Campeonato Nacional "Lá" - Jogos: 85; Vitórias: 33; Derrotas: 31! Golos: 124/123
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

17/01/2020

Campeonato Nacional "Lá" - Jogos: 85; Vitórias: 33; Derrotas: 31! Golos: 124/123

17/01/2020 + 0 Comentários
A ESTATÍSTICA QUE OS MEDIA APRESENTAM ESTÁ ALDRABADA NO DÉRBI DE LISBOA 434.


Em 1951/52, o Benfica venceu (3-2) no campo do adversário e perdeu (2-3) no seu jogo caseiro, embora ambos os jogos se realizassem no Estádio Nacional. O calendário é inequívoco. O jogo da primeira volta (9.ª jornada) é Benfica-Sporting e o da 2.ª volta (21.ª) foi Sporting CP - Benfica. Depois do sorteio é possível adiar ou antecipar jogos mas é impossível alterar o que o sorteio determinou. Trocar a ordem dos jogos é aldrabice. Pode-se é jogar - se houver acordo entre as três partes - uma jornada da segunda volta na primeira e uma da primeira volta na segundo - mas o que é sorteado, sorteado fica! 




Deixando de lado a habitual falta de rigor porque para estes comentsdores mais importante que gostar de futebol (e de honrar quem o fez e faz) é receber uma parte dos muitos milhões que movimenta...
A última jornada da primeira volta tem muito para sonhar e terá ainda mais para contar. O FC Porto "abre" a série de nove jogos recebendo o SC Braga. O Sporting CP recebe, a seguir, o «Glorioso». A sexta-feira terminará com diferenças entre o primeiro, segundo, quarto e o quinto classificado que não acredito sejam iguais, pois não haverá dois empates. Acho eu de que...



Se a primeira volta termina assim...
Já se imagina a última jornada, em Maio, a 34.ª com a ordem a inverter-se. Nesta 17.ª jornada, o Benfica (líder com quatro pontos de vantagem) desloca-se ao terreno do 4.º classificado, que dista 16 pontos. O FC Porto (segundo classificado) recebe o SC Braga (5.º lugar, a 17 pontos do FC Porto e a 21 pontos do Benfica. Entre o Sporting CP e o SC Braga a distância é de cinco pontos. Está aqui em discussão o terceiro lugar, mas para isso têm que fazer uma segunda volta superior à primeira ou arriscam a lutar pelo quarto e quinto lugar, reservando para o FC Famalicão o terceiro posto. O título será discutido, como desde 2002/03, há 17 temporadas, entre o FC Porto (10 = 2 + 4 + 3 + 1) e o Benfica (7 = 1 + 1 + 4 + 1). Aposto mais no 38.º para o «Glorioso» que no 29.º para o FC Porto. E se nesta o Benfica aumentar a vantagem para cinco ou sete pontos... ainda melhor!




NOTA: Assim que for divulgada, neste sábado, a lista dos 18 futebolistas convocados será feita a habitual previsão de um treinador de sofá.

      ASSIM VAI O PLANTEL DE 33 GLORIOSOS
NOTAS: Minutos jogados; TitularSuplente utilizadoSuplente não utilizadoConvocado não utilizado; L - Lesionado; S - Suspenso (expulsão no Campeonato Nacional);  A – Assistências para goloG – Golos; B - Jogos na Equipa B (Segundo Escalão); S23 - Jogos na Equipa de sub 23 (Liga Revelação) 



Joga-se o Benfica/Sporting CP desde o 1.º de Dezembro de 1907, jogo na Quinta Nova, em Carcavelos
Na equipa do adversário, desde o Verão de 1907, jogavam oito ex-Gloriosos, mais José Belo (que o SCP foi buscar ao Internacional/CIF) e Charles Ettur (inglês que chegou a jogar no Gilman SC) tal como Carlos Shirley (filho de ingleses) no Internacional/CIF. Na fotografia (em baixo) dessa equipa da estreia do Dérbi de Lisboa: De cima para baixo. Da esquerda para a direita: Albano dos Santos, Henrique Costa, Charles Ettur (não equipado), Emílio de Carvalho (guarda-redes), José da Cruz Viegas (foi ele que propôs as camisolas de flanela serem vermelhas), José Belo (não equipado),  António Bentes e António do Couto; António Rosa Rodrigues, Daniel Queirós dos Santos, Cândido Rosa Rodrigues,  Júlio Nóbrega de Lima e Carlos Shirley. O Sporting CP já existia desde 8 de Maio de 1906 mas não se atrevia a participar em jogos para «primeiras categorias» por considerar não ter futebolistas com capacidade para tal, nas temporadas de 1905/06 e 1906/07! 



Joga-se o Benfica/Sporting CP há 38 690 minutos
Correspondentes a 27 dias, ou seja, quase um mês consecutivo a jogar futebol consecutivamente. O Benfica marca, em média, a cada 53 minutos enquanto o adversário tem uma média de 56 minutos. Vantagem do «Glorioso». Uma visita virtual ao local onde o Benfica obteve a primeira vitória, por 2-0, frente ao adversário em 25 de Outubro de 1908 (clicar).
Resultado de imagem para benfica - sporting cp + 1908 + em defesa benfica
Camisolas vermelhas e calção branco desde 1 de Dezembro de 1907. O adversário já jogou todo de branco («Os Anjinhos») logo na estreia, de calção branco e camisola bipartida branco/verde, calção preto e camisola bipartida e camisola riscada (a verde-e-branco) na horizontal e calção preto. Sempre o Dérbi de Lisboa a preparar a sua continuação 454 em 17 de Janeiro de 2020

Vamos “Glorioso”: Nas últimas dez temporadas, mais três vitórias e seis golos marcados
Os jogos com o FC Porto provocam ansiedade. Os encontros com o Sporting CP envolvem expectativa. Quando é no terreno deles é ansiedade ou expectativa a dobrar. No terreno do Sporting CP, nas onze últimas épocas o domínio do Benfica é inequívoco. Contando apenas as últimas onze (desde 2008/2009) são quatro vitórias, cinco empates e duas derrotas com 15 golos marcados para dez sofridos no Campeonato Nacional. Mesmo para outras competições regista-se uma vitória na Taça da Liga (4-1) e duas derrotas na Taça de Portugal (1-2 e 0-1). Incluindo estes três jogos, nas deslocações ao terreno do Sporting CP: Em 14 jogos nas últimas onze épocas, mais uma vitória (5/4) mais cinco empates) e mais cinco golos marcados (19/14). O Benfica deixou de ter grandes problemas" no terreno do adversário, mas nunca fiando...



       OS ÚLTIMOS 34 SLB vs Sporting CP
Jogo
N.º
Época
Comp
Sit
V
E
D
400
2008/
2009
TG
N
0-2
401
CN
C
2-0
402
CN
F
2-3
403
TL
N
1-1
V 3-2gp
404
2009/
2010
CN
F
0-0
405
TL
F
4-1
406
CN
C
2-0
407
2010/
2011
CN
C
2-0
408
CN
F
2-0


409
TL
C
2-1
410
2011/
2012
CN
C
1-0
411
CN
F
0-1
412
2012/
2013
CN
F
3-1
413
CN
C
2-0
414

2013/
2014
TH
N
1-2
415
CN
F
1-1
416
TP
C
4-3
417
CN
C
2-0
418
2014/
2015
TH
N
0-1
419
CN
C
1-1
420
CN
F
1-1
421
2015/
2016
ST
N
0-1
422
CN
C


0-3
423
TP
F


1-2
424
CN
F
1-0
425
2016/
2017
CN
C
2-1


426
CN
F

1-1

427
2017/
2018
CN
C

1-1

428
CN
F

0-0

429

2018/
2019
CN
C

1-1

430
CN
F
4-2


431
TP
C
2-1


432
TP
F


0-1
433
2019/
2020
ST
N
5-0


434
CN
F



435
CN
C



TOTAIS
34 J16 - 9 - 9 (51/33)
NOTA: Em destaque nas temporadas os clubes Campeões Nacionais; Em destaque jogos para o Campeonato Nacional como visitante; Outros destaques jogos para a Taça da Liga e Taça de Portugal no terreno do adversário

Resultado de imagem para benfica - sporting cp + 1922 + em defesa benfica


As diferenças no Dérbi de Lisboa
Nos totais o que se espera. Em 433 jogos, mais 17 vitórias (180/163) e mais 34 golos (725/691). A grandeza pode medir-se. Mesmo com um jogo que se repete há mais de 112 anos (1 de Dezembro de 1907-2019).

JOGOS TOTAIS POR COMPETIÇÃO com Sporting CP
Competição
Títulos e
Troféus
J
V
E
D
GM
GS
TOTAIS*
SLB
SCP
433
180
90
163
725
691
Campeonato Nacional
37 (+19)
18
170
79
45
46
292
229
Taça de Portugal
29 (+ 8)
21
43
18
3
22
74
87
Supertaça
8 (=)
(=)
6
2
1
3
9
8
Taça da Liga
(+ 5)
2
3
2
1
-
7
3
Campeonato Regional
10
18 (+ 8)
83
31
15
37
138
140
Taça Honra Lisboa
18 (+ 5)
13
29
13
4
12
42
39
Torneios**
-
-
46
13
10
23
67
78
Particulares
-
-
53
22
11
20
96
107
NOTAS: * Mais três vitórias do "Glorioso" por falta de comparência do Sporting CP; ** Inclui torneios oficiais organizados pela AFL (Taça da AFL, por exemplo) e pela FPF (Taça da Federação em 1976/77, por exemplo)




Nos terrenos do adversário
Em 16 competições, entre seis oficiais, nove torneios e particulares, regionais e nacionais, é o campeonato nacional aquele em que o "Glorioso" consegue os melhores resultados nos vários campos que o SCP já utilizou para receber o Benfica. Boas notícias...estatísticas!

JOGOS NOS ESTÁDIOS DO ADVERSÁRIO POR COMPETIÇÃO com Sporting CP
Competição
J
V
E
D
GM
GS
TOTAIS
176
59
36
81
263
307
Campeonato Nacional
85
33
21
31
124
123
Taça de Portugal
18
3
-
15
20
45
Supertaça
2
-
1
1
2
3
Taça da Liga
1
1
-
-
4
1
Campeonato Regional
37
11
9
17
64
67
Taça Honra Lisboa
4
1
-
3
3
6
Torneios (9)
12
2
2
8
12
23
Particulares
17
8
3
6
34
39


O que está pior é que vence? 37 títulos para 33 vitórias. Apesar da diferença ser cada vez menor ainda é mais fácil ser campeão nacional que vencer no terreno do Sporting CP
Em 85 campeonatos concluídos são 37 títulos (43 por cento). No terreno do Sporting CP, são 54 sucessos (33 vitórias e 21 empates que num jogo com tanta rivalidade penso poder ser considerado sucesso pelo facto do "Glorioso" jogar fora) e 31 insucessos (apenas 37 por cento). A menos que alguém acredite que o Benfica estava geralmente atrás do SCP e depois deste jogo é que "assalta" a liderança, dizer que o que está pior é o que vence trata-se de uma aldrabice. Até estes números globais indicam que essa "teoria" é uma impossibilidade. Geralmente ganha o Benfica, quer esteja pior ou melhor e em regra está melhor quando os dois clubes se encontram, para o campeonato nacional, desde 1934/35.



86 CAMPEONATOS NACIONAIS
ÉPOCA
Melhor
Pior
FORA
CASA
1934/35
2.º
3.º
1-3
1-1
1935/36
1
3.º
4-2
3-1
1936/37
2
3.º
4-1
5-1
1937/38
3
3.º
2-2
3-2
1938/39
2.º
3.º
1-0
1-4
1939/40
2.º
4.º
1-3
1-3
1940/41
1
4.º
2-1
2-4
1941/42
4
2.º
4-1
4-3
1942/43
5
2.º
2-3
2-1
1943/44
2
2.º
0-1
5-4
1944/45
6
2.º
2-0
4-1
1945/46
2.º
3.º
3-4
7-2
1946/47
3
2.º
1-6
3-1
1947/48
4
2.º
3-1
1-4
1948/49
5
2.º
1-5
3-3
1949/50
7
2.º
2-1
2-3
1950/51
6
3.º
2-2
1-3
1951/52
7
2.º
3-2
2-3
1952/53
8
2.º
1-3
2-3
1953/54
9
3.º
2-3
0-2
1954/55
8
3.º
1-0
1-1
1955/56
2.º
4.º
3-1
3-0
1956/57
9
4.º
0-1
1-1
1957/58
10
3.º
0-2
2-0
1958/59
2.º
4.º
1-2
4-0
1959/60
10
2.º
1-1
4-3
1960/61
11
2.º
1-1
1-0
1961/62
11
3.º
1-3
3-3
1962/63
12
3.º
3-1
4-3
1963/64
13
3.º
1-3
2-2
1964/65
14
5.º
2-2
3-0
1965/66
12
2.º
2-0
2-4
1966/67
15
4.º
1-1
3-0
1967/68
16
2.º
1-3
1-0
1968/69
17
5.º
0-0
0-0
1969/70
13
2.º
0-1
1-1
1970/71
18
2.º
1-1
5-1
1971/72
19
3.º
3-0
2-1
1972/73
20
5.º
2-1
4-1
1973/74
14
2.º
5-3
2-0
1974/75
21
3.º
1-1
1-1
1975/76
22
5.º
3-0
0-0
1976/77
23
2.º
0-3
2-1
1977/78
2.º
3.º
1-1
1-0
1978/79
2.º
3.º
1-0
5-0
1979/80
15
3.º
1-3
3-2
1980/81
24
3.º
1-1
1-1
1981/82
16
2.º
1-3
1-1
1982/83
25
3.º
0-1
1-0
1983/84
26
3.º
1-0
1-1
1984/85
2.º
3.º
0-1
3-1
1985/86
2.º
3.º
0-0
1-2
1986/87
27
4.º
1-7
2-1
1987/88
2.º
4.º
1-1
4-1
1988/89
28
4.º
2-0
2-0
1989/90
2.º
3.º
1-0
2-1
1990/91
29
3.º
2-0
1-1
1991/92
2.º
4.º
0-0
 2-0
1992/93
2.º
3.º
0-2
1-0
1993/94
30
3.º
6-3
2-1
1994/95
2.º
3.º
0-1
2-0
1995/96
2.º
3.º
0-2
0-0
1996/97
2.º
3.º
0-1
1-0
1997/98
2.º
4.º
4-1
0-0
1998/99
3.º
4.º
2-1
3-3
1999/00
17
3.º
1-0
0-0
2000/01
3.º
6.º
0-3
3-0
2001/02
18
4.º
1-1
2-2
2002/03
2.º
3.º
2-0
1-2
2003/04
2.º
3.º
1-0
1-3
2004/05
31
3.º
1-2
1-0
2005/06
2.º
3.º
1-2
1-3
2006/07
2.º
3.º
2-0
1-1
2007/08
2.º
4.º
1-1
0-0
2008/09
2.º
3.º
2-3
2-0
2009/10
32
4.º
0-0
2-0
2010/11
2.º
3.º
2-0
2-0
2011/12
2.º
4.º
0-1
1-0
2012/13
2.º
7.º
3-1
2-0
2013/14
33
2.º
1-1
2-0
2014/15
34
3.º
1-1
1-1
2015/16
35
2.º
1-0
0-3
2016/17
36
3.º
1-1
2-1
2017/18
2.º
3.º
0-0
1-1
2018/19
37
3.º
4-2
1-1
2019/20





Fora:  085 J – 33 V – 21 E – 31 D     124/123
Casa:  085 J – 46 V 24 E15 D     168/106
Total:  170 J – 79 V45 E46 D    292/229
                     (+ 33 V)                          (+ 63 GM)
NOTAS: Há três resultados (dois em casa: 1951/52 e 1994/95 e um fora: 1951/52) "diferentes" do que o Almanaque tovariano e o portal www.zerozero.pt registam e depois copiados para a generalidade dos media que “emprenham" pelos ouvidos. Tal como é a verdade, em 1951/52, o Benfica perdeu (D 2-3) “em casa” e venceu “fora” por 3-2. É uma evidência pois não podia jogar três vezes consecutivas em casa e depois, na segunda volta, três vezes consecutivas “fora”. Parem de inventar e aldrabar a História do Futebol. Quanto ao jogo de 1994/95 também está explicado. A FPF é que esconde qual o resultado homologado pelo Conselho de Justiça (clicar)


Apenas campeonato nacional
O Benfica na última década é esmagador:
1. No total “casa/fora”, em 20 jogos (2009/10 a 2018/19) o «Glorioso» regista dez vitórias (50 por cento), oito empates (40 por cento) e duas derrotas (10 por cento). Em golos: 27/14, ou seja, o dobro;
2. No terreno do adversário, em dez jogos (2009/10 a 2018/19) o «Glorioso» regista seis vitórias (60 por cento), três empates (30 por cento) e uma derrota (10 por cento). Em golos: 14/7, ou seja, o dobro. O Benfica joga no terreno do adversário como se jogasse na «Catedral».

Resultado de imagem para benfica - sporting cp cardozo

Em jeito de conclusão
Chegar primeiro, pensar primeiro, ajudar primeiro, desmarcar-se primeiro, defender primeiro, atacar primeiro e marcar primeiro eis a receita "fácil" para se vencerem os "Derbies"!



Carrega Benfica!

Alberto Miguéns

Enviar um comentário

Subscrever este blogue