A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

14/11/2011

Como eles gostam de sapar

14/11/2011 + 3 Comentários API
OPINIÃO



“Diálogo entre um Benfiquista e um sportinguista:



SLB – Sabes que o teu sporting vai mudar de símbolo!?



SCP- Também vão mexer no leão?! Neste clube tudo muda…



SLB – Sabes o que é que substitui o leão?



SCP – Não! E tu sabes?



SLB – Sei. Vão colocar um sapo no lugar do leão!



SCP – Um sapo!!! Porquê?



SLB – Porque o sporting está cada vez mais verde, inchado e pequeno!”



             

Por muita vontade (e tolerância), que se tenha quando se ouvem, vêem ou lêem sportinguistas na comunicação social, atinge-se um misto de espanto e incredibilidade. Quanto mais se justificam, mais nos apercebemos no abismo em que vão caindo, necessitando de mistificações e desonestidades intelectuais para se mostrarem como “Grandes”. Um dos maiores – tirando os paineleiros dos três canais por cabo – é o residente d’ “A Bola” de sábado, Ernesto Ferreira da Silva.



MISTIFICAÇÕES



A Bola 15 de Outubro de 2011


Mistificações

O erro está no facto dos media e as entidades oficiais esconderem a realidade, com designações, que falseiam essa realidade. De facto quando os árbitros penalizam uma equipa, o que ocorre são faltas marcadas ou assinaladas, não “faltas cometidas”. Por que há muitas faltas que são marcadas e não existem e outras que existem e não são marcadas. Aliás quanto mais medíocre é uma arbitragem mais afastado fica a realidade da invenção, porque penalizam em excesso uma equipa e são permissivos com outras. O que o Sporting CP tem beneficiado é de faltas assinaladas que os adversários não cometeram e de cometer faltas sobre os adversários que os árbitros não assinalam. Se fizermos uma análise aos jogos do Campeonato Nacional, percebe-se que a dualidade de critérios desvirtua, em muito, o que se passa em campo. Faltas assinaladas ou marcadas é o que os árbitros fazem. Faltas cometidas é o que fazem (ou não fazem) os futebolistas em campo. Quando mais “inventarem” e mais incompetentes forem os árbitros maior afastamento existe entre estas duas realidades distintas.



DESONESTIDADE INTELECTUAL

A Bola 12 de Novembro de 2011

Record 8 de Novembro de 2011

Record 8 de Novembro de 2011

Record 8 de Novembro de 2011


Desonestidade intelectual

Veja-se o que ele conseguiu inventar. Como “perde” nas assistências, utiliza a taxa de ocupação das bancadas. Como se este indicador tivesse algum significado, como comparação, tendo em conta estádios tão diferentes. Basta perceber que o Benfica tem um estádio com 65 mil lugares e o Sporting CP um com 50 mil, ou seja, com menos 15 mil lugares, o que significa ser 30 por cento mais pequeno. Não é apenas um pouco mais pequeno. É muito mais pequeno. Não são comparáveis, em termos de taxa de ocupação. Se assim fosse, o CD Nacional da Madeira é o que está “melhor”, pois com 9 855 espectadores (média de 1 971 lugares ocupados) isso representa… 82 por cento da capacidade do estádio.

O que sabemos é que em cinco jornadas caseiras temos mais  16 959 espectadores (SLB: 175 750 vs SCP: 158 791), ou seja, mais de 16  mil dava para ocupar 32 por cento do estádio do topo do Campo Grande. O único jogo comparável é a recepção ao SC Olhanense. Na "Catedral" estiveram mais 2 071 pessoas (SLB: 35 319 vs SCP: 33 248). O resto é conversa fiada...

Haja propaganda com taxas de ocupação “elevadas” mas depois não têm estádio com condições de receber jogos decisivos da Selecção Nacional. Não se pode ter tudo…

Estes sapóides não têm emenda. Só quando são ripados…



Alberto Miguéns
3 comentários
comentários
  1. Engraçado... quando vendiam 25 mil gameboxes e no jogos só apareciam 20 mil, eles não faziam estes estudos... Sei lá... podiam dizer que 20% dos compradores de gameboxes achavam que o clube era uma merda.

    Quando levarem 3 ou 4, vamos ver se eles não se calam.

    ResponderEliminar
  2. LOL Ó caro Alberto, a isto se chama boa imprensa. Valham-nos vocês!

    ResponderEliminar
  3. Falta ética, falta decoro, compostura. O que sobra mesmo e safadeza é maldicência.

    mas desde quando os legionarios do lumiar são gente seria ,estes viscondes sempre foram uns troca tintas , chamar-lhes mentirosos e pouco pois estão abituados a comer a custo zero


    karlos

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail