Rumo À Vitória! - Em Defesa do Benfica
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

13/07/2018

Rumo À Vitória!

13/07/2018 + 1 Comentários
JOGA-SE UM DOS MAIORES CLÁSSICOS DO FUTEBOL PORTUGUÊS POIS HÁ MAIS DE DUAS CENTENAS DE ENCONTROS ENTRE OS DOIS CLUBES E CEM ANOS DE JOGOS.



Em face do resultado do primeiro e do segundo jogo do Torneio o Benfica tem tudo para conquistar o troféu pois o empate é suficiente. Assim há que jogar para a vitória para no mínimo empatar.

Como é complexo perceber qual a estratégia específica para cada jogo
Aposto no seguinte onze:



O objectivo das pré-épocas é treinar e entrosar os futebolistas
Mas conquistar cedo na temporada dá muita vontade de conquistar ainda mais.

             ASSIM VAI O PLANTEL DE 36 GLORIOSOS
 NOTAS: Minutos jogados; TitularSuplente utilizado; Suplente utilizado substituído;  Suplente não utilizado; L - Lesionado; F* - Regresso de férias; F - Férias; A – Assistências para goloG – Golos


Até ao primeiro Benfica frente ao Vitória FC
O Vitória FC jogou muitas temporadas (doze, entre 1915/16 e 1926/27) no Campeonato Regional de Lisboa pois o Distrito de Setúbal só foi criado, a 22 de Dezembro de 1926, em plena Ditadura Militar, após a revolta do 28 de Maio de 1926 e a Associação de Futebol de Setúbal foi fundada em 5 de Maio de 1927. 
No início (1915/16) foi um clube "chicoesperto" pois inscreveu os seus melhores futebolistas na segunda categoria facilitando a competitividade frente a clubes, como o Benfica, que tinham os seus melhores jogadores a disputar o campeonato da 1.ª categoria. Em 1915/16 o Benfica conseguiu a proeza, até hoje única, de conquistar os quatro títulos regionais, nas quatro categorias, com o VFC a classificar-se em segundo lugar na citada segunda categoria. Apenas em 1918/19 o VFC disputou pela primeira vez o campeonato da primeira categoria já depois de ter sido campeão regional na segunda categoria em 1916/17 beneficiando durante três épocas (1915/16 a 1917/18) de ter os melhores futebolistas na segunda categoria, conseguindo boas classificações, respectivamente: 2.º (atrás do Benfica), campeão (à frente do Benfica/2.º lugar) e 2.º (atrás do Benfica).


A I edição foi organizada pelo jornal diário "A Capital". As duas seguintes pelo bissemanário desportivo "Os Sports". Na II edição, o Benfica em 1920/21 foi eliminado (D 0-2) pelo Carcavelinhos FC, nos quartos-de-final. Na III edição, em 1922/23, não se inscreveu para disputar o torneio

Há 100 anos, o primeiro Benfica frente ao Vitória FC
Antes do primeiro Benfica frente ao Vitória FC em primeira categoria o "Glorioso" já tinha realizado, pelo menos, oito encontros, entre segundas e terceiras categorias, até "Mistos" com futebolistas de várias categorias, quer no Glorioso Campo de Sete Rios quer no Campo dos Arcos (espaço anterior ao actual estádio de Bonfim). A primeira vez que o Vitória FC se atreveu a enfrentar a primeira categoria do Benfica foi, em 7 de Julho de 1918, numa Gloriosa Vitória, por 3-2, num encontro integrado numa competição de benemerência para com os feridos da I Guerra Mundial, a "Taça Mutilados de Guerra" que o CF "Os Belenenses" conquistaria. O encontro, fez no sábado passado cem anos, realizou-se no recinto do Sporting CP, no Campo Grande depois - a partir de 1936 - designado 28 de Maio. Foi uma vitória difícil no final de uma temporada em que o Benfica se sagrou Tricampeão Regional e o Vitória FC (Setúbal) que se atreveu a disputar, em Lisboa, um encontro para a 1.ª categoria.




Um onze semelhante numa fotografia datada de 20 de Abril de 1919, também num jogo frente ao Vitória FC, numa vitória, por 4-0, na segunda volta do campeonato de Lisboa, disputado no campo de Benfica, cujo centenário da inauguração foi assinalada neste blogue, em 11 de Novembro de 2017 (clicar). Os Onze Gloriosos. De cima para baixo. Da esquerda para a direita: António Ribeiro dos Reis (capitão), José Pimenta, Fernando Jesus, António Pinho, Alfredo Mengo e Carlos Sobral; Herculano Santos, Artur Augusto, Clemente Guerra, Vítor Gonçalves e Jesus Munõz Crespo

Esmagador “Glorioso”
Em 216 jogos, mais 103 vitórias (140/37) e mais 302 golos (551/249)! Em jogos para torneios são quatro sucessos para metade dos insucessos (um empate e uma derrota) com onze golos marcados para nove sofridos. Isto é Benfica!

JOGOS TOTAIS POR COMPETIÇÃO com Vitória FC (Setúbal)
Competição
J
V
E
D
GM
GS
TOTAIS
216
140
39
37
551
249
Campeonato Nacional
140
100
23
17
383
142
Particulares
28
13
10
5
69
51
Taça Portugal
25
14
  2
  9
52
  33
Campeonato Regional
9
4
1
4
17
8
Torneios (6)
6
4
1
1
11
9
Taça da Liga
4
1
2
1
7
5
Taça de Honra Lisboa
2
2
-
-
5
1
Supertaça
1
1
-
-
1
0
Taça AFL
1
1
-
-
5
0

É para manter a senda de superioridade!
Em casa do adversário, sem espinhas! Em 104 jogos, mais 22 vitórias (52/28) e mais 76 golos (220/144). Será a estreia num torneio realizado no estádio do adversário.

JOGOS TOTAIS POR COMPETIÇÃO como forasteiro com Vitória FC Setúbal
Competição
J
V
E
D
GM
GS
TOTAIS
104
52
24
28
220
144
Campeonato Nacional
70
40
15
15
156
86
Taça Portugal
13
5
1
7
20
22
Particulares
17
6
7
4
38
31
Campeonato Regional
2
1
-
1
3
1
Taça da Liga
2
-
1
1
3
4

Dificuldades pontuais
Nas últimas temporadas, o Benfica tem registado bons resultados, no terreno do adversário de hoje. Nas derradeiras dez épocas - 2008/09 a 2017/18 -  nos encontros para o campeonato nacional oito vitórias, um empate e uma derrota. No último jogo no estádio do Bonfim houve empate, a dois golos, para a Taça da Liga! Que regressem as vitórias sustentadas! Já é tempo!

ÚLTIMOS 62 SLB vs Vitória FC (Setúbal)
Jogo
N.º
Época
Comp
Sit
V
E
D
155

1990/91
CN
F
0-2
156
TP
F
3-2
157
CN
C
2-0
158

1991/92
Par
F
0-2
159
TP
F
0-0
160
TP
C
4-1
161
1993/94
CN
F
2-5
162
CN
C
2-0
163

1994/95
CN
C
1-0
164
CN
F
2-1
165
TP
C
0-0
166
TP
F
0-2
167
1996/97
CN
C
5-1
168
CN
F
2-0
169
1997/98
CN
F
0-1
170
CN
C
2-0
171

1998/99
CN
C
2-0
172
TP
F
0-2
173
CN
F
0-1
174
1999/
2000
CN
C
3-0
175
CN
F
2-1
176
2001/02
CN
C
3-2
177
CN
F
1-1
178

2002/03
Tor
N
2-1
179
CN
C
1-1
180
CN
F
6-2
181

2004/05
CN
C
4-0
182
CN
F
2-0
183
TP
N
1-2
184

2005/06
ST
N
1-0
185
CN
F
1-0
186
CN
C
1-0
187
2006/07
CN
C
3-0
188
CN
F
1-0
189

2007/08
TL
C
1-1
190
TL
F
1-2
191
CN
F
1-1
192
CN
C
3-0
193
2008/09
CN
C
2-2
194
CN
F
4-0
195
2009/10
CN
C
8-1
196
CN
F
1-1
197
2010/11
CN
C
3-0
198
CN
F
2-0
199
2011/12
CN
C
4-1
200
CN
F
3-1
201
2012/13
CN
F
5-0
202
CN
C
3-0
203
2013/14
CN
F
2-0
204
CN
C
1-1
205

2014/15
CN
F
5-0
206
TL
C
3-0
207
CN
C
3-0
208
2015/16
CN
F
4-2
209
CN
C
2-1
210
2016/17
Tor
N

0-0

211
CN
C

1-1

212
CN
F


0-1
213
2017/18
TP
C
2-0


214
CN
C
6-0


215
TL
F

2-2

216
CN
F
2-1


217
2018/19
Tor
F



218
CN
F



219
CN
C



TOTAIS
62 J - 40 - 12 - 10 (134/48)
NOTA: Em destaque nas épocas o clube campeão nacional; Em destaque os jogos no terreno do Vitória FC para várias competições

Carrega Benfica!

Alberto Miguéns

1 comentários
comentários facebook
  1. Pelas cronicas, na década de 20 o Vitória teve equipas temíveis. A década de 60 e 70 também foram muitos boas. É um Clube que sempre soube formar grandes jogadores. Pena é que sempre se amigue tanto com outras listas.

    Será um jogo interessante para aquilatar alguma coisa da capacidade de alguns dos novos recrutas. Interesse particular em Vlachodimos pois me parece que se não for para ser titular então o SLB continuará a enfermar de uma das mais sérias lacunas que levou à perda do PENTA.

    Força Benfica!

    ResponderEliminar

Subscrever este blogue