A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

05/08/2016

O Troféu do Sistema

05/08/2016 + 2 Comentários
UMA COMPETIÇÃO CRIADA EM 1979 PARA CELEBRAR O PODER DA A. F. PORTO DENTRO DO FUTEBOL PORTUGUÊS.



Quase a convocatória esperada. Com André Almeida e Jardel lesionados e Danilo impedido (por ser empréstimo do adversário), pensava que seriam 21 (Eliseu). Isto para que o "Glorioso" pudesse ter um defesa lateral como suplente. Destes 20 sairá um onze (e suplentes) suficientes para derrotar com um "Bom" o SC Braga.


     VINTE E SETE FUTEBOLISTAS 2016/2017
Previsão pessoal: Titulares; Suplentes; Convocados não utilizados

Futebolistas

Min

JT

Tit

SU

A

G
1
2
3
4
5
6
N
N
F
N
C
F
E
V
D
V
E
D
Trof
Trof
Par
Par
EC
Par
Grimaldo
428
5
5
-
-
1
76
L
82
90
90
90
Paulo Lopes
360
5
5
-
-
-
90
90
90
45
45

Lisandro
335
6
3
3
-
-
45
90
28
90
64
18
Luisão
314
5
4
1
-
-
45
45
62

90
72
André Horta
310
6
4
2
-
-
45
45
45
66
64
45
Gonçalo Guedes
309
6
5
1
1
-
45
45
45
66
63
45
André Almeida
307
6
3
3
-
2
45
72
45
45
45
55
Fejsa
306
5
5
-
-
-
64
45
62
90
45
L
Nélson Semedo
305
6
4
2
-
1
45
90
45
45
45
35
Pizzi
303
6
3
3
1
-
45
45
45
45
45
78
Cervi
270
6
4
2
1
-
45
45
45
45
45
45
Carrillo
270
6
3
3
-
-
45
45
45
45
45
45
Jardel
234
4
4
-
-
-
45
45
90
54
L
L
Salvio
225
5
2
3
1
1
45
45
45
45
45
L
Mitroglou
201
4
3
1
-
1


45
66
45
45
Celis
182
5
1
4
1
-
26
17
37
24

78
Júlio César
180
3
1
2
-
-
L
L
L
45
45
90
Junior
173
5
1
4
-
-
45
45
45

26
12
Samaris
172
4
1
3
-
-

28
28
L
45
71
Lindelöf
152
3
1
2
-
-
F
F

36
26
90
Raúl
114
3
-
3
-
-
F
F

24
45
45
Jovic
94
4
2
2
-
-
45
45
02


02
Jonas
51
2
-
2
-
1
F
F

24
27
L
Zivkovic
23
2
-
2
1
-

17
06
L
L
L
Danilo
19
1
-
1
-
-
SC Braga
19
Ederson
-
-
-
-
-
-
L
L
L
L
L
L
Eliseu
-
-
-
-
-
-
F
F
F
F
F
NC
Autogolo
-
-
-
-
-
1

        NOTA: Minutos jogados; Titular; Suplente utilizado; Suplente utilizado substituído; Suplente não utilizado;  L - Lesionado; F – Férias; NC – Não convocado; A – Assistências para golo; G - Golos



O Benfica costuma ter Aveiro como talismã
Mas…convém fazer por isso! Em onze jogos, sete vitórias, dois empates e duas derrotas, com 17 golos marcados e oito sofridos. Marcadores dos 17 golos por doze futebolistas:  Cardozo (4), Karadas (2), Nuno Gomes (primeiro marcador), Petit, Simão, Mantorras, Saviola, Rodrigo, Gaitán, Jonas, Guedes, Carcela (último marcador) e um autogolo (CD Tondela). 

JOGOS DO “GLORIOSO” EM AVEIRO (ACTUAL ESTÁDIO)
Época
Res.
Adversário
Competição
2003/04
V 1-0
SC Beira-Mar
Camp. Nacional (27)
2004/05
V 3-2
SC Beira-Mar
Camp. Nacional (01)
2006/07
E 2-2
SC Beira-Mar
Camp. Nacional (24)
2010/11
D 0-2
FC Porto
Supertaça
V 3-1
SC Beira-Mar
Camp. Nacional (12)
2011/12
V 1-0
SC Beira-Mar
Camp. Nacional (08)
2012/13
V 1-0
SC Beira-Mar
Camp. Nacional (21)
2013/14
V 2-0
FC Arouca
Camp. Nacional (27)
2014/15
E 0-0
Rio Ave FC
Supertaça (V 3-2gp)
2015/16
D 0-1
FC Arouca
Camp. Nacional (02)
V 4-0
CD Tondela
Camp. Nacional (09)
2016/17
?
SC Braga
Supertaça

Quanto à Taça dita Super
A existência de duas competições nacionais de futebol, em simultâneo, por época, em Portugal, data de 1934/35. Em 1978/79, pela primeira vez, a Associação de Futebol do Porto teve dois clubes filiados a dominarem o futebol em Portugal: o FC Porto conquistou o Bicampeonato Nacional e o Boavista FC venceu, por 1-0, o Sporting CP na final da Taça de Portugal. Para celebrar o feito - depois de tantos ano$, can$eira$ e de$pe$a$ - as Direcções dos dois clubes decidiram organizar no início da temporada seguinte a Supertaça jogada no estádio do clube campeão nacional. O Boavista FC venceu por 2-1 depois de estar a vencer por 2-0.


CINCO: Em 10 de Agosto de 2014 (este ano é a 7) o capitão Luisão lidera o plantel que conquistou a Supertaça em 2014/15 no estádio Municipal de Aveiro frente ao Rio Ave FC
37 = 19 + 14 + 4
Em 37 edições o clube que se apurou para a Supertaça como campeão nacional conquistou o troféu em 19 edições. Em 14 coube ao clube que se apurou para a Supertaça como vencedor da Taça de Portugal derrotar o campeão nacional. Restam quatro edições em que o finalista vencido, apurado pelo facto do vencedor da Taça de Portugal ser em simultâneo campeão nacional, conseguiu derrotar o clube que na época anterior conseguira a "dobradinha"!

SUPERTAÇAS (situação dos clubes em confronto)
Época
Campeão
Nacional
Vencedor
Taça Portugal
Finalista
Taça Portugal
1979/80
FC Porto
Boavista FC
-
1980/81
Sporting CP
SL BENFICA
-
1981/82
SL BENFICA
FC Porto
1982/83
Sporting CP
SC Braga
1983/84
SL BENFICA
FC Porto
1984/85
SL BENFICA
FC Porto
-
1985/86
FC Porto
SL BENFICA
-
1986/87
FC Porto
SL BENFICA
-
1987/88
SL BENFICA
Sporting CP
1988/89
FC Porto
Vitória SC Guimarães
1989/90
SL BENFICA
CF "Os Belenenses"
-
1990/91
FC Porto
CF Estrela Amadora
-
1991/92
SL BENFICA
FC Porto
-
1992/93
FC Porto
Boavista FC
-
1993/94
FC Porto
SL BENFICA
-
1994/95
SL BENFICA
FC Porto
-
1995/96
FC Porto
Sporting CP
-
1996/97
FC Porto
SL BENFICA
-
1997/98
FC Porto
Boavista FC
-
1998/99
FC Porto
SC Braga
1999/00
FC Porto
SC Beira Mar
-
2000/01
Sporting CP
FC Porto
-
2001/02
Boavista FC
FC Porto
-
2002/03
Sporting CP
Leixões SC
2003/04
FC Porto
UD Leiria
2004/05
FC Porto
SL BENFICA
-
2005/06
SL BENFICA
Vitória FC Setúbal
-
2006/07
FC Porto
Vitória FC Setúbal
2007/08
FC Porto
Sporting CP
-
2008/09
FC Porto
Sporting CP
-
2009/10
FC Porto
FC Paços de Ferreira
2010/11
SL BENFICA
FC Porto
-
2011/12
FC Porto
Vitória SC Guimarães
2012/13
FC Porto
As.Académica Coimbra
-
2013/14
FC Porto
Vitória SC Guimarães
-
2014/15
SL BENFICA
Rio Ave FC
2015/16
SL BENFICA
 Sporting CP
-
2016/17
SL BENFICA
 SC Braga
-
NOTA: As duas edições iniciais - 1979/80 e 1980/81 - foram organizadas pelos clubes. A edição de 1981/82 e seguintes são organizadas pela FPF com o troféu a denominar-se "Cândido de Oliveira". Desde 2001/02 disputa-se num jogo em campo neutro.

RESUMO (37): FC Porto (20); Sporting CP (8); SL BENFICA (5); Boavista FC (3); e Vitória SC Guimarães (1)

QUATRO: O capitão Simão ergue a Supertaça "Cândido de Oliveira" no estádio do Algarve no início da temporada de 2005/06 após um golo de Nuno Gomes que derrotou o Vitória FC Setúbal

ALGUMAS NOTAS BREVES 
(talvez não tão breves como o que se entende ser breve!)

Desde que a competição inicia a época (um jogo)
Desde 2001/02, em 15 edições (entre a 23.ª e a 37.ª) das 14 equipas que perderam o troféu - de dez clubes diferentes - apenas dois marcaram golos (Leixões SC em 2002/03 e Vitória SC Guimarães em 2011/12). Um golo para cada um! Houve doze equipas que foram derrotadas a zero (1-0 em sete edições; 2-0 em três anos; 3-0 em duas edições). Uma empatou a zero e foi derrotada (pelo Benfica) no desempate por pontapés da marca de grande penalidade.

O Benfica é o segundo clube com mais presenças e jogos
Apesar de ser o terceiro clube com mais troféus (menos 15 que o FC Porto e menos três que o Sporting CP) o Benfica é o segundo clube com mais presenças (18, menos onze que as 29 do FC Porto e mais dez que as oito do Sporting CP).
O Benfica conseguiu em 34 jogos marcar 25 golos (o FC Porto marcou 65 golos em 53 jogos e o Sporting CP em 16 jogos marcou 30 golos). O "Glorioso" tem menos 40 golos que o FC Porto e menos cinco que o Sporting CP. Em jogos tem menos 20 que o FC Porto e mais 18 que o Sporting CP.


TRÊS: No estádio do Restelo (CF "Os Belenenses"), local da 2.ª mão desta edição do troféu, o capitão Veloso ergue a conquista da Supertaça "Cândido de Oliveira" em 1989/90. Ainda o futebolista com mais Supertaças conquistadas ao serviço do "Glorioso" - três!
Entre Supertaças conquistadas e perdidas percebe-se muito do "Futeluso"
O mundo das Supertaças é um mundo à parte no reino dos troféus portugueses.

Sporting CP que desde 1979/80 conquistou quatro títulos de campeão nacional e seis Taças de Portugal conquistou oito troféus nas nove presenças. Curiosamente perdeu o primeiro e depois das oito vezes que esteve presente conquistou...oito. Fez o pleno! E quatro foram perante o "Rei da Supertaça", o FC Porto. Já lá vou a este clube. O Sporting CP tem um incrível rendimento de 89 por cento. No mesmo período no campeonato nacional o rendimento é de 1o (dez) por cento. E na Taça de Portugal é de 17 por cento.

Boavista FC em quatro presenças conquistou três troféus perdendo um. Tudo sempre frente ao FC Porto. Sendo um "negócio" entre um casal não me meto. «Entre marido e mulher não metas o blogue».

FC Porto é o "Rei da Taça do Sistema" apesar de desperdiçar conquistas quando não defronta o Benfica. Por isso um rendimento de 69 por cento. Tem 20 Supertaças porque está presente muitas vezes (em 29 das 38 edições) ou seja em 76 por cento das edições. E "apanhou muitas vezes com o Benfica" - onze vezes. E destas apenas perdeu uma, porque outras perderia se os "amigos" não tivessem invalidado golos de ouro (Donato Ramos) e expulso insubordinações (José Pratas), por exemplo. Além de inúmeros erros em benefício próprio.

Vitória SC Guimarães conquistou a primeira em que esteve presente e perdeu as duas seguintes. Sempre com o FC Porto. Na primeira até participou como finalista vencido, em 1987/88, na Taça de Portugal. Conquistou um troféu oficial sem nunca ter conquistado qualquer título - campeonato nacional de qualquer Divisão ou Taça de Portugal. Fazer equivaler a Supertaça a um título nem é hilariante, é desprestigiante para os clubes que conquistaram apenas um título como os que o conseguiram na Taça de Portugal, incluindo as 17 épocas iniciais como Campeonato de Portugal.


DUAS: Presidente (Fernando Martins) e capitão (Bento) com a Supertaça "Cândido de Oliveira" em 1985/86. Falta o marcador do golo que permitiu a conquista... Diamantino Miranda
E o Benfica? Bem os últimos são os primeiros. Deixo para depois do quadro.

CLUBES COM SUPERTAÇAS CONQUISTADAS
Clube
(Presenças)
Conquistadas
N.º
Perdidas
N.º
Rendimento
%


Sporting CP
(9)
8

4 FCP
2 SLB
1 SCB
1 LSC

1

SLB


89

Boavista FC
(4)
3

3 FCP
1

FCP

75




FC Porto
(29)
20
10 SLB
2 VSC
1 CFEA
1 SCB
1 SCB-M
1 BFC
1 UDL
1 VFC S.
1 FCPF
1 AAC

9


4 SCP
3 BFC
1 SLB
1 VSC





69

Vitória SC Guimarães
(3)
1

FCP
2

2   FCP

33


SL BENFICA
(17)
5

SCP
FCP
CF "Os Bel."
Vit. FC Setúbal
Rio Ave FC
12

10 FCP
2 SCP



29

E o Benfica?
O "Glorioso" começou por conquistar a segunda edição frente ao Sporting CP, depois uma frente ao FC Porto e entre os dez troféus perdidos para o FC Porto e um para o Sporting CP conquistaram-se mais duas edições, ao CF "Os Belenenses", Vitória FC Setúbal, sempre com o Benfica, na temporada anterior, campeão nacional e finalista na Taça de Portugal. Perdeu a final da Taça de Portugal para estes dois clubes mas depois venceu-os na Supertaça. A quinta Supertaça, em 2014/15, foi "novidade". O Benfica esteve presente (com conquista) após fazer a "dobradinha".
À quarta foi de vez, pois nas outras três ocasiões com "dobradinha" perdera a Supertaça para FC Porto (1981/82 e 1983/84) e Sporting CP (1987/88).



UMA: O capitão Nené recebe a Supertaça da época 1980/81 organizada pelo SLB e pelo SCP mas já com o aval da FPF. Nesta edição com duas mãos, estão os quatro marcadores dos quatro golos: Carlos Manuel (semi-encoberto por Nené), César, Nené e Vital
Edição n.º 38 em 2016/17
O SC Braga está pela terceira vez a disputar a Supertaça, mas a primeira na condição de vencedor da Taça de Portugal na temporada anterior. Nas duas edições em que participou, como finalista vencido na final da Taça de Portugal pelo campeão nacional foi sempre derrotado: em 1982/83 pelo Sporting CP (V 2-1, em Braga e D 1-6) na final da Taça de Portugal em 1981/82 (D 0-4); em 1998/99 pelo FC Porto (D 0-1 e E 1-1, em Braga) na final da Taça de Portugal em 1997/98 (D 1-3).

O Benfica regista 18 presenças na Supertaça: quatro após "dobradinha" (conquistou uma, ao Rio Ave FC); seis como vencedor da Taça de Portugal (conquistou duas, ao Sporting CP e FC Porto); e oito (contando com a de hoje) como campeão nacional. Nas sete concluídas conquistou duas, ao CF "Os Belenenses" e ao Vitória FC Setúbal. Venha a terceira, ao SC Braga.

GOLO-RIOSOS NA SUPERTAÇA
ST
SLB
Época
Res.
Adversário
Campo
Mar
Marcador
004
01

80/81
2-2

Sporting CP
Alvalade
1-0
Carlos Manuel
005
02
2-0
César
009
03
2-1
Luz
1-1
(1) Nené
010
04
2-1
Vital
011
05

81/82
2-0

FC Porto
Luz
1-0
(2) Nené
012
06
2-0
(3) Nené
014
07
1-4
Antas
1-1
Jorge Gomes
028
08
83/84
1-2
FC Porto
Antas
1-0
(1) Manniche
031
09
84/85
1-0
FC Porto
Luz
1-0
(2) Manniche
037
10
85/86
1-0
FC Porto
Luz
1-0
(1) Diamantino
038
11

86/87
1-1

FC Porto
Antas
1-0
Rui Pedro
042
12
2-4
Luz
1-2
(2) Diamantino
045
13
2-4
Dito
052
14

89/90
2-0

CF "Os
Belenenses"
Luz
1-0
Vata
053
15
2-0
Lima
054
16
2-0
Restelo
1-0
Autogolo
055
17
2-0
Magnusson
062
18

91/92
2-1

FC Porto
Luz
1-0
Iúran
064
19
2-1
William
066
20
1-1
Dgp
Coimbra
1-0
Isaías
075
21

93/94
1-0

FC Porto
Luz
1-0
Rui Águas
078
22
2-2
Dgp
Coimbra
1-1
Tavares
080
23
2-2
César Brito
082
24
94/95
1-1
FC Porto
Luz
1-1
Vítor Paneira
122
25
05/06
1-0
Vitória FC
Algarve
1-0
Nuno Gomes

O próximo golo será o 141.º da competição
Os três melhores marcadores são: Domingos/FC Porto (seis golos), Jordão/ Sporting CP (cinco golos) e Gomes/FC Porto (quatro golos). O próximo (141.º) certamente será do "Glorioso" que já não marca desde o 122.º por Nuno Gomes, em 2005/06. Dos 140 golos entretanto marcados são 25 (18 por cento) do "Glorioso", tendo Nené como melhor marcador, com três golos (dois ao FC Porto e um ao Sporting CP). Como houve um autogolo, são 24 os golos marcados com o "Manto Sagrado" por 20 futebolistas com Manniche e Diamantino a marcarem dois golos. Os restantes 17 futebolistas marcaram um golo.

Tem a palavra (os golos) o Benfica!

Alberto Miguéns

NOTA (às 11:00): Devido ao jogo os comentários (se os houver) só serão publicados depois de chegar de Aveiro lá para as tantas da matina...
2 comentários
comentários
  1. Anónimo9/8/16 01:38

    O troféu do sistema...o que será a taça da Liga? Colinho e Vouchers para todos é q era!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo,

      A Taça da Liga foi decidida criar em assembleia geral da Liga, ou seja, por todos os Clubes.

      A Supertaça foi decidida criar numa reunião entre as Direcções do FC Porto (Bicampeão em 1978/79) e do Boavista (vencedor da Taça de Portugal em 1978/79).

      Faz toda a diferença. Até o caro leitor tem de concordar comigo!


      Alberto Miguéns

      Eliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail