A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

13/09/2011

Luisão Tem Razão

13/09/2011 + 3 Comentários API
ESTATÍSTICA
             

Jornal Record 25 de Julho de 2011 página 3

É impressionante como há jogadores que para além de grandes futebolistas e líderes, ou talvez por isso, sejam tão clarividentes. Até mais que treinadores e dirigentes.

RIGOR À CAMPEÃO
Luisão disse… e disse muito, mesmo não conhecendo (ao pormenor) a história do “Glorioso”. De facto, o nosso capitão ganhou muito pouco, pouquíssimo, em termos de história do Benfica. E de facto, apenas destacou dois títulos – os Campeonatos Nacionais, em 2004/05 e 2009/10 – aqueles que contam. Até porque, se formos rigorosos, em Portugal apenas se disputam dois títulos – os Campeonatos Nacionais (várias divisões) e a Taça de Portugal. A Supertaça (como reconhece a FPF) não é um título, mas sim um troféu oficial e a Taça da Liga, apesar da Liga não definir com clareza, não parece passar, também de um troféu, pois conquistá-la não dá qualquer regalia – nenhum clube é campeão da Taça da Liga, nem tem acesso a qualquer competição da UEFA, nem sequer é permitido “defender a sua posse” na temporada seguinte (tal como a Supertaça) e ao contrário do Campeonato Nacional e da Taça de Portugal (se hipoteticamente um clube – da III Divisão - que a conquiste descer aos Campeonatos Distritais, o Regulamento permite que esse clube, na época seguinte, defenda o título).

APENAS ESTIMATIVAS, POR ISSO HIPOTÉTICAS
Volto a repetir, Luisão disse… e disse muito, mesmo não conhecendo (ao pormenor) a história do “Glorioso”. Luisão renovou até 2015/16, ou seja, "à partida” ficará no Clube mais cinco temporadas, incluindo a actual. Ora, nas oito épocas iniciais (2003/04 a 2010/11) jogou 28 275 minutos e 325 jogos, ou seja, em média, 3 535 minutos e 41 jogos por temporada. Por estimativa, mantendo o padrão médio, nas próximas cinco épocas (contabilizando 2011/12) jogará mais 17 675 minutos e fará mais 205 jogos. Como somatório das 13 temporadas (8 + 5) teremos 45 950 minutos e 530 jogos. Estes valores (por estimativa obtida na média das oito épocas iniciais) colocariam Luisão em 10.º lugar, entre os futebolistas com mais tempo a jogar com o “Manto Sagrado” (ver Quadro). Recordemos que, por agora, Luisão é o 32.º.

E COMO VAMOS DE... TÍTULOS!?
Agora, quanto aos títulos. Em oito temporadas, dois Nacionais e uma Taça de Portugal. Mesmo equiparando as próximas cinco a estas oito "já fechadas", temos no total, em 13 temporadas: quatro Nacionais e duas Taças de Portugal. Valores ridículos num clube como o nosso. A menos que alguém se satisfaça com valores destes. Luisão, pelo menos, não se identifica com tão pouco.

 FUTEBOLISTAS DO “GLORIOSO” COM MAIS
 MINUTOS JOGADOS DE “MANTO SAGRADO”


N
Futebolistas
Min.
J
É
Prim./Últ.
TO
I+C+T+O
01
Nené
63 412
802
18
68/69-85/86
27
0+10+7+10
02
Coluna
59 702
677
17
54/55-70/71
21
2+10+6+3
03
Hmb.º Coelho
59 187
672
14
68/69-83/84
22
0+8+6+8
04
Veloso
54 675
658
15
80/81-94/95
18
0+7+6+5
05
Bento
54 459
636
20
72/73-91/92
21
0+8+5+8
06
Eusébio
52 939
614
15
60/61-74/75
22
1+11+5+5
07
Simões
52 775
611
14
61/62-74/75
19
1+10+4+4
08
Shéu
49 974
646
17
72/73-88/89
23
0+9+6+8
09
Cavém
47 699
541
14
55/56-68/69
18
2+9+4+3
10
Frc.º Ferreira
45 240
523
15
38/39-52/53
11
0+4+6+1
11
José Águas
44 634
514
15
49/50-63/64
14
2+5+7+0
12
Toni
42 193
550
13
68/69-80/81
18
0+8+4+6
13
Bastos Lopes
41 519
511
15
72/73-86/87
21
0+7+5+9
14
Costa Pereira
41 241
477
14
54/55-67/68
15
2+7+5+1
15
José Augusto
40 886
479
11
59/60-69/70
16
2+8+3+3
16
Albino
40 461
462
13
32/33-44/45
12
0+6+4+2
17
Cruz
39 574
446
11
59/60-69/70
17
2+8+3+4
18
Arsénio
38 892
447
12
43/44-54/55
10
1+3+6+0
19
Rogério
36 947
423
12
42/43-53/54
10
1+3+6+0
20
José Henrique
35 438
416
13
66/67-78/79
15
0+8+3+4
21
Gaspar Pinto
34 580
394
13
34/35-46/47
10
0+6+3+1
22
Pietra
33 537
407
11
76/77-86/87
13
0+4+5+4
23
Artur Santos
33 528
382
12
49/50-60/61
10
1+4+5+0
24
Ângelo
33 197
385
13
52/53-64/65
15
2+7+5+1
25
Carlos Manuel
32 823
397
  9
79/80-87/88
14
0+4+6+4
26
Jacinto
32 519
373
14
43/44-56/57
  9
1+4+4+0
27
Moreira
31 940
371
10
44/45-53/54
  7
1+2+4+0
28
Chalana
31 931
410
12
75/76-89/90
13
0+6+2+5
29
Nuno Gomes
31 138
469
12
97/98-10/11
  7
0+2+1+4
30
Fernandes
29 933
340
  9
45/46-53/54
  6
1+1+4+0
31
Valadas
29 926
342
11
34/35-44/45
  9
0+5+3+1
32
Luisão
28 904
332
  9
03/04-11/12
  7
0+2+1+4
33
João Pinto
28 626
346
  8
92/93-99/00
  3
0+1+2+0
34
José Torres
28 424
347
13
59/60-71/72
16
0+9+4+3
35
Álvaro
28 379
330
  9
81/82-89/90
10
0+4+4+2
36
Silvino
28 333
330
  9
84/85-93/94
  6
0+4+1+1
37
Diamantino
28 072
389
10
78/79-89/90
13
0+4+5+4
38
Martins
27 528
314
10
38/39-47/48
  7
0+3+3+1
39
Vítor Paneira
27 503
332
  7
88/89-94/95
  5
0+3+1+1
40
Jaime Graça
26 508
327
  9
66/67-74/75
13
0+7+3+3

NOTAS: TO: Troféus Oficiais; I+C+T+O: I (Taça Latina (RFEF, FFF, FIGC e FPF) e Taça dos Clubes Campeões Europeus, UEFA)+ C (Campeonato Nacional da I Divisão/ I Liga, FPF/LPFP)+ T (Taça de Portugal, FPF)+ O {Campeonato Regional de Lisboa (AFL), Taça de Honra de Lisboa (AFL), Supertaça (FPF) e Taça da Liga (LPFP)}


Em 10.º lugar, com estes valores (cerca de cinco/seis títulos), ficaria numa posição ridícula, entre, os futebolistas mais galardoados (com títulos oficiais, os que contam) do futebol português. Todos com cerca de 20 títulos oficiais! Luisão sabe que corre esse risco. Se tal acontecer, não será por culpa dele… Até, porque ele, já, avisou…
                                     
Para Luisão ser um dos melhores de sempre: em minutos, jogos e títulos, vamos ter muito que conquistar nos próximos cinco anos. Tempo que quando eu andei na “Primária” se designava por “Lustro”. Agora chama-se quinquénio. Outros tempos…

Alberto Miguéns

NOTA (Depois de vadiar pela Blogosfera): Benfiquistas. Há mais Benfica para além do Manchester. Que ansiedade! O jogo é SÓ na quarta-feira, pela noitinha...
 
3 comentários
comentários
  1. sr Alberto Miguéns

    O glorioso SPORT LISBOA E BENFICA merece TUDO DE BOM ,né..

    Um gigante no mundo do desporto mundial

    obrigada Benfica E CONTINUA em todos por um .

    Força Benficaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa


    CONTRA TUDO e contra CONTRA TODOS , vamos ganhar Benfica..

    Força Benficaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa


    karlos

    ResponderEliminar
  2. Alberto Miguéns,

    Deixe-me começar por felicitar o óptimo trabalho que desenvolve em prol do Benfica.

    No entanto, estou a escreve porque não concordo com a sua forma de contabilizar os jogos efectuados ao serviço do clube.

    Penso que é língua é bastante clara: jogos "oficiais" vs jogos "não oficiais".

    Como é óbvio tem mais que liberdade para contabilizar da forma que bem entender, mas faz-me alguma confusão dada a sua atenção ao detalhe.

    Também se contabilizam os jogos tipo "Benfica vs Equipa do Maradona".

    Se possível no futuro sugeria que colocasse os amigáveis à parte, somando tudo no final.

    Apenas sigo dois blogues desportivos nacionais e este é um deles.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  3. Caro Theroux

    Contabilizo os jogos do "Glorioso" como se contabilizam os jogos da Selecção Nacional. Para mim não há dois tipos de futebol, só existe um... o Futebol de Onze ou Association.

    Nunca vi separar jogos "oficiais" e "não oficiais", nem golos "oficiais" e "não oficiais". Conta tudo. Na Selecção Nacional é tão importante - porque de igual contabilidade - um jogo e um golo obtido frente a uma equipa do Koweit (sem jogadores estrangeiros, ou seja, em teoria ainda mais fraca)como uma presença ou um golo numa final do Campeonato do Mundo.

    Quando o futebol começou só existiam jogos, não havia competições. As competições aparecem, depois, para eleger o melhor clube, ou seja o que apresentou as melhores equipas, dando-lhe o título de campeão. O melhor entre todos os que se inscreveram para competir.

    Há um jogo de futebol quando este se disputa segundo as 17 Leis do Jogo da FA (ou da FIFA depois da fundação desta em 1904).

    O objectivo do futebol é fazer jogos, se bem que actualmente eles sirvam essencialmente para preparar ou disputar competições.

    Considero que há jogo quando:
    Existe um árbitro habilitado (mesmo que habilidoso);
    Os jogadores envergam o "Manto Sagrado" com número nas camisolas;
    As substituições são efectuadas por troca directa.

    Aliás, como se sabe, as ocorrências num jogo, seja ele qual for, têm consequências no jogo seguinte, de qualquer competição. Não há discriminações, a não ser a que os árbitros fazem, por se fazerem passar por "mais condescendentes". Mas isso é da sua responsabilidade, por que não há Leis do Futebol para os Jogos "Oficiais" e "Não Oficiais".

    Nunca houve nenhum jogo do tipo Benfica vs Equipa do Maradona". E a haver não acredito que os futebolistas do Benfica jogassem de "Manto Sagrado" (entenda-se equipamento oficial - com emblema SLB - da época). Seria uma vergonha. Mas a ocorrer - já admito tudo, com os patos-bravos que há no Benfica, por que antigamente seria impensável - não contaria, a não ser como jogo do Saudade (que tem contabilidade à parte, como as várias categorias/classes de idade do futebol.

    Fico muito grato com o seu interesse.

    Disponha sempre, por que se trata do nosso "Glorioso".

    Viva o Benfica!

    Alberto Miguéns

    NOTA: Sempre que falar acerca da actividade com o "Manto Sagrado" de um jogador ao serviço do Clube, contam todos os jogos e golos.

    Mas,por vezes há que destacar a sua actividade em determinada competição ou competições. Aí é necessário separar esses jogos dos restantes.

    A separação que a imprensa portuguesa faz dos jogos nos Clubes e não faz na Selecção é um misto de provincianismo/incompetência, por que como há poucos jogos da Selecção e muitos jogos de TODOS os clubes (mais de 2 mil) em Portugal torna-se impossível, depois, comparar jogadores. Ao contrário dos "oficiais". Mas, eu não me preocupo com os Outros Clubes. Apenas me interessa o "Glorioso". E aí o "Manto Sagrado" nunca poderá ser ignorado, seja "oficial" ou "não oficial".

    AM

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail