Carrega Benfica
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

08/12/2018

Carrega Benfica

08/12/2018 + 3 Comentários
O JOGO É PARA GANHAR. QUALQUER DERROTA FARÁ RUI VITÓRIA FICAR MAIS PRÓXIMO DE UM IMPREVISTO QUE O FAÇA SAIR.



A vitória do FC Porto não deixa margem - mesmo que fosse derrota era igual - numa jornada, teoricamente, desfavorável a Benfica (em Setúbal) e SC Braga (em Tondela) e favorável a FC Porto (recebeu o Portimonense SC) e Sporting CP (vai receber o CD Aves).


Só depois de conhecida a convocatória fará sentido dar sentido a este texto. Fica o passado. O presente... aguarda.

Escolhidos os 18 resta saber quem serão os futebolistas titulares
Estranho a ausência de Krovinovic (não estando lesionado) para convocar Castillo.

Numa de aposta para o 11 + 7
Aqui vai:


Com Salvio e Ebuehi (ou Tyronne) lesionados 
De fora os esperados. Castillo na convocatória é para mim a única surpresa.

          ASSIM VAI O PLANTEL DE 31 GLORIOSOS
NOTAS: Minutos jogados; TitularSuplente utilizado; Suplente utilizado substituído;  Suplente não utilizadoConvocado não utilizado; L - Lesionado; S - Suspenso;  A – Assistências para goloG – Golos; NI – Não inscrito na Liga dos Campeões



Esmagador “Glorioso”
Em 216 jogos, mais 103 vitórias (140/37) e mais 302 golos (551/249)! No Campeonato Nacional em 140 jogos, mais 83 vitórias (100/17) e mais 241 golos (383/142). Isto é Benfica!

JOGOS TOTAIS POR COMPETIÇÃO com Vitória FC (Setúbal)
Competição
J
V
E
D
GM
GS
TOTAIS
216
140
39
37
551
249
Campeonato Nacional
140
100
23
17
383
142
Particulares
28
13
10
5
69
51
Taça Portugal
25
14
  2
  9
52
  33
Campeonato Regional
9
4
1
4
17
8
Torneios (6)
6
4
1
1
11
9
Taça da Liga
4
1
2
1
7
5
Taça de Honra Lisboa
2
2
-
-
5
1
Supertaça
1
1
-
-
1
0
Taça AFL
1
1
-
-
5
0

É para manter a senda de superioridade!
Em casa do adversário, sem espinhas! Em 104 jogos, mais 24 vitórias (52/28) e mais 76 golos (220/144).
No campeonato nacional, em 70 encontros, mais 25 vitórias (40/15) e mais 70 golos (156/86). A 16 golos (172) do “dobro” entre os nossos golos marcados e os sofridos.

JOGOS TOTAIS POR COMPETIÇÃO como forasteiro com Vitória FC Setúbal
Competição
J
V
E
D
GM
GS
TOTAIS
104
52
24
28
220
144
Campeonato Nacional
70
40
15
15
156
86
Taça Portugal
13
5
1
7
20
22
Particulares
17
6
7
4
38
31
Campeonato Regional
2
1
-
1
3
1
Taça da Liga
2
-
1
1
3
4


Dificuldades pontuais
Nas últimas temporadas, o Benfica tem registado bons resultados, no terreno do adversário de hoje. Nas derradeiras nove épocas - 2008/09 a 2017/18 - apenas nos encontros para o campeonato nacional registam-se oito gloriosas vitórias, um empate e uma derrota.

ÚLTIMOS 62 SLB vs Vitória FC (Setúbal)
Jogo
N.º
Época
Comp
Sit
V
E
D
155

1990/91
CN
F
0-2
156
TP
F
3-2
157
CN
C
2-0
158

1991/92
Par
F
0-2
159
TP
F
0-0
160
TP
C
4-1
161
1993/94
CN
F
2-5
162
CN
C
2-0
163

1994/95
CN
C
1-0
164
CN
F
2-1
165
TP
C
0-0
166
TP
F
0-2
167
1996/97
CN
C
5-1
168
CN
F
2-0
169
1997/98
CN
F
0-1
170
CN
C
2-0
171

1998/99
CN
C
2-0
172
TP
F
0-2
173
CN
F
0-1
174
1999/
2000
CN
C
3-0
175
CN
F
2-1
176
2001/02
CN
C
3-2
177
CN
F
1-1
178

2002/03
Tor
N
2-1
179
CN
C
1-1
180
CN
F
6-2
181

2004/05
CN
C
4-0
182
CN
F
2-0
183
TP
N
1-2
184

2005/06
ST
N
1-0
185
CN
F
1-0
186
CN
C
1-0
187
2006/07
CN
C
3-0
188
CN
F
1-0
189

2007/08
TL
C
1-1
190
TL
F
1-2
191
CN
F
1-1
192
CN
C
3-0
193
2008/09
CN
C
2-2
194
CN
F
4-0
195
2009/10
CN
C
8-1
196
CN
F
1-1
197
2010/11
CN
C
3-0
198
CN
F
2-0
199
2011/12
CN
C
4-1
200
CN
F
3-1
201
2012/13
CN
F
5-0
202
CN
C
3-0
203
2013/14
CN
F
2-0
204
CN
C
1-1
205

2014/15
CN
F
5-0
206
TL
C
3-0
207
CN
C
3-0
208
2015/16
CN
F
4-2
209
CN
C
2-1
210
2016/17
Tor
N

0-0

211
CN
C

1-1

212
CN
F


0-1
213
2017/18
TP
C
2-0


214
CN
C
6-0


215
TL
F

2-2

216
CN
F
2-1


217
2018/19
CN
F



218
CN
C



TOTAIS
62 J - 40 - 12 - 10 (134/48)
NOTA: Em destaque nas épocas o clube campeão nacional; Em destaque os resultados no campeonato nacional com o SL Benfica como visitante; Em destaque os jogos no terreno do Vitória FC para outras competições

Carrega Benfica!

Alberto Miguéns

3 comentários blogger
comentários facebook
  1. Caro Dr. Alberto,

    A propósito do seu post, recuei a 30 de dezembro de 1973, o VFC venceu 3-2 na Luz, e José Maria Pedroto era treinador do VFC, e, depois de um trabalho extraordinário em Setúbal durante quase 4 anos (foi Vice ou 3º classificado, alcançou quartos-final da T UEFA, sempre perto de meias-finais, eliminou Leeds, Liverpool, Inter e quejandos), e faz o último jogo como Treinador do VFC com uma vitória na Luz, aliás, foi a única vitória como treinador visitante na Luz, justamente a três meses da Revolução de abril. Posteriormente, o VFC «é finito», depois foi "inventar" um Boavistão, sim, esse mesmo, Pedroto o 2º pensador do crescimento estratégico do FC Porto, porque o primeiro tinha sido na década de 50 o benfiquista Cândido de Oliveira.

    Relativamente ao post anterior, ainda bem que o Benfica vai jogar a Trás os Montes, e ao Barroso, isso sim, é a Volta a Portugal em Futebol, mas, como sabe, o jogo esteve como o "tolo no meio da ponte", entre Braga e Chaves, felizmente o presidente da Câmara de Montalegre fez tudo para levar o Benfica a Montalegre, pena que o presidente da Câmara de Évora não tivesse seguido essas boas práticas do autarca Transmontano, daí que, infelizmente o FC Porto não regressou ao Alentejo.

    Mas, caro Dr Alberto, faça pf. um exercício, vá rever os kilometros e milhas que o Benfica fez na edição 16/17 da Taça de Portugal, quantos jogos fez verdadeiramente fora de casa, e em campo neutro? E quantas "milhas" fez até disputar a final no Jamor? Sim, também é verdade, aquele "golo" do Mitroglou na Amoreira na meia final da Taça de Portugal, valeu mais uma final, e mais uma Taça de Portugal... Ele há mesmo "sorteios" do camandro...

    Algures em 1984 ou 1985, vi ao vivo e a cores, o Benfica jogar e ganhar em Macedo de Cavaleiros 3-1 (o Yuturbe anda por aí), estava um frio do caraças, que o diga o Joaquim Rita (então jornalista da Bola) que estava ali à minha beira, isso sim, era mesmo Taça de Portugal. Pós jogo, a equipa do Benfica continuou a pernoitar na Estalagem do Caçador, em Macedo de Cavaleiros, porque tinha um jogo em atraso na Póvoa do Varzim. Sim, a história das garrafas de Valle Pradinhos com o Pal Csernai acontece justamente nessa estadia em Macedo. Para que conste, um Porto "vintage" perde essa edição da Taça de Portugal com o Benfica de Csernai, afinal, o FC Porto perder finais da Taça de Portugal com o Benfica, já é mesmo sina, até o Porto de Mourinho Campeão Europeu ... e volto atras, ele há coisas do camandro, só o Otto Bumbel contrariou essa maldita tradição!

    Saudações des_Portistas do Bairro da Graça

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Paulo Teixeira

      Aproveita bem o "momento" comentando um jogo do Benfica no local onde se realiza todas as épocas em que o Vitória FC compete no principal escalão naquele que é o "jogo de futebol para uma competição oficial mais amigável que há em Portugal». Vejamos:

      Desde 1983/84 (e até retiro a última vitória do FC Porto, por 2-0, em 2018/19) temos o seguinte:

      FC Porto: Em 29 jogos... 23 vitórias e 6 empates (invicto com seis insucessos em 29), com 16 vitórias consecutivas, entre 1998/99 e 2015/16. Em golos: 66 marcados e 20 sofridos (menos 46!);

      SL Benfica: Em 29 jogos... 19 vitórias, 5 empates e 5 derrotas (dez insucessos em 29), com um máximo de 6 vitórias consecutivas, entre 2010/11 e 2015/16. Em golos: 60 marcados e 27 sofridos (menos 33!);

      Sporting CP: Em 29 jogos... 14 vitórias, 7 empates e 8 derrotas (15 insucessos em 29), com um máximo de 3 vitórias consecutivas, em três períodos distintos. Em golos: 50 marcados e 30 sofridos (menos 20!).

      Não acredito em "bruxas" mas que as há... Há!

      Saudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  2. Caro Dr. Alberto,

    Considero esses resultados do FC Porto em Setúbal perfeitamente normais, isto porque o FC Porto nas últimas 3 décadas e meia tem vivido o seu período de maior pujança desportiva (cá dentro, e lá fora); inversamente o V Setúbal vive permanentemente ali na "linha de água", ou tem mesmo mergulhado nas divisões secundárias.

    Assim como também considero normais os resultados do FC Porto no Bonfim, entre as temporadas 1969/70 e 1972/73 (Pedroto treinador do VFC), foram 4 derrotas consecutivas do FC Porto no Bonfim, 12 golos sofridos, e nenhum golo marcado. Esse é o período de maior fulgor do VFC, e inversamente esse foi o pior ciclo desportivo do FC Porto dos ultimos 60 anos, portanto, aqueles registos negativos do FC Porto no Bonfim, são normais se observarmos os respectivos momentos desportivos do VFC e do FC Porto, foi naquele período que emergiu o V Setúbal Europeu, e em igual período o FC Porto carimbou um 9º lugar no campeonato!

    Dr. Alberto, porém, já não considero normais os resultados para o campeonato que o FC Porto tem obtido na Luz, e justamente no período que balizou: temporadas 1983/84 a 2018/19, em 36 jogos para o campeonato na Luz, o FC Porto venceu 10, empatou 15, e perdeu 11 partidas. Não, não é normal o FC Porto em casa do seu maior rival, obter quase tantas vitórias, como derrotas, e a coisa só desempatou no último clássico com "paso doble", e curioso, desde que a Luz se despediu da Equipa do FC Porto com o tal "paso doble", o FC Porto já vai na sua 11ª vitória consecutiva, novamente, ele há coisas do camandro ...

    Mas, se aproximarmos a máquina do tempo, e observarmos os 15 ultimos jogos do FC Porto para o campeonato no novo Estádio da Luz, a coisa ainda agrava mais, o FC Porto venceu 6 jogos, empatou 5, e apenas perdeu 4 partidas na Luz para o campeonato. Também não me parece que os Benfica FC Porto disputados na Luz seja o clássico mais amigável de Portugal, já jogar em Alvalade, não me agrada tanto!

    E a propósito de bruxas, o Benfica já que vai este mês ao Barroso, pode dar um salto à aldeia de Vilar de Perdizes (mt perto de Montalegre), e pode aproveitar para exorcizar fantasmas com o Padre Fontes, sejam mochos, corujas, sapos e bruxas, demónios, trasgos e diabos, sobretudo o eloquente professor Rui tão dado ao esotérico, terá de se livrar de maus-olhados, feitiços, invejas e bruxedos... Mas, pelas "alminhas", por favor, não despeçam o professor Rui, porque é sem dúvida o melhor reforço do FC Porto, bem melhor que o Militão!

    Sudações des_Portistas

    ResponderEliminar

Subscrever este blogue