A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

10/10/2011

Obrigado! Querido! Benfica!

10/10/2011 + 4 Comentários API
OPINIÃO



Foto Isabel Cutileiro

   
O Basquetebol benfiquista inicia a sua 86.ª temporada ininterrupta a praticar a modalidade com a conquista do 3.º troféu oficial, em cinco edições desta competição que homenageia António Pratas, campeão pelo Benfica.

Em cinco temporadas, foi o 20.º jogo, com 18 vitórias e duas derrotas – uma, na final de 2009/10, custou-nos um troféu e outra a eliminação, ainda, na fase de grupos, no ano passado, em 2010/11 quando, com alguma inconsciência pretendemos competir no “Eurochallenge” quando as entidades oficiais portuguesas colocaram em sobreposição as competições internas. Com que intenção? Parece que aprendemos para este ano!

A história faz-se de jogos (20), resultados (18 vitórias) e pontos (1665). A história gloriosa faz-se de conquistas. E nestas contamos com os três Troféus António Pratas. Em 2008/09 houve três vencedores, um por zona.


1.º                      SL BENFICA
2.º    NORTE:   AD Ovarense
         CENTRO: A. Académica Coimbra
         SUL:         SL BENFICA
3.º                     Vitória SC (Guimarães)
4.º                     FC Porto (V 68-59 com a AD Ovarense)
5.º                     SL BENFICA


TROFÉU ANTÓNIO PRATAS
Ed.
Época






FINAL
1.ª
07/08
----
----
----
Seixal FC
V 77-46
Sampaen.
V 94-62
VFC (G.)
V 73-63
Física TV
V 76-58
2.ª
08/09
----
----
----
----
FC Barre.
V 82-80
CF“Os B”
V 85-52
CAB Mad
V 67-62
3.ª
09/10
Galitos
V 82-62
Física TV
V 89-77
FC Barr.
V 98-89
Academia
V 90-43
Seixal FC
V 98-61
AACoim.
V 80-50
VFC (G.)
D 69-76
4.ª
10/11
FC Barr.
V 69-68
Lusitânia
D 74-79
----
----
----
----
----
5.ª
11/12
----
----
----
Terceira
V 101-85
FC Barre.
V 86-69
Lusitânia
V 110-64
FC Porto
V 65-63

Contra tudo e todos… eis o Basquetebol Benfiquista que terá muito que palmilhar em 2011/12.

Alberto Miguéns

NOTA: O nosso ex-basquetebolista Carlos Seixas, cronista-mor do sítio da fpb do reino luso do basquetebol continua ressabiado, nas crónicas dos jogos do "Glorioso" em particular com os andróides. Só uma grande equipa conseguia, contra as outras duas, conquistar aquele troféu, fazendo uma recuperação espectacular. Não foram eles que estiveram mal. Nós é que estivemos... melhor. Por isso ganhámos. Sem mácula. Já eles, se ganhassem, podiam acrescentar uns nomes na base do troféu... Ou seja... com mácula. Percebes!? É a cultura desportiva...
4 comentários
comentários
  1. Cheguei agora de Vagos(sou de Aveiro) e devo dizer que foi muito bonita a alegria dos atletas e adeptos do SLB. Não obstante as provocações de alguns andrades e Carlos andrades e o sofrimento de um jogo inteiro em desvantagem...
    Mas nada de deslumbramentos, esta equipa terá de trabalhar muito. Tem uma visível carência de fio de jogo.

    Como é bela a bandeira vermelha!

    Felipão

    ResponderEliminar
  2. UMA LIÇÃO DE MÍSTICA

    Saudações Benfiquistas

    Reconheço-me como um fervoroso benfiquista, muitos até vão mais longe e dizem que sou fanático...mea culpa.
    Pois quero partilhar com voces este lindo momento que vivi...
    Conhecedor de alguma da história do SLB muito á custa da BENFICA tv, do VITÓRIAS E PATRIMÓNIO e EM DEFESA DO BENFICA, reconheço porém que desconhecia o porque do troféu António Pratas e quem era António Pratas.
    Não sendo esse um impeditivo, e aproveitando a folga do trabalho, no passado domingo fui a Vagos ver o SLB, combinei com uns consócios meus e juntamos um grupo para apoiar o SLB na final contra o po"#%.
    Para muitos era um jogo sem intereçe e sem importância, mas para NNós era o BENFICA e isso bastava!!!
    O momento é quando estava-mos a perder por 14 pontos e o Lisboa pede um desconto de tempo que viria a revolucionar o jogo.
    Nesse momento o meu irmão vai junto do banco do SLB enquanto que eu e os restantes entoava-mos mais um cântico de apoio, e é então que vejo o Lisboa apontar para NNós e a dizer qualquer coisa que não percebi...
    No fim do jogo fomos esperar a equipa ao autocarro e falar-mos com eles, e ai o meu irmão diz-me o que o Lisboa tinha dito aos jogadores no banco, que foi: " temos que acreditar que podemos ganhar pois eles acreditam, estamos a perder e eles estão a apoiar-nos porque acreditam em nós e vamos ganhar por eles..." e cerrando os punhos foram para dentro de campo e foi o que todos sabemos...
    Não quis acreditar naquilo que ele me estava a dizer, falei então com o Lisboa o Évora o Sérgio Ramos e Ben Reed, eles diseram que NNós e os restantes adeptos naquele pavilhão, foram quem lhes deu força e motivação para ganhar o jogo.
    Ouvir aquilo encheu-me o coração de orgulho por ver a minha e a NNossa dedicação reconhecida e saber que ganhamos o jogo juntos.
    Foi um momento de pura MÍSTICA ao nivel de grandes jogos, conquistas e momentos europeus.
    Para muitos foi mais um jogo ao vivo ou na tv, para mim foi MÍSTICA !!!

    Por tudo isto digo... AMO-TE BENFICA

    SEMPRE PRESENNTES

    ResponderEliminar
  3. Tanta documentação para tentar demonstrar a data da fundação do FCP mas nenhuma para provar a tão propalada fusão do GSL com o SCB para a criação do SLB. Tanta conversa e porque razão não publicam a acta da misteriosa fusão do SCB com um Grupo S. Lisboa que à data da criação do SLB (13/09/1908) já não existia. Senhores benfiquistas, mostrem a acta da fusão e acabem de uma vêz por todas com essa confusão em vêz de estarem a mostrar documentação de outros clubes..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo

      Claro que existe a acta e existia o Sport Lisboa. Tenho aqui entre as mãos uma cópia dessa acta. Vou escrever excertos, reproduzindo o que está na acta:

      (linhas 1 a 9)
      «Sessão em 4 de Setembro de 1908 - Presidiu o sr. João José Pires, estando presentes os srs. Alfredo Alexandre Luiz da Silva, António Alberto Marques, Luiz Carlos de Faria Leal, António dos santos Sobral Júnior e Antonio Freire Sobral e faltando o sr. Alfredo Mostardinha, foi aberta a sessão eram 9 horas sa noite.--------------------------------------------------------------
      O Sport Lisboa achava-se representado pelos srs. Félix Bermudes e Cosme Damião.------------------------------------------»

      (linhas 15 a 21)
      «O sr. Félix Bermudes, concorda em parte com o projecto. Acha o nome muito grande e não concorda em que fique a equipe do Sport Clube de Bemfica, optando pela do Sport Lisboa, gloriosissima, a única que teve a honra de vencer o Carcavellos Club. Para nome do club alvitra que se denomine: "Sport Lisboa e Bemfica",.....»

      (linhas 35 a 42)
      «O sr. Félix Bermudes felicita-se e felicita a direcção do Sport Club de Bemfica pelo accordo a que facilmente chegaram, fazendo votos para que, como crê, vão a bom fim os trabalhos encetados pelas direcções dos dois clubes.--------
      O sr. João José Pires agradece aos delegados do Sport Lisboa a sua comparência e a bôa vontade que muito contribuiu para ficarem já assentes as bases da junção, ...»

      Caro Anónimo

      A História do Glorioso é transparente. Desde 1908 que se sabe o que se passou. Nunca se escondeu nada, nem se inventaram datas de fundação um mês depois do acordado em Setembro de 1908, quanto mais 14 anos depois (como fez o SCP) ou 81 anos depois (como o FCP).

      Saudações Desportivas

      Alberto Miguéns

      Eliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail