Celtic FC
F

15
E 2-2

As. Ac. Coimbra
F

16
V 2-1

FC Paços Ferreira
F

17
D 0-2

FC Barcelona
C

18
V 2-1

SC Beira-Mar
C

19
V 4-0
Baniyas SC
F

20
V 4-0

SC Freamunde
F

21
D 1-2

FC Spartak
F

22
V 3-0

Gil Vicente FC
F

23
V 3-0

Vitória SC (Guimarães)
C

24
V 2-0

FC Spartak
C

25
V 1-0

Rio Ave FC
F

26
V 2-0

Moreirense FC
F

27
V 2-1

Celtic FC
C

28
V 2-0

SC Olhanense
C

29
E 0-0

FC Barcelona
F

30
V 3-1

Sporting CP
F

31
V 4-1

CS Marítimo
C

32
V 2-1

SC Olhanense
F
33
E 1-1

Moreirense FC
F
34
V 6-0

CD Aves
C

35
V 3-1

GD Estoril Praia
F

36
V 3-2

As. Ac. Coimbra
F
37
E 2-2

FC Porto
C

38
V 4-0

As. Ac. Coimbra
F

39
V 2-0

Moreirense FC
F

40
V 2-1

SC Braga
F

41
V 2-0

FC Paços Ferreira
F

42
V 3-0

Vitória FC (Setúbal)
C

43
E 2-2

CD Nacional
F

44
V 1-0

FC Bayer 04 Lev.
F

45
V 1-0

As. Ac. Coimbra
C

46
V 2-1

FC Bayer 04 Lev.
C

47
V 3-0

FC Paços Ferreira
C

48
E 0-0
Dgp

SC Braga
F
49
V 1-0

SC Beira-Mar
F

50
V 1-0

FC Girondinos
C

51
V 5-0

Gil Vicente FC
C

52
V 3-2

FC Girondinos
F

53
V 4-0

Vitória SC (Guimarães)
F

54
V 6-1

Rio Ave FC
C

55
V 3-1

Newcastle Ut FC
C

56
V 2-0

SC Olhanense
F

57
E 1-1

Newcastle Ut FC
F

58
E 1-1

FC Paços Ferreira
C

59
V 2-0

Sporting CP
C

60
D 0-1

Fenerbahçe SK
F

61
V 2-1

CS Marítimo
F

62
V 3-1

Fenerbahçe SK
C

63
E 1-1

GD Estoril Praia
C

64
D 1-2

FC Porto
F

65
D 1-2

Chelsea FC
N

66
V 3-1

Moreirense FC
C

67
D 1-2

Vitória SC (Guimarães)
N















































Pré-época: Dusseldorf podia não existir
Os jogos de preparação em 2012/13 foram exigentes com adversários de valor, com presenças nas campetições europeias nos últimos anos: Marselha, Lille OSC, PSV Eindhoven e Juventus FC. Intercalados com outras frente a adversários menos cotados: RH Hamm, WK Slask (Silésia) e Gil Vicente FC. O Benfica correu riscos em marcar um jogo particular na Alemanha, frente a um dos principais clubes alemães (Fortuna 1895 de Dusseldorf) com um árbitro alemão. Se há país onde o futebol é tratado com rigor em todos os aspectos - financeiro, organizacional e respeito pelo desporto - é na Alemanha. Não há jogos particulares e oficiais. Há jogos. As 17 leis aplicam-se sempre de igual modo. Não é «à latina», com condescendência. às vezes até de mais, mesmo em jogos oficiais, consoante os "interesses". Que se tenha aprendido a lição para 2013/14.

A primeira desilusão chegou de Barcelona
Os jogos da fase de grupos da Liga dos Campeões corresponderam ao calendário desequilibrado: muito complicado na 1.ª volta, mais acessível na 2.ª volta. A primeira volta obrigava o Benfica a jogar no terreno dos adversários duas vezes e a receber o FC Barcelona (que apresenta um grau de dificuldade semelhante ao de jogar "fora" em Glasgow ou Moscovo. Em três jogos, um ponto no Celtic FC. A segunda volta permitia o acesso, vencendo os dois rivais "menos cotados" e esperando pelos resultados do FC Barcelona, vencedor do grupo. Este vacilou em Glasgow. Mesmo assim, o Benfica podia ter vencido em Barcelona. O individualismo de um futebolista do "Glorioso" contribuiu para o insucesso. Que se tenha aprendido - mais que todos, Rodrigo - a lição para 2013/14.

Em Braga, houve "Futeluso" na Taça da Liga
Após as quatro edições da Taça da Liga conquistadas pelo "Glorioso" o sorteio prévio das meias-finais obrigava o Benfica a deslocar-se ao recinto do SC Braga. Tarefa dificultada. Para mais com um árbitro típico do "Futeluso": permissivo com os adversários do "Glorioso" e rigoroso com os que vestem o "Manto Sagrado". Uma grande penalidade sonegada ao Benfica (sobre Gaitán) a 15 minutos do final e o guarda redes do SC Braga a cometer SEMPRE a mesma ilegalidade, antecipando o remate da marca dos pontapés de desempate. Aliás, "percebeu-se" porque nem valia a pena ter marcado a grande penalidade sobre Gaitán. Provavelmente Quim defenderia, pois o senhor árbitro permitia-lhe antecipar o remate! Mais do mesmo. O que vale é que já ninguém - adeptos e media - se lembra. Não existiu. P'ro ano há mais! Que se tenha aprendido a lição para 2013/14. Abre os olhos Vítor Pereira (o que ficou sem o computador no "assalto" à Sede da FPF).






As restantes competições foram decididas depois de 29 de Abril de 2013, quando o Benfica venceu, por 2-1, o CS Marítimo, no Funchal. Fica para amanhã e depois...

Devia ter havido "Mais Benfica". Devia, também, ter havido mais verdade desportiva. Talvez o Benfica-que-houve tivesse sido suficiente!

Alberto Miguéns

Próximos sete dias no EDB (previsões)
Quinta-feira (11 de Julho): O jogo-chave
Sexta-feira (12 de Julho): o jogo-parafuso
Sábado (13 de Julho): O Benfica e o Étoile Carouge FC
Domingo (14 de Julho): O Benfica e o FC Girondinos
Segunda-feira (15 de Julho): Primeiros dois jogos
Terça-feira (16 de Julho): O Benfica e o FC Sion
Quarta-feira (17 de Julho): O terceiro jogo em 2013/14
Quinta-feira (18 de Julho): O Benfica e as pré-épocas



0 comentários
comentários

Enviar um comentário

Em Defesa do Benfica no seu E-mail