Obrigado! Querido! Benfica!
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

22/09/2018

Obrigado! Querido! Benfica!

22/09/2018 + 3 Comentários
O MELHOR PLANTEL DE PORTUGAL CONQUISTOU A SUPERTAÇA.


Melhorando o palmarés ímpar para equipas seniores femininas.

CLASSIFICAÇÕES DA EQUIPA SÉNIOR FEMININA DE FUTSAL
Época
Taça A.F.L
(1)
Campeonato Distrital
C.º Nac
Taça
Portugal
Super
taça
Taça Ibérica
Taça das Nações
III D
II D
I D
2002/03
?
1
--
--
--
--
--
--
--
2003/04
?
--
2.º
--
--
--
--
--
--
2004/05
1
--
--
1
1
--
--
--
--
2005/06
2
--
--
2
2
--
--
--
--
2006/07
3
--
--
3
3
--
--
1
3.º
2007/08
4
--
--
4
4
--
--
--
2.º
2008/09
5
--
--
2.º
NP
--
--
--
2.º
2009/10
6
--
--
5
5
--
--
--
2.º
2010/11
7
--
--
2.º
NP
--
--
--
--
2011/12
8
--
--
2.º
NP*
--
--
--
1
2012/13
9
--
--
--
4.º
--
--
--
--
2013/14
F
--
--
--
4.º
1
--
--
--
2014/15
10
--
--
--
2.º
1/4
1
--
--
2015/16
1/2
--
--
--
3.º
2
NA
--
--
2016/17
11
--
--
--
6
3
2
--
--
2017/18
12
7
4
3
2018/19
?
--
--
--
?
?
4
--
--
NOTA: Campeonato Nacional (até 2011/12 denominou-se Taça Nacional); * Em 2011/12 o Benfica classificou-se em 2.º lugar do Grupo C (fase intermédia) e não foi apurado para a fase final (a quatro); NA - Não apurado; (1) Em 2013/14 passou a designar-se Taça de Honra da AFL


Jogo equilibrado
Com o Benfica sempre com mais dinâmica, sempre na frente, apenas consentindo empates a um golo na primeira parte e a dois golos no início do segundo tempo. A seis minutos do final do jogo a capitã Inês Fernandes colocou o marcador em 3-2 e depois na marcação de um livre directo dos 10 metros, a 02:17 minutos do final do tempo regulamentar, o "Glorioso" chegou aos 4-2, ainda pela capitã. O adversário não desistiu e na "raça" obteve um livre directo dos dez metros e fez o 3-4 a 01:46 minutos do apito final. Apenas durante 31 segundos houve uma vantagem por dois golos.  

       5.ª SUPERTAÇA
22.Setembro.2018
17:00 h
Pav. Jorge Anjinho // Coimbra
Novasemente GD
Int: 2-1
FIN: 4-3
12
Betty Delgado (GR)

6
Inês Fernandes (C)
2
10
Sara Ferreira

11
Nina/ Cláudia Pereira

8
Janice
1
18
Beatriz Sanheiro
1
17
Maria Pereira

4
Cátia Tavares

20
Raquel Santos

13
Beatriz Silva

Não utilizadas
16
Patrícia Mexia (GR)

7
Micaela Semedo

25
Ana Mendonça

5
Cláudia Figueiredo
NC
1
Ana Catarina (GR)
S
9
Fifó/ Ana Gonçalves
L
NOTA: Titulares; Suplentes utilizadas;
S - Suspensa; L - Lesionada;
NC - Não Convocada

O "Glorioso" na frente
Em todas as três competições nacionais. Mais do "dobro" dos triunfos na principal competição e dominador nas outras duas, ainda com um historial curto.

PALMARÉS DOS CLUBES POR COMPETIÇÃO
Campeonato
Nacional *
Taça de Portugal
Supertaça
SL BENFICA
7
SL BENFICA
4
SL BENFICA
4
GDR "Os Lobinhos"
3
CRC Quinta Lombos
1
Novasemente GD
1
GCD Del Negro
3
FC Vermoim
3
GSC Novos Talentos
1
GDRC Alto Avilhó
1
ARR Avintenses
1
CC Quinta Lombos
1
CR Golpilheira
1
Novasemente GD
1
(22)
(5)
(5)
NOTA: * As 16 primeiras edições como "Taça Nacional"

Já «só» faltam: a "Tri" Taça de Honra de Lisboa, a quarta Taça de Portugal consecutiva e o Tricampeonato Nacional!

Alberto Miguéns

3 comentários
comentários facebook
  1. Vi o jogo e gostei. As duas equipas estiveram bem mas como noutras ocasiões as nossas atletas superiorizaram-se com classe. Parabéns às atletas, aos treinadores e dirigentes, funcionários e dirigentes envolvidos. Uma saga ganhadora para continuar!

    ResponderEliminar
  2. Caro Alberto, mais uma vez, parabéns pelo blog, a Taça das Nações de Futsal Feminino era organizada pela empresa Kebrostreess e não sei se também por alguma associação regional ou pela FPF, penso que era só pela Kebrostreess, no entanto e quando estava a pesquisar sobre essa prova, deparei-me com um pdf onde se escreveu sobre a edição de 2010, na qual o SLB foi finalista vencido, onde dizia que esta edição foi pela primeira vez incluída pela FIFA no calendário internacional do Futsal Feminino, por esta a considerar a mais importante prova entre clubes existente na altura, como eu reparei que a colocou no palmarés do Futsal Feminino, presumo que considera todas as edições como oficiais, incluíndo a que vencemos, certo?

    Vou lhe colocar mais algumas questões que eu gostaria de obter resposta o mais breve possível, agradeço desde já.

    Tem a ver com provas internacionais desportivas de carácter colectivo entre equipas de clubes realizadas em Portugal ou no estrangeiro;

    Uma prova que seja organizada por uma empresa ou clube desportivo que se confirme de facto que foi/é homologada, apoiada ou reconhecida por uma associação regional nacional ou esrrangeira ou por uma federação nacional ou estrangeira ou por uma entidade máxima global ou continental ou intercontinental-confederações internacionais oficiais máximas das provas dos desportos em causa, como por exemplo no Futebol, a FIFA, UEFA ou outra confederação intercontinental como a CAF, podem ser estas provas consideradas oficiais?

    Sei de exemplos como no Hóquei em Patins, a Taça das Nações de Hóquei em Patins é organizada por um clube desportivo e é considerada oficial para as entidades máximas do Hóquei, tal como o extinto Torneo Ciudad de Vigo, oficial CERH desde 1991, ano que o comité CERS começou a fazer parte das apresentações oficiais da prova e por sua vez, começou a reconhecer esta prova como oficial.

    Existem provas como por exemplo o Mundialito Ricardo Godoy de Futebol infantil que no seu site oficial tinha o logotipo da FIFA até 2018, esta edição de 2019 não tem, encontrei muitas fontes em português e espanhol onde referem que este Mundialito é homologado e reconhecido oficialmente pela FIFA, gostaria de saber a sua opinião sobre esta prova e se por ser homologado por uma confederação máxima internacional, no caso a FIFA, se foi oficial e se foi oficial FIFA, o SLB venceu o torneio principal do Mundialito por 4 vezes e o SCP por 2 vezes e o FCP nenhuma.

    Na Natação Pura existem os Meetings Internacionais que fazem parte da qualificação para as provas mais importantes da modalidade desportiva, como por exemplo os Jogos Olímpicos e os Mundiais e Europeus, os Meetings mais importantes ano a ano fazem parte do caléndário da FINA-Entidade máxima global neste desporto, e existem outros menos importantes que são considerados competições LEN e fazem parte do calendário LEN-Entidade máxima continental neste desporto,da Europa neste caso, não existem provas entre clubes campeões ou provas internacionais oficiais FINA ou LEN entre clubes na Natação Pura, nem Rankings ou Circuítos para clubes como existe a nível nacional ou como existe por exemplo no Ciclismo de estrada, Paintball ou Râguebi de Praia Feminino, onde nesses 3 desportos o nosso Glorioso SLB foi o único dos chamados 3 grandes clubes desportivos portuguêses a vencer 1 ranking anual-Paintball SPL e a vencer provas e Etapas dos mesmos nesses 3 desportos.

    Continua...

    ResponderEliminar

  3. Mesmo assim e voltando á Natação Pura, nesses Meetings Internacionais com as características que eu acima referi, existe no regulamento dos mesmos, classificações colectivas para os clubes participantes e são por convite, nos Meetings Internacionais realizados em Portugal que utilizam o logotipo da FINA e da LEN e que fazem parte da tal qualificação das provas mais importantes da FINA neste ano de 2019 é só 1, o Meeting Internacional de Lisboa que foi ganho colectivamente pelo SLB, existem outros que fazem parte do LEN, os Meetings internacionais do Porto, Póvoa de Varzim, Coimbra e Algarve (No passado outros Meetings também fizeram parte do LEN como por exemplo os Meetings de Loulé, Funchal, Clube tap cidade de Lisboa, outro de Lisboa que não o actual), a importância por parte da FINA/LEN neste tipo de Meetings internacionais e o estarem sob a sua égide e fazerem parte das qualificações para as principais provas e fazerem parte dos calendários da FINA/LEN, e pelo que percebo,é apenas ao nível individual da performance dos atletas em sí mesmos, não creio que a FINA ou a LEN atríbuam relevância aos clubes vencedores destes Meetings, até porque em qualquer Meeting Internacional FINA/LEN, e embora por norma participarem os melhores clubes dos países onde esses Meetings são realizados, existem casos onde só um ou 2 clubes ou seleções regionais ou nacionais estrangeiras participaram, emhora por norma nos melhores Meetings participem sempre equipas estrangeiras fortes mas nada que indique que ao nível de clubes seja importante a nível internacional, isto pelo menos nos Meetings realizados em Portugal.

    Além do que o Alberto possa dizer sobre isto, vou colocar-lhe outra questão sobre os Meetings FINA/LEN;

    Mesmo que estas classificações colectivas destes Meetings sejam para a FINA/LEN irrelevantes, por serem provas oficiais sob a égide destas, não devem ser tidas em conta? Já que os clubes foram vencedores de provas com estas especificidades?
    Ou seja, mesmo que sejam irrelevantes, menos importantes que os Nacionais de Clubes da FPN, não se pode dizer que por exemplo o clube x,y ou z venceu colectivamente uma prova oficial FINA/LEN?

    Bem haja mais uma vez e peço desculpa pelo tamanho dos textos mas sou fascinado por este tipo de assuntos.

    Saudações Gloriosas.

    ResponderEliminar

Subscrever este blogue