Vivam os Goleadores do Benfica (14) - Em Defesa do Benfica
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

28/03/2018

Vivam os Goleadores do Benfica (14)

28/03/2018 + 0 Comentários
HOJE A LISTAGEM DOS MELHORES MARCADORES COM O "MANTO SAGRADO" NA LIGA EUROPA.



A Liga Europa (desde 2009/10) é a designação actual da Taça UEFA (1971/72 a 2008/09) e esta teve origem na Taça das Cidades com Feira (1955/58 a 1970/71). A UEFA não reconhece esta competição mas as edições entre meados dos anos 60 e início de 70 têm as mesmas características das primeiras edições da Taça UEFA.

As Federações nacionais tinham coeficientes que definiam o número de clubes a apurar
E não era ao acaso nem tinha relação com a ideia inicial de se realizar uma competição para aproveitar a organização de grandes Feiras (Exposições) mundiais em países europeus. A Taça das Cidades com Feira era supervisionada pela UEFA através das federações nacionais como comprovam os bilhetes. O revisionismo da UEFA fez com que deixasse de reconhecer a Taça das Cidades com Feira, mas continua a reconhecer a primeira edição da Taça dos Clubes Campeões Europeus que nada tem a ver com as edições seguintes, pois na realidade não era uma competição para campeões nacionais por isso podia ter-se sagrado campeão europeu, em 1955/56, o 6.º classificado do campeonato suíço, em 1954/55! É que dos 16 participantes só sete eram campeões nacionais com os restantes nove a obterem classificações nacionais abaixo do primeiro lugar. Se a UEFA é tão emproada a fazer revisionismo que tenha a coragem de retirar o primeiro título (1955/56) ao Real Madrid CF! O tanas! Este assunto já foi abordado neste blogue (clicar).

Quem já fez pesquisa e registou estatísticas e notícias
Sabe que a Taça das Cidades Com Feira era supervisionada pela UEFA (até na nomeação das equipas de arbitragem) e que era necessário obter classificação nos lugares cimeiros dos campeonatos nacionais. O Benfica em 1966/67 participou na edição da Taça das Cidades Com Feira pois, na temporada anterior (1965/66) foi segundo classificado no campeonato nacional, eliminado na Taça de Portugal (nos quartos-de-final, pelo SC Braga) e não foi Campeão Europeu (eliminado nos quartos-de-final, pelo Manchester United FC)! As duas maiores referências - a nível mundial, Bert Kassies (clicar) e no Benfica "Internacional" (o Benfiquista Mário Pais) têm a mesma opinião que eu, pois já falei pessoalmente com qualquer deles acerca deste "assunto" - e isso para mim chega! Não vou "deitar" fora uma temporada europeia do Clube com duas eliminatórias, quatro jogos e sete golos. Aliás só não foram seis jogos porque o Benfica ficou isento nos 32-avos-de-final.

Faltou tão pouco em 1982/83 quando a Taça UEFA até tinha mais prestígio que a Liga Europa
Competiam na Taça UEFA geralmente os clubes que nessa temporada conquistariam o título nacional no respectivo país - a menos que fossem campeões consecutivamente duas ou mais épocas - para na época seguinte poderem jogar na principal competição europeia. A Taça UEFA além de mais clubes, o dobro - por isso mais uma eliminatória - tinha clubes com grandes e valiosos plantéis pois a Taça dos Clubes Campeões Europeus era muito restrita contando apenas com emblemas campeões nacionais.


Há "duas" Taças UEFA: antes do século XXI e neste!
O Benfica na Taça UEFA, até final do século XX, foi uma raridade. Há a tal participação na Taça das Cidades Com Feira (1966/67) e depois duas consecutivas em final dos Anos 70 (1978/79 e 1979/80). A seguir a excelência em 1982/83 com a presença na final para só regressar a esta competição no final da década de 80, em 1988/89. Ou seja cinco presenças em 34 edições de competições europeias, desde 1955/56. Nos Anos 90 a assiduidade foi maior: 1990/91, 1992/93, 1995/96, 1997/98, 1999/2000 e 2000/01. Depois é o que se sabe. Falhar a pré-eliminatória na Liga dos Campeões ou ficar em 3.º lugar na fase de grupos da Liga dos Campeões remeteu o "Glorioso" para nove presenças, entre 2003/04 e 2013/14, ou seja em onze edições. Em 2014/15 (4.º lugar na fase de grupos da Liga dos Campeões e eliminação europeia), em 2015/16 e em 2016/17 (quartos e oitavos-de-final da Liga dos Campeões) e em 2017/18 (4.º lugar na fase de grupos da Liga dos Campeões e a finalizar - esperamos! - o período da maior vergonha europeia na Gloriosa História, com sete derrotas consecutivas nos últimos sete jogos).

NOTA1: Textos a completar (e ratificar) em breve

Goleadores a marcar
Foram 83 os Gloriosos que marcaram os 196 golos do Benfica. Em 124 jogos, nas 63 vitórias, 28 empates e 33 derrotas com 135 golos sofridos. Em 83 futebolistas "apenas" 32 têm dois ou mais golos naquela que já foi o C3 (nível III) e agora é a segunda competição europeia, uma espécie de II Divisão face aos critérios de apuramento para a Liga dos Campeões.

Futebolistas utilizados
Entre os 239 futebolistas utilizados pelo Clube para realizar os 124 jogos Luisão é o mais utilizado. Totaliza 5 131 minutos em 58 jogos sempre a titular com dois incompletos. Contribuiu para 32 vitórias, 13 empates e 13 derrotas. O que esteve menos tempo em campo foi Éder Luís, com apenas dois minutos (um jogo), na "Catedral" frente ao Olympique de Marselha, no empate a um golo, em 11 de Março de 2010 (primeira mão dos oitavos-de-final). 

NOTA2: Lista a completar em breve

LISTA DE HOMENAGEM AOS 32 MELHORES GOLEADORES DO “GLORIOSO” (COM DOIS OU MAIS GOLOS)

GOLOS  NA LIGA EUROPA (TAÇA UEFA; TAÇA DAS CIDADES COM FEIRA)
N.º
Futebolista
G
J
Md/m
Épocas
1
Cardozo
22
(6) 2007/08  a 2013/14
2
Nuno Gomes
12
36
200
(9) 97/98-99/00 e 02/03-10/11
3
Simão
9
22
215
(3) 2001/02  a 2006/07
4
Filipovic
8
12
117
(1) 1981/82  a 1983/84
5
Saviola
7
17
178
(2) 2009/10  a 2011/12
6
Nené
6
18
247
(3) 1968/69  a 1985/86
7
Di María
6
23
260
(3) 2007/08  a 2009/10
8
Isaías
5
8
144
(2) 1990/91  a 1994/95
9
Luisão
5
58
1026
(9) 2003/04  a 2017/18
10
Lima
5
(2) 2012/13  a 2014/15
11
Rodrigo
5
(2) 2011/12  a 2013/14
12
Salvio
5
(3) 2010/11 e 12/13-17/18
13
Eusébio
4
4
90
(1) 1960/61  a 1974/75
14
Vítor Paneira
4
14
282
(3) 1988/89  a 1994/95
15
Pacheco
4
7
85
(3) 1987/88  a 1992/93
16
Zahovic
4
10
163
(0) 0000/00  a 0000/00
17
Chalana
3
18
490
(4) 75/76-83/84 e 87/88-89/90
18
Valdo
3
8
234
(3) 88/89-90/91 e 95/96-96/97
19
Tiago
3
8
236
(1) 2002/03 a 2003/04
20
Gaitán
3
(3) 2010/11  a 2015/16
21
Maxi Pereira
3
(6) 2007/08  a 2014/15
22
Reinaldo
2
5
240
(2) 1978/79  a 1981/82
23
William
2
7
315
(2) 1990/91  a 1994/95
24
João Pinto
2
16
722
(4) 1992/93  a  1999/2000
25
Yuran
2
6
226
(1) 1991/92  a 1993/94
26
Hassan
2
3
135
(1) 1995/96  a 1996/97
27
Van Hooijdonk
2
2
78
(1) 2000/01 
28
Karadas
2
6
145
(1) 2004/05
29
Aimar
2
19
550
(4) 2008/09  a 2012/13
30
Jara
2
6
135
(1) 2010/11
31
Jardel
2
(3) 2010/11  a 2017/18
32
Garay
2
(2) 2011/12  a 2013/14
NOTA.1: Média de golos marcados por minutos jogados por ser mais rigorosa que a média de golos marcados por participação em jogos;
NOTA.2: O número de épocas corresponde ao número de participações do Benfica, na competição, no período em que o futebolista vestiu o "Manto Sagrado"

Obrigado futebolistas do “Glorioso”. A nossa eterna gratidão por tantos e tantos momentos de glória

Alberto Miguéns

NOTA: No EDB entre 23 de Dezembro de 2011 e 6 de Janeiro de 2012 o reconhecimento ao valor dos nossos futebolistas com a publicação de onze listagens. Em 26 de Janeiro de 2018 a 12.ª listagem. Em 27 de Março de 2018 a 13.ª.

Plano de Homenagem:

PUBLICADO:
23 de Dezembro -        Todos os Golos
24 de Dezembro -        Golos Fora da Grande-área
25 de Dezembro -        Golos no Campeonato Nacional
26 de Dezembro -        Golos de Livre-directo (fora GA)
27 de Dezembro -        Golos nas Competições Europeias
28 de Dezembro -        Golos de Grande penalidade
29 de Dezembro -        Golos na Liga dos Campeões
30 de Dezembro  -       Golos de Cabeça
31 de Dezembro -        Golos na Taça da Liga
    5 de Janeiro     -       Golos de Bola Parada
    6 de Janeiro     -       Golos em Competições Oficiais
26 de Janeiro2018      Golos na Taça de Portugal
27 de Março2018        Golos na "Taça das Taças"

0 comentários
comentários facebook

Enviar um comentário

Subscrever este blogue