A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

23/01/2015

A Verdade Acerca de Pedroto (Mas Não Só)

23/01/2015 + 22 Comentários
PARA FALAR BEM DE PEDROTO ESCONDE-SE O QUE PEDROTO FEZ, OS RESULTADOS QUE OBTEVE, COMO SELECCIONADOR NACIONAL E TREINADOR DO FC PORTO.


As declarações e comentários acerca de José Maria Pedroto e de outra personagem após a famosa Gala do Centenário da FPF seriam hilariantes se não fizessem questionar o que se passa em Portugal. Será que já não há quem se lembre com rigor do que fez Pedroto? Será que os que se lembram de Pedroto (eu tenho pouco mais de 50 anos e lembro-me) estão desmemoriados? Será que alguma vez souberam quem foi Pedroto? Os mais novos admito que emprenhem pelos ouvidos pois não viveram os tempos de um homem que faleceu em 1985. Agora os que foram contemporâneos de Pedroto - da sua idade ou que tinham 20 anos ou mais quando ele esperneava entre nós - conseguem ignorar a mediocridade dele como treinador? Da selecção nacional e do FC Porto?

Pedroto foi um treinador medíocre
Quer na selecção nacional quer nos jogos internacionais do FC Porto, Pedroto foi um treinador perdedor. Um treinador goleado! Falar de Pedroto não é falar de sucesso. Falar de Pedroto é falar de um medíocre que apenas em Portugal tinha sucesso porque era manhoso e tinha conhecimentos para poder viciar resultados e competições. Tinha conhecimentos e não tinha escrúpulos. Foi ele que ensinou a Pinto da Costa: "Todos os meios servem para atingirmos os fins a que nos propomos". E ainda uma outra para justificar a conquista do Bicampeonato de 1977/78 e 1978/79 quando tudo pasmava pois o Benfica estava recheado de internacionais portugueses (que Pedroto enquanto seleccionador nacional utilizava com abundância e não os do FCP). Mas dizia ele para se "safar": "Para se ser campeão em Portugal não é necessário ter os melhores jogadores!" Pois não! Ela sabia como tornear a situação. Digam lá se o homem não a sabia toda!?

O seleccionador nacional que só ganha a Chipre
Com Pedroto Portugal falhou o apuramento para o Europeu de 1976 (Jugoslávia) e para o Mundial de 1978 (Argentina). Em dez jogos nestas duas fases de qualificação Pedroto conseguiu apenas quatro vitórias, mas três foram frente a Chipre (que na época era pouco mais que uma nulidade porque era um futebol completamente amador, em tudo, até na atitude). A outra vitória foi frente à Dinamarca no Estádio da Luz. Um jogo medíocre, com tudo a defender, para não perder, com um golo após um ressalto, aos 70 minutos, por Manuel Fernandes, na única vitória de valor em dez jogos oficiais. Uma vergonha.
Na fase de qualificação para o Europeu de 1976 - apenas o primeiro do grupo era apurado - Portugal ficou em 3.º lugar no grupo 1 atrás da Checoslováquia e da Inglaterra, apenas na dianteira de Chipre (seis derrotas e zero golos marcados para 16 sofridos). Chipre a selecção favorita de Pedroto!
Na fase de qualificação para o Mundial de 1978 - também apenas o primeiro do grupo era apurado - Portugal (9 pontos) ficou em 2.º lugar no grupo 1 atrás da Polónia (11 pontos), na dianteira da Dinamarca e de Chipre (seis derrotas e três golos marcados para 24 sofridos). Chipre a tal selecção favorita de Pedroto!

PEDROTO SELECCIONADOR NACIONAL
Ano
Jogo n.º
Competição
Adversário
Sit
Resultados
V
E
D


1974
183
Particular
Inglaterra
C

0-0

184
Europeu-FQ
Suíça
F


0-3
185
Europeu-FQ
Inglaterra
F

0-0

186
Particular
Goiás
F


1-2
187
Particular
França
F
2-0




1975
188
Europeu-FQ
Checoslováquia
F


0-5
189
Particular
Escócia
F


0-1
190
Europeu-FQ
Chipre
F
2-0


191
Europeu-FQ
Checoslováquia
C

1-1

192
Europeu-FQ
Inglaterra
C

1-1

193
Europeu-FQ
Chipre
C
1-0




1976
194
Particular
Itália
F


1-3
195
Mundial-FQ
Polónia
C


0-2
196
Mundial-FQ
Dinamarca
C
1-0


197
Mundial-FQ
Chipre
F
2-1


198
Particular
Itália
C
2-1


TOTAIS
16 J - 6 V - 4 E - 6 D (14/20)

Os outros eram sempre culpados: faltam 30 metros ao futebol português
Com tão fracos resultados e paupérrimas exibições foi afastado para Juca assumir o cargo de seleccionador nacional na tentativa de conseguir recuperar da derrota caseira frente à Polónia que ditou o afastamento do Mundial, logo ao primeiro jogo, no tempo em que apenas o primeiro classificado de cada grupo tinha acesso às fases finais. Pedroto como era hábito incompatibilizou-se com Juca (como se este tivesse que recusar substituí-lo) e desculpou-se com uma lenga-lenga. Não há nada a fazer enquanto faltarem 30 metros ao futebol português! Desculpas esfarrapadas, tretas, para encobrir o logro que era como treinador. Mas tinha "boa imprensa". Mesmo assim alguns ainda se atreveram a defini-lo como "o treinador que só se agiganta perante Chipre"!

NOTA DE INDIGNAÇÃO:
Não faço comentários aos jogos de carácter particular da selecção nacional. Para mim é como se não existissem. Se os media não os validam para os clubes para mim também não têm interesse para a selecção. Era o que mais faltava. Os jogos da selecção serem mais importantes que os jogos dos clubes. Na selecção conta tudo para internacionalizações de futebolistas e outras aldrabices. Para os clubes só contam jogos para competições oficiais! Ou seja, o Benfica e os jogadores do Benfica nunca jogaram fora da Europa! Minto! Jogaram três jogos: dois em Montevideu (1961) e um no Rio de Janeiro (1962). Espanto! Já me disseram que o Benfica jogou na América do Norte, Central e Sul, África, Ásia, até na Oceânia. Não é possível. Não há por lá competições oficiais. Enquanto ignorarem a grandeza, universalismo e corremundo do Benfica, ignoro os jogos e internacionalizações da selecção nacional em competições não oficiais. Nem a Minicopa vale! Um dia hei-de explicar (a minha versão) para esta dualidade de apreciação. Valorizar os jogos da selecção nacional em detrimento dos jogos dos clubes. Vale mais um Koweit - Portugal ou um Goiás (que é um estado do Brasil) que um Benfica - Real Madrid CF, AC Milan, Liverpool FC, CR Flamengo, etc para um torneio, troféu ou encontro particular. Então não vale!

O treinador do FC Porto que envergonha a história internacional portista
Alguns dos piores resultados do FC Porto nas competições internacionais foram obtidos com Pedroto como treinador. As grandes vitórias são escassas. Apenas duas e meia (as duas: Manchester United FC e AC Milan) e a meia (Real Madrid CF). Pelo contrário soma derrotas humilhantes (assinaladas em destaque no quadro).

Bem o escondem:
Em 1982/83 o resultado internacional mais escondido em Portugal. O RSC Anderlecht que humilhou o FC Porto de Pedroto foi o mesmo que depois chegou à final dessa Taça UEFA jogando com o Benfica! Ninguém sabe disto. Ninguém diz que o clube belga que conquistou a Taça UEFA frente ao Benfica tinha afastado logo na 2.ª eliminatória o FC Porto treinado por Pedroto por... quatro a zero! Quando se fala ou escreve acerca da Taça UEFA em 1982/83 fico sempre à espera que digam que o RSC Anderlecht que derrotou o Benfica era fortíssimo pois afastou com uma goleada o FC Porto do super treinador Pedroto! Bem posso esperar sentado!

PEDROTO TREINADOR DO FC PORTO
Época
Competição
Fase
Adversário
S.
Resultados
V
E
D
1966/
1967
Taça das Cidades
com Feiras
1.ª
Elim
FC Girondinos
Bordéus (França)
C
2-1


F


1-2
1967/
1968
Taça das Cidades
com Feiras
1.ª
Elim
Hibernian FC
(Escócia)
F


0-3
C
3-1



1968/
1969
Taça dos Clubes
Vencedores
das Taças
1.ª
Elim
Cardiff FC
(País de Gales)
F

2-2

C
2-1


2.ª
Elim
Slovan Bratislava
(Checoslováquia)
C
1-0


F


0-4
1976/
1977
Taça UEFA
1.ª
Elim
FC Schalke 04
(R.F. Alemã)
C

2-2

F


2-3


1977/
1978

Taça dos Clubes
Vencedores
das Taças
1.ª
Elim
FC Colónia
(R.F. Alemã)
F

2-2

C
1-0


1.ª
Elim
Manchester United
FC (Inglaterra)
C
4-0


F


2-5
1/4
RSC Anderlecht
(Bélgica)
C
1-0


F


0-3
1978/
1979
Taça dos Clubes
Campeões Europeus
1.ª
Elim
AEK FC Atenas
(Grécia)
F


1-6
C
4-1



1979/
1980
Taça dos Clubes
Campeões Europeus
1.ª
Elim
AC Milan
(Itália)
C

0-0

F
1-0


2.ª
Elim
Real Madrid CF
(Espanha)
C
2-1


F


0-1

1982/
1983

Taça UEFA
1.ª
Elim
Utrecht FC
(Holanda)
F
1-0


C
2-0


2.ª
Elim
RSC Anderlecht
(Bélgica)
F


0-4
C
3-2



1983/
1984
Taça dos Clubes
Vencedores
das Taças
1.ª
Elim
Dínamo Zagreb
(Jugoslávia)
F


1-2
C
1-0


2.ª
Elim
Rangers FC
(Escócia)
F


1-2
C
1-0


TOTAIS
30 J - 15 V - 4 E - 11 D (43/48)

Os outros eram sempre culpados: quando chegamos a Gaia já estamos a perder
Sempre a lenga-lenga de justificar os insucessos com os outros. Depois de faltarem 30 metros ao futebol português também inventou que o FC Porto tinha o síndrome da ponte da Arrábida. Quando passava para o outro lado já começava a perder. Depois encontrou antídoto nos seus compadres da arbitragem. Para as "pontes" com utilização de aviões de Pedras Rubras para fora de Portugal é que nunca percebeu o que fazer!

A nível interno (Campeonato Nacional, Taça de Portugal e Supertaça) não falo!
Eu não gosto de contar histórias viciadas. Para mim não têm valor. O que Pedroto conquistou a nível interno não presta. Está podre. Prefiro deixar que sejam outros, tais como este Jornalista com J grande (Neves de Sousa) que melhor do que eu fala do "Mestre". É por considerar Neves de Sousa um grande do jornalismo português que deixo o seu testemunho acerca do modo como Pedroto limpava as competições em Portugal. Limpava a sujar.


O falecido jornalista Neves de Sousa escreveu este belíssimo artigo sobre um célebre contrato – não efectivado - entre José Maria Pedroto, acabado de sair, em 1980, do FC Porto e João Rocha, presidente do Sporting CP. 

«HOMEM AVANÇADO NO TEMPO

Pouca gente soube que o muito saudoso José Maria Pedroto esteve a um pequeno passo de ser treinador do Sporting, quando João Rocha era presidente do clube de Alvalade. Tudo estava acertado, pormenor por pormenor, até à mais ínfima partícula de um documento que vinculava as duas partes, pelo menos durante uma temporada futebolística. Porém, no dia em que estava aprazado a assinatura nos papelinhos, Pedroto travou o gesto e subitamente disse para o presidente do Sporting.

“Esqueci-me de lhe lembrar, mas falta aqui uma cláusula. Está tudo certo, tanto em relação aos meus prémios, como aos meus vencimentos, o caso do apartamento e do carro às ordens, tudo muito bem, mas o senhor presidente esqueceu-se de que eu lhe tinha dito logo no primeiro encontro: só vou para um clube que dê garantia de contar com os árbitros”.

“Como?! não percebo?”, indagou João Rocha, nessa altura pouco habituado a saber o que era certa fatia da arbitragem.  Pedroto meteu a caneta na algibeira, levantou-se e apenas disse: “Quinze mil são para mim, mas para os árbitros são precisos outros tantos, caso contrário o Sporting só ganha campeonatos lá para o fim do século”.

O contrato acabou por não ser assinado. Pedroto rumou para outra latitude, mais compreensiva. O Sporting continua a ver navios.»

NOTA DO EDB: A “outra latitude” foi o Vitória SC de Guimarães, em 1980/81 e 1981/82, para depois regressar ao FCP de "braço dado" com PdC.

Era este o homem (com h pequeno) que provocou tanta prosa malcheirosa após aquela Gala de gente inqualificável? Muitos igualmente pouco recomendáveis? Mas há mais. 


Mas Pedroto não teve mesmo importância alguma!?
Teve. Falando redondamente, foi o mestre do discípulo. Com Pedroto o FC Porto só tinha aspirações a viciar cá dentro. Pinto da Costa refinou os ensinamentos do mestre e passou a poder viciar lá fora.



Esta vigarice - anular o 2-0 - do árbitro russo Ivanov permitiu-lhes eliminar o Manchester United FC e seguir para a final da Liga dos Campeões. E ganhá-la, não sem antes Augusto Duarte passar pela casa de Pinto da Costa para garantir descanso no jogo em Aveiro frente ao SC Beira-Mar. (Mesmo que queiram esconder ISTO existiu. E Ivanov esteve acusado de corrupção!)

O FC Porto deve tudo (depois de 1976/77 e até depois-de-depois-de-amanhã!) a José Maria Pedroto. Deve homenageá-lo a todo o momento. O futebol português não o deve ignorar. Deve recordar o mal que ele lhe fez!
Também se falou de um tal presidente vigarista, mal educado e hipócrita. Depois de ver o vidiozinho explico.



Vigarista porque é corrupto.

Mal educado porque ridiculariza um funcionário com deficiência de clube adversário e enxovalha o presidente.

Hipócrita porque dá a imagem de preocupado com os "descamisados" e afirma que o FCP é um clube com Responsabilidade Social mas faz de um cidadão com deficiência motora um atrasado mental. Que burro este Pinto da Costa!

Antes a apresentação da fruta.




Depois dá cá os bilhetes para a fruta.


O "Dono da Gala" é um homem que sabe o que valem os outros dois. Ou não fizesse ele parte da Pandilha.



Eram homens destes que alguns queriam (e não eram apenas portistas a querer!) que fossem homenageados? Tenham decoro. E vergonha!

Alberto Miguéns
22 comentários
comentários
  1. GRANDE TEXTO !

    ResponderEliminar
  2. Enorme Miguéns vou guardar na minha pasta pessoal este artigo que tenho a certeza me irá dar muito jeito em diversas conversas com adeptos do clube corrupto. Muito Obrigado!|

    ResponderEliminar
  3. Mais um artigo para difundir.

    Em relação à foto da entrevista de Neves de Sousa a João Rocha... Alberto, penso que é melhor usar esta foto porque se consegue ler muito bem:

    https://fbcdn-sphotos-h-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xap1/v/t1.0-9/10429334_478957475569758_1297599976880172104_n.jpg?oh=5f5a8c04d022a4c962949614a1784299&oe=5529D893&__gda__=1428407887_3d966ceb5f9236794cc722d021e30d24

    Saudações Gloriosas.

    PS: O que achou da Gala de despedida oferecida ao proença?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro

      Não consigo chegar à foto (queria substituir, apesar de não conhecer, mas...)

      Mais uma Proençada fora de campo. Talvez a primeira de muitas. Pode ser que ele não venha a ter a influência que pensa vir a ter.

      Gloriosas Saudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  4. Texto digno de um verdadeiro Eusébio da palavra!

    ResponderEliminar
  5. Simplesmente fantástico!!! Bem haja por existirem pessoas com memória. Saudações gloriosas

    ResponderEliminar
  6. Bem feito mais uma vez esse quadro de "memorias" dos jogos das competições Europeias, pois ainda à pouco tempo "tripeiros" e alguns jornalistas escreviam acerca do nosso Glorioso SLB ter sido eliminado na primeira fase de grupos da "champions", mas com este quadro o que nos vimos é a agremiação da Palermo Portuguesa ser constantemente ELIMINADA logo na 1° Eliminatória de competições bem menores que a versão antiga da "champions", como a antiga taça de cidades com feira e depois taça UEFA, e mesmo na antiga taça dos clubes campeões Europeus e contra um adversário de segunda divisão Europeia como é o AEK Atenas, e ainda por cima com uma GOLEADA na Grécia por 6-1, pelos vistos estes registos não contam ou como eles muitas vezes dizem "eram de outros tempos", para esses tais que ainda à pouco escreviam acerca da tal eliminação do SLB na fase de grupos fica registado mais esse facto que eles bem tentam esconder ou desviar das atenções gerais, Obrigado por ir indo lembrando com os seus dados e artigos esses mesmos ignorantes que tentam sempre dar ressalvo de factos onde os "pioneiros" pela negativa afinal foram eles.

    ResponderEliminar
  7. Dr Alberto como sempre a CORAGEM de mostrar ao "mundo" a VERDADE DA HISTÓRIA....aqui está UMA VERDADE a que a Benfica tv,ou principalmente o JORNAL O BENFICA deveriam dar voz....abraço

    ResponderEliminar
  8. Grande és tu Alberto Miguéns! Devias ter op devido destaque na nossa BTV com um programa que desmacarasse toda esta pandilha de malfeitores. Viam os benfiquistas que assinam a BTV e ficava o espólio das tuas acusações. da verdade sobre o desporto português manchado por esta gente que, pasme-se, tem muitos e seguidores. Abraço de Gaia.

    ResponderEliminar
  9. Limpinho, Limpinho....

    ResponderEliminar
  10. Pedroto: o ser mais asqueroso da história do futebol português!

    David M.

    ResponderEliminar
  11. Muito bem!
    Para além das apreciações fica a crueza das estatísticas. E com os jogadores que a selecção tinha nessa altura.
    A História fará o seu julgamento. Dentro de alguns anos começarão a surgir mais histórias (com h pequeno pois feitas por homens de h pequeno). Darão outra luz sobre os tempos que semearam duas décadas de sombras.

    ResponderEliminar
  12. Por muito que certas pessoas tentem apagar o passado que não interessa, existe sempre alguém que jamais esquece, e guarda registo,para mais tarde recordar !!!!

    ResponderEliminar
  13. Caro Alberto Miguéns, é um privílégio para todos os Benfiquistas ter um de nós que faça o serviço público que o senhor faz, aqui e noutros locais! Incansável e implacável!! Parabéns!
    Quanto ao verme em questão, infelizmente tive a desfortuna de acompanhar uma parte da sua "carreira", dado que nasci por altura da sua 1ª experiência como treinador dos corruptos. Pior ainda, quando voltou e fez o bi, eu jogava nas nossas escolas (sim, o Mister Eusébio), pelo que ganhei um sentimento de asco, para não dizer pior, a este personagem. Lembro-me bem de festejar a derrota deles com a Juve, em Basileia! Tanto que eles queriam oferecer-lhe a taça, pela mão do Morais! Ironicamente, foram roubados. Devo confessar que passados 2 anos, festejei os golos do Madjer e do Juary, vá lá saber-se porquê! My bad...creio que me deixei levar pela emoção do momento. De qq maneira, nunca mais aconteceu, por culpa exclusiva desses escroques da foto.
    Obrigado por todos os textos e informações que aqui disponibiliza, incansavelmente, repito.

    Rumo ao 34º

    Saudações Benfiquistas!

    ResponderEliminar
  14. grande alberto !
    o sr é que devia comentar na benfica tv,em vez dos lambe botas,guerra,seara,valido,calado,etc.
    o benfica aos benfiquistas !

    ResponderEliminar
  15. A partir dos 02:10m Eusébio à conversa com o "sr. Pedroto" na histórica final da Taça das Antas: https://www.youtube.com/watch?v=MNhshIcc6mE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Richardus

      Não conhecia. Bela "peça".

      1. Como o tempo tudo apaga. Eusébio foi afastado da selecção por Pedroto. Em 1974 Eusébio dizia "cobras e lagartos" de tal decisão. O último jogo de Eusébio por Portugal foi em 13 de Outubro de 1973 com o seleccionador José Augusto. A estreia de Pedroto foi em 3 de Abril de 1974. Causou espanto os jogos sucederem-se e Pedroto nunca chamar Eusébio. O último jogo de Eusébio pelo Benfica foi em 18 de Junho de 1975. Pedroto orientou oito jogos e nunca utilizou Eusébio. Em 1983 (21 de Agosto) nessa memorável final em que o "Glorioso" venceu a final da Taça de Portugal no terreno do adversário até Eusébio, certamente, sabia e admitia que afinal Pedroto tinha razão em... 1974/75;

      2. Pedroto sempre no seu melhor, cito de memória: "vais sofrer durante a final" e "conto contigo para trabalhar aqui no Norte!";

      3. Eusébio naquela simplicidade atrapalhada típica dele. Um génio da bola tímido e introspectivo. Impressiona. Em campo com uma bola pela frente... transfigurava-se.

      Saudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  16. Alexandre25/1/15 18:58

    Quando fizerem a gala da corrupção não se preocupem que o porco azul será vencedor com maioria total. E depois irá olhar para a foto do mestre Pedroto,e entre muita comoção dirá que todos gostam muito deste embuste. E de seguida , não se irá esquecer dos capangas que já cá não estão, como Adriano pinto, poncio monteiro ou Antonio Garrido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. SIM TENS RAZÃO...O BELLA GUTTMAN É QUE ERA 1 PERDEDOR...LEVAR CHAPA 5 DE SANTOS E PENAROL NÃO É PARA TODOS OS BOIS...E COM PENAROL NEM EM 3 JOGOS...E QUANDO FALARES DE MESTRE PEDROTO LEMBRA-TE QUE ELE TEM MAIS CAMPEONATOS QUE O ORELHAS

      Eliminar
    2. Bem, o orelhas já vai em quatro campeonatos...

      Esperemos até ao fim da época para ver se fechamos a mão!

      Eliminar
  17. porco de merda O AUTOR DISTO , encornados de pocilga, a falarem e a inventar historias de um homem que JÁ nao se pode defender.FILHOS DE UMA GRANDESSISSIMA PUTA.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo rato de esgoto.

      Vives lá, saíste botaste faladura e fugiste para o esgotou outra vez.

      Enxerga-te ao espelho. Passas a vida a falar de Inocêncio Calabote. O homem já não se pode defender e este nada de mal fez. Ao contrário dos portistas. Atafulhados na trampa que são ao identificarem-se com os métodos que as escutas mostram à exaustão.

      FelizMENTE a tua mãe é uma Santa. Porto Nobo!

      Alberto Miguéns

      Eliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail