A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

25/12/2011

Vivam os Goleadores do Benfica (3)

25/12/2011 + 0 Comentários API
ESTATÍSTICAS

Entre todas as competições é nos campeonatos nacionais, em Portugal ou em qualquer outro país do Mundo, pelo número de jornadas por época, que os futebolistas marcam mais jogos. Por isso muitas vezes indicam-se os valores, em jogos e golos, dos futebolistas referentes ao Campeonato Nacional, como se fossem os valores totais. Não são! Apesar de constituírem as cifras mais elevadas, as que mais contribuem para os valores totais.


O nosso Valadas
Coube ao nosso extremo-esquerdo Alfredo Valadas marcar o primeiro golo, do Benfica e no futebol português, na primeira jornada do primeiro campeonato nacional, em 1934/35. Foi em 20 de Janeiro de 1935, aos seis minutos, no nosso estádio das Amoreiras, numa vitória por 3-1 com o Vitória FC, de Setúbal. Valadas concretizou 89 remates certeiros, em 136 jornadas durante dez edições do Campeonato Nacional. Ainda é o 10.º melhor de sempre no Benfica e o 38.º em Portugal.
Recordemos que, em 2011/12, nesta 78.ª edição da competição, no final da 13.ª jornada estão contabilizados 48 314 golos (em campo) havendo golos retirados e acrescentados no “secretaria da FPF”, com algumas decisões caricatas. Se o nosso Valadas fez o “primeiro”, neste momento o último do Benfica (48 293 da competição) é de Nolito. Mas… as 18.15 horas do 8 de Janeiro de 2012 já não vem longe. Que saudades de ver o Benfica jogar!


Julinho (também) não perdoava
Foi um avançado-centro (com lógica…) a ultrapassar os 89 golos de Valadas. Coube ao portuense Júlio Correia da Silva, popular Julinho, marcar 152 golos em 143 jornadas, a que se acrescentam mais 15 golos em 22 jornadas pelo Académico FC, do Porto. A glória Julinho ainda é o 4.º melhor de sempre no Benfica e o 13.º em Portugal.

video


O inevitável Eusébio
Como é natural Eusébio lidera a lista dos nossos melhores marcadores, com 317 golos, tendo mais três tentos (em 19 jornadas) pelo SC Beira-Mar. É o segundo melhor na lista geral do Campeonato Nacional. Eu gostava de saber porque não é o Estádio Nacional o Estádio Eusébio. Ai se ele fosse andróide ou sapóide!? Ai, ai!

Casos notáveis
Entre tantos goleadores, todos iguais, todos diferentes dois destaques: Nené e Humberto Coelho. São dois “casos” notáveis.
Nené começou como extremo-direito (4x3x3), passou a médio-ala-direito (4x4x2) e acabou a ponta-de-lança. Ai se ele tem começado logo a avançado! Passava dos trezentos!
Humberto Coelho é um dos melhores marcadores do “Glorioso”: 113 (21.º) no total e 55 (22.º) em golos marcados no Campeonato Nacional. Valores só ao alcance de avançados. Pois… mas Humberto Coelho era defesa-central, o melhor de sempre em Portugal (a par de Germano) como futebolista e o melhor defesa-goleador de sempre no futebol português.



Cardozão a subir…
Com 76 remates certeiros (em 118 jornadas) o nosso Cardozo é o 15.º melhor de sempre, estando a 14 golos de entrar nos “Dez Melhores”.

LISTA DE HOMENAGEM AOS 25 MELHORES GOLEADORES DO “GLORIOSO”

           GOLOS  CAMPEONATO NACIONAL
N.º
Futebolista
G
J
Md/m
Épocas
1
Eusébio
317
301
84
(15) 1960/61 – 1974/75
2
José Águas
289
281
87
(14) 1949/50 – 1962/63
3
Nené
264
422
128
(18) 1968/69 – 1985/86
4
Julinho
152
143
85
(11) 1942/43 - 1952/53
5
José Torres
152
171
95
(12) 1959/60 – 1970/71
6
Arsénio
152
223
132
(12) 1943/44 – 1954/55
7
Rogério Carvalho
127
211
149
(12) 1942/43 – 1953/54
8
Nuno Gomes
125
293
165
(12) 1997/98 - 1999/00; 2002/03 – 2010/11
9
José Augusto
113
246
190
(11) 1959/60 – 1969/70
10
Valadas
89
136
137
(10) 1934/35 – 1943/44
11
Coluna
88
364
370
(16) 1954/55 – 1969/70
12
Espírito Santo
78
116
134
(14) 1936/37 – 1949/50
13
Cavém
78
279
320
(14) 1955/56 – 1968/69
14
Rui Águas
77
173
169
(7) 1985/86 - 1987/88; 1990/91 – 1993/94
15
Cardozo
76
118
123
(5) 2007/08 – 2011/12
16
Simão
75
172
202
(6) 2001/02 – 2006/07
17
Artur Jorge
74
95
100
(6) 1969/70 – 1974/75
18
Magnusson
64
122
154
(5) 1987/88 – 1991/92
19
João Vieira Pinto
64
219
290
(8) 1992/93 – 1999/00
20
Rui Jordão
63
91
111
(5) 1971/72 – 1975/76
21
Joaquim Teixeira
61
86
126
(7) 1939/40 – 1945/46
22
Humberto Coelho
55
355
572
(14) 1968/69 – 1974/75;
1977/78 – 1983/84
23
Isaías
53
124
174
(5) 1990/91 – 1994/95
24
Diamantino Miranda
53
213
294
(9) 1979/80; 1982/83 – 1989/90
25
Vítor Baptista
51
111
176
(7) 1971/72 – 1977/78
26
Santana
51
106
187
(12) 1956/57 – 1967/68

NOTA: Média de golos marcados por minutos jogados por ser mais rigorosa que a média de golos marcados por participação em jogos.
Por exemplo: Vítor Baptista e Santana têm o mesmo número de golos (51) mas, respectivamente, em 111 e 106 jornadas. Ou seja, Santana conseguiu os mesmos golos em menos jogos. Verdade! Só que Vítor Baptista marcou golos a cada 176 minutos e Santana a cada 187 minutos. Incongruência!? Não! É que… quando Santana jogava não havia substituições. Jornadas com menos de 90 minutos só por lesão (deixando a equipa a jogar com 10!) ou por expulsão! Santana jogou 9 535 minutos em 106 jogos. Vítor Baptista jogou em mais cinco jornadas (111) mas menos 577 minutos (total de 8958 minutos), pois jogou 81 jornadas completas, foi substituído em 24 e entrou, em seis jornadas, como suplente utilizado!

Obrigado futebolistas do “Glorioso”. A nossa eterna gratidão por tantos e tantos momentos de glória.

Alberto Miguéns

NOTA: No EDB entre 23 de Dezembro de 2011 e 6 de Janeiro de 2012 o reconhecimento ao valor dos nossos futebolistas com a publicação de onze listagens.

Plano de Homenagem:

PUBLICADO:
23 de Dezembro -        Todos os Golos
24 de Dezembro -        Golos Fora da Grande-área
25 de Dezembro -        Golos no Campeonato Nacional


A PUBLICAR
Amanhã              -        Golos de Livre-directo (fora GA)
27 de Dezembro -        Golos nas Competições Europeias
28 de Dezembro -        Golos de Grande penalidade
29 de Dezembro -        Golos na Liga dos Campeões
30 de Dezembro -        Golos de Cabeça
31 de Dezembro -        Golos na Taça da Liga
  5 de Janeiro     -        Golos de Bola Parada
  6 de Janeiro     -        Golos em Competições Oficiais
0 comentários
comentários

Enviar um comentário

Em Defesa do Benfica no seu E-mail