A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

13/04/2011

Conversa de cão

13/04/2011 + 1 Comentários
OPINIÃO
  
Cães a Ladrar
Não sabemos se é o Cão que é o melhor amigo do Homem, se é o contrário. Pelas mordomias que os cães vão tendo, talvez seja o Homem que é o melhor amigo do Cão. O que nós sabemos, porque não há ser humano que não viva rodeado de cães, é que quando um cão ladra, os outros cães da vizinhança, mesmo que, instintivamente, não sintam perigo ou queiram ameaçar, entram “ao barulho” e passam também a ladrar, numa sequência que, por vezes parece interminável. Já lá vai uma hora ou duas depois da primeira “ladra” e a quilómetros de distância e tanto tempo depois continuam a soar, ao longe, cães a ladrar.

Apagão ou cão
Pois com o famoso “Apagão” da iluminação do Estádio da Luz aconteceu/ acontece uma situação idêntica. Nos media nacionais – jornais escritos, rádios, televisões e internet - passou-se uma semana inteira a faladrar. Por tudo e por nada. Qualquer palerma fazia de canídeo. Do tipo não vi, mas sei, mas falo. Se não vimos, mas todos falam, vamos também comentar o assunto da moda. Podemos lá agora ficar de fora. Nem que seja repetir à exaustão o faladrar que ouvimos, ou melhor, comentarmos resumidamente o que tem sido dito de véspera e vésperas. À CÃO. A FALADRAR. COMO OS CÃES QUE LADRAM. A diferença está nos métodos e termos. Usam escrita, som ou imagem, em vez de ladrar. Mas “faladram”. Não deixam de ser, na essência, cães a ladrar ou pelo menos comportam-se de igual modo.

Como os "cães e as faladrelas”, têm vindo a diminuir, chegou o tempo certo, para fazer o balanço do APAGÃO.

Dia Mundial do Apagão
Vamos instituir 13 de Abril de 2011 como o Dia em que muitos não sabendo mais ou não tendo mais que dizer se socorreram do Apagão... mesmo já passada uma semana. Impressiona a vacuidade dos textinhos, a repetição e os lugares comuns. Para que querem e têm esta gente espaços de opinião nos media se não sabem, nem os conseguem preencher com qualidade, verdade, rigor e criatividade?! Ao longo do dia de hoje, de hora a hora, vamos colocar 24 frases (entre as 83 que foram chegando ao nosso conhecimento), de diferentes CÃUTORES, por ordem cronológica da publicação, de “animais de duas patas e esbatidos sonoros” que se dignaram "faladrar" a propósito do APAGÃO.

Se todos falam do Apagão, eu também quero…
Antes, não vou deixar de dar a minha opinião. Se todos deram. Vou também… "faladrar". Se eu mandasse no “interruptor” da iluminação da “Catedral” não fazia o que foi feito. Eu já estava preparado para a habitual má educação dos portistas, desde dirigentes, treinadores, futebolistas e outros afins (de várias modalidades) a adeptos e claques. E, também, para a habitual mediocridade de comentadores, jornaleiros e afins, engajados, avençados e dependentes dos poderosos magnatas da Comunicação Social Tuga. Cobardes, ajoelhados e de chapéu na mão perante os fortes e de peito cheio, em bicos dos pés e cristas engalanadas perante os fracos. Por isso, nem os deixava andar cerca de dez minutos a correr e destruir pelo campo (como andaram) até as luzes se apagarem. Assim que o árbitro (será aquilo um árbitro?) apitasse para o final da 25.ª jornada e do 77.º Campeonato Nacional, soava através da instalação sonora da “Catedral” o seguinte aviso: “Informam-se as esti-madas senhoras e os dis-tintos senhores visitantes do FCP que podem fazer a festa da conquista do 25.º Nacional segundo as Leis dos Homens Civilizados, ou seja, dentro dos princípios da urbanidade, civilidade e cidadania, respeitando as instalações, valores e património dos visitados. Do SLB. O não respeito pelos valores universais do Bom Senso e da Boa Educação ou Criação, obrigará os serviços deste clube a interromper o fornecimento de energia eléctrica. Comunicado do SLB que já comemorou em 77 anos, 32 festas iguais às vossas 25. Mas com civismo".

Não é só o FC Porto que tem culpa do estado a que isto chegou. São também as resmas e cambada de palermas que enxameiam os Media Tugas. Depois queixam-se.

Alberto Miguéns


1 comentários
comentários
  1. é de facto ridículo o quanto poluída anda esta imprensa nacional!

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail